1005 Dois princípios que líderes e obreiros devem compreender

1 Em seu trabalho, líderes e obreiros da igreja devem dar atenção a duas coisas: uma é fazer seu trabalho exatamente de acordo com os princípios estipulados pelos arranjos de trabalho, sem jamais violar esses princípios e nem basear seu trabalho em qualquer coisa que eles possam imaginar ou em suas próprias intenções. Em tudo que fazem, devem demonstrar preocupação pelo trabalho da família de Deus, sempre colocando em primeiro lugar os interesses dela. E há a outra coisa central, que é que, em tudo que fazem, eles devem se concentrar em seguir a orientação do Espírito Santo e fazer tudo em observação estrita da palavra de Deus.

2 Se você ainda for capaz de ir contra a orientação do Espírito Santo ou se seguir teimosamente as suas próprias ideias e fizer as coisas de acordo com sua própria imaginação, então suas ações constituirão uma resistência gravíssima a Deus. Voltar suas costas com frequência para o esclarecimento e a orientação do Espírito Santo só levará a um beco sem saída. Se perder a obra do Espírito Santo, você não será capaz de trabalhar e, mesmo que consiga trabalhar, não realizará nada. Esses são os dois princípios mais importantes a serem obedecidos ao trabalhar: um é realizar o trabalho exatamente de acordo com os arranjos do alto e também agir de acordo com os princípios que foram estabelecidos pelo alto. O outro ponto é seguir a orientação interior do Espírito Santo. Uma vez que compreender esses dois pontos, você não cometerá erros facilmente.

Adaptado de ‘Os princípios mais importantes de como líderes e obreiros trabalham’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior : 1004 Você conhece as sendas seguidas por Pedro e Paulo?

Próximo : 1006 Você só pode adorar a Deus de verdade se O conhecer

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

1. Por que o Senhor Jesus amaldiçoou os fariseus? Qual era a essência dos fariseus?

Eles condenaram e blasfemaram contra o Senhor Jesus Cristo. A essência de sua resistência e blasfêmia contra Deus era inteiramente a mesma que a essência de Satanás e a resistência e blasfêmia do diabo contra Deus. Eles não apenas representavam humanos corruptos, porém mais ainda, eram a personificação de Satanás. Eram um canal para Satanás entre a humanidade, e eram os cúmplices e mensageiros de Satanás. A essência da sua blasfêmia e sua difamação do Senhor Jesus Cristo era a luta que travavam com Deus pelo prestígio, sua disputa com Deus, seus intermináveis testes de Deus.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro