Pergunta 4: Nós lemos as palavras de Deus Todo-Poderoso e notamos que muitas passagens são severos. Pois falam do julgamento da humanidade, de condenação e maldição. Se Deus julga e amaldiçoa as pessoas, elas não são condenadas e punidas? Como é possível que esse tipo de julgamento purifique e salve a humanidade? Nós ainda não entendemos tudo, espero que vocês tenham mais para comungar.

Resposta: Nos últimos dias, Deus expressa a verdade e realiza a obra do julgamento para criar um grupo de vencedores, unidos a Deus com o coração e com a mente. Isso foi determinado quando Deus criou o mundo. No entanto, algumas pessoas entendem que as palavras de Deus são de condenação e maldição e, por isso, criam noções. Isto acontece porque não conhecem a obra de Deus. O julgamento de Deus nos últimos dias é o grande trono branco do julgamento profetizado no Livro do Apocalipse. Deus revela Seu caráter justo, majestoso e ira, justamente para expor a humanidade e distinguir cada tipo de pessoa. O julgamento encerra a era antiga e destroi aqueles que vêm de Satanás. Deus poderia não condenar e amaldiçoar aqueles que resistem a Ele e são de Satanás? Embora algumas palavras sobre o julgamento revelem a corrupção do povo escolhido de Deus, o que pode parecer um tipo de condenação, servem para que o povo escolhido de Deus veja seus caracteres corruptos e enxergue o cerne da questão, para produzir o fruto da compreensão da verdade. Se Deus não fosse tão severo, se Suas palavras não fossem direto ao ponto, não reconheceríamos nossas próprias corrupções e naturezas satânicas, e não seria possível para a obra de Deus nos últimos dias alcançar o resultado de purificação e aperfeiçoamento da humanidade. Todos aqueles que amam a verdade e respeitam os fatos podem ver que as palavras de Deus são precisas, sejam elas de julgamento e punição ou condenação e maldição. Elas estão inteiramente alinhadas com os fatos. Deus fala de uma maneira muito prática e genuína, não exagerada. Pelos resultados que as severas palavras de Deus alcançam, todos podem ver que elas contêm o genuíno amor de Deus pela humanidade e Suas boas intenções de salvação. Somente os que estão cansados da verdade podem conceber noções. Apenas os que odeiam a verdade que julgam e condenam a obra de Deus. Deus obra na China há mais de 20 anos e já criou um grupo de vencedores. Eles suportaram enorme perseguição do Partido Comunista Chinês e por são todos capazes de dar testemunho. Esse é o fruto das palavras de Deus. Todos viram a presença do amor de Deus em Suas palavras e como ele sofreu para salvar a humanidade. Mesmo que algumas das palavras de Deus sejam severas, é possível obedecê-las, e, por isso, elas têm um genuíno entendimento do caráter de Deus. Elas geraram corações que reverenciam e amam a Deus. Todos são capazes de cumprir fielmente seus deveres e seguir Deus até o fim. Isso envergonha Satanás, pois é a prova de que Deus o está derrotando. Vamos ler algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso, para entender melhor como Ele julga e purifica as pessoas nos últimos dias.

Deus Todo-Poderoso diz: “Naturalmente, a obra de Deus na encarnação presente é expressar Seu caráter primeiramente por meio de castigo e julgamento. Edificando sobre esse fundamento, Ele traz mais verdade ao homem e lhe indica mais caminhos de prática, alcançando assim Seu objetivo de conquistar o homem e salvá-lo de seu caráter corrupto próprio. Isso é o que está por trás da obra de Deus na Era do Reino” (‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não torna clara a natureza do homem simplesmente com algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda a longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo podem ser chamados de julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de revelar a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus” (‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Por quais meios o aperfeiçoamento do homem por Deus é realizado? É realizado por meio de Seu caráter justo. O caráter de Deus consiste principalmente em justiça, ira, majestade, julgamento e maldição, e Ele aperfeiçoa o homem principalmente por meio do Seu julgamento. Algumas pessoas não entendem e perguntam por que Deus só é capaz de aperfeiçoar homem por meio do julgamento e da maldição. Dizem: ‘Se Deus amaldiçoasse o homem, ele não morreria? Se Deus julgasse o homem, ele não estaria condenado? Como, então, ele ainda pode ser aperfeiçoado?’ Tais são as palavras das pessoas que não conhecem a obra de Deus. O que Deus amaldiçoa é a desobediência do homem e o que Ele julga são os pecados do homem. Embora Ele fale dura e implacavelmente, Ele revela tudo o que está dentro do homem, revelando por meio dessas palavras severas o que é essencial dentro do homem, mas, por meio de tal julgamento, Ele proporciona ao homem um profundo conhecimento da essência da carne e, assim, o homem se submete diante de Deus. A carne do homem é do pecado e de Satanás, ela é desobediente e objeto do castigo de Deus. Assim, a fim de permitir que o homem se conheça, as palavras do julgamento de Deus devem vir sobre ele, e todo tipo de refinamento deve ser empregado; só então a obra de Deus pode ser eficaz” (‘Somente experimentando provações dolorosas é que você pode conhecer a amabilidade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Todos vocês vivem em uma terra de pecado e licenciosidade e todos são licenciosos e pecadores. Hoje, vocês não só são capazes de olhar para Deus, mas, mais importante, receberam castigo e julgamento, receberam salvação verdadeiramente profunda, o que quer dizer que receberam o maior amor de Deus. Em tudo que faz, Deus é verdadeiramente amoroso para com vocês. Ele não tem má intenção. É por causa dos seus pecados que Ele os julga, de modo que vocês examinarão a si mesmos e receberão essa salvação tremenda. Tudo isso é feito com o propósito de completar o homem. Do início ao fim, Deus fez o melhor que pôde para salvar o homem e não tem o desejo de destruir completamente os homens que Ele criou com Suas mãos. Hoje, Ele veio entre vocês para operar, e tal salvação não é ainda maior? Se odiasse vocês, Ele ainda faria uma obra de tal magnitude a fim de guiá-los pessoalmente? Por que Ele sofreria assim? Deus não odeia vocês nem tem quaisquer más intenções para com vocês. Vocês deveriam saber que o amor de Deus é o amor mais verdadeiro. Só porque as pessoas são desobedientes é que Ele tem de salvá-las através do julgamento; se não por isso, salvá-las seria impossível. Por vocês não saberem como viver e não estarem nem conscientes de como viver, e por viverem nessa terra licenciosa e pecadora e serem vocês mesmos diabos licenciosos e imundos, Ele não pode suportar deixá-los se tornar ainda mais depravados, Ele não pode suportar vê-los vivendo nessa terra imunda como vivem agora, sendo pisoteados à vontade por Satanás, e Ele não pode suportar deixá-los cair no Hades. Ele só quer ganhar esse grupo de pessoas e salvá-las completamente. Esse é o propósito principal de fazer a obra de conquista em vocês — é só pela salvação” (‘A verdade interna da obra de conquista (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

As palavras de Deus Todo-Poderoso expressou muito claras, A humanidade vive sob o domínio de Satanás. Ela vive em pecado e aprecia esse pecado. Nenhum membro da comunidade religiosa percebeu a chegada de Deus e ninguém tem amor pela verdade ou a aceita. Independentemente da forma como as pessoas testemunharam e anunciaram a palavra de Deus, quantas delas buscaram a menifestação e a obra de Deus? E quantas se submeteriam ao julgamento e ao castigo de Deus? Vocês não diriam que a humanidade atingiu o ápice da maldade? Se não fosse pela obra de julgamento de Deus dos últimos dias, como essa humanidade tão corrompida, cheia de caráter satânico e que nega e resiste a Deus, poderia ser purificada e receber a salvação? Se não fosse pela obra do julgamento de Deus dos últimos dias, quem criria um grupo de vencedores? Como as profecias do Senhor Jesus seriam cumpridas? Como o reino de Cristo se realizaria? Muitas pessoas com fé no Senhor acreditam que Deus é amoroso e misericordioso e que não importa quais pecados cometemos, Deus nos absolverá. Eles acreditam que não importa o quão corruptos somos, ninguém será deixado de lado e que o Senhor nos arrebatará para o reino dos céus quando retornar. Esse ponto de vista é razoável? Existe alguma coisa na palavra do Senhor que sustente isso? Deus é santo e justo. Ele permitiria que pessoas contaminadas pela imundice e corrupção, cheias do caráter satânico, negadores da verdade e inimigos de Deus entrassem em Seu reino? O Senhor Jesus profetizou que retornaria e, nos últimos dias, expressaria a verdade, realizaria Sua obra do julgamento, purificaria e salvaria a humanidade. Quanto a aqueles que foram completamente tomados pela corrupção, Deus revelará a verdade, julgando e castigando. Esta é a única maneira de despertar os corações e os espíritos do homem, para conquistá-lo e limpá-lo de seu caráter satânico. Mesmo que a palavra de julgamento de Deus contra a humanidade seja severa, devido à sua imundície, corrupção, desobediência e resistência, ela mostra o caráter santo e justo de Deus. E nos permite entender nossa própria natureza satânica e o fato de sermos corruptos. Pela da experiência do julgamento e castigo de Deus, todos nós fomos conquistados pela palavra de Deus. Nós nos submetemos voluntariamente ao julgamento de Deus. Gradualmente, passamos a entender a verdade e ver a nossa natureza e caráter satânico. Assim, somos capazes de alcançar uma verdadeira compreensão do caráter justo de Deus e desenvolvemos um coração reverente. Nós, inconscientemente, mudamos nossa maneira de ver as coisas, nosso caráter de vida e somos capazes de reverenciar a Deus e evitar o mal. A obra de julgamento de Deus nos últimos dias criou um grupo de vencedores. Esse é o resultado da obra de julgamento de Deus nos últimos dias. É o verdadeiro significado por trás da obra do julgamento de Deus, começando pela Sua casa. O que isso nos permite ver? Deus usa sua palavra para julgar e expor a humanidade, não para punir e destruir, mas para purificar, transformar e salvar completamente o homem. Mas aquelas pessoas que se recusam a aceitar o julgamento da palavra de Deus Todo-Poderoso sofrerão e serão punidas quando o grande desastre acontecer.

Passamos por anos de julgamento e castigo de Deus e compreendemos algumas verdades. Nós vimos que a corrupção da humanidade por Satanás é muito profunda, que cada pessoa é cheia dos caracteres satânicos de arrogância, falsidade, egoísmo e desprezo. A humanidade não consegue deixar de mentir e trapacear. As pessoas vivem quase desprovidas de humanidade. Diante de Deus, todos nós ficamos envergonhados, com remorso e não temos onde nos esconder. Esse é um aspecto do que ganhamos ao passar pelo julgamento e castigo das palavras de Deus. O melhor de tudo é que adquirimos uma compreensão genuína da essência santa e o caráter justo de Deus, por isso, O tememos e evitamos o mal, buscando viver como um ser humano verdadeiro. Todos nós sentimos profundamente que obtivemos a purificação e a grande salvação de Deus. No passado, quando trabalhava como líder na igreja, sempre estava focado em minha própria fama e status, e não assumi o fardo da vida dos irmãos e irmãs. Sempre gostei de ter outras pessoas girando ao meu redor e estava ávido pela benção do status. Eu era grande e poderoso e ninguém me convencia. Quando alguém tinha uma opinião diferente da minha sobre alguma coisa, eu não mudava de opinião e continuava a falar o que pensava para que a outra pessoa me obedecesse. Porque eu não focava na busca da verdade e não possuia sua realidade. Quando pregava, eu falava sobre algum conhecimento superficial, só para me exibir. Assim, eu não sabia quando minhas ações ofendiam o caráter de Deus. Então, um dia eu li esta passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Aqueles que sempre só creem em Deus para o benefício próprio, que são hipócritas e soberbos, que se exibem e que protegem o próprio status são pessoas que amam Satanás e se opõem à verdade. Essas pessoas resistem a Deus e pertencem inteiramente a Satanás” (‘Fuja da influência das trevas e você será ganho por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”). “A imagem de vocês é ainda maior que a de Deus, o status de vocês é ainda maior que o de Deus, sem mencionar o prestígio de vocês entre os homens — vocês se tornaram um ídolo que as pessoas adoram. Vocês não se tornaram o arcanjo? Quando for revelado o desfecho das pessoas, que também será quando a obra de salvação chegará perto de seu fim, muitos desses entre vocês serão cadáveres sem salvação e devem ser eliminados” (‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”). Cada uma frase das palavras de Deus Todo-Poderoso continham autoridade e poder e penetraram meu coração como uma espada. Eu não tinha onde me esconder, estava com medo, tremendo, e senti que Deus estava enviando Sua ira contra mim. Eu não pude deixar de me ajoelhar perante Deus e me arrepender dos meus erros. Acreditei em Deus, mas não busquei a verdade, não elevei Deus, nem dei testemunho Dele. Mas, no cumprimento do meu dever, com frequência, eu me estabelecia e me exibia, para que as pessoas me admirassem e me vissem como superior. Eu não estava enganando e aprisionando os outros? Não estava disputando status com Deus? Eu era muito arrogante e não sentia vergonha disso! Minhas ações ofenderam o caráter de Deus muito antes disso. E, alguém como eu, que disputa status com Deus, seria um alvo para Ele eliminar e amaldiçoar. Eu estava sofrendo muito e sendo refinado. Eu orei a Deus e busquei a verdade. Então, li mais algumas das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Embora as pessoas sejam refinadas e impiedosamente expostas pelo castigo e julgamento de Deus — o objetivo é puni-las por seus pecados, punir sua carne —, nada dessa obra pretende condenar sua carne à destruição. Todas as revelações severas pela palavra têm o propósito de conduzi-lo para a senda certa. Vocês experimentaram pessoalmente tanto dessa obra e, claramente, ela não os levou a uma senda maligna! É tudo para fazê-lo viver uma humanidade normal e é tudo alcançável pela sua humanidade normal” (‘A verdade interna da obra de conquista (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”). Por essas palavras, eu vi a luz e entendi as boas intenções de Deus Todo-Poderoso ao me julgar. O julgamento e o castigo de Deus não serviam para me eliminar, mas para que eu reconhecesse minha própria natureza satânica arrogante, as consequências das minhas ações e a atitude de Deus ao lidar com pessoas como eu. Foi para que eu me arrependesse de verdade, me odiasse, me negasse, e fosse capaz de buscar a verdade, a mudança de caráter e vivesse humanidade normal. As palavras Dele eliminaram meus mal-entendidos sobre Deus. Eu não era mais negativo e fraco e comecei a buscar a verdade. Quando retornei para Deus e vi que Ele não havia me abandonado, nem estava lidando comigo baseando-se nas minhas transgressões, mas havia me despertado e iluminado, entendi o significado do julgamento e do castigo de Deus. Eu senti verdadeiramente a misericórdia e a salvação de Deus. Depois de passar por esse julgamento e castigo, através das palavras de Deus, reconheci a justiça e a santidade do caráter de Deus. Entendi que Ele odeia o pecado da humanidade e seu caráter satânico, razão pela qual ele profere palavras de condenação e maldição. Assim, senti o caráter justo de Deus de não tolerar mais ofensas das pessoas e desenvolvi um coração reverente a Deus. Depois de passar muitas vezes pelo julgamento e castigo de Deus, compreendi minha própria natureza arrogante. Eu me odiava e estava profundamente enojado. Busquei cumprir meu dever com honestidade, não era mais tão ousado e deixei de me exibir. Eu era capaz de elevar a Deus bem alto, podia testemunhá-Lo e cumpria meu dever de acordo com Suas exigências. Entre meus irmãos e irmãs, fui capaz de me dissecar com consciência e desnudar minha fealdade satânica. Eu não pensava tanto na aprovação de outras pessoas e, mesmo quando um irmão ou irmã dizia algo ruim sobre mim, eu podia colocar-me diante de Deus e bucar o autoconhecimento. Essas mudanças, que me deixaram mais humano, aconteceram por causa do julgamento e do castigo de Deus Todo-Poderoso.

Extraído do roteiro do filme Que bela voz

Anterior: Pergunta 3: Nas reuniões da igreja, o pastor e o élder dizem com frequência que o Senhor Jesus, dizendo na cruz, “Está consumado”, prova que a obra de salvação da humanidade estava terminada, que simplesmente por crer no Senhor Jesus e confessar nossos pecados perante Ele, estamos perdoados do pecado, e que o Senhor não nos veria mais como pecadores. Somos justificados somente pela fé, salvos pela graça. O Senhor nos receberá no reino dos céus quando Ele retornar, e não retornará para realizar nenhuma obra adicional de salvar a humanidade. Sinto que esse entendimento do pastor e do élder não é aceitável. Mesmo assim, no final, a que o Senhor Jesus se referia, quando disse na cruz “Está consumado”? Por que Deus precisa voltar nos últimos dias para expressar a verdade, e realizar a obra de julgar e purificar o homem?

Próximo: Pergunta 1: vocês testemunham que o Senhor Jesus retornou e encarnou para realizar Sua obra. Não entendi isso. Todos sabemos que o Senhor Jesus é a encarnação de Deus. Concluída a Sua obra, Ele foi crucificado, ressuscitou, apareceu para Seus discípulos e ascendeu aos céus em Seu glorioso corpo espiritual. Exatamente como diz a Bíblia: “Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11). A escritura bíblica confirma que, quando o Senhor retornar, Seu corpo espiritual ressuscitado aparecerá para nós. Nos últimos dias, por que Deus encarnaria na forma do Filho do homem para realizar o julgamento? Qual a diferença entre o corpo espiritual ressuscitado do Senhor Jesus e Sua encarnação como Filho do homem?

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

4. Como se conhece o significado da obra de julgamento de Deus nos últimos dias

Deus realiza a obra de julgamento e castigo para que o homem possa ganhar conhecimento Dele e em favor de Seu testemunho. Sem o Seu julgamento do caráter corrupto do homem, o homem não poderia, de modo algum, conhecer o Seu caráter justo que não permite ofensa, nem seria capaz de transformar seu antigo conhecimento de Deus em um novo. Por causa de Seu testemunho e por causa de Seu gerenciamento, Ele torna a Sua plenitude pública, assim permitindo ao homem, por meio de Sua aparição pública, chegar ao conhecimento de Deus, ser transformado em seu caráter e dar testemunho retumbante de Deus.

3. A obra de julgamento de Deus nos últimos dias é a obra de julgamento do grande trono branco

Deus tem muitos meios de aperfeiçoar o homem. Ele emprega todo tipo de ambientes para lidar com o caráter corrupto do homem e utiliza várias coisas para desnudar o homem; num aspecto, Ele lida com o homem, em outro, Ele o desnuda, e em outro Ele o revela, desenterrando e revelando os “mistérios” das profundezas do coração do homem e mostrando ao homem a sua natureza ao revelar muitos de seus estados. Deus aperfeiçoa o homem através de muitos métodos — através de revelação, tratamento, refinamento e castigo — para que o homem saiba que Deus é prático.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro