47 Deus encarnado dos últimos dias realiza principalmente a obra das palavras

Deus encarnado dos últimos dias

encerra a Era da Graça e fala para aperfeiçoar e iluminar,

tirando noções vagas de Deus do coração do homem.

Jesus fez um trabalho diferente.

Fez milagres e os enfermos curou,

pregou o evangelho do reino dos céus

e foi crucificado para a todos redimir.

Por isso, o homem acha que Deus sempre será assim.

Deus encarnado dos últimos dias com palavras cumpre e revela tudo.

Em Suas palavras, vê-se o que Ele é; em Suas palavras, vê-se que Ele é Deus.

Deus encarnado dos últimos dias

tirando noções vagas de Deus do coração do homem.

Por Suas palavras e atos, Sua verdadeira obra,

o homem conhece o Deus real, sem acreditar num Deus que é vago.

Pelas palavras de Deus na carne,

Ele completa o homem e cumpre todas as coisas.

Esse é o trabalho que Deus irá realizar no fim dos dias.

Deus encarnado dos últimos dias com palavras cumpre e revela tudo.

Em Suas palavras, vê-se o que Ele é; em Suas palavras, vê-se que Ele é Deus.

Deus na carne diz só palavras, pois essa é Sua obra na terra.

Você vê tudo que Ele é por Suas palavras, supremo, poderoso, humilde.

Deus na carne diz só palavras, pois essa é Sua obra na terra.

Você vê tudo que Ele é por Suas palavras, supremo, poderoso, humilde.

Deus encarnado dos últimos dias com palavras cumpre e revela tudo.

Em Suas palavras, vê-se o que Ele é; em Suas palavras, vê-se que Ele é Deus.

Encarnado dos últimos dias com palavras cumpre e revela tudo.

Em Suas palavras, vê-se o que Ele é; em Suas palavras, vê-se que Ele é Deus (Deus).


Adaptado de ‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 46 Deus alcança a todos nos últimos dias, principalmente por meio de palavras

Próximo : 48 O movimento da obra de Deus no universo

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

2. O mundo religioso acredita que toda a Escritura foi inspirada por Deus e que ela contém todas as palavras de Deus. Como se deve ter discernimento para com essa afirmação?

Nem tudo contido na Bíblia é um registro das palavras pronunciadas pessoalmente por Deus. A Bíblia simplesmente documenta os dois estágios prévios da obra de Deus, dos quais uma parte é um registro das previsões dos profetas, enquanto a outra as experiências e conhecimentos escritos por pessoas empregadas por Deus ao longo das eras. Experiências humanas estão contaminadas com opiniões e conhecimentos humanos, o que é inevitável. Em muitos dos livros da Bíblia, há conceitos e preconceitos humanos e interpretações humanas absurdas. É claro que a maioria das palavras resulta da iluminação e esclarecimento do Espírito Santo, e elas são interpretações corretas, mas ainda assim, não se pode dizer que são expressões inteiramente corretas da verdade. Suas visões sobre certas coisas não passam de conhecimento pela experiência pessoal ou da iluminação pelo Espírito Santo. As previsões dos profetas foram instruídas pessoalmente por Deus: as profecias de Isaías, Daniel, Esdras, Jeremias e Ezequiel vieram da instrução direta do Espírito Santo; essas pessoas eram videntes, haviam recebido o Espírito de profecia, todas eram profetas do Antigo Testamento. Durante a Era da Lei, essas pessoas que haviam recebido as inspirações de Jeová fizeram muitas profecias instruídas diretamente por Jeová.

3. Por que cada novo estágio da obra de Deus encontra a selvagem oposição e condenação do mundo religioso? Qual é a raiz do problema?

Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a verdade da vida. Assim, até hoje eles ainda aguardam o Messias, pois não têm conhecimento do caminho da vida, e não sabem qual é o caminho da verdade. Como, dizem vocês, poderia um povo tão tolo, obstinado e ignorante ganhar a bênção de Deus? Como poderia contemplar o Messias? Ele se opunha a Jesus porque não conhecia a direção da obra do Espírito Santo, porque não conhecia o caminho da verdade do qual Jesus falava e, além disso, porque não entendia o Messias.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro