248 O amor sincero de Deus

Tantas vezes me tornei negativo e chorei porque perdi prestígio e status.

Tantas vezes as provações revelaram que eu só me preocupava com as minhas perspectivas futuras e a dor me dominava.

Tantas vezes fui teimoso e rebelde, tentando me livrar do julgamento de Deus, e a minha consciência não me censurou.

Tantas vezes decidi me arrepender, mas conscientemente adoeci e permiti que o pecado corresse solto em mim.

Ó Deus, o julgamento das Tuas palavras revela a minha alma feia,

vejo claramente a verdade da minha corrupção e não há onde eu possa me esconder de vergonha.


Concluí que eu não podia ser salvo, mas Tuas palavras dissiparam meus equívocos.

Tantas vezes caí nas tentações de Satanás, mas em secreto Tu me vigiaste e me protegeste.

Tantas vezes abriguei juízos errôneos e opostos a Ti, mas Tu sempre me mostraste indulgência e paciência.

Tu nunca lembraste todas as vezes que eu transgredi e me deste a chance de me arrepender.

Ó Deus, sou tão insignificante e vil, mas Tu ainda Te importas comigo o tempo todo.

Como eu mereceria ser chamado de humano se nem consigo retribuir o Teu amor?


Por experimentar Teu julgamento, provações, repreensão e disciplina, finalmente conheço o Teu amor.

Embora eu sofra a grande dor do refinamento, o meu caráter corrupto está sendo limpo.

Praticando a verdade, obedecendo a Ti e vivendo diante de Ti, me sinto tranquilo e em paz.

Temer a Ti e evitar o mal e viver segundo as Tuas palavras me deixa tão feliz.

Ó Deus, Teu julgamento é amor e me capacitou a alcançar a Tua grande salvação.

Eu experimentei o Teu amor sincero e desejo amar e obedecer a Ti para sempre.

Anterior: 247 Ó Deus, meu coração já pertence a Ti

Próximo: 249 Deus tem me dado tanto amor

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro