158 O método e o princípio da obra de Deus na humanidade

Antes de Deus encarnar, o homem não entendia

bem Suas palavras, pois provinham da divindade.

Sua perspectiva e contexto eram intangíveis para o homem.

Vinham do reino espiritual,

que o homem não podia ver nem atravessar.

Quando Se tornou carne, Deus falou como humano,

mostrando Sua vontade divina e Seu caráter,

através do que o homem via ou imaginava,

dos modos e idiomas que entendia.

Assim ele conheceu Deus, Suas normas e intenções.

Esse foi o método e o princípio da obra de Deus na humanidade.

Quando Deus operou na humanidade, expressou muitas verdades

e métodos de Sua obra de maneira humana.

Seu caráter e vontade, o que Ele tem e é,

também foram mostrados, para as pessoas conhecerem.

Elas entenderam Sua essência, o que Ele tem e é,

o que mostra Sua identidade como o Próprio Deus.

Quando Se tornou carne, Deus falou como humano,

mostrando Sua vontade divina e Seu caráter,

através do que o homem via ou imaginava,

dos modos e idiomas que entendia.

Assim ele conheceu Deus, Suas normas e intenções.

Esse foi o método e o princípio da obra de Deus na humanidade.

O Filho do homem na carne expressou o caráter de Deus

e Sua essência com a maior clareza.

Sua humanidade não impedia o homem de falar com Deus,

mas era a forma de se conectar com o Criador.

Quando Se tornou carne, Deus falou como humano,

mostrando Sua vontade divina e Seu caráter,

através do que o homem via ou imaginava,

dos modos e idiomas que entendia.

Assim ele conheceu Deus, Suas normas e intenções.

Esse foi o método e o princípio da obra de Deus na humanidade.

Adaptado de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 157 O Filho encarnado do homem é o Próprio Deus

Próximo: 159 A humanidade de Cristo é regida pela divindade de Deus

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro