As consequências de adorar uma pessoa cegamente

06 de Fevereiro de 2023

Por Wang Yin, China

Em agosto de 2015, eu fui eleita líder de igreja. Na época, a igreja precisava lidar com algumas cartas de denúncia, mas eu tinha acabado de começar a trabalhar na igreja e nunca tinha lidado com cartas de denúncia antes. Eu não estava familiarizada com os princípios para cartas de denúncia e não sabia como lidar com elas, por isso fiquei muito ansiosa. Depois disso, a liderança superior nomeou Wang Jing como responsável pelas cartas de denúncia. Eu soube que ela acreditava havia quase vinte anos e que ela tinha servido como líder e agora ela estava sendo designada para supervisionar o trabalho relacionado às cartas de denúncia. Eu pensei: “Ela deve entender muito da verdade e ter a realidade da verdade. Ela será uma grande ajuda para nós”. Depois disso, descobri que Wang Jing fazia uma análise muito lúcida e racional das cartas de denúncia. Ela não só conseguia resolver os problemas mencionados nas cartas de denúncia, ela também fornecia uma comunhão perceptiva da verdade de discernimento, usando exemplos da vida real, e encontrava passagens adequadas das palavras de Deus para tratar dos problemas de todos. Isso me passou uma impressão muito boa de Wang Jing, e achei que ela tinha a realidade da verdade e que eu devia aprender o máximo possível com ela. Nas reuniões, depois disso, Wang Jing discutiu algumas cartas de denúncia difíceis, como outros tinham lidado com elas incorretamente e como ela corrigiria os problemas usando os princípios e os resolveria. Depois de um tempo, pareceu-me que não existia problema que ela não conseguisse resolver, e, inconscientemente, desenvolvi certa admiração por ela. Certa vez, recebemos uma carta de denúncia que continha um problema muito complexo, mas Wang Jing identificou a essência do problema em poucas palavras e rapidamente resolveu o problema. Outra irmã lhe disse, com admiração: “Nenhum de nós conseguiu entender o problema nessa carta, e nem a nossa supervisora, a irmã Lin Yuhan, conseguiu resolvê-lo, mas uma única comunhão sua, e o problema está resolvido. Você é o máximo”. Animada, Wang Jing acenou com a cabeça, parecendo gostar do elogio, e até fez alguns comentários críticos sobre Lin Yuhan. Eu estava vagamente ciente de que ela parecia estar engrandecendo a si mesma e menosprezando Lin Yuhan, mas então pensei que tudo que ela tinha dito era verdade, por isso não pensei mais nisso. Em vez disso, achei que, se, no futuro, eu conseguisse resolver os problemas das pessoas igual a Wang Jing, eu certamente seria capaz de cumprir bem o meu dever. Wang Jing nunca discutia quais problemas ou fracassos ela tivera em seu dever nem que corrupção ou fraqueza ela tinha manifestado e como ela tinha buscado a verdade para resolver esses problemas, assim, ao longo do tempo, todos passaram a admirá-la. Também achei que, ao reunir-me com Wang Jing, eu era capaz de entender mais da verdade. Já que eu queria ser capaz de resolver problemas igual a Wang Jing, eu ia a todas as reuniões das quais ela participava para ver como ela analisava as cartas de denúncia, quais palavras de Deus ela conectava com os estados dos irmãos e como ela comungava. Eu anotava tudo em papel. Depois disso, quando eu me reunia com outros obreiros, a maior parte do que eu comungava eram coisas que eu tinha aprendido com Wang Jing. Quando vi como os obreiros ouviam minha comunhão com atenção e até faziam anotações, eu achei que eu era uma obreira talentosa, igual a Wang Jing, que os outros deviam estar satisfeitos com meu trabalho e que Deus me elogiaria.

Depois disso, confiei cada vez mais em Wang Jing. Quando lidava com cartas de denúncia difíceis ou problemas com os obreiros que tratavam das cartas de denúncias, eu não me aquietava diante de Deus para orar a Ele nem buscava a verdade. Eu achava que, assim que Wang Jing viesse comungar, todos os meus problemas seriam resolvidos. Aos poucos, Deus perdeu Seu status no meu coração, e o status de Wang Jing crescia cada vez mais. Eu confiava mais numa pessoa do que em Deus. Com o tempo, comecei a ter problemas para entender até o problema mais simples no trabalho da igreja. Nas reuniões, eu era incapaz de comungar o esclarecimento do Espírito Santo. Eu só falava de conhecimento doutrinal e não conseguia resolver os problemas de entrada na vida das pessoas. Era como se Deus tivesse dado as costas para mim, e eu sofria muito. Mas, na época, não refleti sobre mim mesma.

Antes de uma reunião, as estradas estavam fechadas por causa da neve, e nenhum carro conseguia passar. Wang Jing disse que não conseguiria chegar e pediu que eu e minha parceira conduzíssemos a reunião. Quando ouvi isso, foi como se eu perdesse o chão sob meus pés. Durante a reunião, eu não consegui identificar a fonte do problema na carta de denúncia e entrei em pânico. Mas eu não guiei os outros a orar e confiar em Deus, a buscar os princípios da verdade nas palavras de Deus; em vez disso, só quis que Wang Jing aparecesse e resolvesse o assunto urgente do momento. No fim da reunião, eu me senti culpada por não ter sido produtiva e não ter cumprido o meu dever. Ainda assim, não busquei a intenção de Deus e continuei esperando que Wang Jing viesse e resolvesse o problema. Outra vez, Wang Jing disse que conduziria uma reunião para nós, mas, durante toda a manhã, ela não apareceu, e eu entrei em pânico, aterrorizada com a possibilidade de ela não aparecer, como da última vez. Eu temia que eu seria incapaz de resolver os problemas de todos se ela não viesse. Depois do almoço, ouvi a porta abrir e soube que Wang Jing tinha chegado. Feliz com a chegada da minha salvadora, fui correndo cumprimentá-la, mas, ao atravessar o pátio, eu perdi o equilíbrio e torci o tornozelo. Meu tornozelo inchou igual a um balão; doía tanto que eu não conseguia andar. Mas já que Wang Jing tinha chegado, eu tinha que pedir a todos que viessem rapidamente para a reunião para que ninguém perdesse como ela resolveria os problemas. Consegui ir até a casa de uma irmã, aguentando a dor, mas quando estava prestes a bater à porta, de alguma forma, eu perdi o equilíbrio e caí no chão. Quando consegui levantar, vi que a palma da mão direita estava coberta de sangue e cinzas de carvão. Essa série de incidentes assustou meu coração, e eu percebi vagamente que a minha ansiedade durante a espera por Wang Jing era um pouco anormal. Deus estava me disciplinando? Então orei a Deus, buscando uma resposta. Depois disso, vi a seguinte passagem das palavras de Deus: “As pessoas que creem em Deus deveriam obedecer a Ele e adorá-Lo. Não exalte nem admire ninguém; não coloque Deus em primeiro lugar, as pessoas que você admira em segundo e a si mesmo em terceiro. Ninguém deveria ocupar um lugar em seu coração, e você não deveria considerar que as pessoasespecialmente as que você veneraestejam no mesmo nível de Deus ou sejam iguais a Ele. Isso é intolerável para Deus(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Os dez decretos administrativos que devem ser obedecidos pelo povo escolhido de Deus na Era do Reino”). Ponderei sobre as palavras de Deus, e muitas cenas das minhas interações com Wang Jing me vieram à mente como cenas de um filme. Quando conheci Wang Jing, eu vi que ela era talentosa, eloquente, que ela pregava bem e era muito boa em resolver problemas. Todas as cartas que me deixavam perdida eram facilmente resolvidas pela análise e a comunhão dela. Inconscientemente, eu tinha começado a adorá-la, achando que, ao reunir-me com ela e ouvir a comunhão dela, eu entenderia a verdade e ganharia percepção. Se eu não me reunia com ela, eu achava que tinha perdido uma oportunidade de ganhar a verdade. Comecei a preferir me reunir e comungar com Wang Jing a orar a Deus e buscar a verdade. Eu confiava completamente em Wang Jing, e quando problemas apareciam, eu não orava a Deus nem buscava a verdade, só esperava que ela viesse comungar e resolvê-los. Quando as estradas fecharam, e ela não pôde vir, eu achei que não conseguiria fazer o trabalho sem ela. Quanto mais eu refletia, mais horrorizada ficava. Crentes em Deus devem reverenciá-Lo acima de tudo. Devemos adorá-Lo e olhar para Ele. Nenhuma pessoa deveria ter um lugar no nosso coração, mas eu não tinha um lugar para Deus no meu coração. Em vez disso, eu exaltava a pessoa que eu adorava e a idolatrava. Embora acreditasse em Deus, eu estava adorando uma pessoa e, sem perceber, tinha ofendido o caráter de Deus. Essa situação foi um lembrete para mim e uma forma de proteção. Às pressas, orei a Deus e me dispus a me arrepender.

Depois disso, deparei-me com estas palavras de Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “Não importa qual seja o nível de um líder ou obreiro, se vocês o adoram porque ele entende um pouco da verdade e porque ele tem alguns dons e acreditam que ele possui a realidade da verdade, e pode ajudá-los, e se vocês o veneram e dependem dele em todas as coisas, e, através disso, vocês tentam alcançar salvação, isso é tolice e ignorância da sua parte. No fim, não dará em nada, pois o ponto de partida é inerentemente errado. Não importa quantas verdades alguém entende, ninguém pode ficar no lugar de Cristo, e, por mais talentosa que a pessoa seja, isso não significa que ela possui a verdadeassim, no fim, aqueles que adoram, veneram e seguem pessoas serão excluídos e condenados. Os crentes em Deus só podem venerar e seguir a Deus. Líderes e obreiros, de qualquer posição, continuam sendo pessoas comuns. Se você os vê como seus superiores imediatos, se sente que eles são superiores a você, que são mais competentes do que você, e que deveriam conduzir você, que eles estão, em todos os aspectos, um degrau acima de qualquer outra pessoa, você está erradoisso é uma ilusão. E quais consequências essa ilusão trará para você? Ela levará você inconscientemente a comparar seus líderes com requisitos que não se conformam com a realidade, e a ser incapaz de tratar corretamente os problemas e deficiências que eles têm; ao mesmo tempo, sem que você saiba disso, você também será profundamente atraído pelo seu estilo, dons e talentos, de modo que, antes que você perceba, você os está adorando, e eles são seu deus. Essa senda, desde quando eles começam a se tornar seu modelo, o objeto da sua adoração, até quando você se torna um de seus seguidores, é uma senda que o afastará inconscientemente de Deus(A Palavra, vol. 4: Expondo os anticristos, “Item Seis”). “Algumas pessoas admiram qualquer um que consiga pregar um sermão profundo ou seja um bom orador e cobiçam aqueles que têm postura imponente quando fazem sermões. Essa é a opinião certa que se deve ter? É correto buscar um objetivo? (Não.) O que, então, é correto? Vocês devem querer se tornar que tipo de pessoa? (Alguém que permanece discreto e cumpre seu dever com os pés no chão, que se comporta e age com os pés no chão.) Isso é correto. Vocês devem se comportar e agir com os pés no chão, sem se afastar da oração em nenhum assunto, e sem se afastar das palavras de Deus em nenhum assunto. Vocês devem vir para diante de Deus com frequência e ter comunhão verdadeira com Ele. Esses são os fundamentos de crer em Deus!(A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Só ganhar a verdade é verdadeiramente ganhar Deus”). Por meio das palavras de Deus, aprendi que, como crentes em Deus, devemos vir para diante Dele com frequência. Em todas as coisas, devemos orar a Deus, buscar a verdade, cumprir nossos deveres de acordo com Suas exigências, reverenciá-Lo acima de tudo e jamais devemos adorar pessoa nenhuma. Não importa quais sejam seus talentos, sua destreza no trabalho ou sua capacidade de resolver problemas, tudo isso é concedido por Deus. É por meio do esclarecimento de Deus que as pessoas comungam com percepção, e se sua comunhão aponta uma senda, é porque ela está de acordo com as palavras de Deus e a verdade. Posso buscar sobre o que não entendo com essas pessoas e aprender com os pontos fortes delas, mas não importa quão bem elas comunguem, no fim, devo entender que isso vem de Deus e não adorar uma mera pessoa. Depois disso, pratiquei de acordo com as palavras de Deus e parei de depender totalmente de Wang Jing. Quando tinha problemas, eu orava a Deus e buscava os princípios relevantes da verdade nas palavras de Deus. Às vezes, quando não conseguia entender algo, eu perguntava a Wang Jing, mas eu me aquietava diante de Deus e me concentrava em quais aspectos da verdade ela comungava, em vez de simplesmente admirá-la. Aos poucos, comecei a adquirir uma opinião mais normal sobre Wang Jing e fui capaz de resolver alguns problemas nas cartas de denúncia. Mais tarde, Wang Jing foi eleita líder de outra igreja, e eu parei de entrar em pânico quando ela não estava presente. Nas reuniões, quando surgiam problemas insolúveis, eu orava e olhava para Deus com os outros e encontrava uma senda de prática por meio de Suas palavras. Só quando não conseguia resolver o problema, eu perguntava a um líder ou a alguém que entendia a verdade. Aos poucos, nossos problemas foram resolvidos, e eu experimentei certo crescimento.

Pouco tempo depois, um líder superior me escreveu que Wang Jing se valia dos talentos dela no trabalho e não buscava a verdade. Ela sempre se exibia e se exaltava para que os outros a admirassem e adorassem. Não queria aceitar tratamento e não refletia sobre si mesma. Ela tinha sido exposta por trilhar a senda de um anticristo e tinha sido dispensada por ser uma falsa líder. Isso teve um impacto profundo em mim. Em meu tempo com Wang Jing, ela já tinha mostrado esses comportamentos: ela nunca discutia que corrupção ela revelava em seu dever ou quais fracassos ela tinha experimentado. Ela só falava sobre os sucessos dela, como se não houvesse problema que ela não conseguisse resolver. Como resultado, todos a admiravam e adoravam. Mais tarde, vi esta passagem das palavras de Deus: “Algumas pessoas podem usar sua posição para repetidamente testificar sobre si mesmas, se engrandecer e competir com Deus por pessoas e status. Elas usam vários métodos e medidas para fazer as pessoas adorá-las, constantemente tentando conquistá-las e controlá-las. Algumas até intencionalmente induzem os outros a pensar que elas são Deus, para que possam ser tratadas como Deus. Elas nunca diriam aos outros que foram corrompidas, que também são corruptas e arrogantes, e que não as adorem, e que não importa quão bem se saem nas coisas, tudo isso se deve à exaltação de Deus, e que, enfim, estão apenas fazendo o que deveriam estar fazendo. Por que não dizem essas coisas? Porque elas têm muito medo de perder seu lugar no coração das pessoas. É por isso que tais pessoas nunca exaltam a Deus e nunca dão testemunho de Deus […](A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I”). Quando a vi à luz das palavras de Deus, ganhei algum discernimento de Wang Jing. Muitas vezes, ela comungava como ela buscava a verdade ao lidar com adversidades, a facilidade com que lidava com carta após carta difícil e como ela ajudava os outros a resolver seus problemas. Mas raramente ela falava sobre as aberrações e deficiências dela nem se abria sobre a corrupção e a fraqueza dela. Ela nunca discutiu nenhum problema ou carta que tinha avaliado errado ou que não tinha conseguido compreender nem como tinha revelado as deficiências dela. Ela também nunca falou sobre problemas que não conseguia entender, como os outros a tinham ajudado e quais aspectos da verdade isso a tinha levado a entender. Ela só permitia que as pessoas vissem essa fachada falsa perfeita que ela apresentava. Quando a adorávamos e elogiávamos, ela não comungava conosco que não devíamos adorar meras pessoas e só parecia saborear e desfrutar isso. Ao discernir o comportamento dela à luz das palavras de Deus, vi que ela só se valia dos talentos dela no trabalho e na pregação, que ela nunca exaltava a Deus nem dava testemunho Dele, e só se exibia para enganar os outros, o que levava as pessoas a não ver a corrupção e as deficiências dela e a adorá-la e segui-la. Ela agia assim para conquistar um lugar no coração das pessoas ― como isso era traiçoeiro e maligno! Mas eu não só não tive nenhum discernimento do comportamento dela, eu até admirei os talentos, a perícia e a capacidade dela de resolver problemas. Achei que ela entendia a verdade, que tinha a realidade da verdade e, por isso, eu a adorei. Eu fui tão cega!

Depois disso, deparei-me com estas passagens das palavras de Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “Há algumas pessoas que são enganadas com frequência por aquelas que, exteriormente, parecem espirituais, nobres, superiores e grandiosas. Quanto a essas pessoas que podem falar com eloquência sobre letras e doutrinas, e cujo discurso e ações parecem dignos de admiração, os que são enganados por elas nunca olharam para a essência de suas ações, os princípios por trás de seus feitos, quais são os seus objetivos. Ademais, eles nunca se perguntaram se essas pessoas obedecem a Deus verdadeiramente, nem se são ou não pessoas que genuinamente temem a Deus e evitam o mal. Eles nunca discerniram a substância da humanidade dessas pessoas. Pelo contrário, desde o primeiro passo para a familiarização, pouco a pouco, passaram a admirar e venerar essas pessoas, e, no fim, essas pessoas se tornam seus ídolos(A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “Como conhecer o caráter de Deus e os resultados que Sua obra alcançará”). “Se as pessoas se concentram em questões superficiais ou profundas, letras e doutrinas ou realidade, elas não aderem àquilo que mais deveriam aderir, e não sabem aquilo que mais deveriam saber. A razão para isso é que as pessoas não gostam da verdade de forma alguma; portanto, não estão dispostas a colocar tempo e esforço em buscar e pôr em prática os princípios encontrados na palavra de Deus. Em vez disso, preferem utilizar atalhos, resumindo o que entendem e o que sabem ser boa prática e bom comportamento; esse resumo, então, se torna o seu objetivo a buscar, que elas tomam por verdade a ser praticada. A consequência direta disso é que as pessoas usam o bom comportamento humano como substituto para colocar a verdade em prática, o que também satisfaz seu desejo de cair na graça de Deus. Isso lhes dá meios com os quais lutar contra a verdade, o que elas também usam para argumentar e competir com Deus. Ao mesmo tempo, as pessoas também, de modo inescrupuloso, colocam Deus de lado e colocam o ídolo que admiram na posição Dele(A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “Como conhecer o caráter de Deus e os resultados que Sua obra alcançará”). As palavras de Deus me mostraram que, ao longo dos meus muitos anos de fé, eu sempre tinha tido esta ideia falaciosa: eu tinha suposto que pessoas inteligentes e talentosas que trabalhavam e pregavam bem e conseguiam resolver problemas entendiam a verdade e tinham a realidade da verdade. Percebi que eu não fazia ideia do que era a realidade da verdade. Deus expressa verdades e faz a obra de julgamento para purificar as pessoas de seus caracteres corruptos e permitir que elas entrem na realidade da verdade e vivam uma semelhança humana real. Se alguém só é capaz de resolver os problemas dos outros e discernir outras pessoas, mas é incapaz de aceitar o julgamento das palavras de Deus e de aceitar tratamento, então, não importa quão talentoso seja nem quão bem ele trabalhe e pregue, ele não tem a realidade da verdade. Wang Jing nunca falava sobre conhecer a si mesma, nunca se abria nem dissecava seu caráter corrupto e não aceitava a verdade nem obedecia quando era podada e tratada. Como ela poderia ter a realidade da verdade? Ela só era capaz de lidar com cartas de denúncia porque tinha alguma experiência de trabalho e um conhecimento dos princípios um pouco melhor. Mas isso não significava que ela tinha a realidade da verdade. Eu não entendi a verdade e não consegui discerni-la. Eu até a adorei cegamente e a tomei como meu ídolo, tentando imitá-la e copiá-la. Como eu era tola. Ao praticar a fé desse jeito, eu estava em grande perigo!

Mais tarde, vi outra passagem das palavras de Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “O que você admira não é a humildade de Cristo, mas aqueles falsos pastores de posição proeminente. Você não ama a amorosidade ou a sabedoria de Cristo, mas aqueles libertinos que se chafurdam na imundície do mundo. Você ri da dor de Cristo, que não tem lugar para deitar a cabeça, mas admira aqueles cadáveres que caçam oferendas e vivem em devassidão. Você não está disposto a sofrer ao lado de Cristo, mas se lança contente nos braços daqueles anticristos imprudentes, apesar de eles apenas lhe fornecerem carne, palavras e controle. Agora mesmo seu coração ainda se volta para eles, para a reputação deles, para o status deles e para a influência deles. E, no entanto, você continua a manter uma atitude na qual acha a obra de Cristo dura de engolir e não está disposto a aceitá-la. É por isso que Eu digo que você não tem a fé para reconhecer Cristo. A razão por que você O seguiu até hoje foi só porque você não teve outra opção. Uma série de imagens altivas está sempre em destaque em seu coração; você não consegue esquecer cada palavra e feito deles, nem suas palavras e mãos influentes. Eles são, no seu coração, para sempre supremos e para sempre heróis. Mas isso não vale para o Cristo de hoje. Ele é para sempre insignificante no seu coração, e para sempre indigno de reverência. Porque Ele é comum demais, tem muito pouca influência e está longe de ser elevado(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Você é um verdadeiro crente em Deus?”). As palavras de julgamento de Deus foram direto ao ponto. Deus encarnou em humildade e nunca engrandece a Si Mesmo. Ele só expressa verdades para salvar a humanidade. A humildade de Deus é uma expressão de Sua honra, grandeza e santidade. É sumamente digna da nossa admiração. Mas quando vi que Wang Jing tinha sido líder, conseguia resolver problemas e falava com convicção e ímpeto, eu a admirei. Eu acreditava em Deus sem adorá-Lo e não reverenciava a humildade e a amabilidade de Cristo. Em vez disso, eu adorava pessoas grandes e imponentes, valorizando mais as que tinham personalidades altivas, talentos e a capacidade de trabalhar e pregar. Eu até as via como meus ídolos. Isso realmente ofendeu o caráter de Deus. Não devemos admirar ninguém que seja uma mera pessoa: só Deus é a verdade e só Ele deve ser seguido e adorado. As palavras de Deus dizem: “Eu digo que todos aqueles que não valorizam a verdade são descrentes e traidores da verdade. Tais homens nunca receberão a aprovação de Cristo(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Você é um verdadeiro crente em Deus?”). Eu não buscava a verdade e não tinha o menor conhecimento de Deus, a despeito de meus anos de fé. Eu até idolatrava uma pessoa corrupta, eu a adorava e a seguia, mas não adorava Cristo nem valorizava a verdade. Isso era trair a Deus e eu estava agindo como não crente. Se eu não me arrependesse, Deus se cansaria de mim e me expulsaria!

Mais tarde, eu soube que Wang Jing tinha agido como Judas quando foi presa pela Partido Comunista. Ela denunciou vários irmãos e irmãs. Quando foi solta, não se arrependeu e, mais tarde, foi excluída da igreja. Eu vi que, embora Wang Jing tivesse cumprido muitos deveres, tivesse talento e fosse boa em pregar e conseguisse usar as palavras de Deus para resolver problemas, visto que ela não buscava autoconhecimento nem aceitava a verdade e não tinha nem um pingo de realidade da verdade, a despeito de anos de fé, quando confrontada com essa situação, ela foi totalmente exposta e expulsa. Depois disso, deparei-me com outra passagem das palavras de Deus. “Você deve saber que tipo de pessoa Eu desejo; a quem é impuro não se permite entrar no reino, a quem é impuro não se permite macular o solo santo. Ainda que possa ter feito muito trabalho e trabalhado por muitos anos, no fim, se você ainda é deploravelmente imundo, será intolerável para a lei do Céu que você deseje entrar no Meu reino! Desde a fundação do mundo até hoje, nunca ofereci fácil acesso ao Meu reino àqueles que Me bajulam. Esta é uma regra celestial, e ninguém pode infringi-la! Você deve buscar a vida. Hoje, os que serão tornados perfeitos são do mesmo tipo que Pedro. Eles são aqueles que procuram mudanças em seu próprio caráter e que se dispõem a dar testemunho de Deus e a cumprir seu dever como criaturas de Deus. Somente pessoas como essas serão tornadas perfeitas. Se você só busca recompensas e não procura mudar seu próprio caráter de vida, então todos os seus esforços serão inúteisessa é uma verdade inalterável!(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre”). As palavras de Deus afirmam que ninguém alcança salvação com base em seus talentos, em quanto trabalha nem em quanto prega, mas com base em se busca a verdade, é capaz de aceitar e de obedecer ao julgamento das palavras de Deus e de alcançar transformação em seu caráter de vida. Em sua fé, Pedro magnificou Deus e buscou a verdade em todas as coisas. Para ele, alcançar a verdade e a vida estava acima de tudo, assim, embora não fizesse tanto trabalho quanto Paulo, após experimentar o julgamento de Deus, ele conseguiu ser obediente até a morte e, no fim, deu grande testemunho de Deus e obteve Seu elogio. A partir da estrada que Pedro trilhou, encontrei uma senda de prática: eu deixaria de admirar pessoas talentosas e não buscaria ser igual a elas. Em vez disso, resolvi buscar a verdade, praticar as palavras de Deus e cumprir o meu dever como um ser criado. Só isso era a senda certa.

Depois disso, ao cumprir o meu dever, eu me concentrei em confiar em Deus e buscar os princípios da verdade. Quando conhecia pessoas talentosas que sabiam pregar, eu me esforçava para vê-las à luz correta. Quando a comunhão delas tinha o esclarecimento do Espírito Santo, eu a via como vinda de Deus. Quando suas ideias estavam de acordo com os princípios, eu as aceitava e obedecia a elas. Se não estavam de acordo com os princípios, eu não as ouvia cegamente, mas buscava a verdade com elas. Depois de praticar desse jeito por um tempo, eu me senti mais livre e mais à vontade. Em meu dever, também fui capaz de identificar sendas de prática e de alcançar alguns resultados. Graças a Deus!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

A verdade por trás do descuido

Por Victor, Coreia do Sul Em outubro passado, terminamos a produção de um vídeo. Investimos muito trabalho, tempo e energia nele. Para...

Leave a Reply

Conecte-se conosco no Messenger