G. Sobre como ser uma pessoa honesta

507. Vocês devem saber que Deus gosta de pessoas honestas. Deus tem a substância da fidelidade, então a Sua palavra é sempre digna de confiança. Além disso, as Suas ações são irrepreensíveis e inquestionáveis. É por isso que Deus gosta daqueles que são absolutamente honestos com Ele. Ser honesto significa entregar seu coração a Deus; jamais traí-Lo em nada; ser aberto com Ele em todas as coisas, nunca esconder a verdade; nunca fazer aquilo que engana seus superiores e que ilude seus subordinados e nunca fazer aquilo que simplesmente pareça impressionar bem a Deus. Resumindo, ser honesto é abster-se da impureza em suas ações e palavras e não enganar nem a Deus nem aos homens.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

508. Meu reino exige os que são honestos, não os hipócritas nem os enganadores. As pessoas sinceras e honestas não são impopulares no mundo? Sou exatamente o oposto. É aceitável que as pessoas honestas venham a Mim; fico feliz com esse tipo de pessoa e também necessito desse tipo de pessoa. Essa é precisamente a Minha justiça.

Extraído de ‘Capítulo 33’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

509. Aprecio muito quem não nutre suspeita de outras pessoas e também gosto muito de quem prontamente aceita a verdade; demonstro grande zelo por esses dois tipos de pessoas, porque, a Meu ver, são pessoas honestas. Se você for muito enganador, você terá um coração defensivo e pensamentos de suspeita em relação a todos os assuntos e a todas as pessoas. É por isso que sua fé em Mim é edificada sobre um fundamento de suspeição. Essa maneira de crer é do tipo que Eu jamais reconhecerei. Sem ter fé genuína, vocês se distanciarão ainda mais do amor real. E, se for capaz de duvidar de Deus e especular sobre Ele a bel-prazer, você, sem dúvida, é a mais enganadora de todas as pessoas. Você especula se Deus pode ser como um ser humano: imperdoavelmente pecaminoso, de caráter mesquinho, desprovido de equidade e razão, carente de um senso de justiça, dado a táticas viciosas, traiçoeiro e astuto, agradado pelo mal e pela escuridão e assim por diante. A razão de o homem ter tais pensamentos não é por não ter o menor conhecimento de Deus? Esse tipo de fé nada é senão pecado! Aliás, Há até alguns que creem que aqueles que Me agradam não passam de aduladores e bajuladores e que quem carece dessas habilidades não será bem-vindo e perderá seu lugar na casa de Deus. Esse é todo o conhecimento que vocês juntaram nesses anos todos? É isso que vocês ganharam? E o conhecimento que vocês têm sobre Mim não se limita a esses mal-entendidos; ainda pior é a sua blasfêmia contra o Espírito de Deus e o seu aviltamento do Céu. Essa é a razão de Eu dizer que tal tipo de fé como a de vocês apenas os levará a afastar-se ainda mais de Mim e a intensificar sua oposição a Mim.

Extraído de ‘Como conhecer o Deus na Terra’ em “A Palavra manifesta em carne”

510. Muitos prefeririam ser condenados ao inferno a falar e agir com honestidade. Não é de admirar que Eu tenha outro tratamento reservado para aqueles que são desonestos. É claro, Eu entendo bem a grande dificuldade que vocês enfrentam ao tentarem ser honestos. Vocês todos são terrivelmente astutos e hábeis em examinar um cavalheiro com seu próprio critério mesquinho; sendo assim, Minha obra se torna muito mais simples. E já que cada um de vocês guarda segredos em seu peito, pois bem, Eu os enviarei, um por um, ao desastre para serem “disciplinados” pelo fogo, de modo que depois disso vocês possam se tornar totalmente comprometidos em crer nas Minhas palavras. Por fim, Eu arrancarei de sua boca as palavras “Deus é um Deus de fidelidade”, ao que vocês baterão no peito e lamentarão: “Tortuoso é o coração do homem”. Qual será o seu estado de espírito nessa conjuntura? Imagino que vocês não serão tão tomados de presunção como são agora. E menos ainda serão “profundos demais para serem sondados” como são agora. Alguns se comportam de modo impecável e parecem ser especialmente “polidos” na presença de Deus, mas ficam desafiadores e perdem todo comedimento na presença do Espírito. Vocês considerariam tais pessoas como pertencentes às fileiras dos honestos? Se você for hipócrita e adepto da socialização, então digo que você é definitivamente uma pessoa que brinca com Deus. Se suas palavras forem infestadas de desculpas e justificativas sem valor, então digo que você é extremamente reticente para colocar a verdade em prática. Se você tiver muitas confidências as quais relute em compartilhar e se estiver muito indisposto a desnudar seus segredos — ou seja, suas dificuldades — diante dos outros de forma a buscar o caminho da luz, então digo que você é alguém que não receberá a salvação facilmente e que não emergirá facilmente das trevas. Se buscar o caminho da verdade o agrada, então você é alguém que habita sempre na luz. Se você fica muito contente em ser um servidor na casa de Deus, trabalhando diligente e conscientemente no anonimato, sempre dando e nunca tirando, então digo que você é um santo leal, porque não busca recompensa e está simplesmente sendo honesto. Se você estiver disposto a ser sincero, se estiver disposto a despender tudo de si, se for capaz de sacrificar sua vida por Deus e testemunhar, se você for honesto a ponto de somente saber satisfazer a Deus sem considerar a si mesmo ou tomar para si mesmo, então digo que essas são pessoas nutridas na luz e que viverão para sempre no reino.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

511. Seu destino e sua sorte são muito importantes para vocês — são motivo de grande preocupação. Vocês acreditam que se não fizerem coisas com muito cuidado, isso será equivalente a não terem destino e à destruição de sua sorte. Porém, vocês já pensaram que se os esforços que uma pessoa despende são apenas para o bem de seu destino, eles são somente trabalho infrutífero? Tais esforços não são genuínos — são falsos e enganosos. Se esse for o caso, aqueles que trabalham pelo seu destino sofrerão sua derrota final, pois os fracassos na crença das pessoas em Deus acontecem por causa do engano. Eu já disse que não gosto de ser lisonjeado nem bajulado nem tratado com entusiasmo. Gosto de que pessoas sinceras enfrentem a Minha verdade e as Minhas expectativas. Gosto ainda mais quando elas são capazes de mostrar extremo cuidado e consideração pelo Meu coração, e quando podem renunciar a tudo por Mim. Só assim é possível confortar o Meu coração.

Extraído de ‘Sobre o destino’ em “A Palavra manifesta em carne”

512. Você deve saber se há fé e lealdade verdadeiras em seu interior, se você tem um histórico de sofrimento por Deus e se você tem se submetido completamente a Deus. Se você não tem essas coisas, então permanece em você a desobediência, o engano, a ganância e o queixume. Como o seu coração está longe de ser honesto, você nunca recebeu reconhecimento positivo de Deus e nunca viveu na luz. Como o destino de alguém irá se resolver no fim depende de a pessoa ter um coração honesto e vermelho-sangue, e de ela ter uma alma pura. Se você for alguém muito desonesto, de coração malicioso e de alma impura, então é certo que vai acabar no local onde o homem é punido, como está escrito no registro do seu destino. Se você alega ser muito honesto, porém nunca consegue agir de acordo com a verdade ou falar uma palavra da verdade, então você ainda está esperando que Deus o recompense? Você ainda espera que Deus o considere a menina dos Seus olhos? Esse não é um modo absurdo de pensar? Você engana a Deus em todas as coisas, então como a casa de Deus pode acomodar alguém como você, cujas mãos são impuras?

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

513. Hoje em dia, a maioria das pessoas tem muito medo de apresentar suas ações diante de Deus e, embora você possa enganar a Sua carne, não pode enganar o Seu Espírito. Qualquer assunto que não possa resistir à observação de Deus não está de acordo com a verdade e deve ser deixado de lado; caso contrário, é um pecado contra Deus. Portanto, quer seja quando você ora, quando conversa e tem comunhão com seus irmãos e irmãs, ou quando cumpre seu dever e cuida dos seus afazeres, você deve colocar seu coração perante Deus. Quando você cumpre a sua função, Deus está com você, e contanto que sua intenção esteja correta e seja para a obra da casa de Deus, Ele aceitará tudo o que você faz; você deveria se dedicar sinceramente a cumprir a sua função. Quando você ora, se você tem amor a Deus em seu coração e busca o cuidado, a proteção e a observação de Deus, se essas são as suas intenções, suas orações serão eficazes. Por exemplo, quando você ora em reuniões, se você abre seu coração e ora a Deus e diz a Ele o que está em seu coração sem falar falsidades — então suas orações serão eficazes.

Extraído de ‘Deus aperfeiçoa aqueles que são segundo Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

514. Tudo o que você faz, cada ação, cada intenção e cada reação devem ser levadas perante Deus. Até mesmo sua vida espiritual diária — suas orações, sua proximidade a Deus, como você come e bebe das palavras de Deus, a sua comunhão com seus irmãos e irmãs, e a sua vida dentro da igreja — e o seu serviço em parceria podem ser levados para diante de Deus para Seu escrutínio. É essa prática que vai ajudar você a amadurecer na vida. O processo de aceitar a observação de Deus é o processo de purificação. Quanto mais você puder aceitar o escrutínio de Deus, mais você será purificado, e mais você estará de acordo com a vontade de Deus, de modo que você não será atraído à devassidão, e seu coração viverá na Sua presença. Quanto mais você aceitar a observação Dele, mais envergonhado ficará Satanás e mais você será capaz de renunciar à carne. Assim, aceitar a observação de Deus é um caminho que as pessoas devem praticar. Seja o que for que você faça, mesmo durante a comunhão com seus irmãos e irmãs, se você levar seus atos perante Deus e buscar a Sua observação, e se sua intenção for obedecer ao Próprio Deus, aquilo que você pratica será muito mais correto. Apenas se você levar tudo o que você faz para diante de Deus e aceitar a Sua observação você poderá ser alguém que vive na presença de Deus.

Extraído de ‘Deus aperfeiçoa aqueles que são segundo Seu coração’ em “A Palavra manifesta em carne”

515. Como uma pessoa honesta, primeiro você precisa desnudar seu coração de modo que todos possam olhar para ele, ver tudo que você está pensando e vislumbrar a sua verdadeira face; você não deve tentar se disfarçar ou se embalar para parecer bom. Só então as pessoas confiarão em você e o considerarão honesto. Essa é a prática mais fundamental, e o pré-requisito, de ser uma pessoa honesta. Você está sempre fingindo, sempre simulando santidade, virtuosidade, grandeza, simulando qualidades morais elevadas. Você não permite que as pessoas vejam a sua corrupção e seus fracassos. Você apresenta uma imagem falsa às pessoas para que elas acreditem que você é honrado, grandioso, abnegado, imparcial e altruísta. Isso é desonestidade. Não vista um disfarce e não embale a si mesmo; ao contrário, desnude você mesmo e o seu coração para os outros verem. Se você puder desnudar o seu coração para os outros verem e desnudar todos os seus pensamentos e planos — tanto positivos quanto negativos —, então você não está sendo honesto? Se puder se desnudar para os outros verem, então Deus, também, verá você e dirá: “Você se desnudou para os outros verem e, por isso, certamente é honesto diante de Mim também”. Se você só se desnudar para Deus quando está fora da vista de outras pessoas e sempre fingir ser grandioso e virtuoso ou justo e altruísta quando está na companhia delas, então o que Deus pensará e dirá? Ele dirá: “Você é genuinamente enganador; você é puramente hipócrita e mesquinho; e você não é uma pessoa honesta”. Deus condenará você assim. Se deseja ser uma pessoa honesta, então, independentemente do que fizer diante de Deus ou dos outros, você deveria ser capaz de se abrir e de se desnudar.

Extraído de ‘A prática mais fundamental de ser uma pessoa honesta’ em “Registros das falas de Cristo”

516. No caráter das pessoas normais não há desonestidade ou engano, elas têm um relacionamento normal entre si, não ficam sozinhas e sua vida não é medíocre, nem decadente. Assim, também, Deus é exaltado entre todos, Suas palavras permeiam os homens, as pessoas vivem em paz umas com as outras; e, sob o cuidado e a proteção de Deus, a terra é repleta de harmonia, sem a interferência de Satanás, e a glória de Deus possui a maior importância entre os homens. Tais pessoas são como anjos: puras, vibrantes, nunca reclamando de Deus e devotando todos os seus esforços unicamente à glória de Deus na terra.

Extraído de ‘Capítulo 16’ das Interpretações dos mistérios das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : F. Sobre entender o caráter satânico e a natureza e essência da pessoa

Próximo : H. Sobre como obedecer a Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

A respeito da Bíblia (1)

Como a Bíblia deveria ser abordada na crença em Deus? Esta é uma questão de princípios. Por que estamos comungando esta pergunta? Porque no...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro