Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

Prática (2)

No passado, as pessoas se treinavam para estar com Deus e viver no espírito em todos os momentos, o que, na comparação com a prática de hoje, não passa de simples treinamento espiritual. Tal prática vem antes da entrada das pessoas no caminho certo da vida e é o método de prática mais raso e mais simples de todos. É a prática dos estágios iniciais da crença das pessoas em Deus. Se as pessoas sempre viverem de acordo com esta prática, elas terão sentimentos demais e serão incapazes de entrar nas experiências que são profundas e verdadeiras. Elas serão meramente capazes de treinar seu espírito, mantendo o coração capaz de se aproximar normalmente de Deus, e sempre encontrando alegria tremenda em estar com Deus. Estarão limitadas ao mundinho de estar junto de Deus, incapaz de apreender o que está em suas profundezas mais profundas. As pessoas que vivem apenas no âmbito dessas fronteiras são incapazes de fazer qualquer grande progresso. A qualquer momento, estão propensas a exclamar: “Ah! Senhor Jesus. Amém!”. Quando estão comendo, elas exclamam: “Ó Deus! Eu como e Você come...”. E é assim quase todos os dias. Esta é a prática dos tempos passados, é a prática de viver no espírito a cada momento. Não é vulgar? Hoje, quando é hora de refletir sobre as palavras de Deus, você deve refletir sobre elas; quando é hora de colocar a verdade em prática, você deve colocá-la em prática; e quando é hora de desempenhar seu dever, você deve desempenhá-lo. Praticar assim é tão livre, liberta você. Não é do jeito como os velhos religiosos oram e dão graças. Claro, antes, era assim que se esperava que as pessoas que acreditavam em Deus praticassem – mas sempre praticar dessa maneira é muito retrógrado. A prática do passado é a base da prática de hoje. Se houve um caminho para a prática dos tempos passados, a prática de hoje será muito mais fácil. Então, hoje, quando se fala de “trazer Deus para a vida real”, que aspecto da prática está sendo referido? A “vida real” primariamente exige que as pessoas possuam humanidade normal; aquilo que as pessoas devem possuir é o que Deus pede a elas hoje. Trazer as palavras de Deus à vida real é o verdadeiro significado de “trazer Deus para a vida real”. Hoje, as pessoas devem, em primeiro lugar, equipar-se com o seguinte: em um aspecto, devem melhorar seu calibre, desenvolver seu nível educacional, aumentando seu vocabulário e melhorando sua habilidade de leitura; e em outro, devem levar a vida das pessoas normais. Você acabou de retornar do mundo para a presença de Deus, e precisa primeiro treinar seu espírito, treinando seu coração para ficar em paz perante Deus. Isso é o que é o mais fundamental e também é o primeiro passo para alcançar mudança. Algumas pessoas são adaptáveis em sua prática; elas refletem sobre a verdade enquanto lavam roupa, tentando entender as verdades que devem entender e os princípios que devem colocar em prática na realidade. Em um aspecto, você deve ter uma vida humana normal e, em outro, deve haver entrada na verdade. Esta é a melhor prática para a vida real.

No passado, as pessoas sofriam muitas provações, mas algumas delas na verdade eram desnecessárias, porque algumas eram coisas que não precisavam ser praticadas pelo homem. Quando elas trazem Deus para sua vida real, Deus em primeiro lugar exige que as pessoas adorem a Deus, persigam o conhecimento de Deus e desempenhem o dever de uma criatura de Deus em meio à humanidade normal. Elas não precisam orar a Deus assim que começam a varrer o chão, sentindo-se em dívida com Ele se não o fizerem. A prática de hoje não é assim; é relaxada e fácil! Não se pede às pessoas que se submetam à doutrina. Cada um deve agir de acordo com sua estatura individual: se o seu marido não acredita, trate-o como um descrente, e se ele acredita, trate-o como crente. Não se concentre no amor e na paciência, mas sim na sabedoria. Algumas pessoas saem para comprar verduras e, enquanto caminham, murmuram: “Ó, Deus! Que verdura Tu permitirás que eu compre hoje? Imploro por Tua ajuda. Devo escolher enquanto estiver fazendo compras?”. Depois, elas pensam: “Não vou escolher; Deus pede que eu O glorifique, que eu glorifique Seu nome em todas as coisas, e que todas as pessoas deem seu testemunho, então, se o vendedor me der algo velho e seco, ainda assim vou agradecer a Deus – vou suportar! Nós que acreditamos em Deus não escolhemos quais verduras comprar”. Você acha que fazer isto é dar testemunho de Deus, e depois de gastar um yuan para comprar uma verdura mofada e velha, você ainda vai orar e dizer: “Ó Deus! Mesmo assim vou comer esta verdura podre – desde que Tu me aceites, vou comer”. Uma prática dessas não é um absurdo? Não é seguir uma doutrina? Antes, as pessoas treinavam seu espírito e viviam no espírito a cada momento, e isso se relacionava à obra feita na Era da Graça. Piedade, humildade, amor, paciência, agradecer por todas as coisas – era isso que se exigia de todos os crentes na Era da Graça. Naquela época, as pessoas oravam a Deus em todas as coisas; oravam quando compravam roupas e, quando eram avisadas a respeito de uma assembleia, elas também oravam e diziam: “Ó Deus! Tu me permites ir ou não? Se me permitires ir, então prepara um caminho fácil para mim, permita que tudo ocorra com facilidade. E se não me permitires ir, por favor, faze-me cair”. Ao orar, elas suplicavam a Deus. Depois de orar elas se sentiam pouco à vontade e não iam. Havia também irmãs que, por temer serem espancadas pelo marido descrente quando voltassem, sentiam-se pouco à vontade quando oravam – e como se sentiam pouco à vontade, não iam à assembleia. Acreditavam que essa era a vontade de Deus quando, na verdade, se tivessem ido, nada teria acontecido. O resultado era perder uma assembleia. Tudo isso era causado pela ignorância das próprias pessoas. As pessoas que praticam dessa maneira vivem de acordo com seus próprios sentimentos. Essa maneira de praticar é errônea a absurda, não contém nada além de imprecisão e muito de seus próprios sentimentos e pensamentos pessoais. Se lhe informarem sobre uma assembleia, então vá, e se não lhe informarem, não vá; quando for informado, não há necessidade de orar a Deus. Não é simples? Se, hoje, você precisar comprar alguma roupa, então vá lá e compre. Não ore a Deus e diga: “Ó Deus! Hoje eu preciso comprar uma roupa, Tu me permites comprar ou não? Que tipo de roupa devo comprar? E se uma das irmãs vier aqui quando eu estiver fora?”. Orando e refletindo, você diz a si mesmo: “Eu não quero sair hoje, uma irmã pode vir aqui”. No entanto, o resultado é que chega a noite e ninguém apareceu, e você perdeu muita coisa. Mesmo na Era da Graça, esta maneira de praticar era errônea e incorreta. E, assim, se as pessoas praticarem como se praticava em tempos passados, não haverá mudança em sua vida. Elas serão meramente submissas, não darão atenção à diferenciação e não farão nada além de obedecer e suportar. Naquela época, as pessoas se concentravam em glorificar Deus – mas Deus não obtinha glória delas, porque elas não tinham vivido nada e não tinham mudado. Elas simplesmente se subjugavam e se limitavam de acordo com suas próprias concepções, e nem mesmo muitos anos de prática traziam qualquer mudança a sua vida; elas só sabiam suportar, ser humildes, amar e perdoar e não eram nem um pouco iluminadas pelo Espírito Santo. Como poderiam conhecer Deus?

As pessoas só vão entrar no caminho certo da crença em Deus se trouxerem Deus para sua vida verdadeira e para sua vida humana normal. Hoje, as palavras de Deus conduzem vocês, e não há necessidade de buscar e tatear como se fazia em tempos passados. Quando você pode praticar de acordo com essas palavras, e pode se examinar e se medir de acordo com os estados que Eu apontei, então você será capaz de mudar. Isso não é doutrina, mas sim aquilo que Deus exige do homem. Hoje, Eu lhe digo o que realmente é importante: preocupe-se apenas em agir de acordo com Minhas palavras. O que Eu exijo de você está de acordo com as necessidades das pessoas normais, e Eu já lhes disse isso; se você se concentrar puramente em praticar dessa maneira, será capaz de ser segundo o coração de Deus. Hoje é o tempo de viver nas palavras de Deus: as palavras de Deus explicaram tudo, tudo foi deixado claro, e desde que você viva de acordo com as palavras de Deus, vai levar uma vida totalmente livre e emancipada. Antes, quando você trouxe Deus a sua vida real, experimentou doutrina e cerimônia demais, orou a Deus até para as menores das questões, colocou palavras explícitas de um lado, sem lê-las, e dedicou todos os seus esforços à busca – com o resultado de que não surtiu nenhum efeito. Tome como exemplo o que você vestia: quando orava, você colocava essa questão nas mãos de Deus, pedindo a Deus que preparasse algo adequado para você vestir. Deus ouvia essas palavras e dizia: “Está pedindo que Eu me preocupe com detalhes assim tão triviais? Para onde foi a humanidade normal e a racionalidade que Eu criei para você?”. Às vezes, alguém vai cometer um erro em suas ações, vai acreditar que ofendeu a Deus e assim começa a se algemar. O estado de algumas pessoas é muito bom, mas quando fazem alguma pequena coisa de maneira incorreta, acreditam que Deus as está castigando. Na verdade, isso não é a obra de Deus, mas sim da mente das próprias pessoas. Às vezes, não há nada de errado com a maneira como você experimenta algo, mas outros dizem que você não está experimentando da maneira correta, e então você fica enredado – você se torna negativo e obscuro por dentro. Com frequência, quando as pessoas são passivas dessa maneira, acreditam que estão sendo castigadas por Deus, mas Deus diz: “Eu não faço obra de castigo em você, como pode Me culpar por isso?” As pessoas são negativas demais. Também são frequentemente sensíveis demais e costumam reclamar a respeito de Deus. Deus não exige que você sofra, no entanto, você se deixa cair nesse estado. Não há valor em sofrer dessa maneira. Como as pessoas não conhecem a obra feita por Deus, em muitas coisas são ignorantes e incapazes de enxergar com clareza. Nesses momentos, elas ficam presas em sua própria imaginação, cada vez mais enroscadas. Algumas pessoas dizem que todas as coisas e questões estão nas mãos de Deus – então, será que é possível Deus não saber quando as pessoas são negativas? Claro que Deus sabe. Quando você está preso por concepções humanas, o Espírito Santo não tem como operar em você. Muitas vezes, algumas pessoas ficam presas em um estado negativo, mas Eu continuo com a Minha obra. Seja você negativo ou proativo, Eu não sou retido por você – mas deve saber que as várias palavras que Eu falo e a grande quantidade de obra que Eu executo vêm em grande quantidade e com rapidez de acordo com o estado das pessoas. Quando você é negativo, isso não obstrui a obra do Espírito Santo. Durante épocas de castigo e morte, as pessoas estavam todas presas por um estado negativo, mas isso não impediu a Minha obra; quando você estava negativo, o Espírito Santo continuou a fazer o que precisa ser feito nos outros. Você pode permanecer em impasse por um mês, mas Eu continuo a operar – independentemente do que você fizer no futuro ou no presente, isso não pode deter o trabalho do Espírito Santo. Alguns estados negativos vêm da fraqueza humana; quando as pessoas são de fato incapazes de fazer ou apreender algo, elas se tornam negativas. Por exemplo, durante os períodos de castigo, as palavras de Deus falavam sobre amar a Deus até um certo ponto durante o castigo – mas você se considerava incapaz. Durante esse estado, as pessoas se sentiam especialmente arrependidas e lamentavam, elas se sentiam culpadas por sua carne ter sido tão severamente corrompida por Satanás e por seu calibre ser tão baixo; elas sentiam que era a maior pena terem nascido nesse ambiente. Algumas pessoas sentiam que era tarde demais para acreditar em Deus e conhecer Deus, e que eram indignas de serem tornadas perfeitas. Todos esses são estados normais.

A carne do homem é de Satanás, é cheia de caráter desobediente, é deploravelmente imunda, é algo sujo. As pessoas cobiçam demais o prazer da carne, há manifestações demais da carne, e assim Deus despreza a carne até um certo ponto. Quando as pessoas deixam para trás a imundice e as coisas corruptas de Satanás, elas ganham a salvação de Deus. Mas se permanecerem incapazes de se livrar da imundice e da corrupção, então continuarão sob o império de Satanás. A conivência, o engano e a desonestidade das pessoas são coisas de Satanás; ao salvar você, Deus o separa dessas coisas e a obra de Deus não pode estar errada, e isso tudo é para salvar as pessoas da escuridão. Quando você acreditou até certo ponto e é capaz de se livrar da corrupção da carne e já não está mais algemado por essa corrupção, não terá sido salvo? Quando você vive sob o império de Satanás, é incapaz de manifestar Deus, é uma coisa imunda e não vai receber a herança de Deus. Depois que você for limpo e tornado perfeito, será santo e se tornará normal, e será abençoado por Deus e trará prazer a Deus. A obra feita por Deus hoje é salvação e, além do mais, é julgamento, castigo e maldição. Tem muitos aspectos. Será que algumas palavras de Deus não são julgamento e castigo, mas também maldição? Eu falo para poder alcançar um efeito, para fazer as pessoas se conhecerem e não para mandar as pessoas à morte; Meu coração é pelo bem de vocês. Falar é um dos métodos por meio dos quais Eu opero, Eu uso palavras para expressas o caráter de Deus e para permitir que você entenda a vontade de Deus. A sua carne pode morrer, mas você tem um espírito e uma alma. Se as pessoas só tivessem carne, não haveria sentido em sua crença em Deus, nem haveria qualquer sentido em toda essa obra que Eu fiz. Hoje, Eu falo de uma coisa e depois de outra, em um momento sou extremamente odioso em relação às pessoas e, no seguinte, sou supremamente amoroso; Eu faço isso para mudar seu caráter e transformar suas concepções.

Os últimos dias chegaram, e países por todo o mundo estão em tumulto, há desordem política, fome, pestilências, enchentes e secas que aparecem em todos os lugares, há catástrofe no mundo do homem, e o Céu enviou desastre lá do alto. Esses são sinais dos últimos dias. Mas, para as pessoas, parece um mundo de alegria e esplendor que está ficando cada vez mais assim. Quando as pessoas olham para o mundo, seu coração é atraído por ele, e muitas são incapazes de se desvencilhar dele; grandes números serão seduzidos por aqueles que usam truques e feitiçaria. Se você não lutar pelo progresso e não tiver ideais, será levado por essa onda de pecado. A China é o país mais retrógrado de todos, é a terra onde o grande dragão vermelho repousa enrolado, tem o maior número de pessoas que adoram ídolos e que se metem com feitiçaria, tem o maior número de templos e é o lugar onde demônios imundos residem. Você nasceu dela, você aproveita seus benefícios e você é corrompido e torturado por ela, mas depois de passar por introspecção, vira suas costas a ela e é completamente ganho por Deus. Essa é a glória de Deus, e por isso este estágio da obra tem grande importância. Deus executou obra em uma escala tão grande, proferiu tantas palavras e no final Ele vai ganhá-los completamente – esta é uma parte da obra de gestão de Deus e é o “espólio da vitória” da batalha contra Satanás. Quanto melhores essas pessoas se tornam e quanto mais forte é a vida da igreja, mais o grande dragão vermelho é forçado a se ajoelhar. Essas são questões do mundo espiritual, são as batalhas do mundo espiritual, e quando Deus é vitorioso, Satanás será envergonhado e cairá. Este estágio da obra de Deus tem importância tremenda. A obra em uma escala assim tão grandiosa salva completamente esse grupo de pessoas; você escapa da influência de Satanás, você vive na terra santa, você vive na luz de Deus, a existe a liderança e a orientação da luz, e então há significado no fato de você estar vivo. O que vocês comem e vestem é diferente para eles; vocês aproveitam as palavras de Deus e levam uma vida de significado – e o que eles aproveitam? Eles aproveitam apenas o legado de seus ancestrais e o “espírito nacional”. Eles não têm o menor vestígio de humanidade! As suas roupas, palavras e ações são todas diferentes das deles. No final, vocês vão abandonar completamente a imundice, deixando de estar enredados na tentação de Satanás, e ganharão a provisão diária de Deus. Vocês sempre devem ser cautelosos. Apesar de vocês viverem em um lugar imundo, são puros de imundice e podem viver ao lado de Deus, recebendo Sua grande proteção. Vocês foram escolhidos entre todos nesta terra amarela. Será que vocês não são as pessoas mais abençoadas? Como um ser criado, você deveria, é claro, adorar Deus e buscar uma vida com significado. Se você não adorar a Deus e viver na carne imunda, então você não é só um animal com vestes humanas? Como ser humano, você deve se despender por Deus e aguentar todo o sofrimento. Você deveria aceitar o pequeno sofrimento a que é submetido hoje com alegria e certeza e viver uma vida de significado, como Jó, como Pedro. Neste mundo, o homem veste a roupa do diabo, come a comida dada pelo diabo e trabalha e serve debaixo do polegar do diabo, ficando pisoteado em sua imundice. Se você não apreender o significado da vida ou o verdadeiro caminho, então qual é o objetivo da sua vida? Vocês são pessoas que buscam o caminho correto, aqueles que buscam melhoria. Vocês são as pessoas que se levantam na nação do grande dragão vermelho, aqueles a quem Deus chama de justo. Não é essa a vida mais significativa?

Anterior:Prática (1)

Próximo:O mistério da encarnação (1)

Coisas que talvez lhe interessem