Como eu deveria acolher o Senhor

16 de Dezembro de 2022

Por Jenny, Filipinas

Eu nasci numa família católica, e, desde pequena, eu seguia as práticas do catolicismo e ansiava pelo retorno do Senhor. Quando cresci, comecei a ler mais a Bíblia numa tentativa de entender mais das verdades. Nosso padre também interpretava as Escrituras para nós, tais como Apocalipse 1:7: “Eis que Ele vem com as nuvens, e todos os olhos O verão, também aqueles que O traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão por causa Dele.” Nosso padre nos dizia que, quando o Senhor retornar, Ele descerá numa nuvem e que todos O verão. Mas então, aos vinte anos de idade, li este versículo bíblico: “Quanto àquele dia e àquela hora, ninguém sabe, nem mesmo os anjos dos céus, mas somente o Pai(Mateus 24:36). Esse versículo diz que, quando o Senhor retornar, ninguém saberá, mas o padre tinha nos dito que, quando o Senhor retornar, Ele descerá numa nuvem e será visto por todos. O que isso significava? Como, exatamente, o Senhor retornaria? Fiquei muito confusa. Numa reunião, procurei outro padre, mas ele só me disse: “A Bíblia é perfeitamente clara: Quando o Senhor retornar, Ele descerá numa nuvem. Não há necessidade de entrar em maiores detalhes. Contanto que você acredite nisso, tudo está bem”. Fiquei muito decepcionada com a atitude do padre. Eu queria entender o significado verdadeiro da profecia, mas na igreja católica, nós passávamos os dias orando e observando os ritos. No entanto, essas coisas não me davam nenhum sustento nem entendimento da palavra do Senhor. Aos poucos, perdi o interesse pela igreja católica e só continuei indo à missa por costume.

Em 2001, fui para o exterior para trabalhar. Um dia, uma colega me convidou para participar de uma reunião cristã. Pensei que talvez eu pudesse aprender algo sobre a verdade ali, então pedi que o pastor resolvesse minha confusão. O pastor respondeu sem pensar duas vezes: “A Bíblia é muito clara sobre isso, portanto, não há necessidade de explicações desnecessárias. Quando o Senhor retornar, é claro que O veremos descendo numa nuvem”. Fiquei muito decepcionada com a resposta do pastor e meu problema permaneceu sem solução. Ao longo do tempo, descobri que também não encontrava sustento nessa denominação e comecei a me sentir cada vez mais vazia por dentro. Meu desejo de encontrar respostas só foi aumentando. Assim, comecei a visitar outras organizações cristãs, mas nenhuma delas conseguia resolver minha confusão. Orei ao Senhor com urgência: “Ó Senhor, por favor, ajuda-me a encontrar a igreja certa, a pessoa certa para me guiar, para que eu possa entender a verdade e resolver minha confusão”.

Então, um dia em janeiro de 2019, que é um dia muito especial para mim, uma irmã da Austrália me adicionou como amiga no Facebook. Vi alguns dos artigos que ela compartilhava em sua linha do tempo, tais como “O que é uma virgem sábia”, “Como fazer com que Deus ouça suas orações” etc. Todo o conteúdo era muito novo para mim, e senti que havia verdade neles, que a igreja dessa irmã poderia ser capaz de responder às minhas perguntas. Mais tarde, ela perguntou se eu gostaria de participar de uma reunião, e, feliz, eu concordei. Na reunião, a irmã Camila disse: “Hoje comungaremos como, exatamente, o Senhor virá nos últimos dias”. Fiquei muito surpresa ao ouvi-la dizer isso. Não era isso que tinha me confundido esse tempo todo? Eu mal podia esperar pela sua comunhão. A irmã Camila disse: “Quando leem a profecia em Apocalipse: ‘Eis que Ele vem com as nuvens, e todos os olhos O verão, também aqueles que O traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão por causa Dele(Apocalipse 1:7), muitas pessoas acham que, quando o Senhor retornar, Ele descerá numa nuvem e será visto por todos e, num espetáculo magnífico, as estrelas cairão do céu e os céus e a Terra estremecerão. Mas essa visão é correta? Na verdade, a Bíblia tem outros versículos que profetizam o retorno do Senhor, como ‘Eis que venho como ladrão(Apocalipse 16:15) e ‘Quanto àquele dia e àquela hora, ninguém sabe, nem mesmo os anjos dos céus, mas somente o Pai(Mateus 24:36). Esses versículos dizem, sobre o retorno do Senhor, que Ele virá ‘como ladrão’ e que ninguém saberá quando. Esses versículos nos dizem que o Senhor virá em silêncio, em segredo, e que ninguém saberá do Seu retorno. Se, quando o Senhor retornar, Ele aparecesse diante do homem numa nuvem aos olhos de todos, como essas outras profecias se cumpririam?”. O que a irmã disse me deixou chocada. Era a primeira vez que eu ouvia que o Senhor viria em silêncio e “como ladrão”. Por que os padres e os pastores não mencionavam isso? Mas se Ele viesse “como ladrão”, isso não contradiria a profecia do Seu retorno descendo numa nuvem? Eu realmente queria ter clareza sobre isso. A irmã continuou a comunhão dela: “O fato é que todas as profecias do retorno do Senhor se cumprirão. É apenas uma questão de processo e sequência. Primeiro Ele virá encarnando em segredo, professando verdades para purificar e salvar a humanidade, depois, Ele descerá nas nuvens para aparecer abertamente a todas as pessoas e nações. É assim que todas as profecias de Seu retorno se cumprirão”. A comunhão dessa irmã realmente abriu meus olhos. No fim das contas, o Senhor retorna de duas formas. Eu concordava de todo o coração com a explicação dela. Eu queria descobrir mais, então eu perguntei: “Você acaba de mencionar que o Senhor viria em segredo na carne. O que você quis dizer com isso?”. A irmã leu alguns versículos da Bíblia para mim: “Estai, pois, preparados: porque à hora em que não pensais virá o Filho do homem(Lucas 12:40). “Pois como o relâmpago, que reluz sob o céu, brilha até as partes sob o céu, assim será o Filho do homem em Seu dia. Primeiro, porém, Ele deve sofrer muitas coisas e ser rejeitado por esta geração(Lucas 17:24-25). “Assim como foi nos dias de Noé, assim acontecerá na vinda do Filho do homem(Mateus 24:37). Então a irmã comungou: “Você vê qual é a palavra-chave em todos esses versículos? Todos esses versículos mencionam ‘o Filho do homem’. Eles mostram que, quando o Senhor retornar, Ele descerá em segredo como o Filho do homem. O que significa ‘o Filho do homem’? Isso se refere à encarnação de Deus. Se Ele fosse um Espírito, Ele não poderia ser chamado de Filho do homem, assim como Deus Jeová era um Espírito e não pode ser chamado de Filho do homem. O Senhor Jesus é chamado de Filho do homem porque Ele era a encarnação do Espírito de Deus. Embora parecesse ser uma pessoa comum, tivesse nascido de uma mulher e tivesse humanidade normal, dentro Dele habitava o Espírito de Deus — Ele era a encarnação de Deus. Portanto, o Senhor Jesus profetizou Seu retorno como ‘a vinda do Filho do homem’, mostrando que, quando Ele retornar, Ele aparecerá na carne e não diretamente como um corpo espiritual”. Por meio da comunhão da irmã, entendi o significado verdadeiro de “o Filho do homem”. Também aprendi que a descida do Senhor em segredo se refere a Deus aparecendo por meio da encarnação. Essa comunhão estava alinhada com a Bíblia. A irmã continuou a comunhão dela: “Portanto, quando o Senhor retornar, Ele descerá primeiro em segredo ao encarnar, professará verdades e realizará a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus, para purificar e salvar todos aqueles que foram levantados para diante do Seu trono e para formar um grupo de vencedores antes do desastre. Uma vez que esse grupo de vencedores tiver se formado, o grande desastre virá, e Deus começará a punir os maus e recompensar os bons. Então Deus descerá numa nuvem e aparecerá abertamente à humanidade, e dessa vez, toda a humanidade clamará. E por que ela fará isso? Porque, quando Deus desce em segredo na carne, muitos não O reconhecem como Deus. Veem que Ele parece ser comum, não altivo, por isso não O tratam como Deus. Eles não só não O aceitam, mas O condenam, resistem a Ele e O rejeitam. Então, quando o Senhor descer abertamente numa nuvem para recompensar os bons e punir os maus, eles verão que estavam condenando e resistindo ao Senhor Jesus retornado, mas então será tarde demais, e tudo que poderão fazer é gemer e ranger os dentes. Nesse momento, a profecia de Apocalipse 1:7: ‘Eis que Ele vem com as nuvens, e todos os olhos O verão, também aqueles que O traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão por causa Dele’, se cumprirá completamente! Portanto, é de suma importância que acolhamos o Senhor enquanto Ele vem para operar na carne. Se esperarmos até Ele descer numa nuvem, será tarde demais”. Depois de ouvir a comunhão da irmã, eu me senti como se finalmente tivesse sido libertada de uma prisão em que estive presa por tanto tempo. Eu tinha visto a luz e me sentia libertada. A comunhão da irmã resolveu minha confusão e me permitiu entender os mistérios do retorno do Senhor. Senti que a igreja dela tinha a obra do Espírito Santo e mal conseguia esperar a reunião seguinte.

O que eu não esperava era que, durante a reunião seguinte, ela me passasse uma informação chocante. Ela disse: “O Senhor já retornou e encarnou como Deus Todo-Poderoso. Ele professou muitas verdades e vem fazendo a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus…”. Quando ouvi isso, fiquei alegremente surpresa, animada e muito curiosa. Se a Bíblia disse que ninguém saberia do retorno do Senhor, como eles sabiam? Perguntei isso à irmã. Ela comungou comigo com paciência: “Se ninguém soubesse do Seu retorno, como nós o acolheríamos? Na verdade, a Bíblia diz: ‘Quanto àquele dia e àquela hora, ninguém sabe, nem mesmo os anjos dos céus, mas somente o Pai(Mateus 24:36). O significado desse versículo é que ninguém sabe a hora exata do retorno do Senhor, mas quando Ele começa a falar e operar, as pessoas podem reconhecer a voz de Deus em Suas palavras, então saberão que o Senhor retornou e assim acolher o Senhor. Isso cumpre as profecias do Senhor Jesus: ‘Minhas ovelhas ouvem a Minha voz: Eu as conheço, e elas Me seguem(João 10:27) e ‘Eis que estou à porta e bato. Se algum homem ouvir a Minha voz e abrir a porta para Mim, Eu entrarei em sua casa e cearei com ele e ele Comigo(Apocalipse 3:20). Isso é igual a quando o Senhor Jesus veio para operar. No início, Pedro, João, Tiago, Mateus e os outros não sabiam que o Senhor Jesus era o Messias, mas depois de terem contato com Ele e reconhecerem a voz de Deus em Suas palavras, eles souberam que Ele era o Messias. Depois disso, Pedro, João e os outros começaram a espalhar o evangelho do Senhor por toda parte. Foi assim que a salvação do Senhor se tornou conhecida entre mais e mais pessoas e, aos poucos, os fiéis a espalharam pelo planeta. Portanto, nosso acolhimento do retorno do Senhor não depende de sabermos quando Ele retornará, mas de conseguirmos investigar quando alguém dá testemunho do retorno do Senhor e de conseguirmos reconhecer a voz do Senhor quando Ele fala. Dessa forma, podemos acolher o Senhor”. A comunhão da irmã me tocou profundamente porque a comunhão da palavra do Senhor resolveu minha confusão. Antes, eu sempre estive confusa, me perguntando: “Como, exatamente, devemos acolher o Senhor? É possível deixar o Senhor feliz e acolhê-Lo passando nossos dias com a rotina de orar e de observar regras?”. Mas agora entendi que só se pode acolher o retorno do Senhor tentando ouvir a voz de Deus. Então senti que o esclarecimento que eu tinha ganhado nessas duas reuniões ultrapassava em muito o que eu tinha ganhado em todos os meus anos como católica. Eu queria aprender ainda mais verdades, pois isso me daria uma certeza maior de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor retornado. Então fiz outra pergunta à irmã: “Nos últimos dias, o Senhor desce primeiro em segredo na carne e, mais tarde, Ele aparece abertamente numa nuvem, eu entendo isso, mas por que o Senhor encarna primeiro? Por que Ele não aparece diretamente em forma espiritual?”.

Ela comungou: “A aparição de Deus na carne para operar se baseia inteiramente nas exigências de Sua obra e nas necessidades da humanidade corrupta”. Então a irmã leu para mim duas passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso: “A salvação do homem por Deus não é feita diretamente usando o método do Espírito e a identidade do Espírito, pois o Seu Espírito não pode ser tocado nem visto pelo homem, nem pode o homem se aproximar. Se Ele tentasse salvar o homem diretamente, na maneira do Espírito, o homem seria incapaz de receber Sua salvação. Se Deus não se vestisse com a forma externa de um homem criado, não haveria como o homem receber essa salvação. Pois o homem não tem como se aproximar Dele, assim como ninguém podia chegar perto da nuvem de Jeová. Somente por Se tornar um ser humano criado, isto é, colocando Sua palavra no corpo de carne em que Ele está para Se tornar, pode Ele pessoalmente introduzir a palavra em todos os que O seguem. Só então o homem pode ver e ouvir pessoalmente Sua palavra e, além disso, entrar na posse de Sua palavra, e por esse meio, ser totalmente salvo. Se Deus não Se tornasse carne, ninguém de carne e osso seria capaz de receber tal grande salvação, nem uma única pessoa seria salva. Se o Espírito de Deus operasse diretamente entre os homens, toda a humanidade seria golpeada, senão, sem ter como entrar em contato com Deus, ela seria levada cativa por completo por Satanás. […] Somente por Se tornar carne Deus pode viver ao lado do homem, experimentar o sofrimento do mundo e viver num corpo normal de carne. Só assim Ele pode suprir os homens com o caminho prático de que eles necessitam como seres criados. É por meio da encarnação de Deus que o homem recebe a salvação completa de Deus e não diretamente do céu em resposta às suas orações. Pois, sendo o homem de carne e sangue, ele não tem como ver o Espírito de Deus e muito menos como se aproximar de Seu Espírito. Tudo com que o homem pode entrar em contato é com a carne encarnada de Deus; e somente por meio disso o homem é capaz de entender todos os caminhos e todas as verdades e receber a salvação completa(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “O mistério da encarnação (4)”). “A obra que é de maior valor para o homem corrupto é aquela que fornece palavras precisas, metas claras a serem seguidas, e que podem ser vistas e tocadas. Somente obras realísticas e orientações oportunas são adequadas ao gosto do homem, somente uma obra verdadeira pode salvar o homem de seu caráter corrupto e depravado. Isso pode somente ser alcançado pelo Deus encarnado; somente o Deus encarnado pode salvar o homem de seu caráter anteriormente corrupto e depravado(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado”). A irmã continuou a comunhão dela: “A Bíblia profetizou: ‘Muitas coisas ainda tenho a vos dizer, mas não as podeis suportar agora. Mas quando Ele, o Espírito da verdade, vier, Ele vos ensinará toda a verdade. Pois Ele não falará por Si Mesmo; mas as coisas que Ele ouvir, Ele falará; e as coisas que virão, Ele as anunciará(João 16:12-13). ‘Pois vem o momento em que o julgamento começará pela casa de Deus(1 Pedro 4:17). Por meio dessas profecias sabemos que, quando o Senhor retornar, ele professará mais palavras e realizará a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus. Para que essa obra alcance os melhores resultados, Deus precisa vir e operar na carne. Já que Deus é invisível e intangível para nós e já que uma única palavra do Espírito de Deus nos lançaria em pânico e terror, nós não ousaríamos nos aproximar de Seu Espírito e não teríamos como nos comunicar com Ele. Como entenderíamos a verdade desse jeito? A vinda de Deus na carne para salvar a humanidade é a forma de alcançar os melhores resultados. Vivendo entre nós como o Filho do homem, fica muito fácil interagirmos com Ele. Além disso, Deus pode usar a língua humana para proferir verdades em qualquer hora e lugar, fazer declarações precisas para nos orientar e resolver nossas perguntas e confusões. Assim, não precisamos vasculhar cegamente nem adivinhar o que está alinhado com a vontade de Deus. Quando o Senhor Jesus veio para operar, Pedro perguntou a Ele: ‘Senhor, quantas vezes devo per­doar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?’ (Mateus 18:21). O Senhor Jesus respondeu diretamente: ‘Não sete; mas setenta vezes sete(Mateus 18:22). O Senhor disse a Pedro claramente como ele deveria praticar. Desse jeito, as pessoas podem entender a vontade de Deus facilmente e saber como deveriam praticar a verdade. O Senhor Jesus também usava coisas que as pessoas conseguiam ver e com as quais interagiam em seu dia a dia, coisas que podiam entender facilmente, para elaborar parábolas. Por exemplo, a parábola do fermento, a parábola do joio e do trigo, a parábola do semeador, a parábola da semente de mostarda e assim por diante. Isso permitiu que as pessoas ganhassem um entendimento melhor da verdade, entendessem o que Deus quer e exige da humanidade, e também ganhassem um senso de Sua bondade e acessibilidade. Tudo isso são os resultados das palavras e da obra de Deus quando Ele estava encarnado. Da mesma forma, Deus Todo-Poderoso na carne fala e opera entre os humanos, interage com eles de forma muito prática e fala com eles face a face. Ele revela os mistérios do plano de gerenciamento de seis mil anos de Deus, a verdade de Seus três estágios de obra, os mistérios de Sua encarnação, a verdade da corrupção da humanidade por Satanás e os resultados dos diferentes tipos de pessoas… Isso nos permite ganhar um entendimento maior e mais profundo do caráter e da obra de Deus. Ao mesmo tempo, Deus professa verdades a qualquer hora e em qualquer lugar de acordo com as necessidades da humanidade, revela nossos caracteres satânicos e nossas várias noções e imaginações sobre Ele e corrige os desvios na nossa fé. Deus Todo-Poderoso também nos dá as sendas para nos livrar do mal e alcançar a Sua salvação, por exemplo, como servir de acordo com Sua vontade, como ser uma pessoa honesta, como reverenciá-Lo, obedecer a Ele e amá-Lo e assim por diante. Por meio das palavras de Deus Todo-Poderoso, sabemos cada vez mais sobre nossos caracteres corruptos, odiamo-nos a partir do nosso íntimo e nos arrependemos verdadeiramente. Também entendemos a vontade e as exigências de Deus, ganhamos algum conhecimento do Seu caráter e de quem Ele salva, quem Ele elimina. Esse é o único jeito de podermos praticar a verdade e finalmente nos livrar do mal e alcançar a salvação de Deus”.

Depois de ouvir isso, eu vi a luz. Eu disse à irmã: “Agora eu entendo. Se Deus não aparecesse e operasse na carne, seria difícil para nós entendermos a verdade, mas o fato de Deus encarnar e falar palavras em língua humana torna fácil para nós entendermos e nos permite praticar corretamente a verdade e obedecer à vontade de Deus”.

Então a irmã leu mais duas passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso para mim: “Desta vez, Deus vem para operar não em um corpo espiritual, mas em um corpo muito comum. Além disso, não somente é o corpo da segunda encarnação de Deus, como também é o corpo por meio do qual Deus retorna à carne. É uma carne muito comum. Você não consegue ver nada que O faça Se destacar dos outros, mas pode ganhar Dele verdades jamais ouvidas. Esta carne insignificante é o que incorpora todas as palavras da verdade que vem de Deus, que assume a obra de Deus nos últimos dias e expressa todo o caráter de Deus para que o homem entenda. Você não deseja imensamente ver o Deus no céu? Não deseja imensamente entender o Deus no céu? Não deseja imensamente ver o destino da humanidade? Ele lhe contará todos esses segredossegredos que nenhum homem tem sido capaz de lhe contar, e Ele lhe contará também as verdades que você não entende. Ele é a sua porta para o reino e seu guia para a nova era(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Você sabia? Deus fez uma grande coisa entre os homens”). “Embora o que o homem veja hoje seja um Deus que é igual a um homem, um Deus com um nariz e dois olhos e um Deus pouco notável, no final, Deus mostrará a vocês que, se este homem não existisse, o céu e a terra sofreriam uma tremenda mudança; se este homem não existisse, os céus se escureceriam, a terra afundaria no caos e a humanidade toda viveria em meio a fome e pragas. Ele mostrará a vocês que, se Deus encarnado não viesse para salvá-los nos últimos dias, então, Deus teria, há muito tempo, destruído toda humanidade no inferno; se esta carne não existisse, vocês seriam arquipecadores para sempre e seriam sempre cadáveres. Vocês deveriam saber que, se esta carne não existisse, toda a humanidade enfrentaria uma inelutável calamidade e acharia impossível escapar da ainda mais severa punição que Deus infligirá à humanidade nos últimos dias. Se esta carne comum não tivesse nascido, vocês todos estariam em um estado em que implorariam pela vida sem ser capazes de viver e orariam pedindo a morte sem poder morrer; se essa carne não existisse, vocês não seriam capazes de ganhar a verdade e se colocar diante do trono de Deus hoje. Em vez disso, seriam punidos por Deus devido a seus pecados atrozes. Vocês sabiam que, se não fosse pela volta de Deus à carne, ninguém teria uma chance de salvação? Que, se não fosse pela vinda desta carne, Deus teria há muito tempo dado fim à era antiga? Assim sendo, vocês ainda conseguem rejeitar a segunda encarnação de Deus? Já que vocês podem tirar tantos benefícios deste homem comum, então por que não O aceitariam de bom grado?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Você sabia? Deus fez uma grande coisa entre os homens”). Então a irmã comungou: “Deus encarnado é a fonte de todas as verdades e nosso portão para o reino. Por aceitarmos Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, temos uma chance de ganhar Dele todas as verdades e um entendimento do caráter justo de Deus. Só então podemos ganhar a aprovação de Deus e entrar no reino dos céus. Sem a vinda de Deus encarnado nos últimos dias para fazer a obra de julgamento para salvar a humanidade, não seríamos capazes de purificar e mudar nossos caracteres satânicos, continuaríamos sendo corrompidos por Satanás, resistiríamos cada vez mais a Deus e, no fim, seríamos destruídos na calamidade. Portanto, ser capaz de acolher o retorno do Senhor e aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso é uma questão de vida e morte para nós! Precisamos ser extremamente cautelosos e aproveitar essa oportunidade muito rara! Aqueles que só aceitarem o Senhor, mas não Cristo nos últimos dias serão incapazes de alcançar a salvação”.

Após ouvir a irmã lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso, senti que essas palavras vinham de Deus e que nenhuma pessoa comum poderia professá-las. Na palavra de Deus, percebi também Sua preocupação com a humanidade. Deus encarnou na Terra nos últimos dias, emitindo verdades pessoalmente para nos salvar da corrupção de Satanás. Deus opera desse jeito só para salvar a humanidade. O amor de Deus por nós é tão grande! Eu fiquei muito animada e me senti abençoada por ouvir o evangelho de Deus nos últimos dias. Eu só queria ler mais da palavra de Deus Todo-Poderoso e não queria perder uma única reunião. Mesmo quando estava ocupada com o trabalho ou doente, ainda assim eu queria participar das reuniões porque eu esperava entender ainda mais verdades. Depois disso, eu me reuni com outros e comunguei a palavra de Deus Todo-Poderoso com frequência e entendi a diferença entre o Cristo verdadeiro e os falsos cristos, os mistérios da encarnação de Deus e a relação entre Deus e a Bíblia. Também assisti a muitos filmes e vídeos da Igreja de Deus Todo-Poderoso e vi que Deus já tinha formado um grupo de vencedores na China. As profecias de Apocalipse tinham sido cumpridas. Por meio de investigação, obtive certeza da obra de Deus nos últimos dias, determinei que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado e acolhi o Senhor! Eu estava emocionada. Para mim, ser capaz de acolher o retorno do Senhor não tem preço. Desejo buscar a verdade, cumprir um dever para espalhar a palavra de Deus, dar testemunho da obra de Deus e trazer mais pessoas que anseiam pela aparição Dele para diante Dele. Graças a Deus Todo-Poderoso!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

O retorno de um filho pródigo

Por Ruth, Estados Unidos Eu nasci em uma pequena cidade no sul da China, e desde a geração da minha bisavó paterna, nossa família crê no...

Leave a Reply

Conecte-se conosco no Whatsapp