318 Os feitos maravilhosos de Deus ao administrar todas as coisas

I

No decorrer dos séculos,

o riacho pequenino escorreu suavemente

ao redor do pé da montanha.

Ao seguir o curso que a montanha tinha criado,

o riacho pequenino voltou para sua casa,

juntou-se ao rio e fluiu para o mar.

Sob os cuidados da montanha,

o riacho nunca se perdeu.

O riacho e a montanha um no outro confiaram,

se limitaram e dependeram um do outro.

II

No decorrer dos séculos,

o vento forte não parou de uivar para a montanha.

Ele soprava redemoinhos de areia

quando "visitava" a montanha, igual como antes.

E ameaçava a montanha, mas jamais passou pelo meio dela.

E contiuaram do mesmo jeito que eles sempre foram.

O vento forte e a montanha um no outro confiaram,

se limitaram e dependeram um do outro.

O vento forte e a montanha um no outro confiaram,

se limitaram e dependeram um do outro.

III

No decorrer dos séculos,

a onda gigantesca não descansou

e nunca parou de se expandir.

Ela rugiria e se ergueria para montanha,

mas a montanha nem um centímetro se moveu.

A montanha zelou pelo mar,

e os seres marinhos se multiplicaram e proliferaram.

A onda e a montanha confiaram uma na outra,

limitaram-se e dependeram uma da outra.

A onda e a montanha confiaram uma na outra,

limitaram-se e dependeram uma da outra.

A onda e a montanha confiaram uma na outra,

limitaram-se e dependeram uma da outra.

A onda e a montanha confiaram uma na outra,

limitaram-se e dependeram uma da outra.


Adaptado de ‘O Próprio Deus, o Único VII’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 317 A autoridade do Criador é imutável

Próximo : 319 A humanidade recupera a santidade que possuía no passado

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

A senda… (4)

Que pessoas podem descobrir a beleza de Deus, buscar o caminho de amar a Deus na era de hoje, e estão dispostas a aceitar o treinamento do...

3. Por que cada novo estágio da obra de Deus encontra a selvagem oposição e condenação do mundo religioso? Qual é a raiz do problema?

Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro