571 As pessoas não tratam Deus como Deus

1 Toda pessoa constante e frequentemente faz tais cálculos em seu coração e elas fazem exigências a Deus que trazem em si suas motivações, ambições e negócios. O que quer dizer que, em seu coração, o homem está constantemente colocando Deus a prova, constantemente concebendo planos para Deus, e constantemente argumentando a favor do seu fim com Deus, e tentando extrair uma declaração de Deus, vendo se Deus pode ou não dar a ele o que ele quer. Ao mesmo tempo em que busca a Deus, o homem não trata Deus como Deus. Ele sempre tentou fazer acordos com Deus, fazendo exigências incessantes a Ele, e até mesmo pressionando-O a cada passo, tentando tomar um quilômetro depois de receber um centímetro.

2 Ao mesmo tempo em que tenta fazer acordos com Deus, o homem também discute com Ele, e há até mesmo pessoas que, quando as provações lhes sobrevêm ou se encontram em certas situações, frequentemente se tornam fracas, passivas e negligentes em Sua obra, e cheias de reclamações sobre Deus. Desde quando começou a acreditar em Deus, o homem considera que Deus é uma cornucópia, um canivete suíço, e considera-se o maior credor de Deus, como se tentar receber bênçãos e promessas de Deus fosse seu direito intrínseco e obrigação, enquanto a responsabilidade de Deus fosse proteger e cuidar do homem e prover para ele. Essa é a compreensão básica da “crença em Deus” de todos aqueles que acreditam em Deus e da sua compreensão mais profunda do conceito de crença em Deus.

3 Da substância da natureza humana à sua busca subjetiva, não há nada que se relacione ao temor de Deus. O objetivo do homem em acreditar em Deus não poderia ter nada a ver com a adoração a Deus. Ou seja, o homem nunca considerou nem entendeu que a crença em Deus requer temer a Deus e adorar a Deus. O coração do homem é malicioso, abriga traição e engano, não ama a equidade e a justiça, ou o que é positivo, e é desprezível e ganancioso. O coração do homem não poderia estar mais fechado a Deus; ele não o entregou absolutamente a Deus. Deus nunca viu o verdadeiro coração do homem, nem jamais foi adorado pelo homem.

Adaptado de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 570 O homem não tem fé verdadeira em Cristo

Próximo : 572 Isso é fé verdadeira em Deus?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

41. Eu acolhi o retorno do Senhor

Por Chuanyang, Estados UnidosEm 2010, o inverno nos Estados Unidos me fez sentir muito frio. Além do frio extremo — uma combinação de vento...

6. No mundo religioso, é a verdade e Deus que detêm o poder ou são os anticristos e Satanás que o detêm?

Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nenhum é capaz de conhecer Deus; além disso, nenhum está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem “carne robusta”, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro