880 Deus ferido ama o homem

I

Deus na carne é julgado e condenado.

Pelos diabos Ele é perseguido.

Rejeitado pelo mundo religioso.

Sua mágoa ninguém pode compensar.

A resistência da humanidade,

suas calúnias, caça e falsas culpas

põem a carne de Deus em perigo.

Quem pode entender e aliviar Sua dor?

Com paciência, Deus salva o homem corrupto,

ferido, Ele ama as pessoas.

Essa é, de todas, a obra que mais dói.

A obra de Deus na carne só tem revelado amor.

Ele dá tudo de Si, a substância da Sua obra é o amor.

A obra de Deus na carne só tem revelado amor.

Ele dá tudo de Si, a substância da Sua obra é o amor.

II

Por trinta e três anos e meio,

Jesus viveu na terra e não Se livrou da dor

até ser crucificado e ressuscitar,

e aparecer para o homem por quarenta dias.

Findaram os anos de convivência com o homem,

mas Seu coração ainda sofria,

aflito com o destino do homem.

Ninguém poderia conhecer e aguentar essa dor.

A obra de Deus na carne só tem revelado amor.

Ele dá tudo de Si, a substância da Sua obra é o amor.

A obra de Deus na carne só tem revelado amor.

Ele dá tudo de Si, a substância da Sua obra é o amor.

Adaptado de ‘O amor verdadeiro de Deus pela humanidade’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Anterior: 879 Apenas Deus ama mais ao homem

Próximo: 881 Deus Se esforça muito para salvar o homem

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

Capítulo 1

Exatamente como Deus disse: “Ninguém pode captar a raiz das Minhas palavras, tampouco conhecem o Meu propósito em proferi-las”, se não...

Capítulo 3

O Rei triunfante está sentado em Seu trono glorioso. Ele realizou a redenção e levou todo o Seu povo a aparecer em glória. Ele segura o...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp