234 Sem buscar a verdade, o fracasso é certo

1 Embora participasse das reuniões e lesse as palavras de Deus, eu não me atentava a praticar a verdade. Quando podia realizar alguns deveres, eu pensava ter a realidade da verdade. Eu orava a Deus, mas não tinha comunhão verdadeira com Ele. Ao alcançar alguns resultados em meus deveres, achava ter acumulado algum mérito. Tão satisfeito comigo mesmo, achava que Deus certamente me daria uma recompensa. Ao experimentar o julgamento e castigo das palavras de Deus, acordei de uma só vez. Cri em Deus por muitos anos sem O conhecer, e ainda assim fiz acordos com Deus. Somente agora vejo que crer em Deus sem buscar a verdade é o maior fracasso.

2 Deus expressa a verdade inteiramente em prol de purificar e salvar o homem, mas eu não entendia Sua boa intenção de forma alguma. Usava a chance de fazer meu dever para buscar status e reputação. No trabalho ou em sermões, costumava me gabar de forma vã e me exibir. E considerava minha capacidade de pregar a teoria espiritual como tendo a realidade da verdade. Eu apenas confiava em meu fervor para fazer o trabalho, mas não praticava a verdade, fazendo as coisas do meu jeito. Eu era hipócrita como os fariseus, mas achava que era espiritual. Sem o julgamento de Deus, não sei a qual nível teria me afundado.

3 Após os repetidos julgamentos e provações de Deus, finalmente compreendo que trabalhar com fervor sem buscar a verdade é tudo trabalho em vão. Examinando meus próprios atos e comportamento, percebo que não tenho verdadeira obediência a Deus. Com desonestidade e engano na fala e na ação, não sou uma pessoa honesta. Não importa quão bom seja o meu comportamento, não é o mesmo que mudança de caráter. O reino de Deus é santo — como poderia permitir a entrada de pessoas corruptas? A hipocrisia não pode cobrir a verdade de resistir a Deus. Sem a realidade da verdade, nunca se pode ganhar o elogio de Deus. Somente aqueles que dão testemunho em meio à grande tribulação terão êxito em sua fé em Deus.

Anterior : 233 Estou disposto a me submeter ao trabalho de Deus

Próximo : 235 Vi quão preciosa é a verdade

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulos 22 e 23

Hoje, todos estão dispostos a compreender a vontade de Deus e conhecer o caráter de Deus, mas ninguém conhece a razão pela qual eles são...

5. As diferenças essenciais entre o Deus encarnado e aqueles que são usados por Deus

O Deus encarnado é chamado de Cristo e Cristo é a carne vestida pelo Espírito de Deus. Essa carne é diferente de qualquer homem que é da carne. Essa diferença existe porque Cristo não é de carne e sangue, mas é a encarnação do Espírito. Ele tem tanto uma humanidade normal como uma divindade completa. Sua divindade não é possuída por nenhum homem. Sua humanidade normal sustenta todas as Suas atividades normais na carne, enquanto Sua divindade realiza a obra do Próprio Deus. Seja Sua humanidade ou divindade, ambas se submetem à vontade do Pai celestial. A substância de Cristo é o Espírito, isto é, a divindade. Portanto, Sua substância é a do Próprio Deus, essa substância não interromperá Sua própria obra e Ele não poderia fazer qualquer coisa que destrua Sua própria obra, nem jamais pronunciaria palavras que fossem contra Sua própria vontade.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro