A verdadeira essência de um pastor

14 de Setembro de 2020

Eu realmente costumava admirar o pastor Li, da minha antiga igreja. Ele abriu mão de sua família e carreira e viajava para todo lado trabalhando pelo Senhor. Eu achava que ele era um servo bom e devoto. Eu o ajudava com os custos das viagens, e meu marido e eu o levávamos a muitos lugares em que ele partilhava o evangelho. Eu também doava dez por cento dos meus rendimentos a ele. Ele ficava em nossa casa sempre que vinha visitar a igreja e todas as noites ele discutia a Bíblia e orava conosco quando tinha tempo, e assim nos abençoava. Nós o considerávamos um membro da família. Naquela época, eu sentia que Deus aprovava que eu seguisse o pastor Li em minha fé, e que isso não poderia estar errado. Mas depois aceitei a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e, aos poucos, comecei a ver a verdadeira natureza dele, conforme os fatos se revelavam.

Há cinco anos, eu tive a sorte de ouvir o evangelho do Reino de Deus Todo-Poderoso. Eu reconheci a voz de Deus nas palavras de Deus Todo-Poderoso e determinei que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou, como eu esperava. Toda a nossa família aceitou com alegria a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Eu estava ansiosa para partilhar essa notícia maravilhosa com o pastor Li, pensando em como seria incrível se ele também aceitasse a obra de Deus dos últimos dias e levasse todos a seguirem os passos do Cordeiro. Mas então, lembrei que ele tinha nos dito várias vezes para não explorar a Relâmpago do Oriente nem nos relacionar com os membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ele sempre dizia que o Senhor viria em uma nuvem e que qualquer testemunho de sua vinda encarnado com certeza era falso. Dizia: “Nunca aceitem nada que não seja o Senhor Jesus vindo em uma nuvem”. Isso me preocupou. Ele aceitaria o evangelho se eu o partilhasse com ele? Mas preferi pensar que ele era um crente esforçado e de longa data, e que sem dúvida ansiava pelo retorno do Senhor. Eu concluí que ele reconheceria a voz de Deus se eu lesse as palavras de Deus Todo-Poderoso pra ele.

Um mês depois, o pastor Li veio ficar conosco, e eu disse a ele: “Pastor Li, ganhei um novo entendimento das profecias sobre a volta do Senhor. Lucas 17:24-25 diz: ‘Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração’. E Mateus 24:27 diz: ‘Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem’. Esses versículos mencionam claramente a vinda do Filho do homem. Isso mostra que o Senhor retornará nos últimos dias para se manifestar e trabalhar como Filho do homem. O Filho do homem é nascido do homem e possui uma humanidade normal. Essa é uma referência a Deus encarnado. Não chamaríamos o espírito ou o corpo espiritual de Deus de ‘Filho do homem’. A vinda do Filho do homem refere-se ao retorno do Senhor nos últimos dias na forma encarnada para trabalhar”. A essa altura, achei que ele fosse considerar um pouco a minha comunhão, ou que se interessaria em saber mais a respeito, mas, para minha surpresa, ele frustrou minhas expectativas. Ele disse: “Não é possível! O Apocalipse profetiza claramente: ‘Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele’ (Apocalipse 1:7). O Senhor virá em uma nuvem para que todos O vejam. Como Ele poderia vir encarnado?” Eu respondi: “Pastor Li, essa não é a única profecia bíblica sobre a vinda do Senhor. Existem também muitas profecias que dizem que Ele virá encarnado, em segredo. Por exemplo: ‘Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!’ (Mateus 25:6). ‘Eis que venho como ladrão’ (Apocalipse 16:15). E também Apocalipse 3:20: ‘Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo’. As passagens ‘Mas à meia-noite ouviu-se um grito’, ‘venho como ladrão’ e ‘estou à porta e bato’. estão dizendo que ele virá em silêncio, em segredo. Junte a elas os versículos que dizem que Ele virá como Filho do homem, e vemos que, quando o Senhor retornar nos últimos dias, Ele virá encarnado, em segredo como Filho do Homem. Vindo abertamente para que O vejam, porque gritar ‘vejam, o noivo está vindo’? Se o Senhor viesse em uma nuvem, por que Ele bateria à porta? Se Ele viesse em uma nuvem, e de nenhuma outra forma, como as profecias que dizem que o Senhor virá em segredo se cumpririam? Está claro que a vida Dele acontece em dois estágios. Primeiro, Ele vem em segredo, encarnado, e depois, aparece abertamente em uma nuvem. A manifestação e a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias cumprem as profecias sobre a vinda do Senhor em segredo”. Logo que eu disse isso, a expressão do pastor Li mudou radicalmente. Ele me interrompeu com raiva e disse: “Você se juntou à Relâmpago do Oriente, não foi?” Eu disse com honestidade: “Sim. Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou. Há muito tempo Ele encarnou e está entre os homens secretamente. Ele tem expressado milhões de palavras e está fazendo a obra de julgamento, começando pela casa de Deus, para purificar e salvar o homem. A obra de Deus em segredo está chegando ao fim e ele criou um grupo de vencedores na China. Os grandes desastres logo estarão aqui e Deus olhará as ações das pessoas para recompensar os bons e punir os maus. Depois disso, Ele aparecerá a todos os povos e nações em uma nuvem. Neste dia, os que condenaram e se opuseram a Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, cairão nos desastres, chorando e rangendo os dentes. Pessoas de todas as nações chorarão amargamente, o que cumprirá integralmente Apocalipse 1:7: ‘Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele’”. Fiquei chocada quando o Pastor Li gritou comigo para que eu me calasse. Ele disse: “Não imposta o quão razoável seja o que você diz, não acreditarei em nada, a não ser que o Senhor Jesus venha em uma nuvem. Prefiro morrer antes de acreditar!” Fiquei pasma ao ver essa atitude dele. Como era possível que aquele fosse o pastor que eu tinha visto chorando em oração, desejando a volta do Senhor? Por que ele não teve o menor desejo de buscar, mas, em vez disso, foi tão resistente à notícia da vinda do Senhor? Dei a ele uma sugestão sincera: “Pastor Li, não ansiamos tanto pelo retorno do Senhor? Agora que Ele realmente veio, devemos investigar com calma e sinceridade e ver ser as palavras de Deus Todo-Poderoso são a voz de Deus. Então saberemos se Ele é o Senhor Jesus que retornou ou não. Se olharmos apenas para as profecias que dizem que Ele virá em uma nuvem, ignorando as outras, provavelmente perderemos nossa chance de recebê-Lo. E assim não conseguiremos entrar no reino de Deus! Além disso, somos apenas grãos de areia diante de Deus. Como poderíamos entender a obra de Deus? Se nos apegarmos a nossas noções e imaginações, pensando que o Senhor virá apenas em uma nuvem e nunca encarnado, como Filho do homem, não estaríamos limitando a obra de Deus? Isso não seria muita arrogância?” Eu não tinha terminado de falar quando o Pastor Li se levantou abruptamente, com o rosto vermelho, e começou a andar de um lado para o outro, balançando as mãos. Ele gritou comigo: “Eu sou arrogante? Eu batizei e preguei a milhares de pessoas. Tenho certeza que existem pelo menos cinco coroas me esperando no céu. Como eu não poderia entrar no reino?” Então ele continuou difamando a obra do Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e disse: “Você afirma que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou encarnado e veio à China em segredo. Posso ir vê-Lo? Vou acreditar quando puder vê-Lo”. Então, ele voltou para seu quarto correndo.

Meus sentimentos estavam confusos, por isso, logo me ajoelhei diante de Deus em oração, pedindo que Ele me orientasse naquele momento. A oração me acalmou bastante. Então, assisti a um vídeo com a leitura das palavras de Deus. Ele incluía uma passagem que me tocou muito: “Se você segue a Deus, mas, assim como Tomé, sempre quer tocar a costela do Senhor e sentir Suas marcas de pregos para confirmar, verificar e especular se Deus existe ou não, Deus abandonará você. Portanto, o Senhor Jesus requer que as pessoas não sejam como Tomé, acreditando apenas no que podem ver, mas que sejam puras e honestas, não duvidem de Deus, mas creiam Nele e O sigam. Esse tipo de pessoa é abençoado. Essa é uma exigência muito pequena do Senhor Jesus para com as pessoas e uma advertência para os Seus seguidores” (“A Palavra manifesta em carne”). Quando o Senhor Jesus se manifestou e trabalhou, Tomé ouviu que Ele expressava muitas verdades e viu que Ele realizava muitos milagres. Mas ainda assim não O reconheceu, mesmo quando Ele apareceu ressuscitado aos discípulos. Ele insistiu em tocar nas chagas nas mãos de Jesus antes de acreditar. Por isso o Senhor Jesus disse: “Porque Me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram” (João 20:29). Tomé só acreditou em seus próprios olhos, e Deus não aprova esse tipo de crença. Pensei no comportamento do Pastor Li. Embora Deus Todo-Poderoso tenha expressado muitas verdades, ele ainda não queria investigar, insistindo que tinha de ver Deus encarnado com os próprios olhos para acreditar. Não era agir como Tomé? Não há um só seguidor do Senhor Jesus que tenha acreditado Nele só depois de ver a Sua face. Nós determinamos que Ele é o único Deus verdadeiro e O seguimos apenas por causa das verdades que Ele expressou, e porque Ele realizou a obra de redimir toda a humanidade. Deus encarnou novamente nos últimos dias e expressa todas as verdades que limpam e salvam a humanidade. Pessoas de todas as denominações reconheceram a voz de Deus nas palavras de Deus Todo-Poderoso, e se voltaram para Deus Todo-Poderoso. Claramente, uma pessoa só aceita o caminho verdadeiro se ela ama a verdade e consegue ouvir a voz de Deus. Seguindo o que o pastor Li disse, as pessoas não acreditariam em Deus encarnado, a não ser que o vissem. Mas os fariseus viram o rosto do Senhor Jesus, então, por que não o aceitaram? Por que ferozmente O julgaram e blasfemaram contra Ele, opuseram-se a Ele e tramaram crucificá-Lo? De repente, eu soube a verdade em meu coração. O pastor Li não buscava a Deus de verdade. Sua esperança na vinda do Senhor era apenas vê-Lo em uma nuvem e ser levado direto para o reino. Ele não amava a verdade nem ansiava genuinamente pela manifestação de Deus.

Mas ainda fiquei inquieta quando pensei em como o pastor Li tinha sido como um membro da família, mas agora era um estranho, um inimigo. Eu também não podia entender por que ele estava tão resistente à obra de Deus dos últimos dias, chegando ao ponto de condená-la. Ele não tinha nenhuma reverência por Deus. Eu continuei orando a Deus e buscando, e então, com a iluminação de Deus, eu pensei em uma passagem em que Deus expõe a essência dos fariseus. Eu corri para achar a passagem. “Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias. E como nunca havia visto o Messias e nunca havia estado na companhia do Messias, cometera o erro de se agarrar em vão ao nome do Messias enquanto se opunha à substância do Messias através de qualquer meio possível. Esses fariseus eram obstinados, arrogantes em substância e não obedeciam à verdade. O princípio de sua crença em Deus é: não importa quão profunda seja a Sua pregação, não importa quão elevada seja Sua autoridade, Você não é Cristo a menos que seja chamado o Messias. Essas opiniões não são absurdas e ridículas?” (“A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus expuseram a essência de resistência a Deus que os fariseus tinham em sua fé. Eles eram teimosos e arrogantes. Eles não conheciam a obra do Espírito Santo e não buscavam a verdade de jeito nenhum. Quando o Senhor Jesus apareceu e trabalhou, eles viram claramente que a obra e as palavras Dele eram poderosas e cheias de autoridade, mas não investigaram isso. Eles se agarraram ao sentido literal da Escritura. O Senhor Jesus não foi chamado de Messias e não respeitou o Sábado, por isso, eles viram isso como pecados, e arbitrariamente O julgaram, condenaram e blasfemavam contra Ele. Por fim, fizeram com que fosse crucificado. Eu comparei tudo isso com o pastor Li. Ele estava agindo como os fariseus, que tinham sido expostos por Deus. Ele conhecia bem a Bíblia e clamava e orava pelo retorno do Senhor em seus sermões, mas quando dei testemunho da volta do Senhor, ele não teve nenhum desejo de investigar. Apenas se opôs e condenou, e até mesmo disse que não aceitaria nada que não fosse Jesus vindo em uma nuvem, que antes, preferiria até morrer! Dizer isso mostrava que ele não ansiava de verdade pela vinda do Senhor. Eu pensei que, se meu testemunho fosse claro o suficiente, e eu lesse a ele as palavras de Deus Todo-Poderoso, sem dúvida, ele aceitaria. O que eu disse a ele era irrefutável, mas ele ainda ficou preso às suas noções e imaginações. sem dar o menor sinal de que queria investigar. Ele ficou discutindo com a mesma teimosia e arrogância que os fariseus mostraram. Ele demonstrou ódio pela verdade e por Cristo e foi exposto como um fariseu pela obra de Deus nos últimos dias. Eu costumava pensar que poderia entrar no reino dos céus seguindo o pastor Li, mas então vi o quanto ele era tolo. Ele era só um cego guiando outros cegos, levando todos para a ruína. Entendi que precisava me afastar desse falso tipo de pastor.

Quando foi embora no dia seguinte, não paguei o dízimo a ele nem o transporte. Ele partiu bastante descontente. Ele rapidamente enviou uma mensagem para o meu irmão mais novo, cheia de condenação, dizendo que eu tinha tomado a senda errada e estava desviando a família inteira. Ele também espalhou algumas mentiras em um grupo de mensagens, condenando e caluniando a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, tentando impedir as pessoas de investigarem o caminho verdadeiro. De forma ainda mais surpreendente, ele foi de porta em porta dizendo aos irmãos e irmãs para cortar os laços com minha família. Como resultado, nossos irmãos crentes, parentes e amigos da cidade começaram a nos evitar. Até a minha melhor amiga tomava outro caminho para me evitar, quando me via na rua. Naquela época, assim que eu saía na rua, as pessoas começavam a falar de mim pelas costas. Até o meu irmão mais novo e os filhos dele estavam me julgando pelas costas. O resto da minha família também foi afetado por isso e todos começaram a enfraquecer. Foi um tempo muito difícil para mim, por isso, me ajoelhei e orei muito a Deus.

Um dia, estas palavras de Deus vieram à minha mente: “Não fique desanimado, não seja fraco, e Eu esclarecerei as coisas a você. A estrada para o reino não é tão fácil; nada é assim simples! Vocês querem que as bênçãos venham a vocês facilmente, não querem? Hoje, todos terão provações amargas para enfrentar. Sem tais provações, seu amor por Mim não se tornará mais forte e vocês não Me amarão de verdade. Embora essas provações sejam pequenas, todos devem passar por elas; só a dificuldade das provações é que variará de uma pessoa para outra… Aqueles que compartilham do Meu amargor certamente compartilharão da Minha doçura. Essa é a Minha promessa e a Minha bênção para vocês” (“A Palavra manifesta em carne”). E o Senhor Jesus também disse: “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por Minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós” (Mateus 5:11-12). Refletir sobre essas palavras de Deus me trouxe algum conforto. Eu estava sendo rejeitada e condenada pelo clero e meus parentes e amigos me evitavam, mas eu estava acompanhando os passos de Deus e experimentando o julgamento e a limpeza das palavras de Deus. Isso era uma bênção incrível. Eu vi que, não importava o que eu enfrentasse ou o quanto sofresse, como eu estava certa de que aquele era o caminho verdadeiro e a obra de Deus, eu tinha que continuar seguindo a Deus. Com a orientação das palavras de Deus, recuperei minha fé para enfrentar tudo. O resto da minha família também ganhou discernimento a respeito da essência de resistência a Deus do clero, por meio da leitura das palavras de Deus. Eles não se sentiram mais constrangidos.

Algum tempo depois, do nada, recebi uma mensagem do pastor Li. Ela dizia: “Irmã Zhang, você está pagando o dízimo? Você está economizando nas ofertas? Vou realizar um comício evangélico. Pode contribuir com algo?” Eu fiquei com nojo e furiosa quando vi aquela mensagem dele. Eu disse não. Mas, apenas alguns dias depois, ele me enviou um monte de mentiras condenando e caluniando A Igreja de Deus Todo-Poderoso. Ele estava tentando atrapalhar minha fé novamente, então eu o ignorei. Vê-lo se comportar daquele jeito lembrou-me do que o Senhor Jesus disse quando repreendeu os fariseus: “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar” (Mateus 23:13). “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o tornais duas vezes mais filho do inferno do que vós” (Mateus 23:15). O clero não vai entrar nos céus e usa todos os truques possíveis para que também fiquemos de fora. Eles estão determinados a nos arrastar para o inferno, para nos transformar em filhos do inferno. Isso não é maligno? Então, pensei em algo que Deus Todo-Poderoso disse: “Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nem um é capaz de conhecer Deus; além disso, nem um está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem ‘carne robusta’, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?” (“A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus Todo-Poderoso são muito verdadeiras! O pastor Li conhecia a Bíblia de cor, mas sempre explicava com base em seu conhecimento bíblico e teológico para enganar os crentes. Eles pensavam que o pastor Li amava e entendia o Senhor como ninguém. Mas, na verdade, ele estava longe de entender a obra de Deus e odiava totalmente a verdade. Diante da manifestação e da obra de Deus Todo-Poderoso, ele não queria buscar e ainda se opunha e condenava histericamente. Ele não aceitava e também espalhava mentiras para desviar os crentes. Ele tentou isolar a igreja e impedir que os membros investigassem o caminho verdadeiro. Depois que aceitamos a obra de Deus dos últimos dias, primeiro, ele tentou nos enganar com mentiras, e depois fez com que os outros nos rejeitassem e nos excluíssem. Foi assim que ele tentou nos forçar a renunciar ao caminho verdadeiro. Finalmente percebi que tudo o que o pastor Li pregava não era para exaltar a Deus e dar testemunho por Ele, ou trazer crentes para diante de Deus. Mas era para que as pessoas idolatrassem e seguissem a ele mesmo. Ele queria controlá-las dentro dos limites da religião e viver do dinheiro delas. Ele passou a condenar e a se opor à obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, roubando as ovelhas de Deus para manter seu status e sua renda. Ele não estava sendo um anticristo? Ele não estava sendo um demônio maligno, prejudicando as pessoas e devorando suas almas? Ele merecia ser amaldiçoado por Deus!

Por meio dessa experiência, enxerguei a essência do clero de odiar a verdade e ser inimigos de Deus, e os rejeitei completamente. Eu também experimentei que, na estrada para o reino, bajular e seguir cegamente uma pessoa, sem buscar a verdade, faz com que sejamos facilmente enganados por mentiras e falácias, perdendo a salvação de Deus e sendo cortados do reino. Se hoje estou livre dos servos malignos e anticristos do mundo religioso e vim para diante de Deus, é por causa do discernimento que as palavras de Deus me deram. Essa é a salvação de Deus para mim. Graças a Deus Todo-Poderoso!

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Por um Fio

Aceitei a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias há mais de um mês. O pastor e os presbíteros não param de me aborrecer e fazer com...

Como vencer as tentações de Satanás (parte 1)

Em nossa senda de crer em Deus, Satanás não quer que alcancemos a salvação de Deus e, por isso, frequentemente aplica seus esquemas enganosos contra nós numa tentativa de levar-nos a trair a Deus. Quando somos atacados pelas tentações de Satanás, como devemos lidar com elas?