146 Juntos contra vento e chuva lealdade até a morte

Tu vieste do Céu para a terra, escondido em carne.

Operas entre os homens e enfrentaste muitos anos de tempestades.

Seguindo uma estrada esburacada, iniciaste uma nova era.

Expressaste a verdade para julgar, salvando por completo toda a humanidade.

Suportaste adversidade por muitos anos e sofreste a dor da rejeição do homem.

Humilde e oculto, até hoje persistes.


Experimento a dor do julgamento, e grande é o tormento em meu coração.

Castigado e disciplinado, pairo entre a vida e a morte.

Lembrando o Teu cuidado, Te adoro ainda mais.

Olhando pro passado, meu coração se enche de remorso.

Após tantas provações e refinamento, meu amor por Ti é mais puro.

Contigo estarei contra vento e chuva, leal até a morte serei.


Demonstras Tua compaixão, simpatizas com minha fraqueza.

Demonstras Tua ira, amaldiçoas minha desobediência.

Tua compaixão é ampla, Tua raiva, profunda.

Contemplo Tua majestade e aprecio Tua sabedoria.

Após tanta poda e tratamento, meu amor por Ti é mais puro.

Contigo estarei contra vento e chuva, leal até a morte serei.


Falas e operas, dando vida à humanidade.

Por meio de refinamento doloroso, minha corrupção é purificada.

Tua obra provei e Tua bondade senti.

Lembrando amargura e doçura, oscilo entre tristeza e alegria.

Após tanto julgamento e castigo, meu amor por Ti é mais puro.

Contigo estarei contra vento e chuva, leal até a morte serei.


Sacrificar-me por Tua vontade é meu desejo.

Diante de provações, minha determinação é firme.

Meu amor por Ti se aprofunda, encontro doçura na dor.

Com Tuas palavras como companhia, minha vida se enche de luz.

Após ser golpeado e partido tantas vezes, meu amor por Ti é mais puro.

Contigo estarei contra vento e chuva, leal até a morte serei.


Assumo grandes fardos, não quero adiar ainda mais.

Minha estatura é tão baixa, mesmo assim recebo Teu amor.

Completarei Tua comissão e terei minha vida sido aperfeiçoada.

Cumprirei Tua vontade e viverei a vida humana real.

Anos de vento e chuva, uma estrada de vida tumultuada.

Seja amargura, alegria ou morte, não me queixarei.

Contra anos de vento e chuva, Teu amor está comigo enquanto avanço.

Leal a Ti serei e sem arrependimentos morrerei.

Anterior: 145 Através do vento e da chuva

Próximo: 147 Canção do apego sincero

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro