Pergunta 4: Por meio de sua comunhão, vemos que nossos pensamentos sobre a volta do Senhor e o arrebatamento realmente vieram somente de nossas próprias concepções. Já fomos seriamente contra as palavras do Senhor. Dito isto, como devemos esperar pela volta do Senhor e pelo arrebatamento agora? Pode falar sobre isso com um pouco mais de detalhes?

Resposta: As esperanças dos Santos de serem arrebatados baseiam-se principalmente nas palavras do Próprio Senhor Jesus: “Vou preparar-vos lugar. E, se Eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde Eu estiver estejais vós também” (João 14:2-3). Interpretamos as palavras do Senhor Jesus segundo nossos conceitos e imaginações. Acreditamos que, como o Senhor Jesus subiu ao céu em uma nuvem, o local que Ele preparou para a humanidade deve ser no céu. Portanto, temos esperado que o Senhor Jesus volte e nos leve para o céu. Além disso, reverenciamos particularmente as palavras de Paulo: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Dessa forma, começamos a esperar que, depois de voltar, o Senhor nos levasse ao céu. As pessoas são diferentes e têm visões diferentes sobre o arrebatamento. A maioria das pessoas pensa que quando voltar, o Senhor levará os santos ao céu para se encontrarem com Ele. Por muitos anos nós esperamos por esse tipo de arrebatamento. Bem, o que é exatamente o arrebatamento? A maioria das pessoas não entende bem isso. O mistério do arrebatamento dos santos só foi revelado quando Deus Todo-Poderoso chegou. Deus Todo-Poderoso diz. “‘Ser apanhado’ não é ser levado de um lugar baixo para um lugar alto, como as pessoas imaginam. Esse é um grande engano. Ser apanhado refere-se à Minha predestinação e seleção. Destina-se a todos aqueles a quem predestinei e escolhi Isso é mais incompatível com as concepções das pessoas. Os que partilham da Minha casa no futuro são todos aqueles que foram apanhados diante de Mim. Essa é a verdade absoluta, imutável, que não pode ser refutada por ninguém.É o contra ataque a Satanás. Qualquer um que predestinei será apanhado diante de Mim” (‘Capítulo 104’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”). As palavras de Deus Todo-Poderoso são muito claras. “Ser arrebatado” não é o que pensamos – ser levado pela atmosfera da terra e encontrar o Senhor nas nuvens. Nem é ser levado ao céu. Isso significa que, quando Deus voltar à terra para proferir Suas palavras e realizar Sua obra, ouviremos Sua voz e poderemos segui-Lo e obedecer à Sua obra nos últimos dias. Esse é o verdadeiro significado de sermos levados diante do trono de Deus. Todos os que distinguem a voz do Senhor, que encontram a verdade nas palavras de Deus Todo-Poderoso, que aceitam a verdade e se voltam para Ele, são as virgens sábias. Eles são o ouro, a prata e as pedras preciosas que foram “furtadas” pelo Senhor e voltaram para Sua casa porque todos têm bom calibre, entendem e aceitam a verdade e reconhecem a voz de Deus. Eles são os que verdadeiramente receberam o arrebatamento. São os vencedores que serão criados quando Deus realizar Sua obra e descer secretamente à terra nos últimos dias. Desde que Deus Todo-Poderoso iniciou Sua obra dos últimos dias, cada vez mais pessoas, que realmente anseiam pela aparição de Deus, têm reconhecido Sua voz nas palavras de Deus Todo-Poderoso. Uma após outra, elas aceitaram a obra de julgamento de Deus nos últimos dias. Elas foram arrebatadas perante o trono de Deus para encontrá-Lo pessoalmente e aceitaram a rega e o sustento de Suas palavras. Elas ganharam o verdadeiro conhecimento de Deus. O caráter corrupto delas foi limpo e conseguiram viver a realidade da verdade nas palavras de Deus. Elas já obtiveram a grande salvação de Deus. Essas pessoas tornaram-se vencedoras antes da ocorrência das grandes catástrofes. Foram obtidas por Deus como as primícias. Os que mantêm seus conceitos e imaginações e esperam cegamente que o Senhor venha e os leve para o céu e que rejeitam a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, são as virgens néscias que serão abandonadas por Deus. Estão fadados a sofrer nos desastres; chorarão e rangerão os dentes. Isso é um fato.

do roteiro do filme Despertar do sonho

Anterior: Pergunta 3: A Bíblia diz: “Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). Como devemos interpretar isso?

Próximo: Pergunta 1: O Senhor Jesus agora voltou e tem um novo nome – Deus Todo-Poderoso. Deus Todo-Poderoso expressou as palavras no livro “A Palavra manifesta em carne” e é a voz do noivo, porém muitos irmãos e irmãs ainda não são capazes de discernir a voz de Deus. E por isso, hoje nós convidamos as testemunhas da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Nós as convidamos para partilhar conosco como identificar a voz de Deus. Deste modo, saberemos como determinar que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

2. O que é o verdadeiro arrebatamento?

“Ser apanhado” não é ser levado de um lugar baixo para um lugar alto, como as pessoas imaginam. Esse é um grande engano. Ser apanhado refere-se à Minha predestinação e seleção. Destina-se a todos aqueles a quem predestinei e escolhi. Aqueles que ganharam o status de filho primogênito, o status de filhos ou povo, são aqules que foram apanhados. Isso é mais incompatível com as concepções das pessoas. Os que partilham da Minha casa no futuro são todos aqueles que foram apanhados diante de Mim. Essa é a verdade absoluta, imutável, que não pode ser refutada por ninguém. É o contra-ataque a Satanás. Qualquer um que predestinei será apanhado diante de Mim.

1. Ser arrebatado deve se basear nas palavras de Deus, não nas noções e imaginações do homem

Quando a humanidade tiver sido restaurada à sua imagem original, quando a humanidade puder cumprir com suas respectivas obrigações, manter seu próprio lugar e obedecer a todos os arranjos de Deus, Deus terá obtido um grupo de pessoas na terra que O adora, e Ele também terá instituído um reino na terra que O adora. Ele terá a vitória eterna na terra, e aqueles que se opõem a Ele irão perecer por toda a eternidade. Isso irá restaurar Sua intenção original ao criar o homem; isso irá restaurar Sua intenção ao criar todas as coisas, e isso também irá restaurar Sua autoridade sobre a terra, Sua autoridade perante todas as coisas e Sua autoridade perante Seus inimigos. Esses são os símbolos de Sua vitória total. Daí em diante, a humanidade entrará no descanso e entrará numa vida que segue pela trilha certa. Deus também entrará em eterno descanso com o homem e entrará na vida eterna compartilhada por Ele e o homem. A imundície e a desobediência na terra irão desaparecer, assim como os lamentos sobre a terra. Tudo na terra que se opõe a Deus não mais existirá. Somente Deus e aquelas pessoas que Ele salvou permanecerão; somente Sua criação permanecerá.

4. Não há caminho de vida eterna na Bíblia; se o homem se apegar à Bíblia e a venerar, então ele não obterá a vida eterna

Muitas pessoas acreditam que entender e ser capaz de interpretar a Bíblia é o mesmo que encontrar o caminho verdadeiro — mas, na verdade, será que as coisas são tão simples assim? Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça.

1. Quais são as diferenças essenciais entre a obra de Deus e o trabalho do homem?

A obra do Próprio Deus envolve a obra de toda a humanidade e também representa a obra da era inteira. Em outras palavras, a própria obra de Deus representa o movimento e tendência de toda a obra do Espírito Santo, enquanto a obra dos apóstolos segue a própria obra de Deus e não lidera a era nem representa a tendência da obra do Espírito Santo na era inteira. Eles realizam apenas a obra que o homem deve realizar, sem nenhuma relação com a obra de gestão. A própria obra de Deus é o projeto dentro da obra de gestão. A obra do homem é apenas o dever dos homens que são usados e não tem qualquer relação com a obra de gestão.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro