Eu vi o pergaminho aberto

28 de Julho de 2020

Quando aceitei o Senhor, descobri a origem de tudo e a fonte da corrupção humana lendo a Bíblia. Aprendi como Deus Jeová emitiu a lei e os mandamentos, como o Senhor Jesus curou os enfermos, expulsou demônios, resolveu problemas e deu graça abundante ao homem, e foi crucificado como oferta pelo pecado para remir a humanidade do pecado. A Bíblia me ajudou a entender a salvação do Senhor, e eu lia algumas passagens todos os dias. Nosso pastor sempre dizia que o Antigo e o Novo Testamentos eram completos e continham todas as palavras de Deus, e que jamais deveríamos nos desviar da Bíblia. Eu acreditava nisso.

Em março de 2016, encontrei um irmão no Senhor enquanto resolvia um assunto com meu primo. Enquanto conversávamos, ele me disse que o Senhor Jesus tinha retornado, que Ele é Deus Todo-Poderoso na carne e está expressando verdades para fazer a obra de julgamento a começar pela casa de Deus. Enquanto falava, tirou um livro de sua bolsa e disse que o livro continha verdades expressadas por Deus nos últimos dias. Dei uma olhada. A capa dizia: “O Pergaminho aberto pelo Cordeiro”. Fiquei perplexo. Nunca tinha visto aquele livro antes, mas ele dizia que todas as palavras nele eram palavras de Deus. Perguntei-me: “Como é possível?” Apenas a Bíblia contém as palavras de Deus. Como poderiam estar em outro livro? O pastor nos diz que todas as palavras de Deus estão na Bíblia, que todo resto se desvia do caminho do Senhor e é heresia”. Então lembrei que o pastor tinha dito que todo tipo de heresias surgiria nos últimos dias, e que nossa melhor proteção é não ouvir ou lê-las e não ter contato com essa gente. Quando pensei nisso, senti que deveria me proteger daquele irmão e parei de escutá-lo. Mas meu primo adorou sua comunhão e testemunho. Disse que queria ler “O Pergaminho aberto pelo Cordeiro” e investigar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Fiquei chocado ao ouvir aquilo. Pensei: “Como você pode concordar tão casualmente? Você se esqueceu de que o pastor disse que ‘todas as palavras de Deus estão na Bíblia’?” Eu não aceitaria aquilo. Eu insisti que ele não investigasse cegamente, mas ele não quis ouvir. Em vez disso, me disse que eu também deveria investigar. Ele era crente havia mais de 20 anos, era versado na Bíblia e sabia o que queria em sua fé. Já que ele tinha decidido investigar, eu não quis forçar o assunto. Afinal, cada um pode decidir por si mesmo. A partir de então, ele começou a compartilhar a iluminação que ganhava da leitura de “O Pergaminho aberto pelo Cordeiro” e queria que eu desse uma olhada. Mas assim que lembrava o alerta do pastor, eu não ousava lê-lo. Eu lhe disse resolutamente: “Não me peça mais para ler isso. Você tem sua fé, eu tenho a minha”. Teimosamente me agarrei às minhas ideias, pensando que estava sendo fiel ao caminho do Senhor.

Pouco tempo depois, um amigo cristão me disse, todo feliz, que tinha encontrado uma igreja com a obra do Espírito Santo e que os sermões nela eram esclarecedores. As confusões que ele tivera em sua fé havia muito tempo se resolveram e ele queria que eu também a conhecesse. Eu fiquei muito curioso e perguntei: “Qual é a igreja?” Ele disse: “A Igreja de Deus Todo-Poderoso”. Fiquei surpreso ao ouvir isso. Perguntei-me: “E se essa igreja realmente tiver a verdade? Por que todos à minha volta estão acreditando em Deus Todo-Poderoso? Deus está me instruindo a investigar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias? Será que minhas visões estão erradas?” Orei ao Senhor pedindo Sua orientação.

Mais tarde, meu primo mencionou a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias novamente, dizendo que Deus Todo-Poderoso tinha expressado muitas verdades e desvelado todos os tipos de verdades e mistérios que nunca conhecemos. Tinha revelado como Satanás corrompe as pessoas, como Deus opera passo a passo para salvar o homem, a raiz da resistência do homem a Deus, como resolver sua natureza pecaminosa e ser purificado e assim por diante. Ele disse que tinha ganho mais dessas palavras do que dos 20 anos de fé no Senhor. Também disse que as palavras de Deus Todo-Poderoso cumprem profecias do Apocalipse sobre a fala do Espírito Santo às igrejas, e que Ele é o Cordeiro que abre o pergaminho. Ele me disse que eu deveria conferir pessoalmente. Enquanto comunicava, ele parecia tão feliz, como se tivesse encontrado um tesouro. Senti que poderia haver alguma verdade na Igreja de Deus Todo-Poderoso, então decidi verificar.

Eu me encontrei com membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso no dia seguinte. Fui direto ao ponto e compartilhei minha confusão: “Meu pastor sempre diz que nada fora da Bíblia contém a palavra de Deus, que tudo está na Bíblia e que qualquer coisa além disso é heresia. Como podem dizer que tudo neste livro é a palavra de Deus?”

O irmão Zhang compartilhou esta comunhão comigo: “Muitas pessoas religiosas acham que todas as palavras de Deus estão na Bíblia e só podem ser encontradas nela. Mas isso está alinhado aos fatos?” “Deus disse que todas as Suas palavras estão na Bíblia?” “Deus disse que é heresia afastar-se da Bíblia?” “As pessoas que entendem a Bíblia sabem que o Antigo e o Novo Testamentos foram compilados 300 anos após o Senhor. A obra de Deus veio primeiro, depois vieram as Escrituras. Ou seja, a obra de Deus em cada era não se baseia em Escrituras existentes. Quando Deus Jeová tirou os israelitas do Egito, Ele emitiu Seus decretos, leis e mandamentos com base em suas Escrituras? “Claro que não. Não havia Escrituras na época. Na Era da Graça, a obra do Senhor Jesus foi espalhar o caminho da confissão e do arrependimento, ensinar as pessoas a amarem as outras como a si mesmas, amarem seus inimigos e perdoarem setenta vezes sete vezes. Ele também curou os enfermos no sábado. Tudo isso foi feito com base no Antigo Testamento?” “A obra e as palavras do Senhor Jesus não estavam registradas no Antigo Testamento e contradiziam as exigências de Deus para o homem nas leis e nos mandamentos. Por exemplo: ‘Olho por olho, dente por dente’ (Êxodo 21:24), fazer um sacrifício após pecar e não trabalhar no sábado. Se assumirmos a visão humana de que obra e as palavras de Deus não existem fora da Bíblia e todo resto é heresia, não estaríamos condenando a obra do Senhor Jesus?” “Deus é sempre novo e nunca velho, e Sua obra sempre avança. Ele não baseia Sua obra na Bíblia nem a consulta. Sobretudo, Ele não encontra nela uma senda para guiar Seus seguidores, mas vai além da Bíblia para fazer nova obra e guiar as pessoas para uma senda nova. Deus não é só o Senhor do sábado, é também o Senhor da Bíblia. Ele tem todo o direito de ir além da Bíblia, para guiar e salvar a humanidade, fazendo obra nova de acordo com seu plano de gerenciamento e as necessidades do homem”. “Como, então, podemos limitar a obra e as palavras de Deus à Bíblia com base em nossas noções e imaginações? Como podemos dizer que Deus não pode falar ou operar fora daquilo que está na Bíblia?”

A comunhão do irmão Zhang me surpreendeu. Eu tinha sido crente por todos esses anos, mas nunca tinha ouvido comunhão tão esclarecedora. Deus é sempre novo e nunca velho. Sua obra e palavras não se baseiam na Bíblia, mas nas necessidades de Sua obra de gerenciamento. Aquela comunhão estava de acordo com a Bíblia e os fatos da obra de Deus. Fiquei perplexo. Como eles podiam entender tanto?

Como se tivesse lido minha mente, o irmão Zhang continuou: “Nosso pouco entendimento vem todo das palavras de Deus Todo-Poderoso. As palavras de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias revelam todas as verdades e mistérios da obra de Deus”. Então, ele leu uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso. Deus Todo-Poderoso diz: “Durante a época de Jesus, Ele liderou os judeus e todos os que O seguiram de acordo com a obra do Espírito Santo Nele, à época. Ele não utilizou a Bíblia como a base do que Ele fez, mas falou de acordo com Sua obra; Ele não prestou atenção ao que a Bíblia dizia, nem procurou na Bíblia uma senda para liderar Seus seguidores. Do momento em que iniciou sua obra, Ele espalhou o caminho do arrependimentouma palavra que nunca foi mencionada nas profecias do Antigo Testamento. Não apenas Ele não agiu de acordo com a Bíblia, mas também liderou um novo caminho e fez uma nova obra. Ele nunca fez referência à Bíblia ao pregar. Durante a Era da Lei, ninguém jamais tinha sido capaz de realizar Seus milagres de curar os enfermos e expulsar demônios. Assim, também, Sua obra, Seus ensinamentos e a autoridade e poder de Suas palavras estavam além de qualquer homem durante a Era da Lei. Jesus simplesmente fez Sua mais nova obra, e embora muitas pessoas O condenassem utilizando a Bíbliae utilizaram até mesmo o Antigo Testamento para crucificá-Lo — Sua obra ultrapassou o Antigo Testamento; se assim não fosse, por que as pessoas O pregaram na cruz? Não foi porque nada havia no Antigo Testamento a respeito de Seus ensinamentos e Sua capacidade de curar os doentes e expulsar os demônios?… Para as pessoas, parecia que Sua obra não tinha base, e uma boa parte dela estava em desacordo com os registros do Antigo Testamento. Isso não foi um erro do homem? A doutrina precisa ser aplicada à obra de Deus? E ela deve estar de acordo com as profecias dos profetas? Afinal, o que é maior: Deus ou a Bíblia? Por que a obra de Deus deve estar de acordo com a Bíblia? Será que Deus não tem o direito de ir além da Bíblia? Deus não pode Se afastar da Bíblia e fazer outra obra? Por que Jesus e Seus discípulos não guardavam o sábado? Se guardasse o sábado e a prática de acordo com os mandamentos do Antigo Testamento, por que Jesus não guardou o sábado depois que veio, mas, em vez disso, lavou os pés, cobriu a cabeça, partiu o pão e bebeu vinho? Tudo isso não está ausente dos mandamentos do Antigo Testamento? Se Jesus honrava o Antigo Testamento, por que Ele rompeu com essas doutrinas? Você deve saber qual veio primeiro, Deus ou a Bíblia! Sendo o Senhor do sábado, Ele não poderia também ser o Senhor da Bíblia?” (A Palavra manifesta em carne).

As palavras de Deus me convenceram totalmente. “Deus criou e governa tudo. Ele tem toda liberdade para operar como deseja. Como humanos, não temos o direito de confinar ou limitar Sua obra à Bíblia”. Embora eu pensasse assim, eu ainda adorava a Bíblia e não conseguia abandonar minhas noções. Então, com paciência, encontraram muitos versículos bíblicos sobre a obra de Deus nos últimos dias, como esta profecia do Senhor Jesus: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por Si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” (João 16:12-13). E tinha João 12:47-48: “E, se alguém ouvir as Minhas palavras, e não as guardar, Eu não o julgo; pois Eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia”. O Senhor Jesus disse claramente que Ele expressaria verdades para fazer a obra de julgamento nos últimos dias, e há esta profecia na Bíblia: “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). Toda a comunhão deles era muito bem fundamentada, e concordei com ela no coração, mas não estava pronto para admitir que eu estivera errado. Em casa, abri minha Bíblia às pressas e cuidadosamente verifiquei e refleti sobre tudo que tinham citado. Descobri que a obra de julgamento de Deus nos últimos dias que tinham testificado, realmente estava profetizada na Bíblia. Não consegui conter meu espanto e me perguntei: “E se Deus Todo-Poderoso realmente é o Senhor retornado?” Então fiz esta oração ao Senhor: “Ó, Senhor! Sinto que a comunhão compartilhada pelos irmãos e irmãs hoje foi muito esclarecedora. O que leram das palavras de Deus Todo-Poderoso tinha autoridade. Nenhum ser humano poderia ter dito aquilo. E as palavras de Deus Todo-Poderoso revelam mistérios da verdade que nunca entendi lendo a Bíblia durante todos esses anos. Senhor, não tenho certeza absoluta se Tu retornaste como Deus Todo-Poderoso. Por favor, orienta-me”.

No dia seguinte, os irmãos e irmãs me mostraram o filme “Divulgue o mistério da Bíblia”. Nele, um irmão da Igreja compartilhou comunhão sobre a ideia do personagem principal de que “as palavras de Deus não existem fora da Bíblia e que qualquer outra coisa é heresia”, o que me comoveu muito. Ele disse: “Durante o processo de compilar a Bíblia, algumas palavras de Deus transmitidas pelos profetas não entraram no Antigo Testamento por causa de omissões e conflitos entre editores. Esse é um fato conhecido. Como, então, podemos dizer que as palavras e a obra de Deus se encontram apenas na Bíblia? As profecias dos profetas omitidas não eram palavras de Deus? O Senhor Jesus disse mais do que aquilo que está no Novo Testamento. Ao longo dos mais de três anos em que o Senhor Jesus operou, não sabemos o quanto Ele falou ou pregou, quantas vezes mais do que aquilo que está registrado nos quatro evangelhos. É como diz o evangelho de João: ‘E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem’ (João 21:25). “Isso prova que a obra e as palavras do Senhor Jesus não foram todas registradas no Novo Testamento. O que está na Bíblia é uma porção muito limitada das palavras de Deus que de forma alguma inclui tudo que Ele disse. Assim, afirmar que não existe obra e palavras de Deus fora da Bíblia e que todo o resto é heresia não está alinhado com os fatos. Não tem fundamento”.

Vendo isso, pensei: “É verdade. Nem todas as palavras de Deus Jeová estão no Antigo Testamento. Ele guiou a vida das pessoas na terra por milênios. Impossível que Suas palavras aos profetas fossem apenas as que estão na Bíblia. O Senhor Jesus pregou por três anos e meio. Como os quatro evangelhos podem ter registrado todas as Suas palavras? Não posso julgar apressadamente: Devo abordar isso com cuidado”. Assim, continuei assistindo.

O irmão no filme continuou sua comunhão: “Todos nós lemos a Bíblia em nossa fé no passado, mas não tivemos clareza sobre a realidade da Bíblia. Agora, as palavras de Deus Todo-Poderoso a revelaram para nós”. Deus Todo-Poderoso diz: “Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. O Antigo Testamento narra a história de Israel e a obra de Jeová desde o tempo da criação até o fim da Era da Lei. O Novo Testamento registra a obra de Jesus na terra que está nos Quatro Evangelhos, bem como a obra de Paulo; eles não são registros históricos? Mencionar fatos passados, hoje, os torna história e não importa quão verdadeiros ou reais eles possam ser, ainda são históriae a história não pode abordar o presente. Pois Deus não olha para trás na história! E assim, se você apenas entender a Bíblia e não entender nada da obra que Deus pretende realizar hoje, e se você acredita em Deus, mas não busca a obra do Espírito Santo, você não entende o que significa procurar Deus. Se você lê a Bíblia para estudar a história de Israel, para pesquisar a história da criação de Deus de todos os céus e da terra, então, você não acredita em Deus. Mas, hoje, uma vez que você acredita em Deus e persegue a vida, uma vez que você busca o conhecimento de Deus e não persegue letras e doutrinas mortas, nem um entendimento da história, você deve procurar tanto a vontade de Deus de hoje como a direção da obra do Espírito Santo. Se fosse um arqueólogo, você poderia ler a Bíbliamas você não é, você é um daqueles que acreditam em Deus e seria melhor buscar a vontade de Deus de hoje” (A Palavra manifesta em carne). Depois ele comunicou o seguinte: “As pessoas registraram a obra e as palavras de Deus e compilaram a Bíblia após Ele terminar Sua obra. É apenas um registro histórico da obra passada de Deus e nada mais do que um testemunho de Sua obra. Ela não representa Deus e, sobretudo, não pode assumir o lugar de Deus para salvar o homem. A Bíblia não pode ser comparada a Deus. Deus é a fonte da vida, Suas palavras são o poço imensurável das águas vivas. A Bíblia é apenas um livro histórico sobre a obra de Deus. Ela registra uma quantidade limitada das palavras de Deus. Como a Bíblia pode ser igualada a Deus?” “Deus é sempre novo e nunca velho. Ele faz obra nova e professa palavras novas em cada era. Se nos agarrarmos às Suas palavras passadas e condenarmos a obra e as palavras de Deus da nova era, estaremos resistindo a Deus. Veja a Era da Graça, quando o Senhor Jesus fez obra nova e professou palavras novas. Os sacerdotes judeus e fariseus se agarraram às suas Escrituras antigas, crendo que elas continham toda a obra e palavras de Deus, então resistiram e condenaram o Senhor Jesus. Eles conspiraram para crucificá-Lo, cometeram um pecado abominável. Agora, Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, expressa verdades e faz a obra de julgamento, que a Bíblia não registra. Já que não está na Bíblia, é impossível que a Bíblia substitua a obra e as palavras de Deus dos últimos dias. Se as pessoas defenderem a Bíblia sem aceitar a obra e as palavras atuais de Deus, elas não ganharão Sua salvação dos últimos dias. Serão eliminadas por meio de Sua obra e palavras da nova era”.

Considerei isso com cuidado àquela altura. A Bíblia realmente é apenas um testemunho da obra de Deus e seu registro das palavras de Deus é muito limitado. Antes, eu sempre ouvia os pastores e presbíteros, pensando que todas as palavras de Deus estão na Bíblia e somente nela. Mas isso é uma noção absurda e ridícula. A obra de Deus para salvar a humanidade sempre avança. Se a obra e as palavras de Deus se limitassem ao Antigo Testamento e Ele nunca tivesse feito a obra de redenção na Era da Graça, todos teriam vivido sob a lei, teriam sido condenados e mortos por violarem a lei. A humanidade não teria sobrevivido até hoje. Se o Senhor não retornasse nos últimos dias e operasse para julgar e purificar o homem, continuaríamos vivendo em pecado, incapazes de escapar. Deus é santo, como nós, cheios de imundície, poderíamos ver a face do Senhor ou ser levados para o Seu reino? Quando o filme “Divulgue o mistério da Bíblia” acabou, pensei na trama. As palavras de Deus Todo-Poderoso tinham destruído minhas perspectivas antigas. Decidi investigar bem a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias.

Mais tarde, os irmãos e irmãs me mandaram uma cópia de “O Pergaminho aberto pelo Cordeiro”. As palavras de Deus Todo-Poderoso expuseram meus pensamentos e ideias, minha motivação de ser abençoado e meus caracteres corruptos – arrogância, enganação e egoísmo. Quanto mais lia, mais convencido ficava de que aquelas palavras vinham do Espírito Santo, vinham de Deus. Só Deus pode ver o coração e a mente das pessoas e expor nossos motivos errados e corrupção interior. Deus Todo-Poderoso expressou muitas verdades, como Seu objetivo em gerenciar a humanidade, a história por trás da Bíblia e de Seus três estágios de obra para salvar o homem, o que são fé e submissão verdadeiras a Deus, quem pode entrar em Seu reino e outras verdades que eu nunca tinha ouvido em todos os meus anos na religião. Isso realmente abriu meus olhos. Vi que a obra e as palavras de Deus Todo-Poderoso cumprem totalmente o que o Senhor Jesus disse: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, Aquele, o Espírito da verdade, Ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:12-13). E há também esta profecia em Apocalipse: “E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele.” “Eis que o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, venceu para abrir o livro e romper os sete selos” (Apocalipse 5:3, 5). Agora, Deus Todo-Poderoso desvelou todas as verdades de que o homem precisa para ser purificado e salvo plenamente. Vi que é isso que está escrito no pergaminho dos últimos dias, e é a obra de julgamento de Deus, a começar pela Sua casa.

Depois de poucos meses de leitura das palavras de Deus Todo-Poderoso, entendi mais do que tinha entendido em mais de 10 anos de fé na religião. Vi que as palavras de Deus são a fonte de águas vivas, uma fonte inesgotável que nos sustenta. Tive certeza absoluta de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado. Estava entusiasmado, mas, ao mesmo tempo, senti arrependimento. Pensei em como tinha adorado a Bíblia cegamente e ouvido o pastor, limitando as palavras de Deus à Bíblia baseado em minhas noções e imaginações. Eu tinha sido tão insensato. Mas Deus não me expulsou. Ele bateu à minha porta repetidas vezes por meio de irmãos e irmãs e me guiou para ouvir Sua voz para que eu não perdesse o retorno do Senhor. Dou graças pela salvação de Deus Todo-Poderoso para mim.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Reunido com o Senhor

Ter visto, ouvido e experimentado tudo isso é uma prova em meu coração de que a Igreja de Deus Todo-Poderoso é uma verdadeira igreja onde Deus pessoalmente alimenta e pastoreia Seu rebanho. O fato de eu ter conseguido entrar na casa de Deus e viver uma vida face a face com Deus significa ser excepcionalmente exaltado por Deus.

O retorno de um filho pródigo

Por Ruth, Estados Unidos Eu nasci em uma pequena cidade no sul da China, e desde a geração da minha bisavó paterna, nossa família crê no...

Deixar uma resposta