561 Como analisar sua natureza

I

Agora, a fim de conhecer a sua natureza, você deve realizar algumas coisas. Primeiro, você deve ter um claro entendimento daquilo de que gosta. Isso não está relacionado com o que você gosta de comer ou de vestir, mas refere-se aos tipos de coisas que você desfruta, as coisas que você inveja, as coisas que você adora, as coisas que você busca e as coisas a que você presta atenção em seu coração. Tudo isso representa sua natureza. É suficiente para provar que sua natureza gosta da injustiça e, em situações sérias, sua natureza é maligna e incurável.

II

Você deveria analisar sua natureza desse modo, isto é, olhar para o que você gosta e para o que você abandona em sua vida. Talvez você seja temporariamente bom para alguém, mas isso não prova que você gosta dele. Do que você gosta de verdade é precisamente daquilo que está em sua natureza; mesmo que seus ossos fossem quebrados, você ainda gostaria disso e jamais o abandonaria. Não é fácil mudar isso. Isso é assim porque ninguém pode mudar o que alguém tem bem no fundo de si mesmo. Mesmo que você arrancasse o coração dessas pessoas e elas morressem, sua alma ainda quereria a mesma coisa. Essas são as coisas da natureza humana e representam a substância da pessoa.


Adaptado de ‘O que você deveria saber sobre transformar seu caráter’ em “Registros das falas de Cristo”

Anterior: 560 Como entender a natureza humana

Próximo: 562 Conhecer seus próprios pensamentos e perspectivas é essencial

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro