O mistério do retorno do Senhor

04 de Setembro de 2020

Passei a crer no Senhor em 2012. Eu sempre ouvi o pastor dizer nos encontros: “A Bíblia diz: ‘Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir’ (Atos 1:11). ‘Então verão vir o Filho do homem em uma nuvem, com poder e grande glória’ (Lucas 21:27). O Senhor Jesus ascendeu aos céus em uma nuvem em Seu corpo espiritual, por isso, Ele certamente retornará da mesma forma, em uma nuvem. Muitas profecias bíblicas já se cumpriram. O Senhor retornará logo. Devemos crer que Ele voltará em uma nuvem. Qualquer notícia dizendo que o Senhor encarnou é falsa e não devemos acreditar, ou seremos enganados e perderemos a chance de ir para o céu”. Eu sempre guardei essas palavras do pastor em minha mente. Mais tarde, quando passei a servir na igreja, eu sempre me lembrava de que precisava ser uma boa administradora e cuidar das ovelhas do Senhor.

Um dia, em junho de 2018, duas irmãs e eu fomos ler a Bíblia na casa da irmã Li. A sobrinha dela, a irmã Jin, também estava lá, então pesquisamos as Escrituras juntas. A irmã Jin falou sobre essas profecias do retorno do Senhor: “Porque o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o julgamento” (João 5:22). “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). Ela disse que o Senhor realizará a obra de julgamento quando retornar. Ele separará o joio do trigo, as ovelhas dos cabritos e os servos bons dos maus, por meio da Sua obra de julgamento. A comunhão da irmã Jin era nova e esclarecedora. Foi agradável e eu aprendi muito. Quando estávamos terminando, a irmã Jin disse: “O Senhor Jesus já retornou. Ele é Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias. Deus se tornou carne e veio à terra, está expressando verdades e fazendo a obra de julgamento começando pela casa de Deus”. Ouvir ela dizer isso retirou o sorriso do meu rosto. O Senhor Jesus retornou e está trabalhado encarnado? Como isso é possível? O pastor sempre disse que o Senhor retornaria em Sua forma espiritual e quaisquer notícias sobre sua encarnação seriam falsas. Imediatamente fiquei desconfiada da irmã Jin. Eu não queria ouvir mais nada. Quando estávamos saindo, ela me deu uma cópia do livro “O Pergaminho aberto pelo Cordeiro” e me exortou, com sinceridade, que eu o lesse cuidadosamente. Eu aceitei o livro por educação.

Depois de chegar em casa, por curiosidade, dei uma olhada em algumas páginas. Achei aquelas palavras cheias de autoridade e poder, mas parei de ler assim que me lembrei das palavras do pastor. No dia seguinte, duas irmãs me convidaram para ouvir a comunhão da irmã Jin, então partilhei minhas preocupações. Elas responderam que a volta do Senhor era um grande evento, e já que a comunhão tinha sido esclarecedora, nós deveríamos buscar e investigar. Elas disseram que era a única forma de determinar se o Senhor tinha mesmo retornado. Eu percebi que o que elas disseram era razoável, por isso voltei na casa da irmã Li.

Quando vi a irmã Jin, perguntei a ela: “Você disse que o Senhor Jesus se tornou carne e retornou. Como você sabe? Você viu Deus?” Ela sorriu e respondeu: “O Senhor Jesus disse: ‘As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem’ (João 10:27). ‘Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo’ (Apocalipse 3:20). Essas profecias esclarecem que o Senhor retornará nos últimos dias e proferirá palavras, e as ovelhas de Deus ouvirão Sua voz e se prostrarão diante dEle. Para receber o Senhor, não podemos seguir apenas o que vemos, mas devemos ouvir a voz de Deus para reconhecer e receber o Senhor. Ouvir a voz de Deus é testemunhar Sua manifestação. Quando Jó ouviu Deus Jeová falando de dentro do redemoinho, ele disse: ‘Com os ouvidos eu ouvira falar de Ti; mas agora Te veem os meus olhos’ (Jó 42:5). Jó disse que O tinha visto, mas ele viu Deus Jeová com os próprios olhos? Ele só tinha ouvido a voz de Jeová de dentro do redemoinho e soube em seu coração que era Deus. Era como se tivesse visto Deus. Quando o Senhor Jesus veio e realizou Sua obra, Pedro, Natanael, a mulher samaritana e outros puderam reconhecer a voz de Deus por meio das palavras do Senhor, assim, tiveram certeza de que Ele era o Messias e começaram a seguir o Senhor. Se não ouvirmos a voz de Deus, mesmo se pudermos vê-lO, mesmo que seja face a face, não O reconheceremos. É como quando os fariseus viram o Senhor Jesus, e não O reconheceram como o Messias, mas resistiram e O condenaram. É por isso que não podemos confiar em nossos olhos diante da manifestação do Senhor. A chave é ouvir a voz de Deus e verificar em nosso coração. Nós aceitamos a obra de Deus dos últimos dias pela leitura das palavras de Deus Todo-Poderoso e vendo que elas são a verdade, a voz de Deus, e então sabemos em nosso coração que Ele é o Senhor Jesus que retornou”. Isso ressoou em meu coração. Mas assim que me lembrei das palavras do pastor, não pude acreditar inteiramente que o Senhor havia retornado encarnado. Eu disse: “Preciso investigar primeiro”. Naquela noite fiquei me revirando na cama, incapaz de dormir. Eu continuei pensando sobre a comunhão da irmã Jin. Eu pensei: “A comunhão dela realmente possuia luz. Eu nunca ouvi uma comunhão tão maravilhosa antes. E se Deus Todo-Poderoso for realmente o Senhor Jesus que retornou? Se eu me recusar a investigar, não perderei a vinda do Senhor? Mas o pastor nos disse claramente que o Senhor retornará em Seu corpo espiritual, e não encarnado. Se eu tomar a senda errada, poderei levar os outros à ruína!” Nesse momento, me ajoelhei para orar ao Senhor: “Ó, Senhor Jesus, estou muito perdida agora. Não faço ideia se Deus Todo-Poderoso é de fato o Teu retorno. Ilumina-me e dá-me discernimento para que eu não me desvie do Teu caminho”.

No dia seguinte, procurei o irmão Wang, que era crente havia muitos anos e conhecia bem a Bíblia. Ele era um estudioso devoto. Contei a ele sobre retorno do Senhor. Após me ouvir, o irmão Wang disse: “Este é o momento crítico para a vinda do Senhor. Se ouvirmos alguém dizer que o Senhor retornou, devemos buscar com a mente aberta, sem julgar levianamente. O Senhor Jesus disse: ‘Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus’ (Mateus 5:3). Romanos 10:17 diz: ‘Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo’. Só podemos saber se Deus Todo-Poderoso é o Senhor que retornou por meio de busca e investigação. Se o Senhor realmente retornou, não perderemos nossa chance de ser arrebatados, se não investigarmos?” Senti que o que o irmão Wang disse era razoável, e que deveríamos abordar a vinda do Senhor com reverência a Deus, e não só julgar cegamente. Por isso, decidi pesquisar sobre a Igreja de Deus Todo-Poderoso.

Alguns dias depois, o irmão Wang e eu fomos até a Igreja de Deus Todo-Poderoso com duas outras irmãs. Eu partilhei minha preocupação: “A comunhão que a irmã Jin partilhou da última vez estava de acordo com a Bíblia e realmente continha luz, só que não posso aceitar o seu testemunho de que o Senhor voltou encarnado, por que a Bíblia diz: ‘Então verão vir o Filho do homem em uma nuvem, com poder e grande glória’ (Lucas 21:27). Quando o Senhor voltar, Ele deve Se manifestar para nós com grande glória em Seu corpo espiritual. Como Ele poderia voltar encarnado?”

Um irmão partilhou esta comunhão: “Com respeito à manifestação do Senhor nos últimos dias, além das profecias de que Ele virá abertamente em uma nuvem, existem muitas outras profecias que dizem que Ele retornará encarnado, como o Filho do homem”. Fiquei muito surpresa ao ouvir isso. Existiam profecias sobre o Senhor retornar encarnado? Como nunca notei isso? Então, o irmão disse: “Por exemplo: ‘Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem’ (Lucas 12:40). ‘Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem’ (Mateus 24:27). E ‘Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração’ (Lucas 17:24-25). Essas profecias mencionam o Filho do homem e a vida do Filho do homem. Isso significa que Ele nasceu do ser humano e tem humanidade normal. Se Ele aparecesse em Seu corpo espiritual, não seria referido como o Filho do homem. Por exemplo, Deus Jeová era um espírito, e não foi chamado de Filho do homem. O Senhor Jesus encarnado foi chamado de Filho do homem, Ele era Cristo. Isso porque Ele era o Espírito de Deus revestido de carne. Ele parecia muito comum por fora, mas era inteiramente divino e podia realizar a obra de Deus. Assim, quando o Senhor Jesus mencionou ‘o Filho do homem vem’ e ‘a vinda do Filho do homem,’ Ele estava se referindo ao retorno de Deus encarnado nos últimos dias. Este versículo em particular: ‘Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geraçã’ é uma profecia sobre o que acontece quando o Senhor Jesus retornar. Não é sobre o que o Senhor Jesus sofreu na primeira vez que encarnou. Se o Senhor Jesus descer em uma nuvem, com grande glória em Seu corpo espiritual, isso abalaria o mundo. Todos se prostrariam tremendo. Quem ousaria se opor a Ele? Ele não sofreria, nem seria rejeitado por esta geração. Somente quando Deus Se manifesta e trabalha encarnado como o Filho do homem, quando Ele parece muito normal, é que as pessoas não sabem que Ele é Deus e O tratam como uma pessoa comum. Elas se opõem e O condenam com base em suas noções, e isso cumpre o que diz a Bíblia: ‘Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração’. Ao examinar o retorno do Senhor, se verificarmos apenas um ou dois versículos e determinarmos que Ele descerá em uma nuvem, provavelmente nos oporemos a Deus e perderemos nossa chance de salvação nos últimos dias”.

Eu não pude refutar a comunhão dele Esses versículos realmente profetizavam que o Senhor retornaria como o Filho do homem, encarnado. Eu li a Bíblia tantas vezes, por que nunca percebi isso? Eu fiquei menos desconfiada, mas depois pensei: se o Senhor vier encarnado, como se cumprirá a profecia que diz que Ele virá em uma nuvem para que todos possam vê-Lo? Então, ele passou um vídeo chamado “O mistério da vinda do Filho do homem” de um filme chamado “O mistério da divindade”, da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Então eu entendi que o Senhor vem de duas formas nos últimos dias. Uma delas é abertamente sobre uma nuvem, e a outra é em segredo. Isso não é contraditório. As profecias se cumprem com o avanço da obra de Deus. Nos últimos dias, Deus primeiro se torna carne e vive entre os homens em segredo expressando verdades e realizando a obra de julgar e limpar a humanidade. Aqueles que ouvem a voz de Deus e aceitam Seu julgamento dos últimos dias são as virgens prudentes, elevadas para diante do trono de Deus. Eles passam pelo julgamento e castigo das palavras de Deus e sua corrupção é purificada. Deus os transforma em vencedores antes dos desastres. Depois que este grupo de vencedores for formado, a obra de Deus em segredo estará concluída e Ele lançará desastres para recompensar os bons e punir os maus. Então, Ele se manifestará abertamente para todos os povos e nações. Aqueles que aceitaram o julgamento de Deus e foram limpos serão levados para o reino Dele, enquanto os que recusaram o julgamento de Deus dos últimos dias, se opuseram e condenaram a Cristo sucumbirão aos desastres, chorando e rangendo os dentes. Isso cumprirá esta profecia: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele” (Apocalipse 1:7).

Teve uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso no filme que realmente me tocou. Deus Todo-Poderoso diz: “Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Esse será o tempo do fim do plano de gestão de Deus e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade. Aqueles que aceitarem a verdade e não buscarem sinais, e assim foram purificados, terão regressado diante do trono de Deus e entrado no abraço do Criador. Somente aqueles que persistirem crendo que ‘o Jesus que não vem sobre uma nuvem branca é um falso cristo’ estarão sujeitos à punição eterna, pois eles somente creem no Jesus que mostra sinais, mas não reconhecem o Jesus que proclama o rigoroso juízo e libera o verdadeiro caminho da vida. E assim, só pode ser que Jesus lide com eles quando Ele voltar abertamente sobre uma nuvem branca. […] A volta de Jesus é uma grande salvação para aqueles que são capazes de aceitar a verdade, mas para aqueles que são incapazes de aceitar a verdade, é um sinal de condenação. Vocês devem escolher sua própria senda e não devem blasfemar contra o Espírito Santo nem rejeitar a verdade. Vocês não devem ser pessoas ignorantes e arrogantes, mas pessoas que obedecem a direção do Espírito Santo e almejam e buscam a verdade; somente assim vocês serão beneficiados” (“A Palavra manifesta em carne”). Essa palavras pareciam um aviso de Deus para mim. Se eu me prendesse à ideia da nuvem e não aceitasse a obra de Deus dos últimos dias, quando eu visse Deus se manifestando abertamente, seria tarde demais. Então, abandonei toda a desconfiança, mas ainda não entendi porque Deus veio encarnado para salvar a humanidade, em vez de vir em Sua forma espiritual. Eu partilhei minha dúvida.

O irmão leu mais duas passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso. “A salvação do homem por Deus não é feita diretamente usando o método do Espírito e a identidade do Espírito, pois o Seu Espírito não pode ser tocado nem visto pelo homem, nem pode o homem se aproximar. Se Ele tentasse salvar o homem diretamente, na maneira do Espírito, o homem seria incapaz de receber Sua salvação. E Deus não se vestisse com a forma externa de um homem criado, não haveria como o homem receber essa salvação. Pois o homem não tem como se aproximar Dele, assim como ninguém podia chegar perto da nuvem de Jeová. Somente por Se tornar um ser humano criado, isto é, colocando Sua palavra no corpo de carne em que Ele está para Se tornar, pode Ele pessoalmente introduzir a palavra em todos os que O seguem. Só então o homem pode ver e ouvir pessoalmente Sua palavra e, além disso, entrar na posse de Sua palavra, e por esse meio, ser totalmente salvo. Se Deus não Se tornasse carne, nenhum homem de carne e sangue seria capaz de receber tal grande salvação, nem um único homem seria salvo. Se o Espírito de Deus operasse diretamente entre os homens, toda a humanidade seria golpeada, senão, sem ter como entrar em contato com Deus, ela seria levada cativa por completo por Satanás” (“A Palavra manifesta em carne”). “Porque quem é julgado é o homem, o homem que é da carne e foi corrompido, e não é o espírito de Satanás que é julgado diretamente, a obra do juízo não é concluída no mundo espiritual, mas entre os homens. Ninguém está mais adequado e qualificado do que Deus na carne para a obra de julgar a corrupção da carne humana. Se o julgamento fosse realizado diretamente pelo Espírito de Deus, então não seria todo abrangente. Além do mais, tal obra seria difícil para o homem aceitar, pois o Espírito é incapaz de vir face a face com o homem e por causa disso, os resultados não seriam imediatos, muito menos seria o homem capaz de contemplar o caráter inofendível de Deus mais claramente. […] Se essa obra fosse realizada pelo Espírito de Deus, então não seria uma vitória sobre Satanás. O Espírito é inerentemente mais exaltado do que os seres mortais, o Espírito de Deus é inerentemente santo e triunfante sobre a carne. Se o Espírito fizesse essa obra diretamente, Ele não seria capaz de julgar toda a desobediência do homem e não poderia revelar toda iniquidade da humanidade. Pois a obra do julgamento é também realizada através das noções do homem sobre Deus e o homem nunca teve noção alguma sobre o Espírito, assim sendo o Espírito é incapaz de melhor revelar a iniquidade do homem, muito menos de mostrar completamente sua iniquidade. O Deus encarnado é o inimigo de todos aqueles que não O conhecem. Ao julgar as noções e oposições do homem contra Deus, Ele revela toda a desobediência da humanidade. Os resultados de Sua obra na carne são mais aparentes do que aqueles da obra do Espírito. E assim, o julgamento de toda humanidade não é realizado diretamente pelo Espírito, mas é a obra do Deus encarnado” (“A Palavra manifesta em carne”).

Então, ele disse: “Quer Deus trabalhe no Espírito ou na carne, é sempre significativo. Ele Se baseia no que precisa para Sua obra e naquilo que são os seres humanos corruptos. Deus escolhe o método que for mais benéfico para Sua obra e para a humanidade corrupta. Como crentes, sabemos que, embora o Senhor Jesus tenha perdoado nossos pecados, a raiz de nossa pecaminosidade e nossa natureza satânica ainda existe. Com frequência revelamos caracteres satânicos, como arrogância, egoísmo, engano e ganância. Mentimos e enganamos para o nosso próprio benefício e contendamos com os outros por dinheiro e status. Não podemos evitar de pecar e resistir a Deus. Deus é santo, portanto, como é que pessoas imundas como nós, podem ver o Senhor e entrar em Seu reino? Nos últimos dias, Deus encarnado expressa a verdade e realiza a obra de julgamento para resolver a natureza corrupta da humanidade, para nos limpar e salvar completamente. Apenas Deus encarnado como o Filho do homem vivendo entre nós poderia atingir tudo isso. Ele expressa a verdade a qualquer momento com base no que precisamos. Ele expõe e julga nossos caracteres corruptos e nossa natureza satânica, e comunica diretamente a vontade de Deus para nós. Isso inclui quem Deus ama e quem Ele detesta, como ser uma pessoa honesta, como amar e obedecer a Deus etc. Assim, podemos compreender corretamente a vontade e as exigências de Deus. A única maneira de livrar-se do pecado é passando pelo julgamento e castigo das palavras de Deus. Nossa corrupção é então limpa e podemos amar e nos submeter a Deus de verdade. Por fim, somos salvos e podemos entrar no reino de Deus. Se Deus trabalhasse diretamente em Espírito, Sua voz seria como um trovão. Isso deixaria todos amedrontados, sem poder se aproximar de Deus. Ninguém entenderia a vontade de Deus. As noções das pessoas sobre Deus e a corrupção delas não seriam expostas e elas não conheceriam a si mesmas, nem se arrependeriam de verdade e mudariam. Também, se Deus Se manifestasse em Espírito, as pessoas ficariam com medo e ninguém teria noções ou se oporia a Ele. Então, os bons e os maus se prostrariam diante Dele, e não poderiam ser diferenciados. Como as pessoas poderiam ser separadas de acordo com seu tipo?”

Essa comunhão do irmão me deu uma ideia de como é sábia e significativa a encarnação de Deus nos últimos dias. Se Deus se manifestasse e trabalhasse no Espírito, e não na carne, Ele não poderia expor a rebeldia e a falsa fé das pessoas, nem purificar, eliminar e salvá-las, separando-as de acordo com seu tipo. Depois disso, assistimos a muitos vídeos de leitura das palavras de Deus e filmes gospel. Após algum tempo buscando e investigando, determinamos que Deus Todo-Poderoso é realmente o Senhor Jesus que retornou. Aceitamos a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Ficamos muito entusiasmados e gratos e não conseguíamos parar de agradecer e louvar a Deus. Lembrei-me de quando não entendia a obra de Deus, mas acreditava cegamente no pastor, que dizia que o Senhor viria em uma nuvem em forma espiritual. Eu desconfiei da obra de Deus dos últimos dias. Eu era muito tola. Se Deus não tivesse usado esses irmãos e irmãs para comunicar diversas vezes, eu teria perdido a salvação de Deus dos últimos dias por causa de minhas noções. Que perigo! Dou graças à orientação de Deus, que me permitiu ouvir a Sua voz, receber o retorno do Senhor e seguir os passos do cordeiro.

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Conteúdo relacionado

Um tipo diferente de amor

Por Chengxin, Brasil Por uma oportunidade casual, eu vim da China para o Brasil em 2011. Logo que cheguei, meus olhos brilhavam de...

Estou reunida com o Senhor

Deus Todo-Poderoso diz: “Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho de verdade. Essa verdade é a senda pela...