Prática (7)

A humanidade de vocês é muito deficiente, seu estilo de vida é muito baixo e degradante, vocês não têm humanidade alguma e carecem de percepção. É por isso que necessitam equipar-se com as coisas da humanidade normal. Ter consciência, razão e percepção; saber como falar e ver as coisas; atentar para a limpeza; agir como um ser humano normal — essas são todas características do conhecimento da humanidade normal. Quando vocês se comportam adequadamente nessas coisas, então considera-se que vocês têm um nível aceitável de humanidade. Vocês também devem se equipar para a vida espiritual. Devem conhecer a totalidade da obra de Deus na terra e ter experiência de Suas palavras. Você deveria saber como obedecer aos Seus arranjos e como cumprir o dever de um ser criado. Esses são os dois aspectos daquilo em que você deveria entrar hoje — equipar-se para uma vida de humanidade e praticar para uma vida de espiritualidade. Ambos são indispensáveis.

Algumas pessoas são insensatas: elas só sabem prover-se com as características da humanidade. Não se pode encontrar nenhum defeito em sua aparência; as coisas que dizem e sua maneira de falar são apropriadas e suas roupas são muito decorosas e adequadas. Mas essas pessoas estão vazias por dentro; parecem apenas possuir uma humanidade normal por fora. Há algumas que só se concentram no que comer, no que vestir e no que dizer. Há até aquelas que se concentram exclusivamente em coisas como varrer o piso, arrumar a cama e limpeza geral. Podem ter muita prática em todas essas coisas, mas se você lhes pedisse para falar do conhecimento delas sobre a obra de Deus dos últimos dias, ou de castigo e julgamento, ou de provações e refinamento, elas provavelmente não demonstrariam nem a mínima experiência. Você pode perguntar-lhes: “Você tem um entendimento da obra primária de Deus na terra? Como a obra de Deus encarnado, hoje, difere da obra de Jesus? Da obra de Jeová? Eles são um só Deus? Ele veio para dar fim a esta era ou para salvar os homens?”. Mas tais pessoas não têm nada a declarar sobre esses assuntos. Algumas adornam-se bela, mas superficialmente: as irmãs se adornam tão lindas como flores e os irmãos se vestem como príncipes ou jovens dândis ricos. Eles só se importam com as coisas externas, como as coisas que comem e vestem; por dentro, estão desprovidos e não têm o mínimo conhecimento de Deus. Que sentido pode haver nisso? E, então, há aquelas pessoas que se vestem como pobres mendigos — realmente se parecem com escravos do leste asiático! Vocês não entendem mesmo o que é que Eu lhes peço? Conversem entre si: o que vocês ganharam de verdade? Vocês têm acreditado em Deus por todos esses anos, e mesmo assim isso é tudo que colheram — vocês não estão constrangidos? Não estão envergonhados? Vocês têm buscado no caminho verdadeiro por todos esses anos, mas hoje sua estatura é ainda mais baixa que a de um pardal! Vejam as jovens moças entre vocês, lindas como retratos em suas roupas e maquilagem, comparando-se umas com as outras — e o que comparam? Seu prazer? Suas exigências? Vocês acham que Eu vim recrutar modelos? Vocês não têm vergonha! Onde está a vida de vocês? O que vocês buscam não é somente o seu desejo próprio e extravagante? Você pensa que é tão bonita, mas, embora possa estar vestida com todo tipo de roupas finas, você não é, na verdade, um verme contorcido, nascido num monte de esterco? Hoje, você tem a sorte de desfrutar dessas bênçãos celestiais não por causa de seu lindo rosto, mas porque Deus está fazendo uma exceção ao elevar você. Ainda não lhe está claro de onde você veio? À menção de vida, você cala a boca e não diz nada, muda feito uma estátua, mas ainda tem a ousadia de se vestir bem! Ainda está propensa a aplicar blush e pó no rosto! E vejam os dândis entre vocês, homens voluntariosos que passam o dia inteiro passeando por aí, desregrados, com uma expressão displicente na cara. É assim que uma pessoa deveria se comportar? A que cada um de vocês, homem ou mulher, dedica sua atenção o dia todo? Vocês sabem de quem dependem para se alimentar? Olhe para sua roupa, olhe o que colheu em suas mãos, esfregue a barriga — que lucro teve com o preço de suor e sangue que você pagou por todos esses anos de fé? Você ainda pensa em ir passear, pensa em embelezar sua carne fedorenta — buscas inúteis! Pede-se que você seja uma pessoa normal, mas você não é simplesmente anormal, você é aberrante. Como pode tal pessoa ter a audácia de vir ante Mim? Com uma humanidade dessas, desfilando o seu charme e exibindo sua carne, vivendo sempre na luxúria da carne — você não é um descendente de demônios imundos e de maus espíritos? Eu não permitirei que um demônio tão imundo permaneça existindo por muito tempo! E não suponha que Eu não saiba o que você pensa em seu coração. Você pode manter sua luxúria e sua carne sob rígido controle, mas como Eu poderia não saber os pensamentos que você abriga em seu coração? Como Eu poderia não saber tudo que seus olhos desejam? Vocês, moças, não ficam tão bonitas com o propósito de desfilar sua carne? De que benefício os homens são para vocês? Eles realmente podem salvá-las do mar de aflição? Quanto aos dândis entre vocês, todos se vestem para parecer cavalheirescos e distintos, mas isso não é um ardil projetado para atrair a atenção para sua aparência elegante? Para quem vocês estão fazendo isso? De que benefício as mulheres são para vocês? Elas não são a fonte do pecado de vocês? Vocês, homens e mulheres, Eu lhes proferi muitas palavras, mas vocês acataram apenas um pouco delas. Seus ouvidos são surdos, seus olhos se tornaram turvos e o coração de vocês é duro a ponto de não haver nada além de luxúria no corpo de vocês, tanto que estão enredados nisso, incapazes de escapar. Quem quer se aproximar de vocês, vermes, vocês que se contorcem na imundície e na sujeira? Não se esqueçam de que vocês não são nada mais que aqueles que Eu elevei do monte de esterco, que vocês não eram possuidores, originalmente, de uma humanidade normal. O que Eu lhes peço é a humanidade normal que vocês não possuíam originalmente e não que vocês desfilem sua luxúria ou deem rédeas livres a sua carne rançosa, que foi treinada pelo diabo por tantos anos. Quando vocês se vestem assim, não temem que se tornarão mais profundamente enredados? Não sabem que originalmente vocês eram do pecado? Não sabem que o corpo de vocês está tão cheio de luxúria que ela até exsuda pela roupa de vocês, revelando seu estado como demônios insuportavelmente feios e imundos? Não é verdade que vocês sabem disso mais claramente que ninguém? O coração, os olhos e os lábios de vocês — não foram todos contaminados por demônios imundos? Essas partes de vocês não são imundas? Você acha que, enquanto não agir, então você é o mais santo de todos? Você acha que se vestir com roupas bonitas pode esconder a alma sórdida de vocês? Isso não funcionará! Eu os aconselho a ser mais realistas: não sejam fraudulentos e falsos e não se exibam. Vocês ostentam sua luxúria uns para os outros, mas tudo que receberão em troca é sofrimento eterno e castigo impiedoso! Que necessidade vocês têm de piscar os olhos uns para os outros e se entregar ao romance? É essa a medida da integridade de vocês, a extensão da sua retidão? Eu odeio aqueles entre vocês que se engajam em curandeirismo e feitiçaria; odeio os homens e mulheres jovens entre vocês que amam a própria carne. É melhor que vocês se contenham, porque agora é preciso possuir uma humanidade normal e vocês não têm permissão para ostentar a sua luxúria — no entanto, vocês usam todas as oportunidades que têm, pois sua carne é por demais abundante e a sua luxúria é grande demais!

Aparentemente, sua vida de humanidade está muito bem arranjada, mas você não tem nada a dizer quando lhe pedem que fale sobre o seu conhecimento de vida; e nisso você está empobrecido. Você deve se equipar com a verdade! Sua vida de humanidade mudou para melhor e assim também a vida dentro de você deve mudar; mude seus pensamentos, transforme seus pontos de vista sobre a crença em Deus, mude o conhecimento e o pensamento dentro de você e mude o conhecimento de Deus como existe dentro de suas noções. Por meio de ser lidado, por meio de revelações e sustento, gradualmente mude seu conhecimento de si mesmo, da vida humana e da crença em Deus; torne o seu entendimento capaz de pureza. Dessa maneira, mudam os pensamentos dentro do homem, muda como ele vê as coisas e muda sua atitude mental. Somente isso pode ser chamado de uma mudança no caráter de vida. Não se pede que você gaste todas as horas do dia lendo as palavras de Deus ou lavando roupas e limpando. Uma vida de humanidade normal deve ser naturalmente suportável, no mínimo. Além disso, quando lidar com assuntos externos, você ainda deve usar um pouco de percepção e razão; mas o que é mais importante é que esteja equipado com a verdade da vida. Quando se equipar para a vida, você deve se concentrar em comer e beber as palavras de Deus, deve ser capaz de falar sobre o conhecimento de Deus, de seus pontos de vista sobre a vida humana e, em particular, de seu conhecimento da obra feita por Deus durante os últimos dias. Já que você busca a vida, deve equipar-se com essas coisas. Quando você comer e beber as palavras de Deus, deve comparar a realidade de seu estado com elas. Isto é, quando descobrir falhas no curso de sua experiência real, você deve ser capaz de encontrar uma senda para a prática, de dar as costas às suas motivações e noções incorretas. Se você sempre se esforçar por essas coisas e se entregar de coração a alcançá-las, então, você terá uma senda a seguir, não se sentirá vazio, e assim você será capaz de manter um estado normal. Só então, você será uma pessoa que leva um fardo em sua vida, uma pessoa que tem fé. Por que é que algumas pessoas, depois de ler as palavras de Deus, são incapazes de colocá-las em prática? Não é porque não conseguem captar as coisas mais cruciais? Não é porque não levam a vida a sério? A razão pela qual não conseguem captar as coisas cruciais e não têm uma senda para a prática é que, quando leem as palavras de Deus, elas são incapazes de relacioná-las com o próprio estado, nem podem dominar o próprio estado. Algumas pessoas dizem: “Eu leio as palavras de Deus e relaciono meu próprio estado a elas, sei que sou corrupto e de calibre pobre, mas sou incapaz de satisfazer a vontade de Deus”. Você só viu a mera superfície; há muitas coisas reais que você não sabe: como colocar de lado os prazeres da carne, como deixar de lado a hipocrisia, como mudar a si mesmo, como entrar nessas coisas, como melhorar o seu calibre e a partir de qual aspecto começar. Você só capta umas poucas coisas superficialmente, e tudo que sabe é que você é verdadeiramente muito corrupto. Quando encontra seus irmãos e irmãs, você conversa sobre como você é corrupto, e parece que você se conhece e leva um grande fardo por sua vida. De fato, seu caráter corrupto não mudou, o que prova que você não encontrou a senda para a prática. Se você está liderando uma igreja, deve ser capaz de captar o estado dos irmãos e irmãs e mostrá-lo. Bastará dizer apenas: “Vocês são desobedientes e retrógrados!”? Não, você deve falar especificamente de como a desobediência e o atraso deles são manifestados. Você deve falar do estado desobediente, dos comportamentos desobedientes e do caráter satânico deles, e deve falar dessas coisas de tal maneira que eles fiquem totalmente convencidos da verdade em suas palavras. Use fatos e exemplos para explicar seus pontos, diga exatamente como eles podem fugir do comportamento rebelde e mostre a senda para a prática — é assim que se convence as pessoas. Só os que agem assim são capazes de liderar os outros; só eles possuem a realidade da verdade.

Vocês foram providos agora de muitas verdades por meio da comunhão e você deve fazer um balanço delas. Você deveria ser capaz de concluir quantas verdades há ao todo. Quando souber e puder diferenciar por si mesmo, dentre os vários aspectos da humanidade normal que se deveria possuir, os principais aspectos de mudanças no caráter de vida de uma pessoa, o aprofundamento das visões e os meios errôneos de conhecer e experimentar que as pessoas têm empregado por todas as eras — só então, você estará na trilha certa. Pessoas religiosas adoram a Bíblia como se ela fosse Deus; em particular, elas consideram os Quatro Evangelhos do Novo Testamento como se fossem as quatro faces distintas de Jesus e falam da Trindade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Isso é tudo extremamente ridículo, e vocês todos devem percebê-lo com clareza; mais que isso, devem ter conhecimento da essência de Deus feito carne e da obra dos últimos dias. Também há aqueles velhos métodos de praticar, aqueles desvios e falácias relativos à prática — viver no espírito, ser cheio do Espírito Santo, ser resignado ao que quer que aconteça, submeter-se à autoridade — que você deve conhecer; você deveria saber como as pessoas praticavam antes e como as pessoas devem praticar hoje. Sobre como os líderes e obreiros deveriam cooperar nas igrejas; como deixar de lado a hipocrisia e condescendência; como os irmãos e irmãs deveriam viver lado a lado; como estabelecer relacionamentos normais com outras pessoas e com Deus; como alcançar a normalidade na vida humana; o que as pessoas deveriam ter em sua vida espiritual; como deveriam comer e beber as palavras de Deus; quais das palavras de Deus se relacionam ao conhecimento, quais dizem respeito às visões e quais delas se relacionam à senda para a prática — já não se falou sobre tudo isso? Essas palavras estão abertas para aqueles que buscam a verdade, e ninguém recebe tratamento preferencial. Hoje, vocês deveriam cultivar a habilidade de viver independentemente, não confiar numa mentalidade de dependência. No futuro, quando não houver ninguém para guiá-los, você pensará nestas Minhas palavras. Nos momentos de tribulação, quando não é possível levar uma vida de igreja, quando os irmãos e irmãs não podem se encontrar, a maioria deles vivendo sozinhos, na melhor das hipóteses podendo apenas se comunicar com as pessoas em suas áreas locais; é nesses momentos que, dada a sua estatura atual, vocês simplesmente não conseguem permanecer firmes. Em meio às tribulações, muitos acham difícil permanecer firmes. Só os que conhecem o caminho da vida e estão equipados com o suficiente da verdade são capazes de continuar progredindo e gradualmente alcançar a purificação e a transformação. Submeter-se às tribulações não é coisa fácil; se você pensa que vai passar por elas em uns poucos dias curtos, então isso prova como sua forma de pensar é simplista! Você acha que, por entender muita doutrina, será capaz de permanecer firme, mas esse não é o caso! Se você não capta as coisas de substância nas palavras de Deus, é incapaz de entender as características cruciais da verdade e não tem a senda para a prática, então, quando chegar a hora e algo lhe acontecer, você será mergulhado em confusão. Não será capaz de suportar a tentação de Satanás, nem o início do refinamento. Se não há verdade em você e lhe faltam visões, então, quando a hora chegar, você não será capaz de impedir o próprio colapso. Você desistirá de toda esperança e dirá: “Bem, já que vou morrer de qualquer jeito, é melhor eu ser castigado até o fim! Seja castigo ou ser enviado para o lago de fogo, assim seja — receberei as coisas como vierem!”. Era assim no tempo dos servidores: algumas pessoas acreditavam que eram servidores independentemente do que acontecesse, então elas não buscavam mais a vida. Fumavam e bebiam, entregavam-se à carne e faziam o que bem gostassem. Algumas simplesmente voltaram para o mundo para trabalhar. Um ambiente inóspito também é assim; se você não o vencer, à medida que perder o controle sobre si o mínimo que seja, você abandonará toda esperança. Se você não puder vencer a influência de Satanás, você será levado cativo por Satanás antes que o saiba e consignado mais uma vez à destruição. Assim, hoje, você deve se equipar com a verdade; deve ser capaz de viver independentemente; e, quando ler as palavras de Deus, deve ser capaz de procurar uma senda para a prática. Se não houver líderes ou obreiros para o regarem e pastorearem, você deveria ainda ser capaz de encontrar uma senda para seguir, descobrir suas falhas, descobrir as verdades com as quais deveria se equipar e praticar. Deus poderia acompanhar o homem constantemente depois de vir para a terra? Em suas noções, algumas pessoas acreditam: “Deus, se Tu não operares em nós até certo ponto, então a Tua obra não pode ser considerada como terminada, porque Satanás está Te acusando”. Eu lhe digo que, quando Eu tiver terminado de proferir Minhas palavras, então Minha obra terá sido completada com êxito. Quando Eu não tiver nada mais a dizer, então Minha obra estará completa. O fim de Minha obra será a prova da derrota de Satanás, e, sendo assim, pode-se dizer que ela foi realizada com êxito, sem nenhuma acusação de Satanás. Mas se ainda não houver nenhuma mudança em vocês quando a Minha obra tiver terminado, então as pessoas como vocês estão fora da salvação e serão eliminadas. Eu não farei nenhuma outra obra além do necessário. Eu não continuarei Minha obra na terra até que vocês tenham sido conquistados até certo grau e vocês todos tenham claro conhecimento de todo aspecto da verdade, e o seu calibre tenha melhorado e vocês deem testemunho interna e externamente. Isso seria impossível! Hoje, a obra que Eu faço em vocês tem por propósito levá-los para uma vida de humanidade normal; é a obra de introduzir uma nova era e de liderar os seres humanos para a vida da nova era. Passo a passo, essa obra é executada e desenvolvida entre vocês, diretamente: Eu ensino vocês face a face; Eu os tomo pelas mãos; Eu lhes digo qualquer coisa que vocês não entendam, concedo-lhes qualquer coisa que lhes falte. Pode-se dizer que, para vocês, toda essa obra é provisão para a sua vida, guiando-os também à vida de humanidade normal; ela é especificamente propositada para prover sustento para a vida deste grupo de pessoas durante os últimos dias. Para Mim, toda esta obra tem por propósito finalizar a velha era e introduzir uma nova; quanto a Satanás, Eu Me tornei carne exatamente para derrotá-lo. A obra que Eu faço entre vocês agora é o seu sustento para hoje e a sua salvação oportuna, mas durante estes curtos anos Eu lhes direi todas as verdades, todo o caminho da vida e até a obra do futuro; isso será o bastante para capacitar vocês a experimentar as coisas normalmente no futuro. Todas as Minhas palavras, unicamente, são o que Eu confiei a vocês. Não faço outra exortação; hoje, todas as palavras que Eu lhes falo são Minha exortação a vocês, porque hoje vocês não têm experiência de muitas das palavras que Eu profiro e não entendem seu sentido interior. Um dia, as experiências de vocês se tornarão realidade exatamente como Eu falei hoje. Essas palavras são as suas visões de hoje e delas vocês dependerão no futuro; elas são o sustento para a vida hoje e uma exortação para o futuro, e nenhuma exortação poderia ser melhor. Isso acontece porque o tempo que Eu tenho para operar na terra não é tão longo quanto o tempo que vocês têm para experimentar as Minhas palavras; estou apenas completando a Minha obra, enquanto vocês estão buscando a vida, um processo que envolve uma longa jornada através da vida. Só depois de experimentar muitas coisas, vocês serão capazes de ganhar completamente o caminho da vida; só então, serão capazes de perceber o sentido interno das palavras que Eu profiro hoje. Quando vocês tiverem Minhas palavras em suas mãos, quando cada um tiver recebido todas as Minhas comissões, quando Eu tiver comissionado você com tudo que Eu devo comissionar e quando a obra das palavras tiver chegado ao fim, independentemente de quão grande seja o efeito alcançado, então a implementação da vontade de Deus também terá sido alcançada. Não é como você imagina, que você deve ser mudado até certo ponto; Deus não age de acordo com as suas noções.

As pessoas não alcançam crescimento em sua vida em uns poucos dias. Mesmo se comerem e beberem as palavras de Deus todos os dias, isso não é o suficiente. Elas devem experimentar um período de crescimento em sua vida. Esse é um processo necessário. Dado o calibre das pessoas hoje, o que elas podem alcançar? Deus opera de acordo com as necessidades das pessoas, fazendo exigências apropriadas com base no calibre inerente delas. Suponha que essa obra fosse executada entre um grupo de pessoas de alto calibre: as palavras declaradas seriam mais elevadas que as declaradas a vocês, as visões seriam mais elevadas e as verdades seriam mais elevadas. Algumas palavras teriam que ser mais severas, mais capazes de prover para a vida dos homens, mais capazes de revelar mistérios. Quando falasse em meio a tais pessoas, Deus proveria de acordo com as necessidades delas. As exigências feitas a vocês hoje podem ser chamadas de as mais rigorosas; se essa obra fosse executada nas pessoas de calibre mais elevado, então as demandas seriam ainda maiores. Toda a obra de Deus é feita de acordo com o calibre inerente das pessoas. A extensão à qual as pessoas foram mudadas e conquistadas hoje é a máxima possível; não utilize as suas noções para medir quão efetivo este estágio da obra tem sido. Vocês deveriam estar esclarecidos sobre o que possuem inerentemente e não deveriam pensar muito alto sobre vocês mesmos. Originalmente, nenhum de vocês buscava a vida, mas eram mendigos vagando pelas ruas. Para Deus moldá-los ao ponto que você imagina, fazendo com que todos se prostrem no chão, completamente convencidos, como se tivessem visto uma grande visão — isso seria impossível! É impossível porque alguém que não viu os milagres de Deus não pode crer completamente em tudo o que Eu digo. Mesmo que vocês examinassem Minhas palavras de perto, ainda não creriam nelas inteiramente; essa é a natureza do homem. Aqueles que buscam a verdade passarão por algumas mudanças, enquanto a fé que aqueles que não buscam a verdade certa vez tiveram diminuirá e pode até desaparecer. A maior dificuldade com vocês é que não conseguem crer completamente sem ter visto o cumprimento das palavras de Deus e vocês não são reconciliados sem terem visto Seus milagres. Sem terem visto tais coisas, quem poderia ser totalmente leal a Deus? E assim Eu digo que aquilo em que vocês creem não é Deus, mas milagres. Eu agora falei claramente de vários aspectos da verdade; cada um deles está completo, e há uma conexão muito estreita entre todos eles. Você os viu e agora deve colocá-los em prática. Hoje, Eu lhe mostro a senda, e, no futuro, você deveria colocá-la em prática por si mesmo. As palavras que profiro agora fazem exigências às pessoas com base em sua real circunstância, e Eu opero de acordo com as necessidades delas e as coisas dentro delas. O Deus prático veio à terra para fazer obra prática, para operar de acordo com as necessidades e circunstâncias reais das pessoas. Ele não é insensato. Quando age, Deus não coage as pessoas. Se você se casa ou não, por exemplo, deveria se basear na realidade de suas circunstâncias; a verdade lhe foi claramente dita, e Eu não restrinjo você. A família de algumas pessoas as oprime de modo que são incapazes de crer em Deus a não ser que se casem. Dessa maneira, o casamento, em contrapartida, lhes é útil. Para outras, o casamento não traz benefícios, mas lhes custa o que antes tinham. O seu caso específico deve ser determinado por suas circunstâncias reais e por sua determinação. Não estou aqui para inventar normas e regras com as quais fazer exigências de vocês. Muitas pessoas constantemente clamam: “Deus é prático; Sua obra é baseada na realidade e na realidade de nossas circunstâncias” — mas você sabe o que a torna, de fato, real? Chega de suas palavras vazias! A obra de Deus é real e baseada na realidade; não tem doutrina, mas é inteiramente livre, toda ela aberta e sem disfarces. Quais são os detalhes específicos desses poucos princípios? Você pode dizer quais partes da obra de Deus são assim? Você deve falar em detalhe e deve ter vários tipos de testemunhos experienciais e deve ser muito claro quanto a essa característica da obra de Deus — você deve conhecê-la e só então estará qualificado para falar essas palavras. Você poderia responder se alguém lhe perguntasse: “Que obra o Deus encarnado fez na terra nos últimos dias? Por que vocês O chamam de Deus prático? O que significa ‘prático’ aqui? Você pode falar de Sua obra prática, do que ela inclui especificamente? Jesus é Deus feito carne, e o Deus de hoje também é Deus feito carne, então quais são as diferenças entre Eles? E quais são as semelhanças? Que obra cada um Deles fez?”? Tudo isso diz respeito a dar testemunho! Não fique confuso quanto a essas coisas. Há outras pessoas que dizem: “A obra de Deus hoje é real. Ela nunca é uma demonstração de milagres e maravilhas”. Ele realmente não opera milagres e maravilhas? Tem certeza? Você sabe o que a Minha obra realmente é? Alguém pode dizer que Ele não opera milagres e maravilhas, mas a obra que Ele faz e as palavras que Ele diz não são todas milagres? Alguém pode dizer que Ele não opera milagres e maravilhas, mas isso depende de como é explicado e a quem é dirigido. Sem ir para a igreja, Ele desnudou o estado das pessoas e, sem realizar nenhuma obra além de falar, Ele impulsionou as pessoas adiante — essas coisas não são milagres? Apenas com palavras, Ele conquistou as pessoas, e as pessoas de bom grado O seguem sem expectativas nem esperanças — isso também não é um milagre? Quando Ele fala, Suas palavras induzem certo ânimo nas pessoas. Se elas não se sentem alegres, então se sentem melancólicas; se não se sujeitam ao refinamento, então se sujeitam ao castigo. Com somente umas poucas palavras cortantes, Ele traz castigo sobre o povo — isso não é sobrenatural? Os humanos poderiam fazer tal coisa? Você leu a Bíblia por todos esses anos, mas não entendeu nada, não ganhou percepção; foi incapaz de separar-se daquelas maneiras ultrapassadas e tradicionais de crer. Você não tem como extrair sentido da Bíblia. No entanto, Ele pode entender a Bíblia plenamente — isso não é algo sobrenatural? Se não houvesse nada sobrenatural sobre quando Deus veio para a terra, Ele seria capaz de conquistar vocês? Sem sua obra divina, extraordinária, quem de vocês seria convencido? Aos seus olhos, parece que uma pessoa normal está operando e vivendo com vocês — externamente, Ele parece ser uma pessoa comum e normal; o que você vê é uma fachada de humanidade normal, mas, de fato, é a divindade a operar. Não é humanidade normal, mas divindade; é o Próprio Deus a operar, obra que Ele desempenha usando humanidade normal. Assim, Sua obra é tanto normal como sobrenatural. A obra que Ele faz não pode ser feita pelo homem; e, já que não pode ser feita por pessoas normais, ela é feita por um ser extraordinário. No entanto, é a divindade que é extraordinária, não a humanidade; divindade é diferente de humanidade. Uma pessoa que é usada pelo Espírito Santo é também de humanidade normal, comum, mas é incapaz de fazer essa obra. Nisso reside a diferença. Você poderia dizer: “Deus não é um Deus sobrenatural; Ele não faz nada sobrenatural. Nosso Deus profere palavras que são práticas e reais. Ele vem à igreja para realizar uma obra prática e real. Cada dia, Ele fala conosco face a face e, face a face, Ele aponta nosso estado — nosso Deus é real! Ele vive conosco, e tudo a respeito Dele é completamente normal. Nada em Sua aparência O distingue como Deus. Há até ocasiões em que Ele fica irado e nós contemplamos a majestade de Sua ira; às vezes, Ele sorri e nós observamos Sua atitude sorridente. Ele é o Próprio Deus com aparência e forma, feito de carne e osso, que é real e verdadeiro”. Quando você dá testemunho assim, é um testemunho incompleto. De que ajuda será para os outros? Se você não consegue testemunhar sobre a história verdadeira e a substância da obra do Próprio Deus, então o seu “testemunho” não merece esse nome!

Dar testemunho de Deus é primeiramente uma questão de falar sobre seu conhecimento da obra de Deus, de como Deus conquista as pessoas, de como Ele as salva, de como as transforma; é uma questão de falar de como Ele guia as pessoas para entrarem na realidade da verdade, permitindo-lhes ser conquistadas, aperfeiçoadas e salvas por Ele. Dar testemunho significa falar de Sua obra e de tudo que você tem experimentado. Só a Sua obra pode representá-Lo e só a Sua obra pode revelá-Lo publicamente, em Sua inteireza; Sua obra dá testemunho Dele. Sua obra e Suas declarações representam diretamente o Espírito; a obra que Ele faz é executada pelo Espírito, e as palavras que Ele profere são faladas pelo Espírito. Essas coisas são meramente expressas por meio da carne encarnada de Deus, mas, na verdade, elas são expressões do Espírito. Toda a obra que Ele faz e todas as palavras que Ele profere representam Sua essência. Se, depois de revestir-Se de carne e vir entre os homens, Deus não falasse nem operasse e então lhes pedisse que conhecessem Seu realismo, Sua normalidade e Sua onipotência, você seria capaz disso? Você seria capaz de saber qual é a substância do Espírito? Você seria capaz de saber quais são os atributos de Sua carne? É só por terem experimentado cada etapa de Sua obra que Ele lhes pede para dar testemunho Dele. Se vocês não tivessem essa experiência, então Ele não insistiria para darem testemunho. Assim, quando você dá testemunho de Deus, não só testifica de Seu exterior de humanidade normal, mas também da obra que Ele faz e a senda que Ele lidera; você deve testificar de como foi conquistado por Ele e em que aspectos foi aperfeiçoado. Esse é o tipo de testemunho que você deveria dar. Seja onde for, se você clamar: “Nosso Deus veio para operar e Sua obra é verdadeiramente prática! Ele nos ganhou sem atos sobrenaturais, sem milagres e maravilhas de espécie alguma!”, outros perguntarão: “O que você quer dizer quando diz que Ele não opera milagres e maravilhas? Como Ele pôde ter conquistado você sem operar milagres e maravilhas?”. E você diz: “Ele fala e, sem uma demonstração de qualquer maravilha ou milagre, Ele nos conquistou. Sua obra nos conquistou”. No final, se você é incapaz de dizer qualquer coisa de substância, se você não consegue falar de especificidades, isso é testemunho verdadeiro? Quando Deus encarnado conquista as pessoas, são as Suas palavras divinas que o fazem. Humanidade não pode realizar isso; não é algo que qualquer mortal possa alcançar, e mesmo aqueles de calibre mais elevado entre as pessoas normais são incapazes disso, pois Sua divindade é mais elevada que qualquer ser criado. Isso é extraordinário para as pessoas; o Criador, afinal, é mais elevado que qualquer ser criado. Seres criados não podem ser mais elevados que o Criador; se você fosse mais elevado que Ele, Ele não seria capaz de conquistá-lo, e Ele só pode conquistá-lo porque é mais elevado que você. Aquele que pode conquistar toda a espécie humana é o Criador, e ninguém a não ser Ele pode fazer essa obra. Essas palavras são “testemunho” — o tipo de testemunho que você deveria dar. Passo a passo, você experimentou castigo, julgamento, refinamento, provações, reveses e tribulações e foi conquistado; você pôs de lado as expectativas da carne, suas motivações pessoais e os interesses íntimos da carne. Em outras palavras, as palavras de Deus conquistaram seu coração completamente. Embora não tenha crescido em sua vida tanto quanto Ele exige, você sabe todas essas coisas e está completamente convencido pelo que Ele faz. Então, isso pode ser chamado de testemunho, testemunho que é real e verdadeiro. A obra que Deus veio fazer, a obra de julgamento e castigo, tem por propósito conquistar o homem, mas Ele também está concluindo Sua obra, finalizando a era e executando a obra de conclusão. Ele está finalizando a era inteira, salvando toda a espécie humana, livrando-a do pecado de uma vez por todas; Ele está ganhando plenamente a raça humana que Ele criou. Você deveria dar testemunho de tudo isso. Você experimentou tanta coisa da obra de Deus, você a viu com os próprios olhos e a experimentou pessoalmente; quando tiver alcançado o verdadeiro fim, você não deve ser incapaz de desempenhar a função que lhe for incumbida. Que pena seria! No futuro, quando o evangelho tiver se espalhado, você deveria ser capaz de falar do seu conhecimento, testificar tudo que ganhou em seu coração e não poupar esforços. É isso que um ser criado deveria alcançar. Qual é o significado real desse estágio da obra de Deus? Qual é o seu efeito? E quanto dela é executado no homem? O que as pessoas deveriam fazer? Quando vocês puderem falar claramente de toda a obra que Deus encarnado tem feito desde que veio para a terra, então o seu testemunho estará completo. Quando você puder falar claramente dessas cinco coisas: o significado de Sua obra; seu conteúdo; sua substância; o caráter que representa e seus princípios, então isso provará que você é capaz de dar testemunho de Deus, que você realmente é possuidor de conhecimento. Minhas exigências para vocês não são muito elevadas e são alcançáveis por todos aqueles que buscam de verdade. Se está decidido a ser uma das testemunhas de Deus, você deve entender o que Deus odeia e o que Deus ama. Você experimentou muito de Sua obra; por meio dessa obra, você deve chegar a conhecer Seu caráter, entender Sua vontade e Suas exigências para os seres humanos, e usar esse conhecimento para testificar a respeito Dele e desempenhar seu dever. Você pode dizer apenas: “Conhecemos Deus. Seu julgamento e castigo são muito severos. Suas palavras são muito severas; elas são justas e grandiosas e não podem ser ofendidas por homem nenhum”, mas, no fim, essas palavras proveem para o homem? Qual é o efeito delas nas pessoas? Você realmente sabe que esta obra de julgamento e de castigo é a mais benéfica para você? O julgamento e o castigo de Deus estão expondo sua rebeldia e corrupção, não estão? Eles podem limpar e expelir aquelas coisas imundas e corruptas dentro de você, não podem? Se não houvesse julgamento e castigo, o que seria de você? Você realmente reconhece o fato de que Satanás o corrompeu até o grau mais profundo? Hoje, vocês deveriam se equipar com essas coisas e conhecê-las bem.

A crença em Deus no dia de hoje não é a fé que vocês poderiam imaginar — que basta ler as palavras de Deus, orar, cantar, dançar, desempenhar seu dever e levar uma vida de humanidade normal. A crença poderia mesmo ser tão simples? Os resultados são a essência. Não é questão de quantas maneiras você tem de fazer as coisas, antes, é de como exatamente você pode alcançar os melhores resultados. Você pode ser capaz de erguer as palavras de Deus e expor algum de seu conhecimento, mas, quando as põe de lado, não tem nada a dizer. Isso mostra que você só é capaz de falar letras e doutrinas, mas lhe falta o conhecimento da experiência. Hoje, não será o bastante se você deixar de captar o que é crucial — isso é de vital importância para entrar na realidade! Comece a treinar-se assim: primeiro, leia as palavras de Deus; passe a conhecer bem os termos espirituais que elas contêm; encontre as visões essenciais dentro delas; identifique as partes que pertencem à prática; reúna todos esses elementos, um a um; entre neles com sua experiência. Essas são as coisas cruciais que você deve captar. A prática mais crucial quando comer e beber as palavras de Deus é esta: tendo lido um capítulo das palavras de Deus, você deve ser capaz de localizar as partes essenciais a respeito das visões e também deve ser capaz de localizar as partes essenciais que se relacionam com a prática; use as visões como fundamento e use a prática como o seu guia na vida. Essas são as coisas que mais faltam a vocês e sua maior dificuldade; em seu coração, vocês raramente prestam atenção nelas. Em geral, todos vocês existem dentro de um estado de preguiça, desmotivados, relutantes em fazer qualquer sacrifício pessoal; ou esperam passivamente, e alguns até reclamam; não entendem os objetivos e o significado da obra de Deus, e é difícil para eles buscar a verdade. Tais pessoas detestam a verdade e, no final, serão eliminadas. Nenhuma delas pode ser aperfeiçoada e nenhuma pode sobreviver. Se as pessoas não tiverem um pouco de determinação com a qual resistir às forças de Satanás, então não há esperança para elas!

Agora, se a busca de vocês foi efetiva ou não é medido pelo que vocês possuem no momento. É isso que é usado para determinar o desfecho de vocês; isso é o mesmo que dizer que o desfecho de vocês é revelado nos sacrifícios que fizeram e nas coisas que fizeram. Seu desfecho será dado a conhecer por sua busca, sua fé e o que vocês fizeram. Entre todos vocês, há muitos que estão fora da salvação, pois hoje é o dia de revelar o desfecho das pessoas e Eu não estarei confuso quanto à Minha obra; Eu não guiarei os que estão completamente sem salvação para a próxima era. Haverá um tempo em que Minha obra terá terminado. Eu não operarei naqueles cadáveres fedorentos e sem espírito que não podem ser salvos de maneira alguma; estes são os últimos dias da salvação do homem, e Eu não farei obra inútil. Não xinguem os Céus e a terra — o fim do mundo está chegando. É inevitável. As coisas chegaram até este ponto, e não há nada que você como ser humano possa fazer para impedi-las; você não pode mudar as coisas como bem desejar. Ontem, você não pagou o preço de buscar a verdade e não foi leal; hoje, a hora chegou, você está fora da salvação; e amanhã você será eliminado e não haverá margem para sua salvação. Embora Meu coração seja gentil e Eu esteja fazendo o Meu máximo para salvá-lo, se você não se esforçar da sua parte nem pensar nem um pouco em si, o que isso tem a ver Comigo? Aqueles que pensam somente em sua carne e desfrutam de conforto; aqueles que parecem acreditar, mas que não creem de verdade; aqueles que se engajam em curandeirismo e feitiçaria; aqueles que são promíscuos, esfarrapados e maltrapilhos; aqueles que roubam sacrifícios a Jeová e Suas posses; os que amam subornos; os que sonham ociosamente em subir ao céu; aqueles que são arrogantes e convencidos, que lutam apenas pela fama e fortuna pessoais; aqueles que espalham palavras impertinentes; aqueles que blasfemam contra o Próprio Deus; aqueles que não fazem nada além de tecer julgamentos contra o Próprio Deus e difamá-Lo; aqueles que formam grupos e buscam a independência; aqueles que se exaltam acima de Deus; aqueles homens e mulheres jovens, de meia-idade e mais velhos, frívolos, que estão enredados em licenciosidade; aqueles homens e mulheres que desfrutam de fama e fortuna pessoais e buscam status pessoal entre os outros; aquelas pessoas não arrependidas que estão presas no pecado — não estão eles, todos eles, fora da salvação? A licenciosidade, a pecaminosidade, o curandeirismo, a feitiçaria, a profanidade, as palavras impertinentes, tudo isso corre livre entre vocês; a verdade e as palavras de vida são pisoteadas no meio de vocês, e a linguagem santa é profanada entre vocês. Vocês, gentios, inchados de imundície e desobediência! Qual será o desfecho final de vocês? Como podem os que amam a carne, os que cometem feitiçaria da carne e os que estão enredados em pecado licencioso ter a audácia de continuar vivendo? Você não sabe que pessoas tais como vocês são vermes que estão fora da salvação? O que qualifica você para exigir isso e aquilo? Até hoje, não houve a menor mudança naqueles que não amam a verdade e só amam a carne — como tais pessoas podem ser salvas? Aqueles que não amam o caminho da vida, que não exaltam a Deus nem dão testemunho Dele, que tramam em prol do próprio status, que se louvam — não são ainda os mesmos, até hoje? Qual é o valor em salvá-los? Se você pode ser salvo não depende do tamanho de sua senioridade nem de quantos anos você tem trabalhado e muito menos depende de quantas credenciais você acumulou. Ao contrário, depende de sua busca ter frutificado. Você deve saber que aqueles que são salvos são as “árvores” que dão fruto, não as árvores com folhagem exuberante e flores abundantes que, no entanto, não geram fruto. Mesmo que você tenha passado muitos anos vagueando pelas ruas, o que isso importa? Onde está o seu testemunho? Sua reverência a Deus é muito menor que seu amor por si mesmo e seus desejos luxuriosos — esse tipo de pessoa não é um degenerado? Como pode ele ser um exemplo e modelo para a salvação? Sua natureza é incorrigível, você é rebelde demais, você está fora da salvação! Tais pessoas não são as que serão eliminadas? O tempo em que Minha obra estiver terminada não é o tempo da chegada de seu último dia? Eu fiz tanta obra e proferi tantas palavras entre vocês — quanto disso entrou verdadeiramente em seus ouvidos? A quanto disso você jamais obedeceu? Quando Minha obra terminar, esse será o tempo em que você parará de se opor a Mim, em que você parará de ficar contra Mim. Enquanto Eu opero, vocês agem contra Mim constantemente; vocês nunca acatam as Minhas palavras. Eu faço a Minha obra, e você faz o seu “trabalho”, fazendo o seu reinozinho próprio. Vocês não passam de uma matilha de raposas e cães, fazendo tudo em oposição a Mim! Estão constantemente tentando trazer aqueles que lhes oferecem seu amor exclusivo para dentro de seu abraço — onde está a reverência de vocês? Tudo que fazem é enganoso! Vocês não têm obediência nem reverência e tudo que fazem é enganoso e blasfemo! Tais pessoas podem ser salvas? Homens que são sexualmente imorais e lascivos sempre querem atrair meretrizes namoradeiras para si, para o próprio desfrute. Sem dúvida, Eu não salvarei tais demônios sexualmente imorais. Eu odeio vocês, demônios imundos, e a sua lascívia e coquetice os lançará no inferno. O que vocês têm a dizer sobre si mesmos? Vocês, demônios imundos e espíritos malignos, são repulsivos! São nojentos! Como um lixo desses poderia ser salvo? Aqueles que estão enredados no pecado ainda podem ser salvos? Hoje, essa verdade, esse caminho e essa vida não atraem vocês; ao contrário, vocês são atraídos pela pecaminosidade; pelo dinheiro; pela posição, fama e ganho; pelos prazeres da carne; pela beleza dos homens e pelos encantos das mulheres. O que qualifica vocês para entrarem em Meu reino? A imagem de vocês é ainda maior que a de Deus, o status de vocês é ainda maior que o de Deus, sem mencionar o prestígio de vocês entre os homens — vocês se tornaram um ídolo que as pessoas adoram. Vocês não se tornaram o arcanjo? Quando for revelado o desfecho das pessoas, que também será quando a obra de salvação chegará perto de seu fim, muitos desses entre vocês serão cadáveres sem salvação e devem ser eliminados. Durante a obra de salvação, Eu sou gentil e bom para com todas as pessoas. Quando a obra se concluir, o desfecho dos diferentes tipos de pessoas será revelado e, naquele momento, Eu não serei mais gentil e bom, pois o desfecho das pessoas terá sido revelado, e cada uma terá sido classificada de acordo com o seu tipo, e não adiantará nada fazer mais alguma obra de salvação, porque a era da salvação terá passado e, tendo passado, ela não voltará.

Anterior : Prática (6)

Próximo : Por que você é relutante em ser um contraste?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro