263 O segredo em seu coração

1 Há um segredo enorme em seu coração, do qual você nunca esteve ciente, pois você vive em um mundo sem luz. Seu coração e seu espírito foram arrancados pelo maligno. Seus olhos estão obscurecidos pela escuridão, e você não consegue ver nem o sol no céu nem aquela estrela cintilante da noite. Seus ouvidos estão obstruídos com palavras enganosas, e você não ouve a voz estrondosa de Jeová nem o som das águas que fluem do trono.

2 Você perdeu tudo que é seu por direito, tudo que o Todo-Poderoso lhe concedeu. Você entrou em um mar de aflição sem fim, sem poder de resgate, sem esperança de sobrevivência, e tudo que faz é luta e correria… Desse momento em diante, você foi condenado a ser afligido pelo maligno, longe das bênçãos do Todo-Poderoso, fora do alcance das provisões do Todo-Poderoso, andando por uma estrada sem volta. Milhões de chamados dificilmente podem despertar seu coração e seu espírito. Você dorme profundamente nas mãos do maligno, que o atraiu para um ilimitado reino sem direção nem sinalização.

3 Doravante, você perdeu sua inocência e pureza originais e começou a evitar o cuidado do Todo-Poderoso. Dentro do seu coração, o maligno o orienta em todas as questões e se tornou a sua vida. Você não o teme mais, não o evita, nem duvida dele; ao contrário, você o trata como o Deus em seu coração. Você começou a venerá-lo, a adorá-lo, e vocês dois se tornaram tão inseparáveis quanto corpo e sombra, comprometidos um com o outro tanto na vida quanto na morte. Você não tem ideia de onde veio, por que nasceu ou por que vai morrer.

4 Você considera o Todo-Poderoso como um estranho; não conhece Suas origens, muito menos tudo que Ele fez por você. Tudo que vem Dele se tornou odioso para você; você não o estima nem conhece seu valor. Você anda ao lado do maligno desde o dia em que recebeu a provisão do Todo-Poderoso. Você tem resistido por milhares de anos de tempestades e tormentas com o maligno, e tem ficado com ele contra o Deus que foi a fonte da sua vida. Você não sabe nada de arrependimento, muito menos que chegou à iminência de perecer.

5 Você esqueceu que o maligno o seduziu e o afligiu; você esqueceu suas origens. Assim, o maligno o tem afligido a cada passo do caminho até o dia de hoje. Seu coração e seu espírito estão entorpecidos e decaídos. Você parou de reclamar das vexações do mundo do homem; não acredita mais que o mundo é injusto. Menos ainda você se liga para se o Todo-Poderoso existe. Isso é porque você, há muito tempo, considerou que o maligno é o seu verdadeiro pai e não consegue ficar longe dele. Esse é o segredo em seu coração.

Adaptado de ‘O suspirar do Todo-Poderoso’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 262 Você ouviu o suspiro do Todo-Poderoso?

Próximo: 264 A transcendência e a grandeza do Todo-Poderoso

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro