Uma vitória em meio ao teste de Satanás

16 de Dezembro de 2022

Por David, Benim

Meu nome é David, e eu nasci numa família cristã. Eu acreditava no Senhor juntamente com meus pais desde pequeno. Depois de crescer, servi como secretário do grupo dos jovens como intérprete do pastor. Também participava do coro e de outros tipos de ministério. Mas, mais tarde, percebi que, embora a nossa igreja parecesse dinâmica, todos estavam espiritualmente inférteis. Os sermões do pastor e dos presbíteros eram vazios e careciam de luz nova e ninguém ganhava sustento. Muitas pessoas haviam perdido a fé e até cochilavam durante os sermões. Algumas pessoas até traziam coisas para a igreja para vender e falavam sobre coisas seculares. Vi que não havia sustento real a ser ganho na igreja. Tudo que podia fazer era procurar vídeos cristãos na internet.

Em janeiro de 2019, eu estava pesquisando vídeos no YouTube, como sempre, quando vi um clipe de “Esperança”, um filme da Igreja de Deus Todo-Poderoso, chamado “Então é assim que o Senhor retorna”. Fiquei muito animado: esse vídeo estava dizendo que o Senhor Jesus tinha voltado? Cliquei nele na mesma hora. Esse vídeo me ensinou que o Senhor Jesus tem duas maneiras de retornar nos últimos dias. Primeiro, Ele se torna carne como o Filho do homem e vem em segredo, e então Ele aparece abertamente numa nuvem para que todos o vejam. O vídeo também testificou que o Senhor Jesus já retornou, que Ele encarnou como Deus Todo-Poderoso. Fiquei animado ao ouvir do retorno do Senhor, e também bastante curioso. Achei que sua comunhão era muito esclarecedora e quis me aprofundar nisso. Depois, assisti a vários outros filmes, como “Fé em Deus”, “Salvação”, “Ignorância fatal” e “Rompendo armadilhas”. Realmente abriu meus olhos. Ao assistir a esses filmes da Igreja de Deus Todo-Poderoso, descobri por que a nossa igreja estava desolada e aprendi muitos dos aspectos da verdade, tais como o que é fé verdadeira, que tipo de pessoa pode entrar no reino dos céus e que, nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso purifica e salva o homem por meio do julgamento de Suas palavras. Tudo isso eram mistérios e verdades que eu nunca tinha ouvido antes e que realmente me nutriam. Eu gostei muito dos filmes — eles me ajudaram bastante. Nesses filmes, percebi que eles liam de um livro, “A Palavra manifesta em carne”, então procurei-o na internet. Mais tarde, encontrei o aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso, o baixei e então li muitas das palavras de Deus Todo-Poderoso. Suas palavras têm tanta autoridade, e quanto mais eu as lia, mais sentia que eram as palavras de Deus, que realmente são a voz de Deus, uma expressão da verdade, sem dúvida alguma. Foi uma surpresa agradável, e rapidamente entrei em contato com a Igreja de Deus Todo-Poderoso por meio do aplicativo. Ao longo de alguns dias lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso em reuniões e ouvindo a comunhão e o testemunho dos irmãos, eu tive certeza de que o Senhor Jesus tinha retornado, que Deus Todo-Poderoso é o retorno do Senhor Jesus. O Senhor realmente voltou! Eu estava encantado, animado e senti que eu era abençoado. Naquele momento eu só quis uma coisa, que era anunciar Seu retorno por toda parte para que todos os crentes ouvissem a notícia maravilhosa. Pensei como o clero da nossa igreja sempre dizia que devíamos vigiar e esperar o retorno do Senhor e achei que eles ficariam excitados se soubessem que o Senhor Jesus tinha retornado. Quis sair correndo e compartilhar o evangelho com eles para que eles pudessem ouvir a voz do Senhor e acolhê-Lo. Primeiro pensei no pastor Gilbert e no presbítero Romain, da nossa igreja. Eles trabalhavam muito pelo Senhor na igreja e eram calorosos, amorosos e pacientes com os irmãos e lhes ajudavam muito. O pastor Gilbert desistiu de seu emprego no mundo para ir ao seminário e estudar para ser pastor. Achei que, já que eles eram bons pregadores, eles aceitariam a obra de Deus. Compartilhei o evangelho do retorno do Senhor primeiro com o presbítero Romain.

Naquele dia, assistimos a um filme evangelístico da Igreja de Deus Todo-Poderoso juntos e eu dei testemunho de que o Senhor Jesus tinha voltado. Achei que ele me faria muitas perguntas, mas ele não disse nada e me tratou com frieza, não teve nenhum desejo de buscar ou conversar sobre isso. Eu temia que não tivesse explicado tudo claramente e pedi que ele instalasse o aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso para que ele pudesse investigar, mas ele não quis. Depois de convidá-lo várias vezes a ouvir um dos sermões da Igreja de Deus Todo-Poderoso, ele concordou relutantemente. Mas ele participou de uma reunião on-line sem convicção e então saiu sem dizer nada. Ele nunca mais voltou a participar de uma reunião. Depois disso, Romain começou a me evitar e nunca mais passou pela minha casa. Essa atitude dele me deixou um pouco perplexo. Nós tínhamos nos dado bem no passado; por que ele se afastou tanto de mim assim que eu lhe disse que o Senhor retornou? Em seus sermões, ele sempre nos instruía a vigiar e esperar a vinda do Senhor. Por que ele não buscou e investigou, agora que o Senhor Jesus tinha retornado? Antes de eu conseguir entender tudo isso, algo inesperado aconteceu.

Alguns dias depois, o pastor Gilbert me chamou para o escritório dele. Eu fiquei um pouco cauteloso. Assim que cheguei, o pastor Gilbert me perguntou: “David, parece que você encontrou alguns amigos e está se comunicando com eles on-line. Isso é muito interessante. Quem são eles? A que igreja pertencem?”. Em vista de atitude calorosa dele, achei que ele queria investigar, então lhe disse que era a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ele anotou o nome da igreja e disse com orgulho: “Eu conheço, e não devemos ouvi-los. A Bíblia diz claramente que muitos falsos cristos surgirão nos últimos dias, que enganarão muitas pessoas”. Então ele abriu a Bíblia e leu isto em 1 Tessalonicenses 4:16-17: “Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor”. Depois de ler esses versículos, ele me explicou altivamente: “Esses versículos dizem claramente que, quando o Senhor vier, os anjos tocarão trombetas, os mortos ressuscitarão e nós seremos arrebatados para as nuvens para ver o Senhor. Se alguém diz que o Senhor retornou, mas nós ainda estamos no chão e não fomos arrebatados para o céu, isso é falso! Quando o Senhor vier, deixaremos a Terra e viveremos nos céus com Ele para sempre”. Mas congelei quando ele disse isso. Os versículos dele diziam que o Senhor desceria em nuvens, mas os filmes da Igreja de Deus Todo-Poderoso comungavam Sua encarnação em segredo. Como fazer sentido disso? Eu estava um pouco confuso. Na Bíblia, o Senhor Jesus profetizou “a vinda do Filho do homem” e “virá o Filho do homem” muitas vezes. Isso tratava do Senhor tornando-se o Filho do homem e vindo em segredo. O Senhor Jesus nunca disse que nós seríamos arrebatados para as nuvens. Por que, então, o que Paulo disse contrariava o que o Senhor Jesus disse? O que era isso? Deus Todo-Poderoso era realmente o retorno do Senhor? Se não fosse, como Suas palavras podiam conter tanta verdade e ter tanto poder e autoridade? Eu não entendia. O pastor Gilbert começou a fazer algumas perguntas e pediu que eu lhe contasse mais sobre o que eu tinha aprendido com a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ele também disse algumas coisas pejorativas e caluniosas. Então percebi que sua intenção ao fazer perguntas não era buscar e investigar, era obter mais informações para que pudesse me impedir de investigar o caminho verdadeiro. Naquele momento, lembrei-me do filme a Igreja de Deus Todo-Poderoso “Rompendo armadilhas”, que fala sobre os fariseus de hoje. Os pastores e presbíteros no filme nunca investigaram a obra de Deus Todo-Poderoso, mas a condenaram cegamente, inventando informações falsas para obstruir o caminho das pessoas que investigavam o caminho verdadeiro e estavam seguindo a Deus. Agora, o pastor Gilbert estava fazendo a mesma coisa. Ele queria obter mais informações para espalhar boatos mais tarde, para impedir as ovelhas de Deus de ouvir a voz de Deus e acolher o Senhor. Em meu coração, implorei que Deus me desse a sabedoria para responder-lhe. Eu lhe disse: “Não posso lhe dizer nada agora. Ainda estou investigando. Posso contar-lhe quando eu tiver mais informações”. No fim, ele disse que não buscaria comigo e encerrou nossa conversa. Mas eu ainda estava um pouco confuso em relação à alegação de que o Senhor viria para nos arrebatar para o céu.

Quando saí do escritório do pastor, orei a Deus no meu coração, pedindo que Ele me guiasse e esclarecesse. Mais tarde, fiquei refletindo sobre os versículos em 1 Tessalonicenses 4:16-17. Após muita reflexão, percebi que os versículos lidos pelo pastor Gilbert tinham vindo de Paulo, eram coisas ditas por Paulo. O Senhor Jesus nunca disse que levaria os crentes para as nuvens quando retornasse e nunca disse que o reino dos céus seria no céu. Mais tarde, em meu processo de busca e oração, vi outro filme da Igreja de Deus Todo-Poderoso, “Despertar do sonho”, que me esclareceu muito. Parte do conteúdo do filme explicava questões em torno do arrebatamento e se o reino é no céu. As pessoas que compartilhavam o evangelho no filme diziam que todas as pessoas acham que o reino dos céus é no céu por causa de suas noções. Mas esse é o caso? Podemos ver que o Senhor Jesus disse isto: “Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Teu nome; venha o Teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu(Mateus 6:9-10). O Senhor Jesus nos disse claramente que o reino de Deus é na Terra, não no céu: seja feita a vontade de Deus na Terra como no céu. Agora, vejamos Apocalipse 21:2-3: “E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus […]. Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o Seu povo, e Deus Mesmo estará com eles, e será o seu Deus”. E Apocalipse 11:15: “O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do Seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos”. Essas profecias mencionam “o tabernáculo de Deus está com os homens”, “a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus” e “O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do Seu Cristo”. Isso prova que Deus estabelecerá Seu reino na Terra, que Ele viverá entre os homens. Os reinos da Terra devem se tornar o reino de Cristo por toda a eternidade. Se seguirmos nossa imaginação, achando que o reino de Deus será nos céus e que o Senhor nos levará para o céu quando Ele retornar, essas palavras de Deus não perderiam todo o sentido? O que, então, é ser arrebatado? A maioria das pessoas não sabe isso. O mistério do arrebatamento dos santos só foi revelado quando veio Deus Todo-Poderoso. Deus Todo-Poderoso diz: “‘Ser apanhado’ não significa ser levado de um lugar baixo para um lugar alto, como as pessoas podem imaginar; isso é um grande equívoco. ‘Ser apanhado’ se refere a Eu predestinar e depois selecionar. Visa a todos aqueles a quem predestinei e escolhi. […] Os que terão uma porção na Minha casa no futuro são todos aqueles que foram apanhados diante de Mim. Isso é absolutamente verdadeiro, imutável e irrefutável. É um contra-ataque a Satanás. Qualquer um que Eu predestinei será apanhado para diante de Mim(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Declarações de Cristo no princípio, Capítulo 104”). Deus Todo-Poderoso é muito claro. Ser arrebatado não é o que imaginávamos, ser levado do chão para o céu para se encontrar com o Senhor nas nuvens. É quando Deus retorna para falar e operar na Terra, as pessoas ouvem a voz de Deus e se levantam para seguir a Deus e se submetem à obra de Deus dos últimos dias. Esse é o significado real de ser arrebatado para diante do trono de Deus. Todos que reconhecem a voz do Senhor, que podem descobrir e aceitar a verdade das palavras de Deus Todo-Poderoso e voltar-se para Ele são as virgens sábias. Essas pessoas são as “pedras preciosas” “roubadas” de volta para a casa de Deus, que conseguem aceitar a verdade e entender a voz de Deus. Elas são verdadeiramente arrebatadas e são um grupo de pessoas que Deus aperfeiçoa como vencedores quando Ele vem em segredo para operar nos últimos dias. Desde que a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias começou, cada vez mais daqueles que anseiam pela aparição de Deus reconheceram a voz de Deus nas palavras de Deus Todo-Poderoso e aceitaram a obra de julgamento de Deus dos últimos dias. Foram elevados para diante do trono de Deus para encontrá-Lo e são nutridos e regados pelas palavras de Deus. Eles ganharam entendimento verdadeiro de Deus, seus caracteres corruptos foram purificados e eles vivem a realidade das palavras de Deus. Receberam a grande salvação de Deus. Já se tornaram vencedores antes dos desastres. Tornaram-se as primícias ganhas por Deus. Mas os que se agarram às suas noções e imaginações, que esperam que o Senhor os leve para o céu e se recusam a aceitar a obra de julgamento de Deus dos últimos dias são as virgens tolas que serão excluídas por Deus. No fim, cairão em desastres, gemendo e rangendo os dentes. Isso é um fato.

Após assistir ao filme, vi que não podemos interpretar “ser arrebatado” literalmente. Isso se refere sobretudo a pessoas ouvindo a voz de Deus, acolhendo o Senhor e vindo para diante do trono de Deus. Isso é ser arrebatado. Aqueles que aceitam a obra de Deus dos últimos dias são as virgens sábias, que são arrebatadas para diante do trono de Deus. Eles comem e bebem as palavras de Deus Todo-Poderoso e aceitam seu julgamento e purificação. Isso é participar do banquete nupcial do Cordeiro. Ser arrebatado desse jeito é tão prático. A obra de Deus é tão sábia, tão significativa! Vi que meu tempo de me reunir e comunicar com os membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso era assim. Eles levam uma vida normal na terra como todos nós. A diferença é que eles bebem e comem as palavras de Deus, e sua comunhão da verdade possui percepção e esclarecimento. Sua perspectiva sobre as coisas e a fé é tão revigorante. Quando se deparam com problemas, eles não pensam em implorar pela graça de Deus, mas buscam e comungam como amar e se submeter a Deus, como reconhecer e resolver seus caracteres corruptos e como praticar a verdade e viver as palavras de Deus. Eu sentia que eles estavam num mundo novo, que tinham entrado numa nova era e viviam um tipo de vida totalmente novo. Eu nunca tinha conhecido pessoas iguais a eles. Estavam muito à frente de nós, que acreditávamos no Senhor. Isso me fez ansiar ainda mais por ler as palavras de Deus Todo-Poderoso e por experimentar Sua obra de julgamento, por viver igual a eles. Então entendi ainda melhor que Paulo disse essas coisas por causa de suas noções, e eu devia acreditar que as palavras do Senhor e não as de Paulo eram a verdade, pois Paulo era um homem. Numa questão tão importante como acolher o Senhor, acreditar numa pessoa é muito perigoso. Especialmente quando as palavras do homem e as do Senhor se chocam, não podemos tomar as palavras do homem como base. Eu quase fui enganado pelo pastor que usou as palavras de Paulo. Durante todos esses anos, ninguém entendeu o mistério do arrebatamento dos santos e ninguém tinha discernimento das palavras de Paulo, que estavam cheias de imaginações. Eram totalmente contrárias às palavras do Senhor Jesus. Isso esclareceu as coisas para mim.

Ganhei um pouco de discernimento sobre o clero por meio das reuniões e da comunhão. Eles conheciam bem a Bíblia, mas não faziam ideia se acolher o Senhor deveria se basear nas palavras de Deus ou do homem. Não conheciam Deus nem minimamente. Numa noite, alguns dias depois, eu me deparei com o pastor Gilbert num campo de futebol no nosso vilarejo. Ele ainda queria que eu mudasse de opinião. Dessa vez, ele tentou usar demonstrações, algo parecido com um esquete. Ele levantou os braços e olhou para o céu, depois pisou no chão como se estivesse subindo uma escada. Ele disse: “Seremos capazes de andar sobre as nuvens. Mas se você não estiver cheio do Espírito Santo nesse dia, você não conseguirá”. Essa apresentação infantil do pastor Gilbert me convenceu ainda mais de que a história de ser arrebatado para as nuvens é uma imaginação puramente humana. Era tão absurdo e cômico que quis rir. Era tão infantil quanto acreditar que o Papai Noel vem no dia 25 de dezembro para trazer presentes. A partir desse dia, não acreditei mais nessa fantasia, mas me concentrei na realidade e continuei investigando a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias.

Mais tarde, o irmão mais novo do pastor Gilbert e eu aceitamos a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e recebemos cópias dos livros das palavras de Deus Todo-Poderoso. Ambos estávamos muito felizes e animados. O pastor Gilbert ficou furioso quando descobriu e não só obstruiu o caminho da fé do seu irmão, mas tirou dele os livros e os mandou para o presbítero Romain. Eu sabia que eles não tinham levado os livros das palavras de Deus Todo-Poderoso para buscar a verdade, mas para encontrar erros neles, para usá-los para condenar a aparição e a obra de Deus Todo-Poderoso e para nos levar a trair a Deus Todo-Poderoso. As intenções deles não eram boas. E foi o que realmente aconteceu.

Um dia, o presbítero Romain me disse: “Não há nada de especial neste livro. Tudo isso está na Bíblia — não há nada de novo”. Mais uma fez, ele me decepcionou ao dizer isso. Eu disse a mim mesmo que as palavras de Deus Todo-Poderoso têm tanto poder e autoridade, elas falam sobre mistérios da verdade. Mentir desse jeito, dizer que não havia nada de novo não era algo que só uma pessoa demoníaca diria? As palavras de Deus Todo-Poderoso revelam os mistérios da obra de gerenciamento de seis mil anos de Deus, da encarnação, dos nomes de Deus, como Deus faz a obra de julgamento e assim por diante. Há também muitos outros mistérios e verdades. Todos eles são coisas que a Bíblia não tem e coisas que nunca entendemos em nossos anos de fé. Como ele podia dizer que não havia nada de novo no livro? Isso era absurdo. Ele não me enganaria. Isso também me mostrou que ele estava farto da verdade e não entendia a voz de Deus. Era igual ao pastor Gilbert. Ele não só não investigou, mas se opôs e condenou ainda mais, espalhando ainda mais noções religiosas nos cultos, dizendo aos irmãos que todas as palavras de Deus estão na Bíblia, que não há palavras de Deus fora dela. Ele disse que o Senhor Jesus precisa descer numa nuvem, e qualquer um que alega que o Senhor veio está mentindo. Na época, eu ainda servia como intérprete na igreja. Eu me sentia péssimo. Pensava que traduzir essas falácias que enganam as pessoas era participar do mal. Eu não estava participando da resistência e blasfêmia do clero? Essas coisas que eles faziam me lembraram de uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Basta olhar para os líderes de cada denominaçãosão todos arrogantes e hipócritas, e suas interpretações da Bíblia carecem de contexto e são guiadas por suas noções e imaginações. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, as pessoas os seguiriam? Afinal de contas, eles possuem certo conhecimento e conseguem pregar sobre alguma doutrina ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios. Eles usam isso para enganar as pessoas e para trazê-las para diante de si mesmos. Nominalmente, essas pessoas acreditam em Deus, mas, na realidade, seguem seus líderes. Quando encontram alguém pregando o caminho verdadeiro, algumas dizem: ‘Temos que consultar nosso líder sobre a nossa fé’. Veja como as pessoas ainda precisam do consentimento e da aprovação dos outros quando acreditam em Deus e aceitam o caminho verdadeiroisso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço impedindo que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?(A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Parte 3”). As palavras de Deus me mostraram que o clero impede as pessoas de buscar e investigar a obra de Deus dos últimos dias sob o pretexto de pregar e trabalhar pelo Senhor, de proteger Seu rebanho. Estão aprisionando os membros da igreja, controlando-os para alcançar seu objetivo de dominá-los. Eles não anseiam pelo retorno do Senhor Jesus, mas são os fariseus de hoje. Por natureza, eles odeiam a verdade e se opõem a Deus. Depois disso, eu me distanciei do pastor e parei de servir como intérprete dele. Essa decisão foi libertadora para mim, como se fosse um pássaro saindo da gaiola.

Mas o clero não parou de me perturbar. Um domingo, depois do culto, o presbítero Romain foi até a minha casa e me perguntou por que eu tinha parado de ser o intérprete da igreja. Eu lhe disse que não concordava com algumas coisas que o pastor pregava. Ele disse que o Senhor viria numa nuvem e que, se alguém alegar que Cristo veio, mas nós não fomos arrebatados para o céu, ele é um falso cristo. Mas havia alguma base para isso nas palavras do Senhor Jesus? Caso contrário, ele não estaria negando que Deus Todo-Poderoso é o Senhor retornado? Isso era espalhar boatos para enganar as pessoas. O presbítero Romain disse: “O que há de errado nisso? A Bíblia afirma que o Senhor virá nas nuvens nos últimos dias”. Eu disse: “A Bíblia diz que o Senhor virá nas nuvens nos últimos dias, mas também há muitas profecias na Bíblia de que o Senhor encarnará como o Filho do homem e virá em segredo nos últimos dias”. Peguei uma Bíblia e li alguns versículos para ele. “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem(Mateus 24:27). “Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem(Mateus 24:44). “Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem(Mateus 24:37). Eu lhe disse: “‘A vinda do Filho do homem’ é uma referência à vinda do Senhor na carne, em segredo. ‘O Filho do homem’ é uma referência a Ele nascer do homem, a ser de carne e possuir humanidade normal. O Senhor Jesus era chamado de Filho do homem e de Cristo. Por fora, Ele parecia ser uma pessoa perfeitamente normal. Ele comia, se vestia e vivia como uma pessoa comum. Nem o Espírito de Deus nem o corpo espiritual do Senhor Jesus após a Sua ressurreição são chamados de ‘o Filho do homem’. Assim, ‘a vinda do Filho do homem’ mencionada nessas profecias significa que o Senhor retornará na carne em segredo como o Filho do homem”. O presbítero Romain respondeu: “É verdade”. Então continuei: “Na verdade, Ele veio em segredo há muito tempo — Ele é Deus Todo-Poderoso. Ele expressou verdades e está fazendo a obra de julgamento, e Ele já formou um grupo de vencedores antes dos desastres. Grandes desastres já começaram, e quando os desastres passarem, Deus virá abertamente numa nuvem, aparecendo a todos os povos e nações. Então todas as profecias da vinda do Filho do homem e da aparição de Deus numa nuvem se cumprirão. Isso está totalmente de acordo com a Bíblia; por que, então, você não busca e investiga isso? Por que só lê as profecias da vinda do Senhor numa nuvem? Isso não é tirar as palavras do Senhor do contexto e interpretá-las errado? Ao sempre explicar as profecias com base em sua imaginação, achando que o Senhor só pode vir numa nuvem, você é igual aos fariseus que explicavam as profecias da vinda do Messias com base em suas noções e imaginações. Achavam que o Messias seria igual a um rei, de aparência nobre, nascido de uma família real, e que Ele salvaria as pessoas do governo romano. Mas quando o Messias veio, Ele era uma pessoa comum, nasceu numa manjedoura. Sua família era mediana, sem qualquer posição na sociedade, e Ele não salvou o povo do governo romano. Ele até foi pregado na cruz. A aparição e a obra do Senhor Jesus não se encaixava nas noções dos fariseus. Então, como podemos seguir nossas imaginações e dizer que o Senhor virá numa nuvem?”. Li outra passagem da Bíblia para ele. “Porque os Meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os Meus caminhos, diz Jeová. Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os Meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os Meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos(Isaías 55:8-9). “As Escrituras nos mostram claramente que as pessoas nunca conseguirão sondar de antemão o que Deus fará, pois Deus é um Deus sábio, e Suas profecias são veladas. As pessoas só podem interpretar e entendê-las quando elas se cumprem. Os fariseus interpretavam as profecias de acordo com suas noções e chegaram a conclusões erradas sobre a vinda do Messias. Como resultado, quando o Senhor Jesus veio, eles resistiram a Ele e O condenaram e acabaram punidos e amaldiçoados por Deus. Hoje, interpretar as profecias de acordo com nossas noções não é correto. Na verdade, só podemos entender as profecias depois de se cumprirem. Agora que o Senhor Jesus retornou e todas as profecias da vinda do Senhor se cumpriram, podemos entender o que elas realmente dizem.” Eu disse muito ao presbítero Romain naquele dia, mas ele não quis ouvir nada disso.

O que realmente me surpreendeu foi que não só o pastor Gilbert e o presbítero Romain se recusaram a buscar, mas que se opuseram ainda mais à minha fé. Um domingo, quando todos os pastores e presbíteros da nossa igreja estavam presentes, eles me perguntaram sobre o status da minha fé em Deus Todo-Poderoso. Eu não lhes dei nenhuma informação sobre a Igreja de Deus Todo-Poderoso porque sabia que tentariam encontrar alguma falha para inventar boatos. Eu não disse muito, só disse que ainda estava investigando. O pastor não concordou e mandou que eu fizesse uma escolha. Se eu não parasse de investigar a obra de Deus Todo-Poderoso, eles informariam todas as igrejas de que eu tinha sido expulso. Pensei que, se fosse expulso, todos pensariam que eu tinha seguido a senda errada, todos me menosprezariam e rejeitariam. Essas consequências me assustaram. Mas eu sabia que, se desistisse de aceitar Deus Todo-Poderoso porque eu temia ser humilhado, eu perderia minha chance de acolher o Senhor, então jamais ganharia a verdade e seria salvo. Eram consequências sérias. Senti que estava num dilema. Naquele momento, o pastor me ameaçou, dizendo que me amaldiçoariam se eu não fizesse o que eles diziam. Achei que dizer isso era demoníaco e não reagi. Lembrei-me de algo da Bíblia: “E ele clamou com voz forte, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia(Apocalipse 18:2). “Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo Meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas(Apocalipse 18:4). Lembrei-me de um filme da Igreja de Deus Todo-Poderoso que eu tinha visto e sabia que a grande Babilônia se referia ao mundo religioso. Esses versículos eram muito claros, eu devia sair da Babilônia, sair do mundo religioso e não participar de seu pecado. Àquela altura, vi que eu devia sair da igreja, sair do mundo religioso e seguir a Deus. Eu tinha visto como o mundo religioso era desolado, que ninguém buscava a verdade, que o clero lutava por status e nome, que a igreja carecia da obra do Espírito Santo e estava cheia de pecado e imundície. Quando os líderes religiosos ouviram as novas do retorno do Senhor, eles não buscaram, mas resistiram e condenaram, usando todas as táticas para impedir que os crentes investigassem o caminho verdadeiro. Nada disso estava alinhado com os ensinos do Senhor. Senti que a igreja era mesmo a Babilônia e que eu devia deixá-la imediatamente, caso contrário, eu não seria capaz de acolher o Senhor e entrar no reino dos céus. Eu perderia a obra do Espírito Santo, cairia em depravação com eles e perderia minha chance de ser salvo. Decidi que, mesmo se não me expulsassem, eu deixaria aquele deserto religioso. Nunca mais voltei para aquela igreja.

Para me levar de volta para a igreja, o pastor Gilbert veio para a minha casa e disse aos meus pais que eu não frequentava mais a igreja e pediu que eles me mandassem voltar. Meu pai também era presbítero da igreja. Ele e minha mãe já sabiam da minha fé em Deus Todo-Poderoso e, embora não desistissem de suas noções, eles não estavam me oprimindo. Começaram a me oprimir após a conversa do pastor com eles e exigiram que eu voltasse para a igreja. Eu me recusei. Meu pai me interrompia intencionalmente na hora das reuniões da Igreja de Deus Todo-Poderoso e me criticava diariamente dizendo todos os tipos de coisas horríveis. Minha mãe usava força física para me impedir de participar das reuniões, tentava tirar meu celular de mim sempre que eu estava numa reunião, dizendo que o quebraria para que eu não pudesse participar das reuniões. Uma vez, meu pai escondeu meu celular quando eu não estava lá e ameaçou cortar a energia da nossa casa. A opressão dos meus pais foi ficando cada vez mais severa, e ficou difícil suportá-la, mas com a orientação constante das palavras de Deus, eu nunca cedi a eles. Um dia, eles disseram que romperiam os laços comigo e me expulsariam da casa. Busquei as palavras de Deus diante dessa perseguição dos meus pais. Suas palavras me esclareceram e me deram um discernimento claro de tudo isso. Deus diz: “Quando Deus opera, cuida de uma pessoa, e olha para essa pessoa, e quando Ele favorece e aprova essa pessoa, Satanás também segue logo atrás, tentando enganar a pessoa e levá-la ao prejuízo. Se Deus quer ganhar essa pessoa, Satanás fará tudo em seu poder para obstruir Deus, usando vários artifícios malignos para tentar, interromper e impedir a obra de Deus, com o intuito de atingir seu objetivo oculto. Qual é esse objetivo? Ele não quer que Deus ganhe ninguém; ele quer ter posse daqueles que Deus quer ganhar, quer controlá-los, comandá-los para que eles o adorem, para que se juntem a ele para cometer atos malignos e resistir a Deus. Não é esse o motivo sinistro de Satanás?(A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “O Próprio Deus, o Único IV”).

Em cada passo da obra que Deus faz no interior das pessoas, externamente ela parece consistir em interações entre pessoas, como se nascida de arranjos humanos ou de interferência humana. Mas nos bastidores, cada passo da obra e tudo o que acontece é uma aposta feita por Satanás diante de Deus e requer que as pessoas permaneçam firmes em seu testemunho a Deus. Veja quando Jó foi provado, por exemplo: nos bastidores, Satanás estava fazendo uma aposta com Deus, e o que aconteceu a Jó foram os feitos dos homens e a interferência dos homens. Por trás de cada passo da obra que Deus faz em vocês está a aposta de Satanás com Deuspor trás disso tudo há uma batalha. […] Quando Deus e Satanás lutam no reino espiritual, como você deve satisfazer a Deus e como você deve permanecer firme em seu testemunho a Ele? Você deve saber que tudo que acontece com você é uma grande provação e é o momento em que Deus precisa que você dê testemunho. Embora possam parecer irrelevantes por fora, quando essas coisas acontecem, elas mostram se você ama a Deus ou não. Se você O ama, será capaz de permanecer firme em seu testemunho a Ele, e se você não coloca o amor a Ele em prática, isso mostra que você é alguém que não coloca a verdade em prática, que está sem a verdade e sem vida, e que é palha! Tudo o que acontece com as pessoas acontece quando Deus precisa que elas permaneçam firmes em seu testemunho Dele. Mesmo que nada muito grande esteja acontecendo com você atualmente e você não dê um grande testemunho, cada detalhe de sua vida diária é uma questão de testemunho a Deus(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus”). As palavras de Deus me mostraram por que eu estava enfrentando tantos obstáculos. Por fora, parecia que algo estava acontecendo entre meus pais e eu, mas não era esse o caso. Por trás disso estavam as interrupções e manipulações de Satanás. Satanás estava usando minha família para me impedir de crer em Deus Todo-Poderoso, de aceitar a salvação de Deus. Era uma batalha espiritual. Então eu soube que a vontade de Deus era que eu permanecesse firme em meu testemunho. Também resolvi que, não importava o que minha família fizesse para me impedir, eu continuaria me reunindo com os irmãos, lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso e cumprindo meu dever, e permaneceria firme para envergonhar Satanás.

Meus pais continuaram me oprimindo e obstruindo meu caminho, mas, não importava o que faziam ou diziam, confiei em Deus para rebater seus ataques verbais e continuei participando das reuniões e lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso. Aos poucos, eles pararam de me criticar. Louvei a Deus em meu coração por isso. As palavras de Deus Todo-Poderoso realmente são a verdade, e com essas verdades, ninguém pode me atacar ou destruir minha fé em Deus Todo-Poderoso.

Depois disso, o clero impediu ainda mais os irmãos de investigarem o caminho verdadeiro. O pastor Gilbert pressionou fortemente seu irmão mais novo e exigiu que ele realizasse cerimônias na igreja e não deixasse a igreja. Houve uma guerra fria feroz entre os dois irmãos. Seu irmão mais novo tinha medo de sair de casa. Tinha que fazer o que o irmão fazia e não podia participar das reuniões. Senti muita pena desse irmão e vi a face verdadeira do clero religioso com clareza ainda maior. Eles realmente são os fariseus de hoje. Eles não querem buscar o caminho verdadeiro e impedem a investigação dos outros. Estão puxando as pessoas para o inferno, fazendo com que elas percam a salvação de Deus dos últimos dias. Eles não estão sendo inimigos de Deus? É como disse o Senhor Jesus: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar(Mateus 23:13). Deus Todo-Poderoso diz: “Existem aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas e a recitam o dia inteiro, mas nem um deles entende o propósito da obra de Deus. Nem um deles é capaz de conhecer Deus; menos ainda pode qualquer um deles estar de acordo com a vontade de Deus. Todos eles são pessoas inúteis e vis, cada uma se empinando para repreender a Deus. Eles intencionalmente se opõem a Deus mesmo quando carregam o estandarte Dele. Afirmando ter fé em Deus, ainda comem a carne e bebem o sangue do homem. Todas as pessoas assim são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que deliberadamente se interpõem aos que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que impedem os que buscam a Deus. Elas podem parecer ter uma ‘constituição robusta’, mas como os seus seguidores podem saber que não passam de anticristos que levam as pessoas a ficarem contra Deus?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Todos os que não conhecem a Deus são pessoas que se opõem a Deus”). Por meio da revelação das palavras de Deus e minhas experiências naquele tempo, vi o semblante hipócrita e vil do clero religioso. Eles parecem explicar a Bíblia muito bem, parecem levar uma vida humilde e santa, e instruem os crentes a esperar a vinda do Senhor, mas agora que o Senhor Jesus retornou, eles não só não ouvem a voz de Deus, eles resistem a ela e a condenam, lutam para impedir que os crentes investiguem o caminho verdadeiro. Eles são iguais aos fariseus que crucificaram o Senhor Jesus no passado. Todos eles são malignos e odeiam a verdade por natureza e são anticristos que são expostos pela obra de Deus. Eles são servos malignos contra Deus! Quando vi a natureza e a essência do clero contrárias a Deus e que odeiam a verdade, ganhei discernimento verdadeiro deles. Deixei de ser enganado e seduzido por seu bom comportamento superficial. Fui liberto dos laços das forças dos anticristos religiosos. Graças a Deus Todo-Poderoso!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

Leave a Reply

Conecte-se conosco no Whatsapp