247 Ó Deus, meu coração já pertence a Ti

I

Ó Deus, Tuas palavras são toda a verdade.

Tuas revelações me mostram claramente quem sou.

Por Ti bradei o meu amor, me dediquei

e de tantas coisas desisti,

mas agora sei que só o fiz

para ganhar bênção e coroa.

Tanto arrependimento há em meu coração;

vil é Contigo barganhar.

Teu castigo e refinamentos me purificam

e limpam o meu amor.

Ó Deus! Meu coração Te ama.

Teu justo caráter agora eu conheço.

Gravadas no coração

trago as Tuas doces palavras.

Para sempre quero amar-Te.

II

Ó Deus, Tuas palavras são a verdade

e de minha vida a base.

Através de dor, perseguição,

provações e refinamento,

Tuas palavras sempre estão comigo.

Boas memórias eu tenho dos anos difíceis,

Tua beleza está sempre em meu coração.

Tuas palavras aperfeiçoaram a minha fé,

desânimo não mais terei.

Ó Deus! Meu coração Te ama.

Amável é a Tua justiça.

Gravadas no coração

trago as Tuas doces palavras.

Para sempre quero amar-Te.

III

Ó Deus, Tuas palavras são toda a verdade.

Com elas me purificas e salvas.

Tão preciosas são as Tuas palavras,

que agora são a minha vida

e me enchem o coração.

Tuas palavras se cumpriram,

Tua justiça e santidade na terra aparecem.

Ó Deus! Meu coração a Ti pertence,

tanto amor tenho a Te expressar.

Ó Deus! Meu coração Te ama.

Só Tu és o mais belo e bondoso.

Gravadas no coração

trago as Tuas doces palavras.

Para sempre quero amar-Te.

Para sempre quero amar-Te.

Anterior: 246 Somente buscar a verdade pode trazer vida

Próximo: 248 O amor sincero de Deus

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro