Deleito-me nas águas vivas da vida

11 de Setembro de 2020

A fé da minha família no Senhor começou há três gerações. Comecei a frequentar a igreja com minha família ainda criança. Quando cresci, prestei serviços à igreja como diaconisa e contadora. Sempre servi ao Senhor com entusiasmo. Mas, com o tempo, vi que a igreja estava se tornando cada vez mais desolada e que os pastores e presbíteros só pregavam as mesmas coisas de sempre sem nenhuma nova luz. Eles não conseguiam solucionar nossas dificuldades e problemas reais. Eles sempre falavam sobre seu próprio trabalho para o Senhor, exibindo-se do quanto tinham sofrido e do preço que tinham pago. Eu me cansei de ouvir aquilo. E em todo culto de domingo, eu via o clero orar pelas pessoas com base em roteiros prontos, o que soava falso para mim. A verdadeira oração é quando se fala com o Senhor do coração, mesmo que com poucas palavras. Porque o Senhor disse: “Deus é Espírito, e é necessário que os que O adoram O adorem em espírito e em verdade” (João 4:24). Eles recitavam orações que já estavam escritas, não eram orações sinceras, e elas certamente não traziam alegria ao Senhor. Para preencher os cargos de diáconos, os líderes da igreja não escolhiam pessoas de bom comportamento, que fossem fiéis, sem ganância e moderadas, conforme ensinado na Bíblia (ver Timóteo 3:1-11). Pelo contrário, indicavam pessoas com grande entusiasmo, que contribuíam mais nas ofertas. O comportamento dos líderes da igreja era contrário aos ensinamentos do Senhor em todos os sentidos. Eles guiavam toda a congregação de acordo com sua própria doutrina pessoal. Não vi nenhuma orientação do Senhor naquele tipo de igreja, não conseguia sentir a obra do Espírito Santo nem obter nenhum sustento para a minha vida. Outros membros da igreja estavam muito fracos espiritualmente e sua fé estava diminuindo. O clero tentou pensar em meios de reavivar a igreja, organizando passeios e acampamentos de verão para os crentes, mas tudo era só diversão passageira, e logo alguém estava triste de novo. Eu estava muito decepcionada na igreja e sentia que não obteria nada ao adorar a Deus daquele jeito. Decidi sair da igreja em maio de 2013.

Depois, tentando encontrar uma igreja que estivesse alinhada com os ensinamentos do Senhor e que provesse para minha vida, comecei a entrar na internet para ouvir os sermões de pastores famosos dentro e fora do país. Também entrei em contato com uma pregadora da minha antiga igreja que tinha organizado sua própria igreja depois de se formar na escola de teologia. Eu estava ouvindo os sermões online e me reunindo com ela, mas os sermões de nenhum deles eram agradáveis nem me nutriam o mínimo que fosse. Três meses depois, entrei em contato com outra igreja. Senti que os ensinamentos deles estavam alinhados com a Bíblia. Por isso, comecei a frequentar algumas de suas atividades. Mas, depois de algum tempo, descobri que, no início e no final de cada culto, eles sempre oravam em línguas. Eles diziam que falar línguas era a única evidência de se ter a obra do Espírito Santo e ser salvo. Mas eu não concordava nem um pouco, porque a Bíblia diz, em Gálatas 5:22-23: “Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade. a mansidão, o domínio próprio”. Minha compreensão da escritura era que entender as palavras do Senhor e produzir os nove frutos do Espírito Santo na vida era a fé pura e a evidência de se ter a obra do Espírito Santo. E nos cultos, os pastores sempre pregavam as mesmas coisas o tempo todo sem nenhuma nova luz. A maioria da congregação cochilava durante o sermão. Eles frequentavam por formalidade. A maioria das pessoas se mostrava negativa e abatida. Eu não via a alegria que deveríamos sentir ao adorar o Senhor. Vendo aqueles cultos sendo conduzidos de modo tão desleixado, pensei: “O Senhor se alegraria ao ver as pessoas fazendo as coisas automaticamente? O Senhor está mesmo conosco durante o culto?” Então, pensei nestas palavras do Apocalipse: “Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve… Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca” (Apocalipse 3:14-16). Aquela igreja não estava na mesma situação da igreja da Laodiceia? Ela também não conseguia suprir minhas necessidades espirituais, o que me fez sentir vazia e desamparada. Vi que todas as igrejas pelas quais passei eram iguais. Todos os membros estavam presos a regulamentos e seguindo as formalidades dos cultos, mas eu não conseguia sentir a obra nem a orientação do Espírito Santo. Eu realmente estava sofrendo. Minha única esperança na época era que o Senhor voltasse logo para cuidar de nós. Eu frequentemente orava ao Senhor: “Ó, Senhor! Quando retornarás?”

Comecei a ansiar com mais fervor ainda o retorno do Senhor e encontrar uma igreja que fornecesse o sustento para minha vida. Comecei a olhar com frequência na internet. Sempre que podia, eu procurava expressões do tipo “Voz de Deus” e “Pegadas de Deus” que se referem à aparição do Senhor. Na manhã do dia 27 de janeiro de 2016, procurei informações na internet sobre o retorno do Senhor. Encontrei um vídeo e ouvi palavras que agitaram meu coração. “Meu reino está se formando em todo o universo e Meu trono está capturando o coração de centenas de milhões de pessoas. Com a ajuda dos anjos, Minha grande obra logo dará frutos. Todos os Meus filhos e o Meu povo esperam o Meu retorno com a respiração suspensa, ansiando o Meu reencontro com eles, para nunca mais ser separados. Como não correria um para o outro toda a multidão da população de Meu reino em alegre celebração pelo fato de Eu estar junto deles? Poderia ser uma reunião pela qual não se tem que pagar nada? Eu sou honrado aos olhos de todos, sou anunciado nas palavras de todos. Quando Eu voltar, além disso, conquistarei todas as forças inimigas” (“A Palavra manifesta em carne”). Apesar de eu não entender tudo no vídeo, as palavras “Meu reino está se formando em todo o universo e Meu trono está capturando o coração de centenas de milhões de pessoas”. “Quando Eu voltar, além disso, conquistarei todas as forças inimigas”, realmente me fizeram sentir que cada palavra tinha autoridade e poder, e que eram palavras que nenhum ser humano poderia proferir. Imediatamente me sentei bem ereta, totalmente atenta. Então, ouvi isto no vídeo: “A hora chegou! Vou colocar Minha obra em ação, reinarei como Rei entre os homens! Estou prestes a voltar! E estou quase partindo! Isso é o que todos esperam, o que todos desejam. Eu permitirei que todos vejam a chegada do Meu dia e que deem boas-vindas alegremente à chegada do Meu dia!” (“A Palavra manifesta em carne”). Quanto mais eu ouvia, mais sentia que essas palavras eram tocantes e tinham autoridade. Eu me perguntei: “De onde vêm essas palavras?” Ao final do vídeo, vi este texto: “Extraído de ‘ A Palavra manifesta em carne’ “ Liguei imediatamente para duas livrarias cristãs para ver se elas tinham aquele livro, mas nenhuma delas tinha. Fiquei muito decepcionada, mas, então, vi no final do vídeo um telefone para contato, e telefonei imediatamente. Uma irmã atendeu ao telefone e, por meio de nossa conversa, descobri que o livro não pode ser comprado. Senti que as palavras que eu tinha ouvido eram muito valiosas. Então, disse a ela que eu tinha que ler aquele livro. Aí marcamos um horário para nos encontrarmos.

No dia 5 de fevereiro de 2016, a irmã Wang e a irmã Jin foram à minha casa. Falei com elas sobre a situação nas igrejas nos últimos anos e sobre como estive procurando por uma igreja que tivesse a obra do Espírito Santo e trouxesse sustento para a minha vida. Elas me perguntaram: “O que você achou das palavras de Deus Todo-Poderoso?” Respondi que elas de fato têm autoridade e poder de um jeito que nenhum humano poderia dizer. E que parecem a voz de Deus. A irmã Wang respondeu: “Essas palavras são a voz de Deus. Elas são palavras proferidas pelo Senhor Jesus que retornou, Deus Todo-Poderoso na carne. Deus Todo-Poderoso realiza a obra de julgamento começando pela casa de Deus nos últimos dias. Ele expressa todas as verdades que purificam e salvam o homem. Ele revela os mistérios da obra de gerenciamento de seis mil anos de Deus, os mistérios dos três estágios da obra de Deus para salvar a humanidade, os mistérios da encarnação e a verdadeira história por trás da Bíblia. Também como Satanás corrompe a humanidade e como Deus a salva, como as pessoas podem ser libertas do pecado e purificadas por Deus, qual será o desfecho da humanidade, como as pessoas devem buscar de modo a ser salvas e entrar no reino de Deus, e muito mais. Deus compartilha todos esses mistérios e verdades conosco. Isso cumpre completamente a profecia do Senhor Jesus: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por Si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras’ (João 16:12-13). A Palavra manifesta em carne contém as palavras expressas pelo próprio Deus nos últimos dias. Ele é a água da vida que nos foi concedida por Deus e o caminho para a vida eterna. Precisamos apenas seguir os passos do Cordeiro e obter as palavras expressas por Deus para ganhar o sustento para nossa vida. Assim, nosso espírito ressequido pode ser alimentado e regado”. Fiquei surpresa ao ouvi-la dizer isso. Pensei: “O Senhor realmente voltou? Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou por quem tenho ansiado?” Embora eu soubesse que o Senhor Jesus retornaria, eu não era totalmente capaz de aceitar o Deus Todo-Poderoso de quem eles davam testemunho. Mas então pensei nos fariseus que estavam sempre aguardando a vinda do Messias, mas quando o Senhor Jesus veio trabalhar, eles se recusaram a aceitá-Lo. Eles teimosamente se apegaram a suas próprias noções, furiosamente condenando o Senhor Jesus, blasfemando contra Ele, e, por fim, fazendo com que Ele fosse pregado na cruz. Eles ofenderam o caráter de Deus e foram amaldiçoados e punidos por Deus. Eu adverti a mim mesma várias vezes para não ser como os fariseus quando o Senhor Jesus retornasse. Também pensei nos profetas Simão e Ana. Eu sempre os admirei e sempre quis reconhecer o Senhor Jesus quando Ele retornasse, como eles O reconheceram. Agora que ouvi a notícia do retorno do Senhor Jesus, como poderia não buscá-la e investigá-la? Então, as irmãs me deram um exemplar de A Palavra manifesta em carne. Elas também disseram que cada palavra nele vinha da boca de Deus e que eu deveria lê-lo com atenção.

Depois disso, comecei a ler as palavras de Deus Todo-Poderoso e a me reunir online com os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Um dia, eu li estas palavras de Deus Todo-Poderoso: “A fé verdadeira em Deus significa o seguinte: com base na crença de que Deus é soberano sobre todas as coisas, a pessoa experimenta Suas palavras e Sua obra, expurga seu caráter corrupto, satisfaz a vontade de Deus e vem a conhecer Deus. Somente uma jornada desse tipo pode ser chamada de ‘fé em Deus’” (“A Palavra manifesta em carne”). Eu disse um “amém” do fundo do coração e me lembrei das minhas experiências em minha crença. Eu tinha sido complacente com a graça da redenção do Senhor Jesus, achando que participar de reuniões, orar, ler a Bíblia e trabalhar para o Senhor era o mesmo que ter fé. Eu realmente não entendia o verdadeiro significado da fé. Ler aquelas palavras foi muito esclarecedor para mim. Eu vi que a fé exige vivenciar a obra e a palavras de Deus para mudar nossos caracteres corruptos. Assim, podemos obter a verdade e conhecer a Deus. Isso é ter fé em Deus. Foram poucas palavras, mas concisas, que em explicaram o significado verdadeiro da fé e me mostraram a senda de como crer em Deus. Apenas Deus poderia expressar aquelas palavras. Mais tarde, li algumas das palavras de Deus Todo-Poderoso que expunham a verdade e a essência da corrupção do homem. Por exemplo, Ele revela que nós trabalhamos e nos despendemos não porque amamos a Deus e queremos satisfazê-Lo, mas na esperança de em troca receber as bênçãos do reino de Deus, negociando com Ele. Ele revela nossa arrogância e vaidade, e nossa falta de temor a Deus. Quando a obra Dele não está de acordo com nossas noções, nós arbitrariamente a julgamos e condenamos. Exatamente como está em Hebreus 4:12: “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração”. Senti ainda mais que as palavras expressas por Deus Todo-Poderoso são verdadeiramente as palavras de Deus, porque apenas Deus pode examinar as profundezas do coração humano, examinar nossos pensamentos e ideias e saber exatamente o que estamos pensando. E apenas Deus pode dissecar com tanta precisão a verdade de nossa corrupção. As palavras de Deus Todo-Poderoso revelaram os mistérios de tantas passagens da Bíblia que eu nunca tinha entendido, como o que realmente significa “ser arrebatado”, o que é a água do rio da vida, o que é a Nova Jerusalém, quem são as virgens sábias e as virgens tolas, o que significa a abertura do pergaminho e seus sete selos, e muito mais. Isso realmente abriu meus olhos e me convenceu por completo. Ninguém poderia revelar esses mistérios da Bíblia exceto o próprio Deus. Quanto mais eu lia as palavras de Deus Todo-Poderoso, mais espiritualmente nutrida eu me sentia. Foi como uma suave chuva após uma longa estiagem, nutrindo e regando minha vida. Fiquei totalmente convencida de que essas são as palavras do Espírito Santo e de Deus falando à humanidade, de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou. Vivenciei o significado por trás do que o Senhor Jesus disse: “Mas aquele que beber da água que Eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna” (João 4:14). Percebi que apenas Cristo dos últimos dias tem a fonte da água viva, e finalmente encontrei a origem dessa fonte de vida.

Por ler as palavras de Deus Todo-Poderoso e por me reunir e comunicar com os irmãos e irmãs, compreendi a essência e as causas da desolação religiosa do mundo. Deus Todo-Poderoso diz: “Aquelas que não seguem a obra atual do Espírito Santo não entraram na obra das palavras de Deus e, não importa quanto trabalhem nem quão grande seja seu sofrimento, nem quanto corram por aí, nada disso significa qualquer coisa para Deus, e Ele não as elogiará. Hoje, todos aqueles que seguem as palavras atuais de Deus estão na corrente do Espírito Santo; os que são estranhos às palavras atuais de Deus estão fora da corrente do Espírito Santo, e tais pessoas não são elogiadas por Deus. Um serviço divorciado das declarações atuais do Espírito Santo é um serviço que é da carne e de concepções, e é incapaz de estar de acordo com a vontade de Deus. Se as pessoas vivem entre concepções religiosas, elas não são capazes de fazer nada que é apto para a vontade de Deus e, embora sirvam a Deus, elas servem em meio à sua imaginação e concepções e são totalmente incapazes de servir conforme a vontade de Deus”. “A cada estágio da obra de Deus correspondem exigências feitas ao homem. Os que estão dentro da corrente do Espírito Santo possuem a presença e a disciplina do Espírito Santo, e aqueles que não estão dentro da corrente do Espírito Santo estão sob o comando de Satanás e desprovidos de qualquer parte da obra do Espírito Santo. Os que estão na corrente do Espírito Santo são aqueles que aceitam a nova obra de Deus, aqueles que colaboram com a nova obra de Deus… O mesmo não ocorre com as pessoas que não aceitam a nova obra: estão fora da corrente do Espírito Santo e a disciplina e a reprovação do Espírito Santo não se aplicam a elas. Todos os dias essas pessoas vivem na carne, vivem em sua mente e só agem de acordo com a doutrina produzida pela análise e pesquisa de seu próprio cérebro. Isso não é cumprir as exigências da nova obra do Espírito Santo e muito menos colaborar com Deus. Os que não aceitam a nova obra de Deus são privados da presença de Deus e, ademais, desprovidos das bênçãos e proteção de Deus. A maior parte de suas palavras e ações se prendem a exigências passadas da obra do Espírito Santo; são doutrina, não verdade. Tais doutrina e normas bastam para provar que a reunião dessas pessoas não passa de religião; não são os escolhidos ou os objetos da obra de Deus. A reunião deles só pode ser considerada um grande congresso religioso e não uma igreja. Esse é um fato inalterável” (“A Palavra manifesta em carne”). Depois de ler isso, percebi que minha antiga igreja e as diferentes denominações em que estive não foram capazes de acompanhar a nova obra de Deus, por isso elas ficaram de fora da obra do Espírito Santo e haviam se tornado centros religiosos, deixando de ser igrejas de Deus. O clero só explicava conhecimento e doutrina bíblicas, sempre elevando e dando testemunho de si mesmos, vangloriando-se do quanto sofreram e renunciaram. Nunca exaltavam a Deus nem testemunhavam por Ele e não levavam os outros a praticar as palavras do Senhor. Alguns deles concediam os cargos da igreja com base no favoritismo e diziam que as pessoas que falavam em línguas estavam cheias do Espírito Santo e que isso provava que foram salvas por Deus. Eles inventavam essas coisas baseados em suas próprias ideias, noções e imaginações. Por liderar a igreja dessa maneira, os líderes religiosos se afastaram dos ensinamentos do Senhor e contrariaram a vontade do Senhor. Eles diziam que eram crentes, mas não seguiam o caminho do Senhor nem guardavam Seus mandamentos. A senda deles seguia uma direção contrária à do Senhor. Como o Senhor poderia aprovar isso? Aqueles lugares nem podiam mais ser considerados igrejas. Eram apenas lugares para denominações ou grupos religiosos. Por isso eu não obtinha a orientação de Deus quando eu praticava a minha fé lá. Fiquei espiritualmente ressequida e desprovida de sustento.

Depois, lemos mais algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso. Deus Todo-Poderoso diz: “Deus cumprirá este fato: Ele fará com que todas as pessoas em todo o universo venham para diante Dele e adorem o Deus na terra, e Sua obra em outros lugares cessará, e as pessoas serão forçadas a buscar o caminho verdadeiro. Será como José: todos o procuraram em busca de comida e se curvaram diante dele, pois ele tinha coisas para comer. Para evitar a fome, as pessoas serão forçadas a buscar o caminho verdadeiro. A comunidade religiosa inteira sofrerá uma fome intensa, e só o Deus de hoje é a fonte da água viva, possuidor dos mananciais perenes providos para o deleite do homem, e as pessoas virão e dependerão Dele”. “Dei a Minha glória a Israel e então a retirei; depois levei os israelitas para o Oriente e toda a humanidade para o Oriente. Trouxe-os todos para a luz para que possam se reunir a ela e estar associados a ela, e não mais precisar procurá-la. Farei com que todos os que estão buscando vejam a luz novamente e vejam a glória que tive em Israel; deixarei que vejam que há muito tempo desci sobre uma nuvem branca em meio à humanidade; deixarei que vejam as inúmeras nuvens brancas e os frutos em seus abundantes cachos e, sobretudo, que vejam Deus Jeová de Israel. Eu os deixarei contemplar o Mestre dos Judeus, o tão esperado Messias e a Minha plena aparição que fui perseguido pelos reis ao longo das eras. Trabalharei por todo o universo e realizarei uma grande obra, revelando toda a Minha glória e todas os Meus feitos ao homem nos últimos dias. Mostrarei Meu glorioso semblante em sua plenitude àqueles que esperaram muitos anos por Mim, àqueles que desejaram que Eu viesse numa nuvem branca, a Israel que desejou que Eu aparecesse uma vez mais, e a toda a humanidade que Me persegue, para que todos saibam que há muito tempo retirei a Minha glória e a trouxe para o Oriente, de modo que ela não está mais na Judeia. Pois os últimos dias já chegaram!” (“A Palavra manifesta em carne”). Ao ler as palavras de Deus e me reunir e com os irmãos e irmãs, passei a entender que o Senhor Jesus retornou na carne e realiza uma nova obra nos últimos dias. Ele começou a Era do Reino e concluiu a Era da Graça, e a obra do Espírito Santo, por sua vez, mudou para a obra de Deus dos últimos dias. O mundo religioso perdeu completamente a obra do Espírito Santo. Aquelas pessoas presas em locais religiosos caíram na escuridão e desolação. No final da Era da Lei, o Senhor Jesus encarnado realizou uma nova e mais elevada obra fora do templo, dando início à Era da Graça e encerrando a Era da Lei. A obra de Deus mudou para a obra de redenção daquele era e o templo ficou desolado. Todos os que se agarraram à obra de Deus Jeová e não aceitaram a obra do Senhor Jesus caíram na escuridão e se perderam. Isso me lembrou de Amós 8:11: “Eis que vêm os dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras de Jeová”. Então, finalmente compreendi. Visitei várias igrejas e ouvi os sermões de tantos pastores famosos, mas jamais encontrei um suprimento de vida. Meu espírito faminto foi saciado quando ouvi as palavras de Deus Todo-Poderoso. Percebi que tudo aconteceu porque Deus está realizando uma nova obra e a obra do Espírito Santo mudou. O Espírito Santo agora só apoia o trabalho realizado em nome de Deus Todo-Poderoso. Não importa o quanto sigam corretamente a obra do Senhor Jesus, isso não é mais endossado por Deus.

Compartilhei esse entendimento numa reunião, e a irmã Wang compartilhou esta comunhão: “Na verdade, a vontade de Deus está por trás da fome que existe no mundo religioso. A fome no mundo religioso faz com que aqueles que realmente acreditam em Deus e amam a verdade abandonem a religião para buscar o que o Espírito Santo diz às igrejas e buscar a aparição e a obra de Deus. Todos os que ouvem a voz de Deus e aceitam e obedecem à obra de julgamento de Deus nos últimos dias são as virgens sábias, e serão elevados para diante do trono de Deus. Eles sofrem o julgamento, a purificação e o aperfeiçoamento das palavras de Deus Todo-Poderoso, e veem a verdade de como Satanás os corrompeu. Sua arrogância, seu egoísmo e seus caracteres satânicos astutos são gradualmente purificados e transformados. Eles passam a conhecer a Deus cada vez melhor e gradualmente crescem em sua vida. Eles dão todos os tipos de testemunho sobre submeter-se a Deus e ser leal. Eles são os vencedores criados por Deus antes dos desastres e são os primeiros frutos. Isso cumpre esta profecia em Apocalipse: ‘Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro’ (Apocalipse 14:4). Quando esse grupo de vencedores tiver sido criado por Deus, a obra de julgamento de Deus encarnado, começando pela casa de Deus, chegará ao seu fim. Depois disso, Ele lançará desastres, recompensará os bons e punirá os maus. E então, todos os que se recusarem a aceitar a obra de julgamento de Deus, que condenarem e resistiram a Deus Todo-Poderoso sucumbirão aos desastres, chorando e rangendo os dentes. Apenas os purificados por Deus obterão a proteção de Deus e sobreviverão para, por fim, serem levados ao reino de Deus”.

A comunhão da irmã me fez compreender a obra e a vontade de Deus. Senti como o amor de Deus é real. Ele não tinha me abandonado, mas permitiu que eu acolhesse o retorno do Senhor Jesus durante minha vida. Ele me supriu com todas aquelas palavras e me concedeu tantas verdades, nutrindo meu espírito ressecado. Quanto mais penso nisso, mais abençoada me sinto! Também li estas palavras de Deus: “O caminho da vida não é algo que qualquer pessoa possa possuir, nem é algo que qualquer pessoa possa alcançar facilmente. Isso é porque a vida só pode vir de Deus, o que quer dizer que somente o Próprio Deus possui a substância de vida, e só o Próprio Deus tem o caminho da vida. E só Deus é a fonte de vida e o manancial inesgotável de água viva da vida” (“A Palavra manifesta em carne”). Deus Todo-Poderoso é a fonte de vida para todas as coisas. Suas palavras são a verdade, o caminho e a vida. Elas nos regam e nutrem infinitamente. E agora, obtive a rega e o cuidado das palavras de Deus Todo-Poderoso e me deleito nas águas vivas da vida que jorram do trono. Estou realmente participando do banquete das bodas do Cordeiro. Sou muito grata a Deus Todo-Poderoso por me salvar!

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado