215 Somos salvos porque Deus nos escolheu

I

Embora vivamos em uma terra de imundicie,

Deus nos guia e protege, Ele nos conquistou.

Da influência de Satanás estamos livres.

Não obedecemos por sermos bons

ou por amá-Lo naturalmente.

Porque Ele nos escolheu e nos predestinou;

que por Deus hoje fomos conquistados,

e Dele testemunho vamos dar e a Ele servir.

Porque Ele nos escolheu e nos protegeu, nós fomos salvos,

e agora sim somos livres do império de Satanás.

Ele nos salvou e podemos deixar a imundície pra trás,

e ser limpos na nação do grande dragão vermelho.

Porque Deus nos escolheu, estamos salvos.

II

Sim, nós somos as mais corruptas das pessoas.

Essa verdade decretada por Deus não se pode negar.

Mas escapamos dessa influência,

nosso ancestral detestamos e a ele damos as costas.

O que queremos é somente obedecer a Deus,

amamos agir conforme a Sua vontade e satisfazê-Lo.

Queremos alcançar o que Ele exige de nós.

Porque Ele nos escolheu e nos protegeu, nós fomos salvos,

e agora sim somos livres do império de Satanás.

Ele nos salvou e podemos deixar a imundície pra trás,

e ser limpos na nação do grande dragão vermelho.

Porque Deus nos escolheu,

estamos salvos, estamos salvos.


Adaptado de ‘A verdade interna da obra de conquista (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 214 Abençoados são aqueles que aceitam a nova obra de Deus

Próximo : 216 A vinda do Filho do homem expõe todas as pessoas

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

2. Como se pode conhecer o caráter e a essência de Deus?

se uma pessoa só usar o seu tempo ocioso para focar e entender as palavras ou feitos do Criador e prestar um pouco de atenção aos pensamentos e à voz de Seu coração, não será difícil para ela perceber que os pensamentos, palavras e feitos do Criador são visíveis e transparentes. Da mesma forma, pouco esforço será necessário para perceber que o Criador está entre os homens o tempo inteiro, que Ele está sempre em conversação com o homem e com toda a criação, e que Ele está realizando feitos novos todos os dias. A Sua substância e caráter são expressos em Seu diálogo com o homem; Seus pensamentos e ideias são completamente revelados em Seus feitos; Ele acompanha e observa a humanidade o tempo todo. Ele fala calmamente à humanidade e a toda a criação com Suas palavras silenciosas: Eu estou no céu e Eu estou entre a Minha criação. Eu estou vigiando; Eu estou esperando; Eu estou a seu lado…

3. Quais são as diferenças entre a obra de Deus encarnado e a obra do Espírito?

A obra do Espírito é capaz de cobrir todo o universo, através de todas as montanhas, rios, lagos e oceanos, no entanto a obra da carne relaciona-se de maneira mais eficaz a todas as pessoas com a quais Ele tem contato. Além disso, a carne de Deus com uma forma tangível pode ser melhor entendida, confiada pelo homem, pode aprofundar o conhecimento que o homem tem de Deus e pode deixar no homem uma impressão mais profunda dos feitos reais de Deus. A obra do Espírito é envolta em mistério, é difícil para seres mortais compreenderem, ainda mais difícil para eles verem e então podem apenas confiar em imaginações vãs. A obra da carne, contudo, é normal, baseada na realidade, possui uma rica sabedoria e é um fato que pode ser visto pelo olho físico do homem;

3. A Bíblia foi compilada pelo homem, não por Deus; a Bíblia não pode representar Deus

Antes, o povo de Israel lia apenas o Antigo Testamento. Em outras palavras, no início da Era da Graça, as pessoas liam o Antigo Testamento. O Novo Testamento só apareceu durante a Era da Graça. O Novo Testamento não existia quando Jesus trabalhava; as pessoas registraram Sua obra depois que Ele ressuscitou e ascendeu ao céu. Só então os Quatro Evangelhos passaram a existir, e além deles também as epístolas de Paulo e Pedro e o livro do Apocalipse. Apenas mais de trezentos anos depois que Jesus ascendeu ao céu, quando as gerações subsequentes reuniram seus registros, passou a existir o Novo Testamento. Somente depois que essa obra foi concluída surgiu o Novo Testamento; ele não existia anteriormente. Deus havia feito toda a obra, o apóstolo Paulo tinha feito todo o trabalho, e depois as epístolas de Paulo e Pedro foram reunidas, e a grandiosa visão registrada por João, na ilha de Patmos, foi colocada por último, pois profetizava a obra dos últimos dias. Estes foram arranjos das gerações posteriores, e são diferentes dos enunciados de hoje. O que está registrado hoje está de acordo com as fases da obra de Deus; aquilo com que as pessoas se envolvem hoje é a obra feita pessoalmente por Deus, e as palavras proferidas pessoalmente por Ele. Você não precisa interferir — as palavras, que vêm diretamente do Espírito, foram arranjadas passo a passo e são diferentes dos arranjos dos registros do homem. O que registraram, pode-se dizer, estava de acordo com seu nível educacional e com o calibre humano. O que registraram foram as experiências dos homens, cada um tinha seus próprios meios de registro e conhecimento, e cada registro era diferente. Assim, se você adora a Bíblia como Deus, você é extremamente ignorante e tolo!

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro