306 A essência de Deus verdadeiramente existe

I

As coisas que Deus faz, que tão pequenas são para mencionar,

insignificantes são aos olhos do homem,

na mente do homem, Deus nunca faria,

estas pequenas coisas são o que podem realmente mostrar

a genuinidade de Deus e a Sua beleza.

Ele não é pretensioso;

Seu caráter e essência não têm exagero,

nem disfarce ou altivez.

Ele nunca Se vangloria, mas com fiel e honesta atitude,

ama e conduz os humanos que criou.

A essência de Deus, aparência não é,

a beleza de Deus, aparência não é.

A essência de Deus existe; não foi inventada por outros,

e também não é algo que mude com tempo, época e lugar.

II

Não importa o quanto eles experimentem,

não importa o quanto eles possam sentir, ou o quanto eles possam ver,

é verdade que Deus faz estas coisas.

É verdade que Deus faz todas estas coisas.

A essência de Deus, aparência não é,

a beleza de Deus, aparência não é.

A essência de Deus existe; não foi inventada por outros,

e também não é algo que mude com tempo, época e lugar.


Adaptado de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus I’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 305 Só o Criador tem Piedade da humanidade

Próximo : 307 A obra cuidadosa de Deus para salvar o homem

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Como conhecer a realidade

Deus é um Deus prático: toda a Sua obra é prática, todas as palavras que Ele diz são práticas e todas as verdades que expressa são...

5. As diferenças essenciais entre o Deus encarnado e aqueles que são usados por Deus

O Deus encarnado é chamado de Cristo e Cristo é a carne vestida pelo Espírito de Deus. Essa carne é diferente de qualquer homem que é da carne. Essa diferença existe porque Cristo não é de carne e sangue, mas é a encarnação do Espírito. Ele tem tanto uma humanidade normal como uma divindade completa. Sua divindade não é possuída por nenhum homem. Sua humanidade normal sustenta todas as Suas atividades normais na carne, enquanto Sua divindade realiza a obra do Próprio Deus. Seja Sua humanidade ou divindade, ambas se submetem à vontade do Pai celestial. A substância de Cristo é o Espírito, isto é, a divindade. Portanto, Sua substância é a do Próprio Deus, essa substância não interromperá Sua própria obra e Ele não poderia fazer qualquer coisa que destrua Sua própria obra, nem jamais pronunciaria palavras que fossem contra Sua própria vontade.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro