133 Um dia devemos nos encontrar outra vez

Quando estamos com Deus, rimos e sorrimos, e é tão agradável.

Tu falas e operas para nos regar e nos pastorear e Tu nos concedes a verdade.

Tuas palavras estão gravadas no nosso coração, compartilhamos essa afeição profunda Contigo.

Tua obra está para terminar e Tu logo nos deixarás.

Eu não retribuí Tua bondade e Teu amor.

Ó Deus! Deus Todo-Poderoso! Ó Deus! Deus Todo-Poderoso!

Tu estás para partir, então como eu não ficaria triste?


Penso nas dívidas passadas, e meu coração dói como se fora cortado por uma faca.

Eu Te feri muito por ser relaxado e rebelde e me arrependerei para sempre.

Tu me punes e disciplinas vezes sem conta, despertando meu coração entorpecido.

Julgamento e castigo banem minha corrupção, e vivo uma semelhança humana.

Ganho agora Tua purificação e salvação, meu coração fica mais afeiçoado a Ti.

Ó Deus! Deus Todo-Poderoso! Ó Deus! Deus Todo-Poderoso!

Tu estás para partir, e não consigo esquecer esses sentimentos antigos.


Tu estás voltando para Sião, e esperamos ansiosos estar Contigo outra vez.

Apesar de estarmos distantes, Tu no céu e nós na terra, um dia devemos nos encontrar outra vez.

Tuas palavras estão conosco, ansiamos por Teu amor.

Teu caráter é santo e justo e é digno de louvor.

Devemos observar Tuas comissões e dar testemunho de Ti para sempre.

Ó Deus! Deus Todo-Poderoso! Ó Deus! Deus Todo-Poderoso!

Teu amor está gravado no nosso coração e Te amaremos para sempre.

Anterior: 132 A relutância da despedida

Próximo: 134 Que eu possa estar com Deus para sempre

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro