151 Com o amor de Deus, não temerei

1

Quem persegue e prende cristãos e distribui tortura e tormento,

em vão esperando nos impedir de seguir os passos de Cristo?

Quem recobre meu corpo com cortes e contusões e me deixa ofegante à porta da morte,

tentando desesperadamente aniquilar minha carne e minha fé?

E quem me ameaça e tenta me subornar para entregar meus irmãos e irmãs,

tentando me fazer trair Deus, me tornar um Judas e perder a salvação de Deus?

Em apuros, as gentis palavras de Deus ecoam em meus ouvidos.

Eles acalmam a mágoa no meu espírito e na minha carne.

Vejo Deus ao meu lado, sempre me dando conforto e encorajamento.

Meu coração não está mais sozinho, tenho fé e força para servir de testemunha.

2

Quem busca informantes para monitorar secretamente meu paradeiro,

restringindo minha liberdade pessoal para que eu esteja praticamente em prisão domiciliar?

Quem vem frequentemente à minha casa, fingindo estar apenas visitando, mas observando cada movimento meu,

trazendo gravadores de voz e me interrogando sobre participação em reuniões e leitura das palavras de Deus?

E quem me faz acordar do sono aterrorizado,

com as cenas da minha tortura repetindo continuamente em minha mente?

Meu coração exclama em voz alta que a China é realmente uma prisão diabólica.

Sem liberdade, com lavagem cerebral forçada, tendo sob seu controle até mesmo a nossa fala.

Alegar que há liberdade de crença é simplesmente uma mentira usada pelo Partido Comunista Chinês (PCC) para encobrir sua enganação perante o mundo.

O massacre indisfarçado expõe a natureza maligna do PCC.

Refrão

Tenho certeza que Cristo é a verdade, o caminho e a vida.

Não importa de que forma o PCC possa me perseguir, estou decidido a seguir a Cristo até o fim.

Até sacrificar minha vida é um testemunho que devo prestar.

Não sei quanto tempo durará essa noite interminável,

mas com o amor de Deus para me guiar e a palavra de Deus para me encorajar, não temerei.

Anterior : 149 Quem tem consideração pelo coração de Deus?

Próximo : 152 Através do vento e da chuva

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 28

Quando Eu vim de Sião, Eu era esperado por todas as coisas e, quando retornei a Sião, fui saudado por todos os homens. Enquanto Eu ia e...

1. Por que o Senhor Jesus amaldiçoou os fariseus? Qual era a essência dos fariseus?

Eles condenaram e blasfemaram contra o Senhor Jesus Cristo. A essência de sua resistência e blasfêmia contra Deus era inteiramente a mesma que a essência de Satanás e a resistência e blasfêmia do diabo contra Deus. Eles não apenas representavam humanos corruptos, porém mais ainda, eram a personificação de Satanás. Eram um canal para Satanás entre a humanidade, e eram os cúmplices e mensageiros de Satanás. A essência da sua blasfêmia e sua difamação do Senhor Jesus Cristo era a luta que travavam com Deus pelo prestígio, sua disputa com Deus, seus intermináveis testes de Deus.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro