886 O amor de Deus não é possuído por nenhum ser criado

I

As palavras de Deus estão cheias de vida,

nos mostram o caminho a seguir,

e nos permitem entender o que é,

entender o que é a verdade.

Começamos a ser atraídos por Suas palavras,

começamos a dar atenção no tom e no Seu jeito de falar,

e nos interessamos pela voz interior dessa pessoa comum.

II

Por nós, Deus trabalha com Seu coração; por nós,

perde o sono e o apetite;

por nós, Ele chora e também suspira; por nós, Ele geme doente.

Ele sofre humilhações por causa do nosso destino e salvação,

e Seu coração sangra e derrama lágrimas por nosso entorpecimento,

nosso entorpecimento e rebeldia e derrama lágrimas do Seu coração.

III

Seu divino ser e as Suas posses estão além das pessoas comuns.

E também nenhum dos homens corrompidos pode possuí-los ou alcançá-los.

Nenhuma pessoa comum possui Sua tolerância e paciência,

nenhum ser criado (nenhum ser criado) possui o Seu amor.

Nenhuma pessoa, nenhum ser criado possui o Seu amor.

(Seu amor, Seu amor, Seu amor).


Adaptado de ‘Contemplando a aparição de Deus em Seu julgamento e Seu castigo’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 885 A obra cuidadosa de Deus para salvar o homem

Próximo: 887 Deus provê a todos silenciosamente

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro