Eu quase fiquei do lado de um anticristo

16 de Dezembro de 2022

Por Jessica, Filipinas

Em agosto de 2021, eu aceitei a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias. Três meses depois, Marjorie e eu fomos eleitas líderes de igreja. Marjorie tinha aceitado a obra de Deus nos últimos dias três meses antes de mim, e, mesmo não sendo da mesma igreja, nós participávamos das reuniões de obreiros juntas e discutíamos o trabalho da igreja. Uma vez, durante uma reunião, Marjorie falou sobre uma experiência que estava tendo. Ela disse que tinha adoecido, mas continuou cumprindo seu dever. Embora seu marido se opusesse a ela, ela não se tornou negativa nem recuou. Eu a admirava muito e achava que ela tinha estatura boa. Se eu estivesse na mesma situação, isso teria influenciado minha capacidade de cumprir o meu dever. Eu tinha uma impressão muito boa dela. Ela suportava um fardo no seu dever e não desistia nem mesmo com um marido que a oprimia. Eu achava que isso mostrava que ela era o tipo de pessoa que praticava a verdade e era elogiado por Deus. Mais tarde, uma nova igreja foi formada, e eu e Marjorie não nos vimos mais.

Um dia, cinco meses depois, Maria, nossa supervisora, postou uma mensagem no bate-papo do grupo, dizendo que, na nossa reunião daquela noite, discutiríamos como discernir anticristos, e então ela mandou um link da página no Facebook de Marjorie e nos instruiu a não interagir com ela porque ela era um anticristo. Fiquei chocada. Eu não conseguia acreditar que Marjorie era um anticristo. Lembrei-me de como ela era apaixonada pelo seu dever, como ela fazia sacrifícios, se despendia e passava por sofrimento. Mesmo ao ser confrontada com doença e a opressão da família, ela continuou cumprindo seu dever — alguém que buscava a verdade desse jeito podia realmente ser um anticristo? Maria devia ter cometido um erro! Eu não conseguia acreditar que era verdade. A supervisora enviou outra mensagem, dizendo que esperava que eu bloqueasse Marjorie no Facebook para que eu não fosse interrompida nem enganada por ela. Eu tive dificuldade de aceitar isso. Parecia injusto tratar Marjorie desse jeito. Ela era apaixonada e entusiasmada em seu dever e até já tinha me encorajado e ajudado no passado. Eu não sabia o que tinha acontecido com ela nem por que ela tinha sido identificada como um anticristo. Eu estava muito confusa e triste e não queria bloqueá-la. Então eu disse: “Marjorie não é um anticristo, ela tem certas noções. Não é necessário bloqueá-la. Tente ver as coisas da perspectiva dela e imagine como ela se sente”. Na hora, a supervisora comungou comigo, mas eu não quis saber. Ela também me mandou um testemunho experiencial sobre como discernir anticristos e me instruiu a dar uma olhada, dizendo que o vídeo me ajudaria. Mas eu o ignorei. Depois disso, mandei uma mensagem para Marjorie para perguntar o que tinha acontecido. Marjorie disse: “Eu estava espalhando certas noções, por isso fui removida do bate-papo do grupo e todos me bloquearam. Isso me magoou muito. Não preciso me explicar; Deus escrutinizará minhas ações. Vocês também estão me discernindo? Estou muito desanimada. Todos estão me discernindo e abandonando”. Ela também falou muito sobre como ela estava insatisfeita com a supervisora. Eu também desenvolvi um preconceito contra a supervisora após ouvi-la. Achava que ela não estava lidando corretamente com isso. Se Marjorie tinha certas noções ou problemas, ela devia ajudá-la e comungar com ela, não concluir imediatamente que ela era um anticristo. Quanto à reunião daquela noite sobre como discernir anticristos, eu não participei e fui dormir cedo. Eu estava desanimada e não sabia como lidar com a situação. Orei antes de dormir, não queria me afastar de Deus e viver naquele estado. Pedi que Deus me esclarecesse para que eu entendesse qual era a vontade Dele em tudo isso.

Na manhã seguinte, me senti bem mais em paz. Percorri o conteúdo da comunhão da noite anterior e me deparei com um print de uma conversa entre Marjorie e a supervisora. Marjorie disse: “É impossível que Deus tenha encarnado na carne. Quem entre os nossos irmãos e irmãs viu Deus? As palavras de Deus Todo-Poderoso não se conformam à Bíblia, vão além da Bíblia”. Fiquei chocada ao ver que Marjorie tinha dito essas coisas. Ela estava espalhando noções e nem acreditava na obra de Deus Todo-Poderoso. Só então percebi que eu não tinha entendido a razão pela qual Marjorie tinha sido identificada como anticristo e não tinha investigado o comportamento dela. Eu simplesmente tinha concluído que ela não podia ser um anticristo com base em minha impressão. Eu fui tão cega e arrogante! Vi uma passagem das palavras de Deus que dizia: “Algumas pessoas conseguem suportar as dificuldades, conseguem pagar o preço, seu comportamento exterior é muito bom, elas são bastante respeitadas e têm a admiração dos outros. Vocês acham que esse tipo de comportamento exterior pode ser considerado como colocar a verdade em prática? Vocês podem dizer que essa pessoa está satisfazendo as intenções de Deus? Por que, repetidas vezes, as pessoas veem esse tipo de indivíduo e acham que ele está satisfazendo a Deus, que está percorrendo a senda de colocar a verdade em prática e que está andando no caminho de Deus? Por que algumas pessoas pensam dessa forma? Há apenas uma explicação para isso. E qual é essa explicação? É que, para muitas pessoas, certas questõescomo o que é colocar a verdade em prática, o que é satisfazer a Deus, o que é realmente ter a realidade da verdadenão estão muito claras. Então, há algumas pessoas que são enganadas com frequência por aquelas que, exteriormente, parecem espirituais, nobres, superiores e grandiosas. Quanto a essas pessoas que podem falar com eloquência sobre letras e doutrinas, e cujo discurso e ações parecem dignos de admiração, os que são enganados por elas nunca olharam para a essência de suas ações, os princípios por trás de seus feitos, quais são os seus objetivos. Ademais, eles nunca se perguntaram se essas pessoas obedecem a Deus verdadeiramente, nem se são ou não pessoas que genuinamente temem a Deus e evitam o mal. Eles nunca discerniram a substância da humanidade dessas pessoas. Pelo contrário, desde o primeiro passo para a familiarização, pouco a pouco, passaram a admirar e venerar essas pessoas, e, no fim, essas pessoas se tornam seus ídolos. Além disso, na mente de algumas pessoas, os ídolos a quem elas adorame que elas acreditam que podem abandonar suas famílias e empregos, e que parecem, superficialmente, ser capazes de pagar o preçosão aqueles que estão realmente satisfazendo a Deus e que podem realmente receber um bom desfecho e um bom destino. Na mente delas, esses ídolos são as pessoas a quem Deus louva. O que faz com que as pessoas tenham esse tipo de convicção? Qual é a essência desse problema? A quais consequências isso pode levar? […] A consequência direta disso é que as pessoas usam o bom comportamento humano como substituto para colocar a verdade em prática, o que também satisfaz seu desejo de cair na graça de Deus. Isso lhes dá meios com os quais lutar contra a verdade, o que elas também usam para argumentar e competir com Deus. Ao mesmo tempo, as pessoas também, de modo inescrupuloso, colocam Deus de lado e colocam o ídolo que admiram na posição Dele(A Palavra, vol. 2: Sobre conhecer a Deus, “Como conhecer o caráter de Deus e os resultados que Sua obra alcançará”). Depois de ler as palavras de Deus, comecei a refletir. Eu sempre julgava as pessoas de acordo com seu comportamento externo, achando que aqueles que faziam sacrifícios, suportavam sofrimento e pagavam um preço buscavam a verdade e amavam a Deus. Mas esse padrão de julgamento não estava de acordo com a verdade e me levava a ser enganada pelo comportamento externo das pessoas. Pensei em como os fariseus costumavam explicar as escrituras às pessoas nas sinagogas. Por fora, pareciam piedosos e pareciam suportar sofrimento, fazer sacrifícios e boas obras, mas quando o Senhor Jesus veio para fazer a Sua obra, eles não buscaram nem investigaram, em vez disso resistiram a Ele e O condenaram e, no fim, O pregaram na cruz. Isso me fez perceber que pessoas que mostram um bom comportamento não são necessariamente pessoas boas. Só aquelas que se submetem a Deus, amam e aceitam a verdade são pessoas verdadeiramente boas. Quanto àqueles que não amam a verdade e não aceitam a verdade, mesmo que façam coisas boas, eles só estão sendo falsamente piedosos. Por fora, Marjorie era capaz de suportar algum sofrimento e de pagar um preço, mas, no fundo, ela estava farta da verdade e odiava a Deus. Ela até julgou e negou Deus publicamente. Ela era da laia de Satanás. Mas eu só vi como ela suportava sofrimento e fazia sacrifícios, e, assim, acreditei, com base em minhas noções, que ela buscava a verdade, era responsável e devota em seu dever e não podia ser um anticristo. Quando a supervisora pediu que praticássemos discernimento e bloqueássemos Marjorie, eu até desenvolvi um preconceito contra ela e não quis mais cumprir o meu dever. Eu não tinha nenhum discernimento de Marjorie e, como resultado, fui enganada. Eu fui muito tola.

No dia seguinte, vi que Marjorie estava espalhando boatos e falácias no Facebook, dizendo que nossa igreja não seguia a Deus, mas apenas uma pessoa. Quando vi como ela caluniava a Igreja, eu me arrependi de não a bloquear e rejeitar e até de ter tentado defendê-la. Eu enviei uma mensagem para ela e perguntei por que ela estava fazendo aquelas coisas. Marjorie respondeu e caluniou a Igreja de Deus Todo-Poderoso, e até me encorajou a sair da Igreja. Eu simplesmente a ignorei. Dois meses depois, eu soube, através da supervisora, que Marjorie tinha enviado mensagens para ela em que caluniava e condenava a Igreja e até dizia que enviaria vídeos difamadores aos recém-convertidos. Ela também espalhou muitas das suas ideias sobre a obra de Deus no bate-papo de um grupo. A tia de Marjorie também desenvolveu noções e saiu da igreja. Marjorie espalhando noções para enganar as pessoas era claramente resistir a despeito de conhecer o caminho verdadeiro. Essa é uma ofensa muito séria — ela era um anticristo. Por meio do comportamento de Marjorie, eu pude ver que ela tinha noções sobre a obra de Deus, mas que ela não tentava resolvê-las buscando a verdade. Ela até espalhava boatos e falácias, blasfemava contra Deus, caluniava a Igreja e enganava os irmãos para que negassem e se afastassem de Deus. Achei que Marjorie era muito traiçoeira e enganosa, que ela enganava as pessoas como uma raposa dissimulada para que se afastassem e negassem a Deus. Ela era um perigo muito grande para os outros irmãos. Mais tarde, deparei-me com esta passagem das palavras de Deus. “Aqueles entre os irmãos e irmãs que estão sempre dando vazão à sua negatividade são lacaios de Satanás e perturbam a igreja. Tais pessoas devem um dia ser expulsas e eliminadas. Se, em sua fé em Deus, as pessoas não tiverem um coração de reverência a Deus, se não tiverem um coração de obediência a Deus, então não só serão incapazes de fazer qualquer obra para Ele, mas, ao contrário, se tornarão aquelas que perturbam Sua obra e que O desafiam. Crer em Deus, mas não Lhe obedecer nem O reverenciar, e, em vez disso, resistir a Ele, é a maior desgraça para um crente. Se os crentes são tão casuais e irrestritos em sua fala e conduta como são os incrédulos, então eles são ainda mais malignos que os incrédulos; são demônios arquetípicos. Aqueles que dão vazão à sua conversa venenosa e maliciosa dentro da igreja, aqueles que espalham rumores, fomentam a desarmonia e formam grupos entre os irmãos e irmãseles deveriam ter sido expulsos da igreja. Mas porque agora é uma era diferente da obra de Deus, essas pessoas estão restringidas, pois decididamente hão de ser eliminadas. Todos que foram corrompidos por Satanás têm caráter corrupto. Alguns não têm nada além de caráter corrupto, enquanto outros são diferentes: eles não só têm caráter satânico corrupto, mas sua natureza é também extremamente maliciosa. Não só suas palavras e ações revelam seu caráter satânico corrupto; essas pessoas são, além disso, o genuíno diabo Satanás. Seu comportamento interrompe e perturba a obra de Deus, prejudica a entrada na vida de irmãos e irmãs e danifica a vida normal da igreja. Mais cedo ou mais tarde, esses lobos em pele de cordeiro precisam ser removidos; uma atitude impiedosa, uma atitude de rejeição, deveria ser adotada para com esses lacaios de Satanás. Só isso é ficar do lado de Deus, e aqueles que deixam de fazê-lo estão chafurdando na lama com Satanás. Pessoas que genuinamente creem em Deus sempre O têm em seu coração e sempre levam dentro de si um coração reverente a Deus, um coração que ama Deus. Aqueles que creem em Deus deveriam fazer as coisas de modo prudente e cauteloso e tudo que fazem deveria ser de acordo com as exigências de Deus e capaz de satisfazer Seu coração. Eles não deveriam ser teimosos, fazendo o que bem lhes agrada; isso não convém à santa decência. As pessoas não precisam correr de maneira descontrolada, agitando a bandeira de Deus por toda parte enquanto se gabam e trapaceiam em todo lugar; esse é o tipo de conduta mais rebelde. As famílias têm suas regras, e as nações têm suas leise não é assim mais ainda na casa de Deus? Ela, mais ainda, não tem padrões estritos? Ainda mais, não tem decretos administrativos? As pessoas são livres para fazer o que quiserem, mas os decretos administrativos de Deus não podem ser alterados à vontade. Deus é um Deus que não tolera ofensa dos humanos; Ele é um Deus que mata as pessoas. As pessoas realmente ainda não sabem disso?(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Um alerta para aqueles que não praticam a verdade”). Por meio das palavras de Deus, percebi que aqueles que sempre espalham noções, semeiam negatividade e interrompem a igreja são lacaios de Satanás. Eles não amam a verdade e não têm o menor temor de Deus em seu coração. Aqueles que formam panelinhas e causam rupturas, aqueles que espalham noções e boatos, negando e blasfemando contra Deus, são, todos eles, demônios e todos devem ser expulsos e punidos por Deus. Aqueles que são desviados por rumores e ficam do lado dos malfeitores e anticristos também serão expulsos, a não ser que os rejeitem. Marjorie não lia as palavras de Deus nem buscava a verdade para resolver as noções dela, nem buscava com os outros irmãos. Em vez disso, ela questionava e negava a Deus e até espalhava noções, julgando e blasfemando contra Deus abertamente. Ela também semeava discórdia e seduzia outros irmãos, enganando-os para que eles ficassem do lado dela e formassem preconceitos contra a supervisora, o que interrompia o trabalho da igreja. Marjorie era muito maligna. A essência dela era a de um anticristo que odeia a verdade e a Deus. Sem o esclarecimento e a orientação das palavras de Deus, eu teria sido enganada a ficar do lado dela e a ter Deus como meu inimigo. Também percebi que o propósito de ler as palavras de Deus e de comungar discernimento dos anticristos serve para ajudar os irmãos a entender a verdade e a ganhar discernimento para que não sejam importunados nem enganados pelos anticristos. Expulsar os anticristos da igreja serve para proteger os escolhidos de Deus. A despeito de ser uma líder, eu não tive discernimento desse anticristo e acreditei em suas mentiras. Até fiquei do lado dela e a defendi. Vi que eu tinha me tornado uma cúmplice de Satanás. Eu protegia e mostrava amor e simpatia por um anticristo. Isso foi um ato de crueldade contra os escolhidos de Deus. Eu percebi como eu tinha sido tola e odiei a mim mesma, então vim para diante de Deus em oração, me arrependi e pedi o perdão Dele.

Mais tarde, vi estas passagens das palavras de Deus: “O padrão pelo qual os humanos julgam outros humanos se baseia em seu comportamento; aqueles cuja conduta é boa são justos, enquanto aqueles cuja conduta é abominável são perversos. O padrão pelo qual Deus julga os humanos se baseia em se sua essência se submete a Ele ou não; aquele que se submete a Deus é uma pessoa justa, enquanto aquele que não se submete é um inimigo e uma pessoa má, não importa se o comportamento dessa pessoa é bom ou ruim e se sua fala é correta ou incorreta(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Deus e o homem entrarão em descanso juntos”). “Quando Deus Se torna carne e vem operar entre os homens, todos O contemplam e ouvem as Suas palavras e veem os feitos que Deus opera de dentro de Seu corpo de carne. Naquele momento, todas as noções do homem se tornam uma espuma. Quanto àqueles que viram Deus aparecendo na carne, eles não hão de ser condenados, se voluntariamente Lhe obedecerem, enquanto aqueles que propositalmente se colocam contra Ele serão considerados oponentes de Deus. Tais pessoas são anticristos, inimigos que deliberadamente se contrapõem a Deus. Aqueles que abrigam noções em relação a Deus, mas ainda estão prontos Lhe obedecer e desejosos de fazê-lo não serão condenados. Deus condena o homem com base nas intenções e ações deste, jamais pelos pensamentos e ideias do homem. Se Deus fosse condenar o homem com base em seus pensamentos e ideias, então nem uma única pessoa seria capaz de escapar das mãos iradas de Deus. Aqueles que deliberadamente se colocam contra o Deus encarnado serão punidos por sua desobediência. Em relação a essas pessoas que deliberadamente ficam contra Deus, sua oposição intencional provém do fato de abrigarem noções sobre Deus, o que as leva, por sua vez, a ações que interrompem a obra de Deus. Essas pessoas resistem e destroem a obra de Deus intencionalmente. Elas não só possuem noções sobre Deus, mas se metem em atividades que interrompem a Sua obra, e é por esse motivo que as pessoas desse tipo hão de ser condenadas(A Palavra, vol. 1: A aparição e a obra de Deus, “Todos os que não conhecem a Deus são pessoas que se opõem a Deus”). As palavras de Deus são claras: Deus julga as pessoas com base em sua essência e sua atitude em relação à verdade. Algumas pessoas podem ter noções sobre a obra de Deus, mas se forem capazes de buscar a verdade e deixar de lado as suas noções, Deus não as condenará. Todos aqueles que sempre têm opiniões sobre Deus encarnado, não aceitam a verdade e até questionam e negam a Deus são inimigos de Deus e anticristos, não importa quão bom seja o seu comportamento externo. Deus condena tais pessoas e as expulsa. Depois de ler as palavras de Deus, também percebi que eu só costumava considerar o comportamento das pessoas. Achei que Marjorie devia ser devota a Deus e buscar a verdade porque ela era apaixonada, fazia sacrifícios, se despendia e era uma líder de igreja, mas eu não considerei a essência dela nem sua atitude em relação a Deus e à verdade. Marjorie tinha certas noções sobre a obra de Deus e não aceitava a comunhão de outros irmãos. Ela também espalhava as noções dela e negava publicamente o Deus encarnado. A essência dela odiava a Deus e a verdade — ela era um anticristo. Eu fui enganada e iludida pelas ilusões externas de Marjorie e fiquei do lado de um anticristo. Eu realmente carecia de discernimento. Só então percebi que devemos julgar pessoas e coisas segundo as palavras de Deus e os princípios da verdade, não só segundo seus comportamentos externos.

Depois disso, vi outra passagem das palavras de Deus que dizia: “Deus está purificando a igreja, limpando-a de pessoas que interrompem e perturbam, de anticristos, de espíritos malignos, de pessoas malignas, de incrédulos, daqueles que não acreditam Nele de verdade, e daqueles que não conseguem nem prestar serviço. Isso é chamado de ‘limpar o terreno’; é chamado de ‘joeirar’. […] Você pode ver que Deus faz tudo em seu tempo. Ele não opera casualmente. Sua obra de gerenciamento segue o plano que Ele estabeleceu, e Ele faz tudo passo a passo, não casualmente. E quanto a esses passos? Cada passo da obra que Deus faz nas pessoas deve surtir efeito, e quando Ele vê que surtiu efeito, Ele faz o próximo passo da obra. Deus decidiu para Si Mesmo como Sua obra deve surtir efeito, o que Ele deve dizer e fazer. Ele faz a Sua obra de acordo com aquilo de que as pessoas precisam, não casualmente. Qualquer obra que surta efeito nas pessoas, Deus a faz, e qualquer coisa que seja imaterial em termos de eficácia, Deus certamente não a faz. Por exemplo, quando houver necessidade de lições práticas negativas com as quais o povo escolhido de Deus possa desenvolver discernimento, falsos cristos, anticristos, espíritos malignos, pessoas malignas e pessoas que perturbam e interrompem aparecerão na igreja, com os quais os outros possam desenvolver seu discernimento. Se o povo escolhido de Deus entende a verdade e consegue identificar tais pessoas, então essas pessoas prestaram seu serviço, e sua existência deixa de ter valor. Nesse tempo, o povo escolhido de Deus se levantará para expô-las e denunciá-las, e a igreja as expurgará imediatamente. Toda a obra de Deus tem seus passos, e todos esses passos são arranjados por Deus com base naquilo que o homem necessita em sua vida e estatura(A Palavra, vol. 3: As declarações de Cristo dos últimos dias, “Somente ao resolver suas noções alguém pode iniciar a trilha certa da crença em Deus (3)”). Depois de ler as palavras de Deus, percebi que, embora muitas pessoas cumpram um dever na igreja, nem todas são escolhidas de Deus e nem todas são ovelhas Dele. Lobos se escondem dentro do rebanho. Deus permite que anticristos, malfeitores e incrédulos entrem na igreja para nos ajudar a ganhar discernimento, aprender lições e ser capazes de distinguir o bem do mal. A despeito de cumprir seu dever na igreja, Marjorie não acreditava em Deus. Ela só entrou na igreja para analisar a obra de Deus, não para buscar nem para entender a verdade. Ela era um lobo em pele de ovelha, e era uma maligna expulsa por Deus. Agora, Deus está purificando a igreja e expondo cada tipo de pessoa. Nenhum anticristo, malfeitor ou incrédulo pode permanecer escondido na igreja; todos serão expostos e expulsos por meio da obra de Deus. Só aqueles que realmente creem em Deus, amam e buscam a verdade permanecerão, e só eles serão purificados e salvos por Deus.

Por meio dessa experiência, ganhei algum discernimento e aprendi algumas coisas. Em primeiro lugar, não posso considerar apenas o comportamento externo das pessoas, quanto suportam sofrimento e se despendem, pois muitos conseguem fazer essas coisas, especialmente impostores religiosos. Em segundo lugar, não devo adorar meras pessoas, pois Deus detesta a adoração de pessoas. Só devemos olhar para Deus e adorar a Deus. Em terceiro lugar, como líder de igreja, preciso considerar a entrada na vida dos meus irmãos e priorizar coisas que são benéficas para eles. Em quarto lugar, quando confrontada com problemas, devo ter um coração que teme a Deus e aprender a buscar e esperar. Não devo julgar e condenar imprudentemente com base em minhas noções. Isso tende a ofender o caráter de Deus. Em quinto lugar, devo ler mais das palavras de Deus Todo-Poderoso para entender a verdade. Só com a orientação das palavras de Deus podemos enxergar as tramas malignas de Satanás e ficar do lado da verdade. Também percebi como a verdade é preciosa. Só se entendermos a verdade, poderemos entender as coisas e discernir todos os tipos de malfeitores, anticristos e incrédulos. No futuro, lerei mais das palavras de Deus e basearei minhas ações e julgamentos das pessoas e coisas nas palavras de Deus, com a verdade como meu princípio. Graças a Deus!

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.👇

Conteúdo relacionado

Adeus, “boazinha”!

Por Li Fei, EspanhaQuanto aos que gostam de agradar às pessoas, eu os achava incríveis antes de acreditar em Deus. Eles tinham bom caráter,...

Leave a Reply

Conecte-se conosco no Whatsapp