182 É nossa felicidade prestar serviço a Deus

I

Agora podemos ouvir a voz de Deus,

afirmar Sua obra e aparição.

Que felicidade ver o prático Deus,

que bênção receber o retorno do Senhor.

Oh! Participamos da festa com Deus,

somos erguidos ao reino celestial.

Vamos comer, beber, curtir as palavras de Deus.

Felizes somos de estar com Ele.

Estamos dispostos a dar duro por Deus,

nos submeter a Seus planos e arranjos,

servir a vida toda, de coração,

sempre louvando Sua justiça, Sua justiça.

II

Desejamos ter bênção, encontramos

o juízo e a revelação das palavras de Deus.

Sua espada atravessa nosso coração,

e sentimos muita dor e tormento.

Somos corruptos, indignos de ver Deus,

porque nossa crença Nele

é só para termos a bênção de Deus

e entrarmos no reino celestial.

Anos de desejo se foram,

com o coração partido, definhamos de dor.

Suas palavras conquistam, e somos convencidos.

Com muita vergonha, caímos ao chão.

III

Só pelo julgamento das palavras de Deus,

vemos que somos corruptos.

Cheios de intenção e desejo de ter bênção,

nossa corrupção não foi purificada.

Inaptos a entrar no reino celestial,

fazemos serviço a Ele.

Estamos dispostos e é nossa alegria.

Este é o amor e a bênção de Deus.

Estamos dispostos a dar duro por Deus,

nos submeter a Seus planos e arranjos,

servir a vida toda, de coração,

sempre louvando Sua justiça.

Fazemos serviço, mas nos sentimos indignos,

sem ansiar pela bênção, ruína ou o fim.

Deus derrota Satanás com Suas palavras.

E assim Deus nos salva das trevas.

Anterior: 181 Ó Deus, não posso Te deixar

Próximo: 183 O coração de Deus ainda não está aliviado

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

1. O que é seguir a vontade de Deus? Somente pregar e trabalhar para o Senhor é seguir a vontade de Deus?

Imagine que você seja capaz de trabalhar para Deus, mas não obedeça a Deus e não consiga amar a Deus autenticamente. Desse modo, você não só não terá cumprido o dever de uma criatura de Deus, como também será condenado por Deus porque é alguém que não possui a verdade, que é incapaz de obedecer a Deus e que é desobediente a Deus. Você só se interessa em trabalhar para Deus e não tem interesse em pôr a verdade em prática nem em conhecer-se. Você não compreende nem conhece o Criador, não obedece nem ama o Criador. Você é alguém inerentemente desobediente a Deus, e pessoas assim não são prezadas pelo Criador.

4. Como Deus guiou e proveu para a humanidade até o dia de hoje?

Desde a existência do gerenciamento de Deus, Ele sempre foi totalmente dedicado a realizar a Sua obra. Apesar de haver ocultado Sua pessoa deles, Ele sempre esteve do lado do homem, fazendo a obra neles, expressando Seu caráter, guiando toda a humanidade com Sua essência e fazendo Sua obra em cada pessoa através de Seu poder, Sua sabedoria e Sua autoridade, e assim, trazendo a existência a Era da Lei, a Era da Graça, e agora a Era do Reino. Embora Deus oculte Sua pessoa do homem, Seu caráter, Seu ser e posses e Sua vontade para com a humanidade são reveladas ao homem incondicionalmente para que o homem veja e experiencie.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro