Pergunta 3: A Bíblia diz: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Como devemos interpretar isso?

Resposta: Devemos aguardar a volta do Senhor com base nas profecias que Ele Próprio falou. É o meio mais padronizado de esperar a volta Dele. As palavras de quem você está citando? As do Senhor ou as dos homens? “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares”, quem disse isso? São estas as palavras do Senhor Jesus? O Senhor Jesus nunca disse nada disso. O Espírito Santo também nunca disse isso. As palavras em que vocês acreditam e citam são as palavras de Paulo. As palavras de Paulo representam as palavras do Senhor Jesus? Ele pode representar Deus? Só Deus sabe a resposta para esse mistério. Se nós, humanos corrompidos, ousarmos fazer interpretações e julgamentos cegos como esse, isso é um problema sério. Paulo não era Cristo. Era apenas uma pessoa comum corrompida. Os escritos dele estão cheios de ideias e imaginações humanas. As palavras dele não são a verdade, então não podemos usá-las como prova. Todas as provas devem basear-se nas palavras de Deus na Bíblia. Isso está de acordo com a verdade. É errado investigar o arrebatamento e a entrada no reino dos céus com base nas palavras das pessoas da Bíblia, ainda mais nas de Paulo, e não se basear nas palavras do Senhor Jesus, porque só as palavras do Senhor Jesus são a verdade. Apenas Suas palavras têm autoridade. Só o Senhor Jesus é o Cristo, o Rei do reino dos céus. Por que vocês não buscam a verdade e a vontade de Deus nas palavras do Senhor Jesus? Por que vocês usam as palavras dos homens como base de sua busca? Isso está de acordo com a vontade do Senhor? Isso os deixa propensos a seguir o homem e percorrer seu próprio caminho. Deus criou a humanidade na terra a partir do barro. Ele a encarregou de cumprir com seus deveres na terra, que é gerenciar Suas outras criações. Ele exigiu que os homens Lhe obedecessem, O adorassem e O honrassem na terra, e decretou que o destino deles estava na terra e não no céu. Além disso, há muito tempo, Deus nos disse que pretende estabelecer Seu reino na terra. Ele habitará a terra junto com os humanos, e os reinos da terra se transformarão em reinos governados por Cristo. Assim, o reino de Deus finalmente se estabelecerá na terra e não no céu. Muitas pessoas estão sempre procurando ser levadas para o céu. São seus conceitos e imaginações, seus desejos extravagantes. Nada está de acordo com a verdade ou a realidade da obra de Deus.

Extraído do roteiro do filme Despertar do sonho

Anterior: Pergunta 2: Nós ainda não determinamos se o reino de Deus está na terra ou no céu. O Senhor Jesus uma vez falou: “o reino dos céus está próximo” e “a vinda do reino dos céus”. Se é o reino dos céus, este deve estar no céu. Como pode estar na terra?

Próximo: Pergunta 4: Por meio de sua comunhão, vemos que nossos pensamentos sobre a volta do Senhor e o arrebatamento realmente vieram somente de nossas próprias concepções. Já fomos seriamente contra as palavras do Senhor. Dito isto, como devemos esperar pela volta do Senhor e pelo arrebatamento agora? Pode falar sobre isso com um pouco mais de detalhes?

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp