862 O Deus encarnado é mais amável

I

Após Deus encarnar e viver entre a humanidade,

Ele viu a depravação do homem, a sua situação de vida.

Deus sentiu profundamente o desamparo do homem

e sua situação lamentável. Ele sentiu a tristeza deles.

Deus teve compaixão da condição humana

e afeto por Seus seguidores pelo Seus instintos na carne.

II

Em Seu coração, Ele valoriza aqueles que

Ele quer gerenciar e salvar.

Ele os valoriza demais.

Grande preço Ele pagou; traição e mágoa Ele suportou.

Mas Ele nunca desiste, Sua obra é incessante.

Ele não tem arrependimentos ou queixas.

Deus teve compaixão da condição humana

e afeto por Seus seguidores pelo Seus instintos na carne.

Ele nunca desiste, Sua obra é incessante.

Porque Ele sabe que cedo ou tarde,

as pessoas despertarão para o Seu chamado,

serão movidas pelas Suas palavras,

reconhecerão que Ele é o Senhor da criação

e voltarão pra Ele.

Deus teve compaixão da condição humana

e afeto por Seus seguidores pelo Seus instintos.

Deus teve compaixão da condição humana

e afeto por Seus seguidores pelo Seus instintos na carne.

Adaptado de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 861 O amor de Deus pelo homem

Próximo: 863 Deus encarnado viveu muito tempo entre os homens

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

Capítulo 15

Os seres humanos são todos criaturas que carecem de autoconhecimento, e são incapazes de se conhecer. Não obstante, conhecem a todos os...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp