244 Desafiar a Deus só pode terminar em punição

1 Deus levou vários milhares de anos para terminar a Sua gestão, atravessando várias eras para gerenciar a humanidade. O que Deus mais deseja não ver é a humanidade salva por Ele desafiando-O e, mais do que isso, ocorrências de traição de pessoas que anteriormente desfrutaram de Sua graça. Tudo que Deus faz é para salvar mais pessoas, ganhar mais pessoas que entendam a Sua vontade e que com Ele sejam uma só mente para entrar em Seu reino e desfrutar de Suas promessas.

2 Portanto, o que Deus abomina é o caso de pessoas que O desafiam em Sua própria família e na atitude divina ao lidar com essas pessoas existe alguma forma melhor a não ser a punição e a maldição? Os que são punidos têm outra escolha? A consequência de desafiar e trair a Deus e de blasfemar contra Ele só pode ser a punição. Esse é o caráter de Deus e é a melhor maneira de Ele lidar com pessoas malignas. Ninguém jamais foi capaz de escapar disso; foi assim antes, é assim agora e será assim no futuro, e esse é um fato que nunca mudará.

Adaptado do Posfácio em “Exemplos clássicos de punição pela resistência a Deus Todo-Poderoso”

Anterior: 243 As consequências de rejeitar Cristo dos últimos dias

Próximo: 245 Deus espera que as pessoas não se tornem fariseus

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro