264 Por que o amor real tão difícil é de achar neste mundo

I

Woo~ Oh~ Ooh~

Anseio por Tua presença, ó Deus.

Não quero mais estar separado de Ti.

És meu soberano Criador,

não podemos mais estar sempre juntos.

Suportas grande vergonha para salvar o homem corrupto.

Quem poderia entender?

Por uma estrada de sangue e prantos,

suportando a dor por meses e anos,

Trouxeste todo Teu amor por nós.

Tu compartilhas das dores das pessoas,

ainda sofres com a solidão e abandono.

Quem poderia amar-Te e cuidar de Ti?

Cada dia (cada dia) de chamado e esperança.

Tu dás tudo que Tens para ganhar o amor do homem.

Porém, ninguém pode trazer real conforto a Ti.

Por que o amor real tão difícil é de achar no mundo?

II

Ooh~ Hah~

Prostrado estou, cheio de pesar,

sinto o remorso, a dor e venho lamentar.

Arrependido estou.

Me ira que eu não cuidei do Teu coração.

Minha corrupção Te trouxe decepção.

Como reparar meus erros então?

Cada dia (cada dia) de chamado e esperança.

Tu dás tudo que Tens para ganhar o amor do homem.

Porém, ninguém pode trazer real conforto a Ti.

Por que o amor real tão difícil é de achar no mundo?

Cada dia (cada dia) de chamado e esperança.

Tu dás tudo que Tens para ganhar o amor do homem.

Porém, ninguém pode trazer real conforto a Ti.

Por que o amor real tão difícil é de achar no mundo?

III

Tua verdade salva a humanidade,

enchendo o mundo com Teu amor.

O que confiaste a mim levarei sempre dentro de mim.

Não tenho outro desejo além de ser leal, sempre a Ti.

Anterior : 263 Sempre na Sua companhia

Próximo : 265 Vi que o coração de Deus é o mais belo e amável

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro