Pergunta 1: “Deus tornou-se homem para que o homem pudesse tornar-se Deus” é a visão suprema das pregações do irmão Lin! Embora o que Deus tenha criado no princípio tenha sido o homem, o propósito de Deus ao criá-lo era fazer com que este se tornasse Deus. No início, como a humanidade não tinha o caráter de vida de Deus, Satanás foi capaz de lográ-la ao pecado. O propósito de Deus em salvar a humanidade é dispensar Seu caráter de vida em nós. Não nos tornaremos Deus uma vez adquirido o caráter de vida de Deus! Como poderia haver algo errado nisso?

Resposta: Os membros de sua igreja disseram: “Deus se tornou homem para que o homem se torne Deus”. Dizendo isso, significa que Deus encarnou como homem só para fazer do homem Deus. De acordo com seu ponto de vista, o propósito de Deus ao criar o homem foi de torná-lo Deus. Isso está mesmo de acordo com a intenção de Deus? Deveríamos examinar isso de acordo com as palavras de Deus. Na criação do mundo em Gênesis, Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra. Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou(Gênesis 1:26-27). Hoje, Deus Todo-Poderoso também disse: “No início, Eu criei a humanidade, isto é, criei o progenitor da humanidade, Adão. Ele foi dotado de forma e imagem, cheio de vigor, cheio de vitalidade e, além disso, estava na companhia da Minha glória. Esse foi o dia glorioso em que Eu criei o homem. Depois, Eva foi produzida a partir do corpo de Adão, e ela também foi a progenitora do homem, e assim as pessoas que Eu criei foram preenchidas com o Meu sopro e cheias da Minha glória. Adão originalmente nasceu da Minha mão e era a representação da Minha imagem. Assim, o significado original de ‘Adão’ era um ser criado por Mim, imbuído da Minha energia vital, imbuído da Minha glória, tendo forma e imagem, espírito e vida. Ele foi o único ser criado, possuidor de um espírito, que era capaz de Me representar, de carregar a Minha imagem e de receber o Meu sopro. No início, Eva foi a segunda humana dotada de vida cuja criação Eu tinha ordenado, e assim o significado original de ‘Eva’ era um ser criado que continuaria a Minha glória, preenchida com a Minha vitalidade e além disso dotada da Minha glória. Eva saiu de Adão, de modo que ela também carregava a Minha imagem, pois foi a segunda humana a ser criada à Minha imagem. O significado original de ‘Eva’ era um ser com vida, com espírito, carne e osso, o Meu segundo testemunho bem como a Minha segunda imagem entre a humanidade. Eles foram os antepassados da humanidade, o tesouro puro e precioso do homem e, desde o começo, seres vivos dotados de espírito(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “O que significa ser uma pessoa de verdade”). As palavras de Deus nos dizem claramente que o que Deus criou no início foi o homem, um homem vivo com um espírito, um ser criado por Deus. O propósito de Deus ao criar o homem foi para que ele reinasse sobre todas as coisas na terra. E para glorificar e manifestar Deus. Além disso, temos que prestar especial atenção à palavra de Deus aqui. Quando criou o homem, Deus disse: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança(Gênesis 1:26). Deus nunca disse que Ele fez Deus, muito menos que criou o homem para poder torná-lo Deus. Então, se alguém interpreta a palavra de Deus, lendo isso como “criar Deus” em vez de “criar o homem,” o que há de errado nisso? Isso não é interpretar erroneamente a palavra de Deus e distorcer os fatos? Ou poderia haver segundas intenções ao se dizer tais coisas? Todos nós sabemos que Deus é o Criador e os homens são meramente Suas criaturas. O homem e Deus são totalmente diferentes em essência. Assim como Deus Todo-Poderoso diz: “No final das contas, Deus é Deus e o homem é o homem. Deus tem a essência de Deus e o homem tem a essência do homem(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Prefácio”). As palavras de Deus são a verdade absoluta. Além disso, Deus é completamente fiel em seu caráter. Ele não mente e nem engana. Assim, as palavras de Deus são precisas e e sem falhas. Elas são a verdade eterna. Deus disse que fez o homem à Sua imagem. Portanto, o que Ele fez foi o homem. Por que dizem que Ele estava fazendo Deus? Isso parece com a voz do arcanjo. Porque o arcanjo sempre deseja estar em pé de igualdade com Deus, se tornar o Próprio Deus. É por meio da má interpretação da palavra de Deus que Satanás engana e corrompe a humanidade, e faz o homem segui-lo. Assim, podemos ter certeza de que adotar as palavras de Deus: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança” e distorcê-las para “Deus criando Deus,” seria uma resistência séria e blasfêmia contra Deus. E é uma ofensa grave contra o caráter de Deus. Se alguém interpreta a palavra de Deus errônea e deliberadamente, e distorce os fatos, isso é um problema muito sério. Não é só um problema simples de se interpretar erraoneamente as palavras de Deus. Pois se isso vem de Satanás, trata-se de um problema muito sério. Então quando vocês dizem: “Deus se tornou homem para que o homem se torne Deus”, isso é certamente absurdo. Isto é um produto da noção e imaginação do homem, e origina-se de Satanás. Precisamos ver esse fato com clareza. Se não nos arrependermos, e continuarmos com essa ideia, as consequências serão inimagináveis.

Para que acreditamos em Deus? Nós temos que entender a vontade de Deus.Que resultado Deus espera alcançar ao redimir e salvar a humanidade? Em outras palavras, que tipo de homem Deus finalmente irá criar? Isso se resume à visão de nossa crença em Deus, e à verdade da obra de Deus. Quando escolhemos nosso caminho como um crente em Deus, devemos adotar Sua palavra como nosso guia. Jamais ser enganados a seguir o homem ou seguir por qualquer caminho que se opunha a Deus. Precisamos entender que, tendo sido corrompido por Satanás, o homem perdeu a glória de Deus, e perdeu o testemunho Dele. Tudo que o homem vive é o caráter satânico corrupto, sem nenhuma semelhança humana. O homem se tornou o demônio, que desobedece e resiste a Deus, que O nega, e até mesmo O trai. Isto é um fato. Para poder salvar a humanidade, Deus encarnou na Era da Graça para ser a oferta pelo pecado dos homens e redimi-los. Agora, na era final, a Era do Reino, Deus encarnou de novo para fazer a obra de julgamento nos últimos dias, e expressar toda a verdade que purifica e salva o homem. Assim, Ele nos leva a obter a verdade, a nos livrar da corrupção, e viver uma vida significativa e a imagem daqueles que amam a Deus, e então podemos entrar no descanso. Este é o objetivo supremo de Deus ao salvar a humanidade. Vamos ler a palavra de Deus Todo-Poderoso.

Deus Todo-Poderoso diz: “Deus criou os humanos e os colocou sobre a terra, e, desde então, Ele os conduziu. Depois, Ele os salvou e serviu como oferta pelo pecado para a humanidade. No final, Ele ainda deve conquistar a humanidade, salvar os humanos inteiramente e restaurá-los à sua imagem original. Essa é a obra à qual Ele vem se dedicando desde o início — restaurando a humanidade à sua imagem e semelhança original(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Deus e o homem entrarão em descanso juntos”).

Quando os três estágios da obra chegarem ao fim, será feito um grupo daqueles que dão testemunho de Deus, um grupo daqueles que O conhecem. Todas essas pessoas O conhecerão e serão capazes de colocar a verdade em prática. Elas possuirão humanidade e sentido, e conhecerão os três estágios da obra de salvação de Deus. Essa é a obra que será realizada no final, e essas pessoas são a cristalização da obra de seis mil anos de gerenciamento, e são o mais poderoso testemunho da derrota final de Satanás. Aqueles que puderem dar testemunho de Deus poderão receber a promessa e a bênção de Deus, e serão o grupo que permanece no final, que possui a autoridade de Deus e presta testemunho de Deus(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Conhecer os três estágios da obra de Deus é a senda para conhecer Deus”).

Quando as pessoas experimentam até o dia em que sua perspectiva de vida, o significado e a base de sua existência mudaram completamente, quando elas foram modificadas até os ossos e se tornaram outra pessoa, isso não é incrível? Essa é uma grande mudança, uma mudança marcante. Só quando você perder o interesse em fama e fortuna, em status, dinheiro, prazer, poder e glória do mundo, quando puder renunciar facilmente a essas coisas, você terá a semelhança de um ser humano. Aqueles que no fim serão tornados completos são um grupo como esse; eles vivem para a verdade, vivem para Deus e vivem para o que é justo. Essa é a semelhança de um ser humano verdadeiro(Extraído de ‘Deve-se entender que há semelhanças e diferenças entre as naturezas das pessoas’ em “As declarações de Cristo dos últimos dias”).

Durante toda a obra de gerenciamento, a obra mais importante é a salvação do homem da influência de Satanás. A obra principal é a completa conquista do homem corrupto, assim restaurando a reverência original de Deus no coração do homem conquistado, permitindo-lhe alcançar uma vida normal, ou seja, a vida normal de uma criatura de Deus. Essa obra é crucial e é o cerne da obra de gerenciamento(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado”).

De acordo com as palavras de Deus Todo-Poderoso, podemos ter certeza de que o objetivo de Deus, com Sua obra de gestão de três estágios para a humanidade, é criar um grupo de pessoas que conhecem, obedecem a Deus e dão testemunho Dele. Deus assumiu uma forma humana duas vezes para salvar o homem completamente da influência de Satanás, com o intuito de torná-lo santo e de fazer com que ele viva em harmonia com Sua vontade. A palavra de Deus já explicou isso detalhadamente. É fácil de se entender. Portanto, a obra de Deus com certeza não é para tornar o homem Deus. Desde que Deus começou a gerenciar o homem, até os últimos dias, os santos que Deus aprovava e abençoava eram aqueles que agiam de acordo com a vontade Dele, tais como Abraão, Jó e Pedro. Todos eles têm a palavra de Deus, Sua aprovação e bênção como prova. Esses homens foram abundantemente enaltecidos e imitados pelos santos através das eras. É seguro dizer que eles estão no reino dos céus. Mas Deus alguma vez disse que eles se tornaram Deus? Deus nunca disse tais palavras. Ele só disse que Abraão era o de maior fé, que Jó era perfeito, reverenciava a Deus e evitava o mal, e que Pedro conhecia e entendia Deus. Claramente, o objetivo principal de Deus para salvar a humanidade são homens assim. Ou seja, Ele transformará o homem no mesmo tipo de Abraão e Jó. E os homens aperfeiçoados conhecerão a Deus, como Pedro. É algo que Deus declarou claramente na Bíblia. Ninguém pode negar isso. A vontade de Deus foi revelada para nós com clareza. Em seu plano de gestão, Deus irá, por fim, tornar completos aqueles que Ele enaltece e abençoa. Esses são os que Deus ganhará no final. Assim, devemos seguir a Deus com base em Seus requisitos, tomando Abraão, Jó e Pedro como exemplos, fazendo todo o possível para buscar a verdade e obedecer à obra de Deus, e então poderemos obter Sua perfeição. Esse é o caminho que os fiéis devem seguir. Os fatos mostram que Deus não criou o homem para transformá-lo em Deus. Na Era da Lei, Deus Jeová nunca disse nada sobre transformar o homem em Deus, e nem o Senhor Jesus, na Era da Graça. Hoje, na Era do Reino, Deus Todo-Poderoso deixou isso bem mais claro. Ele nunca disse que transformará o homem em Deus. Portanto, podemos dizer que as palavras “Deus se tornou homem para que o homem se torne Deus”, com certeza não são de Deus, mas são noções e produto da imaginação do homem, e originam-se de Satanás. o caráter de Deus não deve ser ofendido. Satanás queria ser Deus e também se igualar a Ele. Isso ofendeu o caráter de Deus, que derrubou Satanás e o lançou ao ar. Assim, se persistirmos em nossa busca de se tornar Deus, esse desejo não vem de Satanás? Não é o conceito do arcanjo? Não é nossa ambição e ganância?

Roteiro do filme “Arrebatamento em perigo”

Anterior: Pergunta: Por favor, explique em detalhes o que é obedecer e seguir a Deus, e o que é obedecer e seguir o homem. Compreender esse aspecto da verdade nos é fundamental.

Próximo: Pergunta 2: Sobre as palavras de Deus em Gênesis “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança(Gênesis 1:26), não entendo isso totalmente. Se Deus fez o homem à sua imagem, não significa que temos a imagem de Deus? Se fomos feitos à imagem de Deus, somos homens ou somos Deus?

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Conecte-se conosco no Whatsapp