Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

Sobre experiência

Ao longo de todas as suas experiências, Pedro suportou centenas de provações. Embora agora tenham ciência do termo “provação”, as pessoas absolutamente não entendem o seu verdadeiro significado ou circunstâncias. Deus fortalece a determinação do homem, refina a sua confiança e aperfeiçoa cada parte dele, alcançando isto, na maioria das vezes, por meio de provações. As provações também são a obra oculta do Espírito Santo. Parece que Deus abandonou o homem, então o homem, se não for cuidadoso, as verá como tentações de Satanás. Na verdade, muitas provações podem ser consideradas tentações, e este é o princípio e a regra da obra de Deus. Se o homem viver de fato diante de Deus, ele as verá como provações de Deus e não as deixará passar despercebidas. Se alguém diz que, uma vez que Deus está com ele, Satanás certamente não se aproximará, isso não está totalmente correto. Como explicar o fato de Jesus ter enfrentado tentações após jejuar no deserto por quarenta dias? Assim, se o homem de fato corrigir as suas visões sobre crer em Deus, verá muitas coisas de forma bem mais clara e não terá um entendimento distorcido e falaz. Se alguém está realmente decidido a ser aperfeiçoado por Deus, precisa abordar os problemas que enfrenta de muitos ângulos diferentes, sem pender para a esquerda nem para a direita. Se você não tiver conhecimento da obra de Deus, não saberá como cooperar com Ele. Se não conhecer os princípios da obra de Deus e não estiver ciente de como Satanás atua no homem, você não terá caminho de prática. Uma simples busca zelosa não permitirá que você obtenha os resultados que Deus exige. Uma forma de experiência assim é semelhante à de Lawrence, sem discernimento e com foco apenas na experiência, completamente inconsciente do que é a obra de Satanás, do que é a obra do Espírito Santo, do que o homem é sem a presença de Deus e do tipo de pessoa que Deus deseja aperfeiçoar. Como se comportar em relação a pessoas diferentes, como entender a vontade atual de Deus, como conhecer o caráter de Deus, a que pessoas, a que circunstâncias e a que era a misericórdia, a majestade e a justiça de Deus são dirigidas — tais coisas ele não diferencia. Se o homem não tem muitas visões como base, uma base para suas experiências, então a vida está fora de questão, e menos ainda está a experiência; ele só continua a se submeter tolamente a tudo, a suportar tudo. Todas essas pessoas são muito difíceis de se aperfeiçoar. Pode-se dizer que não ter nenhuma das visões referidas acima é prova suficiente de que você está sendo um tolo, parecido com uma coluna de sal, permanecendo sempre em Israel. Tais pessoas são inúteis, elas são imprestáveis! Algumas pessoas só se submetem cegamente, elas sempre conhecem a si mesmas e sempre usam suas próprias maneiras de se conduzir ao lidarem com novas questões ou usam “sabedoria” para lidar com questões triviais que não são dignas de nota; essas são pessoas desprovidas de discernimento, como se, por natureza, devessem se conformar com a adversidade, sendo sempre iguais, nunca mudando; são tolas sem discernimento algum. Elas nunca adaptam medidas às circunstâncias ou a diferentes pessoas. Tais pessoas não têm experiência. Vejo que algumas pessoas se conhecem até certo ponto e que, quando confrontadas com aquelas que têm a obra do espírito maligno, até abaixam suas cabeças e admitem culpa, sem ousar se posicionar e condená-las. Quando diante de uma obra óbvia do Espírito Santo, elas também não ousam obedecer, crendo que os espíritos malignos também estão nas mãos de Deus e, de forma alguma, ousam resistir. Essas são pessoas desprovidas da dignidade divina e definitivamente incapazes de carregar fardos pesados por Deus. Essas pessoas atrapalhadas não têm discernimento. Tal forma de experiência deve, portanto, ser abandonada, pois é insustentável aos olhos de Deus.

Deus realmente trabalha muito nas pessoas, às vezes provando-as, às vezes criando ambientes para fortalecê-las e às vezes proferindo palavras para guiá-las e para corrigir suas deficiências. Às vezes, o Espírito Santo leva as pessoas a ambientes preparados por Deus para que elas descubram, inconscientemente, muitas coisas de que carecem. Por meio do que as pessoas dizem e fazem, da maneira como tratam as outras e lidam com as coisas, sem que elas saibam, o Espírito Santo as ilumina para que entendam muitas coisas que não eram entendidas antes, permitindo a elas compreender muitas coisas ou pessoas mais completamente, permitindo a elas descobrir a verdadeira natureza de muitas coisas das quais não tinham ciência anteriormente. Se está em contato com o mundo, você gradualmente se torna mais discriminador em relação às coisas mundanas e, ao se aproximar da morte, você pode concluir que “é realmente difícil ser uma pessoa”. Se tiver experiências por algum tempo na presença de Deus e vier a entender a obra de Deus e o Seu caráter, você involuntariamente ganhará muita visão e sua estatura irá crescer gradualmente. Você entenderá melhor muitas coisas espirituais e terá mais clareza a respeito da obra de Deus em particular. Você será capaz de aceitar as palavras, a obra e toda ação de Deus, o caráter de Deus e o que Deus é e tem, como a sua própria vida. Se tudo o que você faz é vaguear pelo mundo, suas asas se tornarão cada vez mais rígidas, e o aspecto de você que resiste a Deus se tornará maior ainda. Será difícil para Deus encontrar uso para você. Já que, em você, há demais daquele aspecto “a meu ver”, fica difícil para Deus encontrar uso para você. Quanto mais você ficar na presença de Deus, mais experiências terá. Se ainda estiver no mundo como um bicho, sua boca professando crença em Deus, mas seu coração estando em outro lugar, e aprender filosofias mundanas de vida, isso não seria desfazer toda a obra anterior? Assim, quanto mais essas pessoas ficam na presença de Deus, mais facilmente elas devem ser aperfeiçoadas. Este é o caminho pelo qual o Espírito Santo faz a Sua obra. Se você não entender isto, será impossível entrar no caminho certo, e ser aperfeiçoado por Deus estará fora de questão. Você não será capaz de ter uma vida espiritual normal e será como desabilitado, contando somente com seu próprio trabalho árduo e nenhuma obra de Deus. Isso não seria algo de errado em sua experiência? Você não necessariamente tem que orar para estar na presença de Deus. Às vezes é ao contemplar a Deus ou ao ponderar sobre a Sua obra, às vezes ao lidar com alguma questão e às vezes por meio de se ser revelado em um evento, que se entra na presença de Deus. A maioria das pessoas diz: não estou na presença de Deus, já que oro frequentemente? Muitas pessoas oram incessantemente “na presença de Deus”. As orações podem estar sempre em seus lábios, mas elas não vivem de fato na presença de Deus. Esse tipo de pessoa só pode manter a sua condição de estar na presença de Deus dessa forma. Elas não podem entrar em contato com Deus com seus corações constantemente, nem usar o método de experiência para entrar na presença de Deus, seja pela ponderação, pela contemplação silenciosa em seus corações ou pelo contato entre o Deus de seus corações com seus próprios corações ao considerarem o fardo divino. Elas oferecem orações ao céu com suas bocas. A maioria das pessoas não tem Deus em seus corações, elas têm Deus somente quando se aproximam Dele, mas, na maioria das vezes, elas simplesmente não têm Deus. Essa não é uma expressão de não se ter Deus no coração? Se elas realmente tivessem Deus, seria provável que elas fizessem coisas que ladrões ou bichos fazem? Se uma pessoa realmente reverencia a Deus, ela põe seu verdadeiro coração em contato com Deus e seus pensamentos e ideias são sempre ocupados pelas palavras de Deus. Será improvável que elas cometam erros nas coisas visíveis que as pessoas são capazes de concretizar, não fazendo nada que obviamente se oponha a Deus. Somente esse é o padrão de ser crente.

Anterior:Com que um pastor adequado deve ser equipado

Próximo:Os mandamentos da nova era

Coisas que talvez lhe interessem