312 Deus decide o fim das pessoas de acordo com sua essência

I

Se alguém sobrevive,

é por realizar os requisitos de Deus.

Mas se em descanso final não viver,

é por desobedecer e desagradar a Deus.

De uma criança, nem atos perversos nem justiça,

para os pais é transferido.

E dos pais o mal ou a justiça,

com seus filhos não é partilhado.

Cada um merece um destino com certeza.

Isso é determinado por sua natureza.

O destino de alguém não está a outros relacionado.

II

Cada um tem seus pecados e bênçãos,

ninguém pode substituir.

Se alguém pratica a justiça, justo ele é.

Se for o mal, malfeitor ele é.

Os que cumprem a justiça sobreviverão,

e os malfeitores aguardam a destruição.

Se alguém é sagrado, nada de imundo nele haverá.

Se é imundo, nem uma parte sagrada terá.

Cada um merece um destino com certeza.

Isso é determinado por sua natureza.

O destino de alguém não está a outros relacionado.

III

Pessoas más destruídas serão,

pessoas justas a sobrevivência terão,

mesmo que o filho de um malfeitor seja justo,

ou maus sejam os pais de um justo.

Não existe relação

se um marido crê e uma esposa não,

ou se um filho crê e seus pais não.

São dois tipos que não combinarão.

Cada um merece um destino com certeza.

Isso é determinado por sua natureza.

O destino de alguém não está a outros relacionado.

IV

Assim, antes de alguém entrar em descanso,

ao seu redor parentes físicos há.

Mas assim que entrar em descanso,

tais parentes para falar ele não terá.

Se alguém cumpre seu dever, inimigo dos que não o cumprem ele é.

Aquele que ama a Deus dos que O odeiam inimigo é.

E os que entrarem em descanso,

incompatíveis com os destruídos eles são.

Cada um merece um destino com certeza.

Isso é determinado por sua natureza.

O destino de alguém não está a outros relacionado.


Adaptado de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 311 Os arranjos de Deus para o desfecho de todas as pessoas

Próximo : 313 A autoridade de Deus é imensurável

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Acerca da prática da oração

Vocês não dão importância à oração em sua vida diária. O homem negligencia o assunto da oração. As orações costumavam ser superficiais, com...

Capítulo 27

A conduta humana nunca tocou o Meu coração nem nunca Me impressionou como preciosa. Aos olhos do homem, Eu estou sempre o tratando com...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro