211 Como conhecer a aparição e a obra de Cristo dos últimos dias

I

A encarnação de Deus deve incorporar

Sua essência e expressão.

E quando Ele Se fizer carne,

trará a obra que Lhe foi dada

para expressar o que Ele é,

levar a verdade a todos os homens,

dar-lhes vida e mostrar-lhes o caminho.

A carne que não contém Sua essência

não é Deus encarnado.

Confirme a carne de Deus e o caminho reto

pelo Seu caráter, palavras e obras.

Concentre-se em Sua essência em vez de Sua aparência.

II

É ignorância e ingenuidade se concentrar na aparência

exterior de Deus (na aparência exterior de Deus).

O exterior não determina o interior,

e a obra de Deus não corresponde

às concepções do homem.

A aparência de Jesus não diferiu do que

as pessoas esperavam?

Sua imagem e vestes não disfarçavam Sua identidade?

Não foi por isso que os fariseus se opuseram a Ele?

Se concentraram na Sua aparência

e não deram atenção ao que Ele disse.

III

Deus espera que os irmãos e irmãs que

buscam Sua aparição não repitam o passado.

Não sigam os fariseus e crucifiquem Deus mais uma vez.

Considere com cuidado como vai acolher o retorno Dele.

Saiba bem como vai se submeter à verdade.

É o dever de todos que esperam o retorno de Jesus.

Saiba bem como vai se submeter à verdade.

É o dever de todos que esperam o retorno de Jesus.

Adaptado do Prefácio em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 210 Como procurar as pegadas de Deus

Próximo: 212 Só quem aceita a verdade pode ouvir a voz de Deus

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

Pergunta 4: Os pastores e presbíteros religiosos frequentemente pregam aos crentes que qualquer testemunho sobre o retorno do Senhor na carne é falso. Eles baseiam isso nos seguintes versículos da Bíblia: “Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-Lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mateus 24:23-24). Agora não temos ideia de como devemos discernir o verdadeiro Cristo dos falsos. Vocês podem lançar alguma luz sobre essa pergunta?

O Senhor Jesus previu que surgiriam falsos cristos e falsos profetas nos últimos dias. Isso é um fato. Mas o Senhor Jesus também profetizou muitas vezes que voltaria. Podemos, sem qualquer dúvida, acreditar nisso? Ao examinar as profecias sobre a volta do Senhor Jesus, muitas pessoas dão prioridade em ser cautelosas com os falsos cristos e profetas e não se preocupam em saudar o noivo e ouvir sua voz.

A respeito da Bíblia (2)

A Bíblia também é chamada de Antigo e Novo Testamento. Vocês sabem a que “testamento” se refere? O “testamento” no Antigo Testamento vem da...

A visão da obra de Deus (1)

João trabalhou sete anos para Jesus e já havia preparado o caminho quando Jesus chegou. Antes disso, o evangelho do reino dos céus pregado...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp