Estou reunida com o Senhor

28 de Julho de 2020

Deus Todo-Poderoso diz: “Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho de verdade. Essa verdade é a senda pela qual o homem ganhará vida e a única senda pela qual o homem há de conhecer Deus e ser aprovado por Deus. Se você não busca o caminho de vida providenciado por Cristo dos últimos dias, jamais ganhará a aprovação de Jesus e nunca estará qualificado para adentrar a porta do reino dos céus, pois é tanto um fantoche quanto um prisioneiro da história. As pessoas controladas por regulamentos, por letras, e agrilhoadas pela história jamais serão capazes de ganhar vida e de ganhar o caminho perpétuo de vida. Isso porque tudo o que elas têm é água turva à qual se agarraram por milhares de anos em vez da água da vida que flui do trono… Os passos da obra de Deus são vastos e poderosos, como vagalhões e trovões encapeladosainda assim você senta e espera a destruição passivamente, persistindo na sua tolice e fazendo nada. Desse modo, como você pode ser considerado alguém que segue os passos do Cordeiro? Como você pode justificar o Deus ao qual você se apega como um Deus que é sempre novo e nunca velho? E como as palavras de seus livros amarelados podem transportá-lo para uma nova era? Como elas podem levá-lo a buscar os passos da obra de Deus? E como podem elevá-lo aos céus? O que você tem em suas mãos são as letras que só podem providenciar conforto passageiro, não as verdades capazes de dar vida. As escrituras que você lê são aquelas que só podem enriquecer sua língua, não palavras de sabedoria capazes de ajudar você a conhecer a vida humana, muito menos as sendas que podem levá-lo à perfeição. Essa discrepância não lhe dá motivo para reflexão? Ela não lhe permite compreender os mistérios contidos no interior? Você é capaz de, por si próprio, levar a si mesmo ao céu para encontrar Deus? Sem a vinda de Deus, você pode levar a si mesmo ao céu para desfrutar a felicidade de família com Ele? Você ainda está sonhando agora? Então, Eu sugiro que pare de sonhar e olhe para quem está operando agora, para quem está realizando a obra de salvar o homem nos últimos dias. Se não o fizer, você jamais ganhará a verdade e jamais ganhará a vida” (‘Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”). Essa passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso me fez pensar em minha fé antiga. Como eu me agarrava a noções religiosas e às palavras da Bíblia, quase fechei a porta para a salvação dos últimos dias por Deus. Deus usou meios maravilhosos para que eu pudesse ter a sorte de ouvir Sua voz e saudar o retorno do Senhor.

Certa manhã, alguns anos atrás, acordei muito cedo e abri a Bíblia ao lado do meu travesseiro. Li como o Senhor Jesus repreendeu os fariseus: “Então Jesus entrou no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: “Está escrito: A Minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a fazeis covil de salteadores” (Mateus 21:12-13). Na época, eu estava um pouco triste. Eu sentia que o estado atual da igreja era igual ao estado do templo no final da Era da Lei. Os pastores e presbíteros na igreja estavam sempre dizendo que os crentes deveriam amar uns aos outros, mas eles próprios estavam sempre envolvidos em disputas invejosas e discutindo sobre as ofertas. Eles até pediam que os crentes molhassem suas mãos para orarem por eles, e, às vezes, eles decidiam o tempo da oração de acordo com a quantia que recebiam. A maioria dos membros da igreja era fraca e negativa, e um número cada vez menor aparecia nas reuniões. Os pastores e presbíteros não investiam seu coração em seus sermões e não procuravam saber como pastorear bem o rebanho do Senhor, mas nunca se cansavam de oficiar os casamentos dos crentes. O pastor da minha igreja antiga também era assim. A igreja deveria ser um lugar de adoração, mas havia se transformado em local de casamentos. Não pude deixar de pensar: “Os pastores e presbíteros se desviaram do caminho do Senhor. A igreja parece totalmente secular. É como no fim da Era da Lei, quando o templo estava desolado e se tornou um covil de ladrões. O Senhor aparecerá a esse tipo de igreja quando Ele retornar?”.

De repente, enquanto pensava isso, o alarme de meu celular disparou, e quando o desliguei, percebi uma recomendação para um vídeo no YouTube da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Fiquei muito intrigada. Eu nunca tinha assinado o canal dessa igreja, por que, então, eu receberia essa notificação? Então lembrei que, um mês antes, uma amiga tinha me levado para ouvir um sermão lá, e o que ouvi era realmente novo e esclarecedor. Realmente ganhei algo daquilo. Eu queria continuar a investigar, mas eles testemunhavam que o Senhor Jesus já tinha retornado e que Ele estava fazendo a obra de julgamento nos últimos dias e expressando muitas verdades, e que o livro “A Palavra manifesta em carne” estava repleto de palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso. Diziam que, nas reuniões, todos liam e se comunicavam sobre as palavras de Deus Todo-Poderoso. Aquilo não fazia sentido para mim. Os pastores e presbíteros sempre nos diziam que toda a obra e palavras de Deus estão na Bíblia e que Sua obra e palavras não existem fora dela. Como eles podiam testemunhar que o Senhor tinha declarado palavras novas? Em todo caso, gerações de crentes tinham baseado sua fé na Bíblia, portanto, fé no Senhor era fé na Bíblia. Como qualquer outra coisa poderia ser fé no Senhor? Sempre que minha amiga me convidava para ouvir outros sermões naquela igreja, eu recusava. Então, quando vi aquele link da Igreja de Deus Todo-Poderoso no meu celular, eu não toquei nele.

Mas, para a minha surpresa, durante vários dias, continuei recebendo recomendações do YouTube de filmes e hinos do canal da igreja. Pensei: “Não assinei o canal dela, mas continuo recebendo essas notificações. Será que o Senhor está me guiando? É a vontade do Senhor que olhe o canal da Igreja de Deus Todo-Poderoso?” Quando pensei isso, orei ao Senhor: “Ó Senhor! Por que esses vídeos ficam aparecendo no meu celular? Eles testemunham que Tu já retornaste. Isso realmente é verdade? Deveria assistir a esses vídeos? Senhor, por favor, guia-me”. Depois da minha oração, estas palavras do Senhor Jesus me vieram à mente: “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mateus 5:3). A vinda do Senhor realmente é algo muito importante, então pensei, quando ouvir algo sobre isso, eu deveria buscar com humildade, investigar e pensar nisso com cuidado, para ver se Deus Todo-Poderoso é, de fato, o Senhor Jesus retornado. Se eu não buscasse ou investigasse e o Senhor realmente retornou, eu não perderia minha chance de acolher Sua vinda? Diante disso, decidi que deveria assistir a alguns dos vídeos da igreja. Quando fui verificar seu site, vi que havia uma variedade tão grande de conteúdo, incluindo filmes, vídeos de hinos, especiais de corais e artigos sobre experiências e testemunhos. Um dos vídeos de hinos, “Meu amado, por favor, espere por mim”, A letra foi muito comovente para mim. Ela me fez pensar em todo o tempo que passei numa igreja desolada, procurando por toda parte por uma igreja que tivesse a obra do Espírito Santo. Quanto mais eu examinava o site, mais sustento eu ganhava dele. Eu queria entender e investigar a igreja, e encontrei mais filmes para assistir em seu site.

Certo dia, assisti a um filme evangélico que tratava principalmente da relação entre Deus e a Bíblia. Havia nele uma passagem das palavras de Deus da qual nunca me esquecerei: “Desde que existe a Bíblia, a crença das pessoas no Senhor tem sido a crença na Bíblia. Em vez de dizer que as pessoas acreditam no Senhor, é melhor dizer que acreditam na Bíblia; em vez de dizer que começaram a ler a Bíblia, é melhor dizer que começaram a acreditar na Bíblia; e em vez de dizer que retornaram ao Senhor, seria melhor dizer que retornaram à Bíblia. Desta forma, as pessoas adoram a Bíblia como se fosse Deus, como se fosse sua força vital, e perdê-la seria o mesmo que perder sua vida. As pessoas veem a Bíblia tão elevada quanto Deus, e há até aqueles que a veem mais elevada que Deus. Se as pessoas estão sem a obra do Espírito Santo, se não conseguem sentir Deus, podem continuar vivendo, mas, assim que perdem a Bíblia ou os famosos capítulos e dizeres da Bíblia, é como se tivessem perdido a vida… A maioria das pessoas simplesmente não entende por que deve acreditar em Deus, nem como acreditar Nele, e nada fazem além de procurar cegamente por pistas para decifrar os capítulos da Bíblia. As pessoas nunca buscaram a direção da obra do Espírito Santo; nada fizeram, o tempo todo, além de desesperadamente estudar e investigar a Bíblia, e ninguém jamais encontrou mais novas obras do Espírito Santo fora da Bíblia, ninguém jamais se afastou da Bíblia, nem jamais ousou se afastar da Bíblia” (‘A respeito da Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”). Após assistir a essa parte, pensei: “Essa é exatamente a minha atitude em relação à Bíblia. Sinto que ela representa o Senhor, que crer Nele significa crer na Bíblia e que os dois são inseparáveis. Mas o que não entendo é isto: a Bíblia é testemunho do Senhor e o fundamento da nossa fé. Como cristãos, temos baseado nossa fé na Bíblia por dois mil anos, então seria realmente possível que isso não esteja alinhado com a vontade do Senhor? O que está acontecendo aqui?”.

Continuei assistindo ao filme, ansiosa para essas perguntas fossem respondidas. O personagem que compartilhava o evangelho leu outra passagem das palavras de Deus: “Eles acreditam em Minha existência apenas no escopo da Bíblia. Para eles, Sou o mesmo que a Bíblia; sem a Bíblia Eu não existo e sem Mim não há Bíblia. Eles não prestam atenção em Minha existência nem nas Minhas ações, mas, ao contrário, devotam extrema e especial atenção a toda e qualquer palavra das Escrituras e muitos deles até acreditam que Eu não deva fazer nada que deseje fazer, a menos que esteja previsto pelas Escrituras. Eles atribuem importância demasiada às Escrituras. Pode-se dizer que veem palavras e expressões como importantes demais, a ponto de usarem versículos da Bíblia para avaliar toda palavra que Eu digo e para Me condenar. O que eles buscam não é o caminho da compatibilidade Comigo nem o caminho da compatibilidade com a verdade, mas o caminho da compatibilidade com as palavras da Bíblia, e acreditam que qualquer coisa que não esteja em conformidade com a Bíblia, sem exceção, não é a Minha obra. Tais pessoas não são os descendentes zelosos dos fariseus? Os fariseus judeus usaram a lei de Moisés para condenar Jesus. Eles não buscavam compatibilidade com o Jesus daquela época, mas seguiam diligentemente a lei à risca, a ponto de, no fim, pregarem o inocente Jesus à cruz, acusando-O de não seguir a lei do Antigo Testamento e de não ser o Messias. Qual era a essência deles? Não era que eles não buscavam o caminho da compatibilidade com a verdade? Eram obcecados por toda e qualquer palavra das Escrituras, sem, no entanto, prestar atenção na Minha vontade, nas etapas e nos métodos da Minha obra. Eles não eram pessoas que buscavam a verdade, mas pessoas que se agarravam rigorosamente às palavras; não eram pessoas que acreditavam em Deus, mas gente que acreditava na Bíblia. Eram, em essência, os cães de guarda da Bíblia” (‘Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo’ em “A Palavra manifesta em carne”). Depois da leitura dessas palavras de Deus Todo-Poderoso, eles continuaram em comunhão. Disseram que todas as pessoas de fé acham que crença no Senhor é crença na Bíblia, caso contrário, não é fé no Senhor, mas essa visão está errada. Também disseram: “Quando o Senhor Jesus estava pregando e operando, Seus seguidores se afastaram das Escrituras para aceitar Sua obra e palavras, poderíamos então dizer que eles não eram, de fato, crentes no Senhor? Todos os fariseus do judaísmo se agarravam às Escrituras, mas crucificaram o Senhor Jesus, que expressou a verdade e realizou a obra da redenção. Qual era o problema aqui? Agarrar-se às Escrituras significa que uma pessoa conhece o Senhor? Significa que ela segue o caminho do Senhor, que ela reverencia e se submete a Ele? Deus é o Senhor da criação, a fonte de vida para todas as coisas, enquanto a Bíblia é apenas um registro da obra e das palavras de Deus no passado. Como ela poderia ser igualada a Deus? Os crentes no Senhor acreditam cegamente na Bíblia e a adoram e a tratam como igual a Deus, até mesmo substituindo o Senhor e a Sua obra pela a Bíblia. Isso não é desvalorizar e blasfemar o Senhor? Alguém que se agarra à Bíblia sem buscar a aparição e obra do Senhor realmente é um crente ou seguidor do Senhor? Isto é o que o Senhor Jesus disse aos fariseus: “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de Mim; mas não quereis vir a Mim para terdes vida” (João 5:39-40). Ele também disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim” (João 14:6). O Senhor Jesus foi muito claro sobre a relação entre Deus e as Escrituras. As Escrituras apenas testificam de Deus – elas não representam o Senhor, tampouco podem substituir Sua obra de salvação. Agarrar-nos apenas à Bíblia não pode nos trazer a vida eterna. Somente Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Para ganhar a vida, devemos buscar o Senhor!”

Quando o filme acabou, eu estava muito comovida. Senti que tudo que ele dizia era correto e estava de acordo com as palavras do Senhor Jesus. Percebi que a Bíblia realmente não representa o Senhor. Ele é quem nos fornece vida, não a Bíblia. Acreditar nela não é igual a acreditar no Senhor e O seguir! Mas eu sempre pensei que a Bíblia O representava. Não estive considerando a Bíblia como mais alta do que o Senhor? Quanto mais pensava nisso, mais eu sentia que havia verdade nas palavras de Deus Todo-Poderoso, que elas poderiam resolver minha confusão. Eu sabia que precisava buscar e investigar a sério para não perder minha chance de acolher o Senhor. Então decidi voltar para a Igreja de Deus Todo-Poderoso com minha amiga. Todos os irmãos e irmãs nos receberam calorosamente quando chegamos à igreja e tiveram muita paciência conosco em sua comunicação. Eu lhes expliquei minha confusão, dizendo: “Os pastores e presbíteros sempre nos dizem nas reuniões que todas as palavras e obra de Deus estão na Bíblia, e, assim, tudo que está fora dela não pode conter Sua obra ou palavras. Mas vocês estão dando testemunho de que o Senhor Jesus retornou como Deus Todo-Poderoso e que Ele está fazendo uma obra nova nos últimos dias e expressando novas palavras. O que realmente está acontecendo?”

Como resposta, a irmã Zhou leu algumas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso. “Muitas pessoas acreditam que entender e ser capaz de interpretar a Bíblia é o mesmo que encontrar o caminho verdadeiromas, na verdade, será que as coisas são tão simples assim? Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. O Antigo Testamento narra a história de Israel e a obra de Jeová desde o tempo da criação até o fim da Era da Lei. O Novo Testamento registra a obra de Jesus na terra que está nos Quatro Evangelhos, bem como a obra de Paulo; eles não são registros históricos?” (‘A respeito da Bíblia (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”). “As coisas que estão registradas na Bíblia são limitadas; elas não podem representar a obra de Deus em sua plenitude. Os Quatro Evangelhos têm, juntos, menos de cem capítulos nos quais está escrito um número limitado de acontecimentos, tais como Jesus amaldiçoar a figueira, Pedro negar o Senhor três vezes, Jesus aparecer aos discípulos após Sua crucificação e ressurreição, ensinar sobre o jejum, ensinar sobre a oração e sobre o divórcio, o nascimento e a genealogia de Jesus, a escolha dos discípulos por Jesus, e assim por diante. Entretanto, o homem as valoriza como tesouros, até comparando a obra de hoje com elas. Ele até acredita que toda a obra que Jesus fez em Sua vida só equivaleu a esse tanto, como se Deus só fosse capaz de fazer esse tanto e nada além disso. Não é absurdo?” (‘O mistério da encarnação (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Na época, Jesus falou aos discípulos apenas uma série de sermões na Era da Graça, sobre como praticar, como se reunir, como pedir em oração, como tratar os outros e assim por diante. A obra que Ele realizou foi a da Era da Graça, e Ele apenas expôs como os discípulos e aqueles que O seguiam deveriam agir. Jesus realizou apenas a obra da Era da Graça e nenhuma dos últimos dias… A obra de Deus em cada era tem limites claros; Ele só realiza a obra da era atual e nunca realiza a próxima etapa da obra antecipadamente. Somente assim é que a Sua obra representativa de cada era pode ser evidenciada. Jesus tinha falado apenas sobre os sinais dos últimos dias, sobre como ser paciente e como ser salvo, como se arrepender e como confessar, e também sobre como carregar a cruz e suportar o sofrimento; mas Ele nunca falou sobre como o homem dos últimos dias deveria entrar, nem como deveria buscar satisfazer a vontade de Deus. Dessa forma, não seria um ato falacioso buscar na Bíblia a obra de Deus dos últimos dias? O que você é capaz de discernir apenas segurando a Bíblia em suas mãos? Seja um intérprete da Bíblia ou um pregador, quem é capaz de antever a obra dos dias de hoje?” (‘Como o homem que delimitou Deus em suas concepções pode receber as revelações de Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Se você deseja ver a obra da Era da Lei e como os israelitas seguiram o caminho de Jeová, deve ler o Antigo Testamento; se deseja entender a obra da Era da Graça, deve ler o Novo Testamento. Mas, como você vê a obra dos últimos dias? Você deve aceitar a liderança do Deus de hoje e entrar na obra de hoje, pois esta é a nova obra, e ninguém a registrou anteriormente na Bíblia… A obra de hoje é um caminho que o homem nunca trilhou, e que ninguém jamais viu. É obra que nunca foi feita antesé a mais recente obra de Deus na terra… Quem poderia ter registrado cada pedacinho da obra de hoje, sem omissão, antecipadamente? Quem poderia registrar essa obra mais poderosa e mais sábia, que desafia as convenções, contida no velho livro mofado? A obra de hoje não é história e, como tal, se você deseja seguir o novo caminho de hoje deve se separar da Bíblia, deve ir além dos livros de profecia ou de história contidos na Bíblia. Só então você será capaz de percorrer o novo caminho corretamente, e só então você poderá entrar no novo reino e na nova obra” (‘A respeito da Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Após ler as palavras de Deus Todo-Poderoso, a irmã Zhou continuou sua comunicação. Ela disse: “Todos que conhecem a Bíblia sabem que o Antigo e o Novo Testamentos são apenas um registro dos dois estágios da obra de Deus na Era da Lei e na Era da Graça. São um testemunho da obra de Deus. Sempre que Deus completava um estágio da obra, as pessoas que o experimentavam registravam Sua obra e palavras, e, mais tarde, esses registros foram reunidos na Bíblia. Mas a obra e as palavras de Deus em ambos estágios não foram registrados completamente na Bíblia. As palavras do Senhor Jesus na Bíblia são apenas a ponta do iceberg. É exatamente como diz o evangelho de João: “E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem” (João 21:25). Havia profecias de alguns profetas na Era da Lei que não foram totalmente registradas nas Escrituras. Isso é de conhecimento comum. Então, quando os pastores e presbíteros dizem que todas as palavras de Deus estão na Bíblia e que nada de Sua obra e palavras existe fora dela, eles não estão contrariando os fatos? Eles não estão mentindo e sendo enganosos? Deus é o Senhor da criação. Ele é tão maravilhoso e abundante, como um único livro, a Bíblia, poderia abarcar toda a Sua obra e palavras?” Então ela leu do livro de Apocalipse: “Vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro e por fora, bem selado com sete selos” (Apocalipse 5:1). “E disse-me um dentre os anciãos: Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e romper os sete selos” (Apocalipse 5:5). Ela comunicou: “Aqui diz que há escrita por dentro e por fora desse livro, mas que ele está selado com sete selos, e que apenas o Senhor retornado dos últimos dias pode abrir o livro e quebrar os sete selos. Essa é a única maneira de vermos o que está escrito dentro do livro. Apocalipse profetiza também muitas vezes: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Apocalipse Capítulos 2-3). Essas profecias bíblicas provam que o Senhor declarará mais palavras quando Ele retornar. A obra e as palavras do Senhor retornado poderiam, então, estar registradas na Bíblia de antemão? As palavras de Deus na Bíblia poderiam tomar o lugar daquilo que o Espírito Santo diz às igrejas nos últimos dias? Poderiam substituir o livro aberto pelo Cordeiro? Poderiam substituir a obra de julgamento de Deus nos últimos dias?” Quando ouvi isso, pensei comigo mesma: “Eu li esses versículos muitas vezes. Por que essas perguntas nunca me ocorreram?”. A irmã continuou sua comunicação: “A Bíblia é um registro da obra de Deus no passado. Muitos anos após o Antigo Testamento ser produzido, o Senhor Jesus veio e fez a obra da redenção para a Era da Graça. Sua obra e Suas palavras se inseriram automaticamente nas Escrituras? A obra e as palavras de Deus tiveram de ser compiladas e inseridas na Bíblia. Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias e Ele expressou todas as verdades para purificar e salvar a humanidade. Essas verdades podem se inserir automaticamente na Bíblia? Então, alegar que todas as palavras e obra de Deus estão registradas na Bíblia, e que não pode haver nada além disso, é um ponto de vista errado e absurdo e é completamente o resultado de noções e imaginações humanas”.

A comunicação da irmã Zhou foi realmente muito esclarecedora para mim. Senti que tudo que ela havia comunicado se alinhava com os fatos. A Bíblia é apenas um registro de dois estágios da obra de Deus: a Era da Lei e a Era da Graça. É um testemunho de Sua obra, mas não pode representar o Senhor nem Sua obra e palavras nos últimos dias. A obra e as palavras do Senhor Jesus nem foram registradas completamente na Bíblia, como, então, a obra e as palavras de Deus nos últimos dias poderiam estar registradas na Bíblia de antemão? Eu seguia as palavras dos pastores e presbíteros, limitando a obra e as palavras de Deus ao que está na Bíblia e acreditando que nada fora dela vinha de Deus. Eu não estava falando besteira de olhos bem abertos? Eu não estava delimitando e blasfemando o Senhor? Esse pensamento me encheu de remorso. Por que eu não li as palavras de Deus Todo-Poderoso mais cedo? Eu não deveria ter seguido cegamente os pastores e presbíteros, delimitando a obra de Deus com base em noções e imaginações. Esses pontos de vista são tão prejudiciais!

Então a irmã Zhou levantou outro ponto para discutirmos: Por que defender a Bíblia sem aceitar a obra e as palavras de Deus dos últimos dias significa que as pessoas não podem entrar no reino de Deus e ganhar a vida eterna? Ela disse: “A Bíblia é apenas um registro de dois estágios da obra de Deus. Ela não pode substituir a obra de Deus de julgar e purificar a humanidade nos últimos dias. Na Era da Lei, a obra principal de Deus era proclamar a lei e os mandamentos para guiar a vida das pessoas na terra. Na Era da Graça, o Senhor Jesus fez apenas a obra de redenção. Ele foi crucificado para redimir a humanidade do império de Satanás, para nos redimir de nossos pecados e nos qualificar para orarmos a Deus, para que pudéssemos desfrutar de toda a graça de Deus. Mas a nossa natureza pecaminosa e a raiz do nosso pecado não foram resolvidas. É por isso que ainda mentimos, pecamos, resistimos a Deus e nos rebelamos contra Ele constantemente, e não somos dignos de entrar no reino de Deus. Foi por isso que o Senhor Jesus profetizou que Ele retornaria e expressaria verdades nos últimos dias para julgar e salvar plenamente o homem. Como diz o evangelho de João: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade (João 16:12-13). Ele diz também: Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:48). A vinda de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias para expressar a verdade e fazer a obra de julgamento cumpre perfeitamente as profecias do Senhor Jesus. Deus Todo-Poderoso expressou milhões de palavras, e essas palavras abarcam tudo. Mistérios da Bíblia são desvendados, há profecias para o futuro do reino, algumas discutem o destino da humanidade e outras dissecam a raiz da oposição da humanidade a Deus. Deus também revela claramente as verdades que as pessoas necessitam para alcançar salvação plena. Isso inclui a história por trás dos três estágios da obra de Deus para salvar o homem, os mistérios da obra de julgamento de Deus nos últimos dias e os mistérios das encarnações de Deus. Deus revela como Satanás corrompe a humanidade, como Deus opera para salvar o homem, a essência e a verdade da corrupção da humanidade por Satanás, o que são fé, submissão e amor verdadeiro a Deus, como viver uma vida de significado e mais. As verdades expressadas por Deus Todo-Poderoso são o caminho da vida eterna que Ele nos dá nos últimos dias. Se apenas nos agarrarmos à Bíblia sem aceitar o julgamento e a purificação de Deus nos últimos dias, jamais ganharemos a verdade, nos livraremos do pecado, seremos totalmente salvos e entraremos no reino dos céus”.

A comunicação dos irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso me ajudou a ver que a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias cumpre totalmente as profecias bíblicas. As palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade, são a voz de Deus, e são o caminho da vida eterna que Deus nos dá nos últimos dias! Eu pensava que a obra e as palavras de Deus se limitavam à Bíblia porque eu tinha dado ouvidos aos pastores e presbíteros e tinha me agarrado a noções religiosas. Eu me recusava a aceitar ou buscar a obra de Deus dos últimos dias. Eu não podia ganhar o sustento das palavras atuais de Deus e caí em escuridão. Sem a misericórdia e a salvação de Deus que fizeram o YouTube recomendar-me os vídeos da Igreja de Deus Todo-Poderoso, dando-me a felicidade de ouvir a voz de Deus, eu ainda estaria seguindo os pastores e presbíteros e não teria buscado ou investigado a obra de Deus nos últimos dias. Se esse fosse o caso, eu poderia ler a Bíblia durante cem anos, mas nunca acolheria o retorno do Senhor. Vejo que o fato de eu ser capaz de ganhar a salvação de Deus nos últimos dias se deve inteiramente à Sua orientação. Essa é a salvação maravilhosa de Deus!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Deixar uma resposta