Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

173 Sete trovões procedem do trono

Sete trovões procedem do trono, abalam o universo, transtornam céu e terra e ressoam através dos céus!

I

O som é tão penetrante que as pessoas não conseguem escapar nem se ocultar dele. O reluzir do relâmpago e o ribombar do trovão são lançados, céu e terra são ambos transformados em um instante e as pessoas se encontram à beira da morte. Então, uma violenta tempestade varre o cosmo inteiro com a rapidez de um relâmpago que cai do céu! O ribombar de trovões, assim como o brilho gélido do reluzir de relâmpagos, fazem os homens tremerem de medo!

II

A espada afiada de dois gumes desfere golpes sobre os filhos da rebelião. Quando o trovão ressoa, ondas de lamentos irrompem. Alguns são despertados da sua dormência e, muito alarmados, investigam profundamente em sua alma e voltam correndo para diante do trono. Eles param de fraudar, enganar e cometer crimes, e não é demasiado tarde para que tais pessoas sejam despertadas.

Sete trovões procedem do trono, abalam o universo, transtornam céu e terra e ressoam através dos céus!

III

Do trono Eu observo. Eu olho no fundo do coração das pessoas. Eu salvo aqueles que sincera e fervorosamente Me desejam e tenho piedade deles. Salvarei para a eternidade aqueles que, em seu coração, Me amam mais do que todas as coisas, aqueles que compreendem a Minha vontade e Me seguem até o final da estrada! O julgamento do grande trono branco é publicamente revelado às massas, e se anuncia a todas as pessoas que o julgamento começou!

Sete trovões procedem do trono, abalam o universo, transtornam céu e terra e ressoam através dos céus!

IV

Não há dúvida de que essas palavras não são sinceras, os que sentem dúvidas e ousam não ter certeza, os que matam o tempo, que entendem os Meus desejos, mas não estão dispostos a pô-los em prática, têm de ser julgados. Do trono até os confins do universo ecoam os sete trovões. Um grande grupo de pessoas será salvo e se submeterá diante do Meu trono.

Seguindo essa luz da vida, as pessoas buscam meios de sobreviver e elas não são capazes de ajudar a si mesmas, mas vêm até Mim, para ajoelhar-se em adoração, sua boca clama o nome do verdadeiro Deus onipotente. Que aqueles que estão nos confins da terra vejam que Eu sou justo, que Eu sou fiel, que Eu sou amor, que Eu sou compaixão, que Eu sou majestade, que Eu sou fogo devastador e que, enfim, Eu sou julgamento sem misericórdia. Todos os homens estão sinceramente convencidos e nenhum deles ousa resistir a Mim de novo, julgar-Me ou mais uma vez Me difamar.

Sete trovões procedem do trono, abalam o universo, transtornam céu e terra e ressoam através dos céus!

Que todos os povos saibam e que seja conhecido até os confins do universo; que toda e qualquer pessoa saiba. Deus Todo-Poderoso é o único Deus verdadeiro; Todas as nações e povos se submeterão a Mim por toda a eternidade!

Adaptado de ‘Capítulo 35’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:O Rei do reino é vitorioso

Próximo:Aquele que libera os sete trovões

Conteúdo Relacionado