363 As pessoas não sabem quão baixas são

Na mente dos seres humanos,

Deus é Aquele que sempre os maldiz.

E assim eles não Lhe dão atenção;

eles sempre foram frios com Deus.

Então Deus diz que eles são imorais

e são irracionais

por causa dos equívocos de seus corações;

lhes faltam até sentimentos reais.


O homem não liga para o que Deus sente,

mas usa a suposta “justiça” para lidar com Ele.

O homem tem sido assim por muitos anos;

seu caráter não mudou.

O homem não se valoriza,

lhe chamam de desprezível e sem valor.

Sem amor próprio, fazendo mal a si mesmo,

será que isso não mostra sua falta de valor?


A humanidade é como uma mulher perversa

que brinca consigo mesma e se entrega

de bom grado para ser violada,

mas o homem não vê sua baixeza.

O tipo de prazer que ele encontra

em falar ou trabalhar com os outros;

ficando, assim, em suas mãos,

não seria essa a imundície da humanidade?

Como ele não se conhece,

sua vontade de exibir seu charme e seu rosto feio

é o defeito que Deus detesta mais.

Não há relações apropriadas entre as pessoas,

como poderia então haver com Deus?


Deus falou tanto com a humanidade,

para viver no coração das pessoas,

para elas se livrarem de seus ídolos

que lá fizeram morada.

E assim Deus possa exercer

poder sobre toda a humanidade

e possa alcançar o propósito

da existência de Deus na terra.


Adaptado de ‘Capítulo 14’ das Interpretações dos mistérios das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 362 Deus não permite que qualquer ser criado O engane

Próximo: 364 Vocês são rebeldes demais

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro