749 A atitude de Jó diante das bênçãos de Deus

I

Jó acreditava em seu coração que tudo que possuía

era concedido por Deus e não pela sua própria mão.

Ele não via as bênçãos como algo para se aproveitar,

mas seguia o caminho que devia manter

como seu guia para viver.

Jó nunca se deleitava em excesso

por causa das bênçãos que Deus concedia,

nem ignorava o caminho de Deus ou esquecia a Sua graça

por causa das bênçãos que desfrutava.

II

Jó valorizava as bênçãos de Deus, dando graças por elas.

Mas não se entregava a elas, nem buscava mais.

Ele nunca fazia nada por causa das bênçãos,

nem se preocupava em falta ou perda das bênçãos de Deus;

Jó nunca se deleitava em excesso

por causa das bênçãos que Deus concedia,

nem ignorava o caminho de Deus ou esquecia a Sua graça

por causa das bênçãos que desfrutava.

Jó nunca se deleitava em excesso

por causa das bênçãos que Deus concedia,

nem ignorava o caminho de Deus ou esquecia a Sua graça

por causa das bênçãos que desfrutava. Oh, oh.

Adaptado de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 748 A verdadeira fé e obediência de Jó a Deus

Próximo: 750 As razões pelas quais Jó ganhou o elogio de Deus

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

O Reino Milenar chegou

Vocês viram que obra Deus realizará nesse grupo de pessoas? Deus certa vez disse que, mesmo no Reino Milenar, as pessoas ainda devem seguir...

57. Denunciar ou não denunciar

Por Yang Yi, ChinaDeus Todo-Poderoso diz: “Pelo bem do seu destino, vocês devem buscar ser aprovados por Deus. Ou seja, já que reconhecem...

Pergunta 4: Os pastores e presbíteros religiosos frequentemente pregam aos crentes que qualquer testemunho sobre o retorno do Senhor na carne é falso. Eles baseiam isso nos seguintes versículos da Bíblia: “Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-Lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mateus 24:23-24). Agora não temos ideia de como devemos discernir o verdadeiro Cristo dos falsos. Vocês podem lançar alguma luz sobre essa pergunta?

O Senhor Jesus previu que surgiriam falsos cristos e falsos profetas nos últimos dias. Isso é um fato. Mas o Senhor Jesus também profetizou muitas vezes que voltaria. Podemos, sem qualquer dúvida, acreditar nisso? Ao examinar as profecias sobre a volta do Senhor Jesus, muitas pessoas dão prioridade em ser cautelosas com os falsos cristos e profetas e não se preocupam em saudar o noivo e ouvir sua voz.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp