255 Sempre anseio o amor de Deus

1

Só quando as palavras do julgamento de Deus me despertaram, percebi que eu crera em Deus com as minhas concepções.

Ignorar Suas palavras e não levar em consideração Sua vontade deixou meu coração com remorso.

Ao ser repetidamente tratado, podado e disciplinado, sempre me queixei e argumentei no meu coração.

Ao ser repetidamente julgado, testado e refinado, sempre tentei fugir, escapar e resistir.

Odeio ser tão corrupto e falhei em viver à altura das intenções diligentes de Deus.

Ó Deus! Tua palavra e Teu amor me despertaram do meu sonho.

2

Desperdicei tanto tempo e falhei em ganhar a verdade na minha crença.

Com o meu olho interior eu vejo cada vez que fui tratado, podado, testado e refinado.

Eu acreditava em Deus, mas não experimentei Sua obra e meu arrependimento veio tarde demais.

A obra de Deus está prestes a ser concluída, e eu não cumpri bem o meu dever.

Eu sinto muito remorso e devo tanto a Deus.

Anseio o amor de Deus e me odeio ainda mais por causa da minha crueldade.

O julgamento de Deus dá vida às pessoas; eu me levantarei e, com um propósito, procurarei não andar mais sem rumo.

Hei de ganhar a verdade como minha vida e cumprir bem meu dever para retribuir o amor de Deus.

Anterior: 254 Arrependimento

Próximo: 256 Como recuperar a salvação perdida

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro