178 Quando nos despedimos

Irmãos e irmãs se reúnem e são muito felizes comunicando as palavras de Deus.

Mas a perseguição do PCC significa que sempre corremos o risco de sermos presos em reuniões.

Dançamos e cantamos com tanta cautela, com medo de sermos descobertos.

Queremos ficar juntos mais alguns dias e dizer o que está em nosso coração, mas não temos chance.

Quando nos despedimos, não sabemos se teremos a chance de nos ver novamente.

Irmãos e irmãs, quando cumprirmos nossos deveres, oremos mais , olhemos para Deus e confiemos mais Nele.

Por mais árduo que seja o caminho, na companhia de Deus não estamos sozinhos.

Experimentamos opressão, adversidade e refinamento, é tão precioso ter Deus ao nosso lado.


Neste mundo maligno, dar testemunho de Deus é repleto de frustrações e tribulações.

Na companhia da palavra de Deus, teremos força ao entender a verdade.

Já enxergamos a essência maligna de Satanás e odiamos amargamente o grande dragão vermelho.

Renunciem Satanás totalmente para que possamos verdadeiramente amar a Deus e nos submeter a Ele.

Confiem em Deus para transcender a influência das trevas, o amanhecer está surgindo diante de nossos olhos.

Amamos uns aos outros e oramos uns pelos outros, e nosso coração está em paz.

Esperamos ansiosamente nossa reunião quando o reino for realizado, e então viveremos juntos para sempre.

Esperamos ansiosamente nossa reunião quando o reino for realizado, e então viveremos juntos para sempre.

Anterior: 177 Dedicando minha vida para dar testemunho de Deus

Próximo: 179 Erguer-se em meio à escuridão e à opressão

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro