Quando minha família tentou me impedir de crer em Deus

25 de Outubro de 2022

Por Jin Yue, Malásia

Em março de 2018, meus parentes pregaram o evangelho de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias para mim e me convidaram pra participar de uma reunião virtual. Por meio da leitura da palavra de Deus Todo-Poderoso, descobri que Deus Todo-Poderoso faz a obra de julgamento com base na obra de redenção do Senhor Jesus e veio para purificar as pessoas e salvá-las plenamente, para livrá-las do pecado e levá-las para o reino de Deus. Embora acreditasse no Senhor no passado e participasse ativamente do serviço da igreja, eu passava meus dias num ciclo de pecar e confessar, não conseguia praticar a palavra do Senhor e eu vivia sofrendo. Agora, finalmente eu tinha encontrado uma forma de ser purificada da corrupção, por isso estava muito feliz e tinha certeza de que Deus Todo-Poderoso é a segunda vinda do Senhor Jesus. Comecei a participar de reuniões virtuais com os irmãos da Igreja de Deus Todo-Poderoso e contei à minha mãe sobre a luz que eu ganhava nas reuniões. Ela disse que o que eu lhe contava era benéfico e que ela estava interessada nos sermões que eu ouvia na internet, por isso eu a convidei pra participar das reuniões comigo. Inesperadamente, ela parou de ouvir no meio da reunião e tentou me impedir de crer em Deus Todo-Poderoso.

Um dia, minha mãe me perguntou: “A comunhão, na reunião naquele dia, era um sermão da Relâmpago do Oriente?”. Confrontada com a pergunta inesperada da minha mãe, eu não soube o que responder. Pensei: “Minha mãe sempre ouve o pastor. Se ela está me perguntando isso, ela foi enganada pelos rumores do pastor que condenam a Relâmpago do Oriente?”. Como eu tinha imaginado, no momento em que terminei de falar, ela disse em tom de acusação: “Pense no que a Bíblia diz: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos(Mateus 24:23-24). O pastor mencionou esses versículos muitas vezes. Nos últimos dias, muitos falsos cristos aparecerão para enganar as pessoas. Especialmente a Relâmpago do Oriente testifica que o Senhor Jesus retornou encarnado. Isso está errado. O pastor nos disse que jamais devemos acreditar nisso e que nunca devemos ouvir esses sermões! Você também deveria fazer o que o pastor diz. Pare de ouvir esses sermões!”. Fiquei com raiva quando a minha mãe disse isso. O pastor não tinha ouvido as palavras de Deus Todo-Poderoso nem investigado Sua obra nos últimos dias. Como ele podia condenar o retorno do Senhor tão facilmente? Minha mãe não tinha lido as palavras de Deus Todo-Poderoso, também. Como pôde ser tão superficial e seguir a alegação do pastor? Muitos crentes sinceros no Senhor leram as palavras de Deus Todo-Poderoso e as reconheceram como a voz de Deus. Depois de ler as palavras de Deus Todo-Poderoso, eu também senti seu poder e autoridade. Elas vêm da mesma fonte que as palavras do Senhor Jesus e são a voz do Próprio Deus. Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado. Como podiam dizer que Ele era um falso cristo que engana as pessoas?

O irmão Cheng, da Igreja de Deus Todo-Poderoso, tinha comungado sobre esse aspecto da verdade e ele leu algumas das palavras de Deus para mim: “Aquele que é Deus encarnado há de possuir a essência de Deus e Aquele que é Deus encarnado há de possuir a expressão de Deus. Uma vez que Se torna carne, Deus há de levar adiante a obra que intenciona fazer, e, já que Deus Se torna carne, Ele há de expressar o que Ele é e de ser capaz de trazer a verdade ao homem, de conceder-lhe vida e de lhe indicar o caminho. A carne que não contém a essência de Deus decididamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Se o homem pretende inquirir se é a carne de Deus em pessoa, então deve corroborar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele profere. O que quer dizer que, para corroborar se é ou não a carne de Deus em pessoa e se é ou não o verdadeiro caminho, é preciso discriminar com base em Sua essência. E assim, ao determinar se é a carne do Deus em pessoa, a chave está em Sua essência (Sua obra, Suas declarações, Seu caráter e muitos outros aspectos), em vez de na aparência exterior. Se o homem examina apenas a Sua aparência exterior e, como resultado, ignora a Sua essência, isso demonstra que o homem é inculto e ignorante(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Prefácio”). “Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria uma fraude produzida pelos espíritos malignos que imita Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. O estágio da obra de Jesus já foi concluída, e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. A obra de Deus é irreconciliável com as noções do homem; por exemplo, o Antigo Testamento predisse a vinda de um Messias, e o resultado dessa profecia foi a vinda de Jesus. Isso já tendo acontecido, seria errado se outro Messias viesse novamente. Jesus já veio uma vez, e seria errado se Jesus viesse novamente desta vez. Existe um nome para cada era, e cada nome contém a caracterização daquela era. Nas noções do homem, Deus deve sempre mostrar sinais e maravilhas, deve sempre curar os doentes e expulsar demônios e deve sempre ser igual a Jesus. Mas desta vez, Deus não é nada assim. Se, durante os últimos dias, Deus ainda mostrasse sinais e maravilhas e ainda expulsasse demônios e curasse os doentesse Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesusentão Deus estaria repetindo a mesma obra, e a obra de Jesus não teria significado nem valor. Assim, Deus realiza um estágio de obra em cada era. Uma vez que cada estágio de Sua obra foi concluído, logo ele é imitado por espíritos malignos e, depois que Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus adota um método diferente. Uma vez que Deus completou um estágio de Sua obra, ele é imitado por espíritos malignos. Isso deve estar claro para vocês(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Conhecer a obra de Deus hoje”). E também o irmão Cheng comungou comigo a palavra de Deus, dizendo: “Ao discernir entre o Cristo verdadeiro e os falsos cristos, devemos primeiro ver se eles conseguem expressar a verdade, o caráter de Deus e tudo que Deus tem e é, e se conseguem fazer a obra de salvar a humanidade. Esse é o princípio mais crucial e fundamental. Só Cristo pode expressar a verdade, e alguém que não consegue expressar a verdade certamente não é Cristo. Falsos cristos não possuem a essência de Deus e não conseguem expressar a verdade. Só conseguem imitar o Senhor Jesus e mostrar sinais e maravilhas simples para enganar aqueles que estão confusos e que carecem de discernimento. Portanto, se alguém alega ser a vinda de Cristo, mas não consegue expressar a verdade e só mostra sinais e maravilhas, ele é uma imitação de um espírito maligno e um falso cristo que veio para enganar as pessoas. Só Cristo é a verdade, o caminho e a vida, e só Ele pode expressar a verdade e fazer a obra de salvar a humanidade. O Senhor Jesus Cristo expressou muitas verdades quando Ele apareceu e operou; Ele deu às pessoas o caminho do arrependimento e redimiu toda a humanidade, e Ele iniciou a Era da Graça e concluiu a Era da Lei. Por isso, todos nós podemos identificar que o Senhor Jesus era Deus encarnado, o Cristo. Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso vem para expressar toda a verdade necessária para salvar a humanidade corrupta. As palavras de Deus Todo-Poderoso têm poder e autoridade, e o que elas revelam é o caráter de Deus e tudo que Deus tem e é. Ele abre o pergaminho, abre os sete selos, desvela os mistérios da Bíblia, encerra a Era da Graça, inicia a Era do Reino, e faz a obra de julgamento para salvar a humanidade. As palavras e a obra de Deus Todo-Poderoso provam plenamente que Ele é Deus encarnado, a aparição de Cristo nos últimos dias”. Pensando nisso, meu coração se iluminou. Eu disse à minha mãe: “Por que você crê tanto nas palavras do pastor? Nós cremos no Senhor, portanto deveríamos ouvir Suas palavras. Como disse o Senhor Jesus: ‘As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz(João 10:27). As palavras de Deus Todo-Poderoso comungam claramente a verdade do Cristo verdadeiro e dos falsos cristos. O Cristo é Deus encarnado como o Filho do homem. Porque Cristo é o Próprio Deus, Ele consegue expressar a verdade e operar para salvar as pessoas. Os falsos cristos são pessoas corruptas, imitações, que não conseguem expressar a verdade nem salvar a humanidade e só podem mostrar sinais e maravilhas para enganar as pessoas. Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso vem para fazer a obra de julgamento: Ele expressa a verdade para purificar e salvar as pessoas totalmente. Se lermos mais as palavras de Deus Todo-Poderoso, podemos discernir entre o Cristo verdadeiro e os falsos cristos, e somos capazes de ouvir a voz de Deus e receber o retorno do Senhor…”. Mas a minha mãe parou de ouvir antes que eu pudesse terminar. Eu quis ler as palavras de Deus Todo-Poderoso para a minha mãe, só que ela foi embora com raiva. Quando meus irmãos souberam disso, eles me disseram que a minha mãe tinha sido enganada pelo pastor e não entendia a verdade de discernir o Cristo verdadeiro dos falsos cristos, razão pela qual ela entendia errado a obra de Deus. Também me disseram para comungar mais a verdade com ela e resolver as noções e a confusão dela com amor. Depois disso, tive a chance de comungar com ela como discernir o Cristo verdadeiro e os falsos cristos. Quando ouviu o que eu disse, ela achou que fazia sentido e concordava com a Bíblia, e não se opôs mais às minhas reuniões virtuais. Ela disse que queria ler as palavras de Deus Todo-Poderoso. Isso me deixou muito feliz, então baixei o aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso para a minha mãe e a convidei para uma reunião. Mas antes da reunião, ela viu rumores postados na internet pelo pastor e voltou a me impedir.

Um dia, quando eu estava no trabalho, minha mãe me enviou uma captura de tela de um vídeo de pastores religiosos blasfemando e condenando a Igreja e pediu que eu assistisse ao vídeo. Quando vi a captura de tela, fiquei furiosa. Por que esses pastores religiosos não tinham nenhum temor de Deus? Espalhavam mentiras e rumores para condenar a obra de Deus dos últimos dias e impediam os crentes de investigar o caminho verdadeiro. Eram tão malignos! Eu não conseguia entender. Como líderes religiosos, os pastores são pessoas que servem a Deus na igreja. Por que, quando o Senhor Jesus retorna, eles não acolhem o Senhor, e resistem ao retorno do Senhor desse jeito? Orei a Deus para buscar. Depois de orar, lembrei-me da expressão: “Desde a antiguidade, o caminho verdadeiro tem sido perseguido”. Percebi imediatamente que, na Era da Graça, quando o Senhor Jesus veio operar, Ele também foi submetido a perseguição e condenação pelos sumos sacerdotes, escribas e fariseus da religião judaica. Eles eram pessoas que explicavam as Escrituras e serviam a Deus nas sinagogas. Enquanto refletia sobre isso, li uma passagem das palavras de Deus. “Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a essência dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias. E como nunca havia visto o Messias e nunca havia estado na companhia do Messias, cometera o erro de se agarrar ao mero nome do Messias enquanto se opunha à essência do Messias através de qualquer meio possível. Esses fariseus eram obstinados, arrogantes em essência e não obedeciam à verdade. O princípio de sua crença em Deus era: não importa quão profunda seja a Sua pregação, não importa quão elevada seja Sua autoridade, Você não é Cristo a menos que seja chamado o Messias. Essa crença não é absurda e ridícula?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus, Deus terá feito novo céu e nova terra”). A palavra de Deus me mostrou que a causa principal da condenação e da resistência dos fariseus ao Senhor Jesus era sua natureza e essência de odiar a verdade e ser hostil a Deus. Eles não temiam a Deus nem buscavam a verdade. Eles viram que as palavras e a obra do Senhor Jesus tinham poder e autoridade, mas, já que não se encaixavam em suas noções, eles negaram, rejeitaram, caluniaram e condenaram o Senhor Jesus, e finalmente pregaram o Senhor na cruz. Em relação à obra de Deus nos últimos dias, os pastores e presbíteros do mundo religioso também se agarram a noções religiosas. Não importa quanta verdade Deus Todo-Poderoso expresse nem quanta autoridade Suas palavras tenham, se elas não se conformam às suas noções, eles resistem e as condenam freneticamente e espalham rumores para nos impedir de investigar, esperando controlar-nos completamente e impedir-nos de ouvir a voz de Deus e acolher o Senhor. Eles são tão cruéis! Essa não é a mesma essência dos fariseus de resistir e condenar o Senhor Jesus? Eles resistem a Deus ainda mais que os fariseus! E eu vi o fato de que, visto que a essência dos anticristos no mundo religioso é odiar a verdade, não importa em que era ou onde Deus apareça e opere, eles sempre O rejeitarão e resistirão a Ele. Isso cumpre a profecia do Senhor Jesus: “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração(Lucas 17:24-25). Eu entendi esse ponto, não estava mais confusa e decidi comungar com a minha mãe quando voltasse para casa.

Quando cheguei, minha mãe ficou furiosa quando soube que eu não vi o vídeo que ela enviou, e antes de eu poder me explicar, ela me perguntou várias vezes por que eu não tinha visto. Eu perguntei para ela: “Deus Todo-Poderoso fala com tanta clareza, mas você não busca nem investiga. Por que você assiste a esses vídeos blasfemos?”. A essa altura, ela ficou ainda mais furiosa e me acusou de crença equivocada. Vê-la tão furiosa me deixou muito triste. A razão pela qual a minha mãe me impedia de crer em Deus Todo-Poderoso era que ela havia sido enganada pelos rumores do pastor. Isso me fez odiar os pastores ainda mais. Eles eram exatamente como o Senhor Jesus disse quando Ele amaldiçoou os fariseus: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar(Mateus 23:13). Depois disso, encorajei minha mãe a ouvir as palavras de Deus, não as palavras de pessoas, caso contrário ela poderia perder a salvação de Deus, e eu disse que nunca pararia de crer em Deus Todo-Poderoso. Quando viu que eu não pretendia desistir, minha mãe assumiu um tom de preocupação e pediu que eu parasse de participar das reuniões e de crer em Deus Todo-Poderoso. Tentei todas as maneiras de comungar com a minha mãe, mas não quis ouvir nada do que eu dizia, e disse que não podia aceitar o fato de que o Senhor tinha retornado. Depois de um tempo, ela cobriu o rosto e chorou. Vê-la chorar me deixou transtornada. Quando pequena, eu não temia nada mais do que vê-la chorar e deixá-la triste. Aos olhos da minha mãe, eu sempre tinha sido uma criança obediente, mas agora estava causando preocupação e transtorno. Achei que seria melhor ouvi-la e parar de participar das reuniões, por ora. Mas então pensei que, quando acreditava no Senhor, eu sempre colocava o serviço da igreja em primeiro lugar e os meus assuntos em segundo. Agora que eu tinha aceitado a nova obra de Deus, era mais importante do que nunca colocar Deus em primeiro lugar. Eu não entendia muita verdade, por isso precisava participar das reuniões. Sem as reuniões, eu não receberia a ajuda e o apoio dos meus irmãos. O que eu faria se fosse tentada ou perturbada e não conseguisse resistir? Mas se eu não parasse de participar das reuniões, ver minha mãe tão triste todos os dias seria um tormento para mim! Eu estava num beco sem saída, então orei a Deus e pedi que Ele me guiasse pra fazer a escolha certa.

Durante a reunião naquela noite, eu contei à irmã sobre o meu estado e ela me enviou uma passagem da palavra de Deus. “Quando Deus opera, cuida de uma pessoa, e olha para essa pessoa, e quando Ele favorece e aprova essa pessoa, Satanás também segue logo atrás, tentando enganar a pessoa e levá-la ao prejuízo. Se Deus quer ganhar essa pessoa, Satanás fará tudo em seu poder para obstruir Deus, usando vários artifícios malignos para tentar, interromper e impedir a obra de Deus, com o intuito de atingir seu objetivo oculto. Qual é esse objetivo? Ele não quer que Deus ganhe ninguém; ele quer ter posse daqueles que Deus quer ganhar, quer controlá-los, comandá-los para que eles o adorem, para que se juntem a ele para cometer atos malignos e resistir a Deus. Não é esse o motivo sinistro de Satanás?(A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “O Próprio Deus, o Único IV”). Ela comungou: “O que está acontecendo com você, por fora, pode parecer sua família perturbando e impedindo você de seguir Deus Todo-Poderoso, mas a manipulação de Satanás está por trás disso. Isso é uma batalha espiritual. Deus vem encarnado nos últimos dias para salvar as pessoas, mas Satanás não quer que as pessoas ganhem a salvação de Deus, por isso ele usa as pessoas à nossa volta para nos perturbar e impedir, levar-nos a negar e trair a Deus, e finalmente ele nos ocupa, controla e nos arrasta para o Inferno com ele. Como dessa vez, você acaba de aceitar a obra de Deus dos últimos dias, e Satanás a ataca e perturba através da sua mãe, para que você obedeça à sua mãe, desista da sua crença em Deus e perca a Sua salvação. Essa é a intenção sinistra de Satanás. Precisamos perceber os truques de Satanás e confiar em Deus para permanecer firmes. Lembre-se de Jó. Quando Satanás usou as queixas da esposa dele para levá-lo a abandonar Deus, Jó manteve sua fé e obediência a Deus, permaneceu firme em seu testemunho a Deus e humilhou Satanás. No fim, a fé de Jó ganhou a aprovação de Deus. Nós também precisamos ter a fé para permanecer firmes e não cair nos truques de Satanás!”. A comunhão da minha irmã me comoveu muito. Depois de aceitar a obra de Deus dos últimos dias, eu enfrentei muitos obstáculos a cada passo e descobri que havia uma batalha espiritual por trás disso. Satanás sabia que eu dava atenção a minha mãe e a ouvia, por isso ele a usou para me perturbar vez após vez, para me encher de noções e falácias, para espalhar rumores para me enganar e para me forçar a parar de seguir Deus Todo-Poderoso. As intenções de Satanás são muito malignas e insidiosas. Eu não podia me deixar ser enganada por Satanás. Decidi que, por mais que a minha mãe me perturbasse, eu continuaria crendo em Deus e me reunindo com os meus irmãos para buscar e entender mais da verdade.

Nos dias seguintes, minha mãe parecia triste e suspirava o dia todo, e quando me via numa reunião virtual, ela era rude comigo. Ver a minha mãe assim ainda me deixava constrangida, mas eu sabia que não podia ceder na questão de crer em Deus Todo-Poderoso. Lembrei-me das palavras de Deus: “Você precisa possuir Minha coragem dentro de si e precisa ter princípios quando se tratar de enfrentar parentes que não creem. Por Minha causa, porém, você também não precisa se render a quaisquer forças das trevas. Confie em Minha sabedoria para trilhar o caminho perfeito; não permita que quaisquer conspirações de Satanás se consolidem(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Declarações de Cristo no princípio, Capítulo 10”). As palavras de Deus clarearam a minha mente. Percebi que os esquemas de Satanás tinham voltado. Satanás viu que eu não tinha desistido da minha fé em Deus, por isso continuava usando a minha mãe para me atacar e perturbar, para que eu não conseguisse me acalmar para participar das reuniões. Eu tinha que confiar em Deus para superar a tentação de Satanás e humilhá-lo. Depois disso, conversei proativamente com a minha mãe todos os dias, demonstrando meu cuidado e preocupação de sempre, mas tentando evitá-la na hora da reunião e de ler a palavra de Deus. Aos poucos, minha mãe parou de se intrometer tanto na minha crença em Deus e nem dizia mais nada quando me via numa reunião. Eu fiquei muito grata pela orientação de Deus para superar a tentação de Satanás.

Mas, inesperadamente, um tempo depois, meu pai e meu irmão souberam que eu acreditava em Deus Todo-Poderoso, e tentaram me impedir e trazer de volta para a religião. Um dia, meu irmão ficou furioso e me acusou: “Por que você é tão teimosa? A mamãe está preocupada e triste com a sua crença em Deus. Como consegue viver com isso? Toda a nossa família discorda da sua crença em Deus Todo-Poderoso. Você não pode desistir dela para deixar a mamãe e o papai felizes?”. Confrontada com os equívocos e acusações da minha família, eu me senti injustiçada e não conseguia parar de chorar. Eu queria contar pra eles tudo que eu tinha ganhado com a minha crença em Deus Todo-Poderoso, mas eles me acusavam e repreendiam a cada palavra que eu dizia. Eu me senti um pouco fraca. Em silêncio, clamei a Deus, pedindo que Ele me desse fé para permanecer firme. Depois de orar, lembrei-me de que o Senhor Jesus disse: “Quem ama o pai ou a mãe mais do que a Mim não é digno de Mim(Mateus 10:37). “Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou mulher, ou irmãos, ou pais, ou filhos, por amor do reino de Deus, que não haja de receber no presente muito mais, e no mundo vindouro a vida eterna(Lucas 18:29-30). Agora que a minha família estava me impedindo de crer em Deus, se eu quisesse seguir a Deus, eu tinha que fazer uma escolha. Não podia deixar de segui-Lo porque minha família me impedia e não me entendia. Lembrei-me de Pedro. Quando ele seguia o Senhor Jesus, ele também era perseguido e obstruído pelos pais, mas ele escolheu seguir o Senhor sem hesitação. Ele amava a Deus mais do que tudo. Eu sabia que deveria seguir seu exemplo. Pensando nisso, eu me acalmei um pouco. Eu queria falar com eles, dizer-lhes que o Deus Todo-Poderoso em que eu acreditava era o Senhor Jesus retornado, mas meu pai e o meu irmão não me deixavam e insistiam que eu voltasse para a igreja para crer no Senhor. Me senti impotente. Pensando em como a minha família me impedira de crer em Deus vez após vez, lembrei-me também de como meus pais tinham cuidado de mim e me amado desde a infância. Agora, eles me repreendiam e assediavam, e era difícil suportar. Por que era tão difícil crer em Deus? Eu não sabia o que eles fariam em seguida para me impedir. O que eu devia fazer? Então, de repente, eu me lembrei de uma passagem das palavras de Deus. “Fé e amor máximos são exigidos de nós neste estágio da obra. Podemos tropeçar ao menor descuido, pois este estágio da obra é diferente de todos os anteriores: o que Deus está aperfeiçoando é a fé da humanidade, que é invisível e intangível. O que Deus faz é converter palavras em fé, em amor e vida. As pessoas devem chegar a um ponto em que tenham suportado centenas de refinamentos e tenham fé maior que a de Jó. Elas devem suportar um sofrimento incrível e todos os tipos de tortura sem jamais abandonar a Deus. Quando são obedientes até a morte e têm grande fé em Deus, então este estágio da obra de Deus está completo(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A senda… (8)”). A palavra de Deus me fez entender. Eu estava sendo sitiada pela minha família, mas Deus tinha permitido que esse ambiente me acometesse para me equipar com a verdade e com discernimento e para aperfeiçoar a minha fé. Vez após fez, a minha família me impediu de crer em Deus, e embora eu me sentisse triste e fraca, Deus não tinha me abandonado e tinha me conduzido e guiado com Suas palavras, o que me permitiu permanecer firme diante da interrupção e do impedimento da minha família. Depois de passar por isso, eu entendi alguma verdade, discerni a essência da resistência dos pastores religiosos a Deus e as intenções sinistras de Satanás, e a minha fé em Deus aumentou. A obra de Deus é tão sábia e prática. Por mais dificuldades que eu enfrentasse no futuro, eu não precisaria me preocupar nem ter medo. Eu acreditava que, se eu confiasse em Deus, Ele me conduziria e guiaria. Pensando nisso, meu desejo de seguir a Deus se fortaleceu ainda mais.

Um dia, meu pai bateu forte à minha porta, e assim que abri a porta, minha mãe chorou, e disse: “Meu amor, pare de crer em Deus Todo-Poderoso. Ouça o pastor, qual é a diferença de crer no Senhor na igreja?”. Vê-la assim me deixou furiosa e triste ao mesmo tempo. Minha mãe, diante de toda a verdade expressa por Deus Todo-Poderoso, não mostrava nenhuma atitude de buscar ou aceitar. Ela ouvia o pastor e tomava as palavras do pastor como verdade. Ela tinha rejeitado a salvação de Deus nos últimos dias e feito de tudo para me perturbar e impedir de seguir a Deus. Vi que minha mãe não era alguém que acreditava em Deus, ela seguia pessoas. Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso expressa a verdade e revela todos os tipos de pessoas. O trigo e o joio são separados, como os crentes verdadeiros e falsos. Embora fôssemos uma família, por causa das nossas atitudes diferentes em relação à verdade, nós seguíamos sendas diferentes. Se a minha mãe se recusava a aceitar a obra de Deus dos últimos dias, ela e eu trilhávamos sendas diferentes. Agora, eu tinha que permanecer firme, não ser governada por emoções e confiar em Deus para permanecer firme no meu testemunho. Eu me acalmei e disse à minha mãe: “Como crentes, nós não ansiamos pela vinda do Senhor? Agora que o Senhor retornou e a obra de julgamento de Deus nos últimos dias começou, eu espero que você também investigue com cuidado e não ouça sempre as palavras do pastor. Se perdermos a salvação de Deus nos últimos dias, Perderemos a nossa chance de sermos salvos”. Minha mãe se calou por um momento, mas meu pai se irritou e disse: “Eu só tenho uma pergunta para você. Você vai parar de crer em Deus Todo-Poderoso?”. Eu olhei para ele e, resoluta, respondi: “Não”. Quando disse isso, eu senti uma paz e uma segurança profunda. Finalmente eu tinha expressado uma postura firme. Meu pai se irritou ainda mais e disse, com grande seriedade: “Você é velha demais para ser controlada por mim. Você pode escolher a sua senda. Só garanta que não se arrependerá mais tarde”. As palavras de Deus me fizeram perceber que eu tinha crescido, que estava na hora de assumir responsabilidade pela minha vida. Agora, eu tinha aceitado a obra de Deus dos últimos dias e seguido os passos de Deus, portanto eu devia seguir a minha senda sem hesitação.

Depois disso, meus pais pararam de interferir na minha crença em Deus. Ganhei algum discernimento com a perturbação da minha família e entendi algumas verdades. Senti que Deus é realmente onipotente e sábio, vi que Satanás é desprezível e maligno e senti que Deus é meu apoio. Agora quero buscar a verdade e seguir a Deus até o fim!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

Prisioneira da própria família

Por Jingxun, Tailândia Eu aceitei a obra de Deus dos últimos dias em 2019. Quando li a palavra de Deus, vi como Deus Todo-Poderoso revela a...

Entre em contato conosco pelo WhatsApp