Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Vocês todos são tão baixos em personalidade!

Vocês todos sentam em assentos de elegância, ensinando os das gerações mais jovens que são da sua laia e fazendo todos eles se sentarem com você. Como poderia não saber que seus “descendentes” há muito tempo ficaram sem fôlego e perderam a Minha obra? Minha glória brilha da terra do Oriente até a terra do Ocidente, mas quando ela se espalhar aos confins da terra e começar a subir e brilhar adiante, Eu tomarei a Minha glória do Oriente e a trarei ao Ocidente de modo que as pessoas das trevas, que Me abandonaram no Oriente, serão privadas de iluminação a partir de então. Quando isso acontecer, vocês viverão no vale da sombra. Embora as pessoas destes dias sejam cem vezes melhores que antes, elas ainda não conseguem atender às Minhas exigências e ainda não são um testemunho da Minha glória. Que vocês são capazes de ser cem vezes melhores que antes é inteiramente um resultado da Minha obra; é o fruto nascido da Minha obra na terra. Contudo, Eu ainda Me sinto enojado com suas palavras e ações, bem como com sua personalidade, e sinto um ressentimento incrível por como vocês agem diante de Mim, pois não têm entendimento algum de Mim. Como, então, podem chegar a viver Minha glória e como podem ser plenamente leais à Minha obra futura? Sua fé é muito bonita; vocês dizem que estão dispostos a despender sua vida inteira em nome da Minha obra e que estão dispostos a sacrificar sua vida por ela, mas o caráter de vocês não mudou muito. Simplesmente falam de maneira arrogante, a despeito do fato de seu comportamento real ser muito desgraçado. É como se a língua e os lábios das pessoas estivessem no céu, mas suas pernas caminhando na terra, e como resultado suas palavras, ações e reputação estão ainda em farrapos e ruínas. A reputação de vocês tem sido destruída, suas maneiras são depravadas, seu modo de falar é vil e a vida de vocês é desprezível; até a totalidade da humanidade de vocês afundou na baixa-vilania. Vocês são tacanhos em relação aos outros e regateiam em cada pequena coisa. Vocês brigam por reputação e status próprios, a ponto até de estarem dispostos a descer no inferno e no lago de fogo. Suas palavras e ações atuais são suficientes para Eu determinar que vocês são pecadores. Suas atitudes em relação à Minha obra são o bastante para Eu determinar que vocês são injustos e todos os seus caracteres são suficientes para apontar que são almas imundas que estão cheias de abominações. Suas manifestações e o que revelam são adequados para dizer que vocês são pessoas que beberam à saciedade do sangue de espíritos imundos. Quando a entrada no reino é mencionada, vocês não revelam seus sentimentos. Vocês acreditam que o caminho em que estão agora é suficiente para cruzarem a porta para o Meu reino dos céus? Vocês creem que podem obter entrada na terra santa da Minha obra e Minhas palavras, sem suas palavras e ações serem testadas primeiro por Mim? Quem pode enganar Meus olhos? Como seus comportamentos e conversas desprezíveis e vis poderiam escapar da Minha vista? Suas vidas foram determinadas por Mim a serem vidas de beber o sangue e comer a carne daqueles espíritos imundos, porque vocês os imitam diante de Mim todos os dias. Perante Mim, seu comportamento tem sido particularmente mau, então como Eu não poderia achá-los nojentos? Suas palavras contêm as impurezas dos espíritos imundos: vocês iludem, persuadem, dissimulam e bajulam exatamente como aqueles que se envolvem em feitiçaria e como aqueles que são traiçoeiros e bebem o sangue dos injustos. Todas as expressões do homem são extremamente injustas, então como as pessoas todas podem ser postas na terra santa onde estão os justos? Você acha que esse seu comportamento desprezível pode distingui-lo como sendo santo comparado àqueles injustos? Sua língua viperina acabará por arruinar essa sua carne que causa destruição e executa abominações, e aquelas suas mãos que estão cobertas com o sangue de espíritos imundos também acabarão por puxar sua alma para o inferno. Por que, então, você não se lança nesta chance para limpar suas mãos cobertas de imundície? E por que não tira vantagem desta oportunidade para cortar essa sua língua que fala palavras injustas? Será que você está disposto a sofrer nas chamas do inferno por causa de suas mãos, sua língua e seus lábios? Eu vigio o coração de todos com ambos os olhos, porque, muito antes de criar a humanidade, Eu tinha segurado seus corações em Minhas mãos. Há muito tempo Eu entendi claramente o coração das pessoas, então como seus pensamentos poderiam escapar da Minha vista? Como poderia não ser tarde demais para elas escaparem de ser queimadas pelo Meu Espírito?

Seus lábios são mais gentis que as pombas, mas seu coração é mais sinistro que aquela serpente de outrora. Seus lábios são tão lindos até mesmo como as mulheres libanesas, apesar de seu coração não ser mais gentil que o delas, e ele certamente não pode se comparar à beleza dos cananeus. Seu coração é tão traiçoeiro! As coisas que Eu detesto são apenas os lábios dos injustos e seu coração e as Minhas exigências para com as pessoas não são em nada maiores do que Eu espero dos santos; simplesmente é que sinto repugnância pelos atos malignos dos injustos e espero que eles consigam ser capazes de se livrar da sua imundície e escapar do seu apuro atual de modo que possam se destacar daqueles injustos e viver e ser santos com aqueles que são justos. Vocês estão nas mesmas circunstâncias que Eu, apesar de estarem cobertos de imundície; vocês não retêm nem a menor parcela da semelhança original dos humanos que foram criados no princípio. Além disso, por imitarem a cada dia as semelhanças daqueles espíritos imundos, fazendo o que eles fazem e dizendo o que eles dizem, todas as partes de vocês — até mesmo sua língua e seus lábios — estão imersas na água suja deles, a ponto de vocês ficarem inteiramente cobertos com tais manchas e nem uma única parte de vocês pode ser usada para a Minha obra. É de cortar o coração! Vocês vivem em um mundo tal de cavalos e gado, mas na verdade não se sentem perturbados; estão cheios de alegria e vivem de forma tranquila e relaxada. Estão nadando naquela água suja, mas na verdade não percebem que caíram em tal apuro. Todos os dias, se associam com os espíritos imundos e interagem com “excremento”. A vida de vocês é bastante vulgar, mas na verdade você não está consciente de que decerto não existe no mundo humano e que não está no controle de si mesmo. Você não sabe que sua vida foi há muito pisoteada por aqueles espíritos imundos, nem que sua personalidade ficou manchada há muito pela água suja? Você acha que está vivendo em um paraíso terreno e que está em meio à felicidade? Você não sabe que viveu uma vida ao lado de espíritos imundos e que coexistiu com tudo que eles prepararam para você? Como o caminho que você vive poderia ter algum significado? Como sua vida poderia ter algum valor? Você ficou correndo por aí atrás de seus pais, pais de espíritos imundos, mas na verdade não faz ideia de que os que o aprisionam são aqueles pais de espíritos imundos que lhe deram à luz e o criaram. Além disso, não está consciente de que toda a sua imundície na verdade foi dada a você por eles; tudo que você sabe é que eles podem lhe trazer “prazer”, que eles não o castigam, nem o julgam e em especial não o amaldiçoam. Eles nunca explodiram de raiva com você, mas o tratam com afeto e bondade. As palavras deles nutrem seu coração e o cativam de modo que você fique desorientado e, sem o perceber, seja sugado e se disponha a estar a serviço deles, a se tornar um escape e um servo deles. Você não tem queixas de modo algum, mas está disposto a trabalhar para eles como cães, como cavalos; você é iludido por eles. Por essa razão, você não tem quaisquer reações à obra que faço. Não é de admirar que sempre queira escorregar secretamente pelos Meus dedos e não é de admirar que sempre queira usar palavras doces para extrair favor de Mim de modo fraudulento. Ao que se revela, você já tinha outro plano, outro arranjo. Você consegue ver um pouco das Minhas ações como o Todo-Poderoso, mas não tem o menor conhecimento do Meu julgamento e castigo. Você não tem ideia de quando Meu castigo começou; só sabe como Me enganar — mas não sabe que não tolerarei qualquer violação do homem. Visto que você já fez resoluções para Me servir, Eu não o deixarei ir. Eu sou um Deus que odeia o mal e Eu sou um Deus que tem ciúmes da humanidade. Visto que você já colocou suas palavras sobre o altar, Eu não tolerarei sua fuga diante dos Meus olhos, nem tolerarei seu serviço a dois senhores. Você pensou que poderia ter um segundo amor depois de ter colocado suas palavras sobre o Meu altar e diante dos Meus olhos? Como Eu poderia permitir que as pessoas Me fizessem de tolo de tal maneira? Você pensou que poderia casualmente fazer votos e juramentos a Mim com sua língua? Como você poderia jurar pelo Meu trono, o trono Meu que sou o Altíssimo? Você pensou que seus juramentos já tinham morrido? Deixem-Me lhes dizer: embora sua carne possa morrer, seus juramentos não podem. No fim, os condenarei com base em seus juramentos. No entanto, vocês acreditam que podem lidar Comigo ao colocar suas palavras diante de Mim e que o coração de vocês pode servir a espíritos imundos e espíritos malignos. Como Minha ira poderia tolerar aquelas pessoas semelhantes a cães e porcos que Me enganam? Tenho de cumprir os Meus decretos administrativos e arrancar de volta das mãos dos espíritos imundos todos aqueles “piedosos” conservadores que têm fé em Mim para que possam Me “atender” de um modo disciplinado, ser Meus bois, ser Meus cavalos, e estar à mercê do Meu abate. Farei com que você retome sua determinação anterior e Me sirva mais uma vez. Eu não tolerarei qualquer criação que Me engane. Você pensou que poderia licenciosamente só fazer pedidos e mentir diante de Mim? Pensou que Eu não tinha ouvido nem visto suas palavras e ações? Como suas palavras e ações não poderiam ter estado em Minha vista? Como Eu poderia permitir que as pessoas Me iludam assim?

Eu tenho estado entre vocês, associando-Me a vocês por várias primaveras e outonos; tenho vivido entre vocês por um longo tempo e tenho vivido com vocês. Quanto do seu comportamento desprezível escapuliu bem diante dos Meus olhos? Essas suas palavras sentidas estão constantemente ecoando em Meus ouvidos; milhões e milhões de suas aspirações foram colocados sobre o Meu altar — demais até para serem contados. No entanto, quanto à sua dedicação e ao que despendem, vocês não dão nem um pingo. Não colocam nem uma minúscula gota de sinceridade sobre o Meu altar. Onde estão os frutos de sua crença em Mim? Vocês receberam graça infinita de Mim e viram infinitos mistérios do céu; até lhes mostrei as chamas do céu, mas não tive coragem de queimá-los. Contudo, quanto vocês Me deram em troca? Quanto vocês estão dispostos a dar para Mim? Com a comida que Eu lhe dei na mão, você se vira e a oferece para Mim, chegando a ponto até de dizer que foi algo que recebeu em troca do suor do próprio trabalho árduo e que está Me oferecendo tudo que é seu. Como você pode não saber que todas as suas “contribuições” para Mim são só coisas roubadas do Meu altar? Além disso, agora que as está oferecendo a Mim, você não está Me enganando? Como pode não saber que o que desfruto hoje são todas as ofertas sobre o Meu altar, e não o que você ganhou do seu trabalho árduo e depois ofereceu a Mim? Vocês de fato se atrevem a Me enganar dessa maneira, então como posso desculpá-los? Como podem esperar que Eu suporte isso por mais tempo? Eu dei tudo a vocês. Eu abri tudo para vocês, supri as suas necessidades e abri seus olhos, mas vocês Me enganam assim, ignorando sua consciência. Eu concedi tudo a vocês de forma abnegada, de modo que, mesmo que sofram, vocês ainda ganharam de Mim tudo que Eu trouxe do céu. Apesar disso, vocês não têm dedicação alguma e, mesmo se tiverem feito uma pequena contribuição, tentam “acertar as contas” Comigo mais tarde. Sua contribuição não corresponderá a nada? O que você tem dado a Mim é um mero grão de areia, mas o que pediu de Mim é uma tonelada de ouro. Você não está sendo simplesmente irracional? Eu opero dentre vocês. Não há absolutamente nenhum traço dos dez por cento que Me deveriam ser dados, muito menos quaisquer sacrifícios adicionais. Além disso, esses dez por cento contribuídos por aqueles que são devotos são tomados pelos perversos. Vocês todos não se dispersaram de Mim? Não são todos antagônicos para Comigo? Não estão todos demolindo o Meu altar? Como tais pessoas poderiam ser vistas como tesouros aos Meus olhos? Elas não são os porcos e cães que Eu detesto? Como Eu poderia Me referir à sua maldade como um tesouro? Para quem a Minha obra de fato é feita? Será que o propósito dela é só abatê-los todos para revelar a Minha autoridade? A vida de vocês todos não depende de uma única palavra Minha? Por que é que só estou usando palavras para instruí-los e não transformei palavras em fatos para abatê-los assim que pudesse? O propósito das Minhas palavras e obra é simplesmente abater a humanidade? Eu sou um Deus que mata os inocentes indiscriminadamente? Agora mesmo, quantos de vocês estão vindo perante Mim com seu ser inteiro para buscar a senda certa da vida humana? Só os seus corpos é que estão diante de Mim; seus corações ainda estão à solta e ao longe, longe de Mim. Por não saberem o que de fato a Minha obra é, há vários de vocês que desejam se afastar de Mim e se distanciam de Mim, esperando em vez de viver em um paraíso onde não há castigo nem julgamento. Não é isso que as pessoas desejam em seu coração? Eu certamente não estou tentando forçá-lo. Qualquer que seja a senda que você tomar é a sua escolha própria. A senda de hoje é a acompanhada por julgamento e maldições, mas todos vocês deveriam saber que tudo que lhes tenho concedido — sejam julgamentos ou castigos — são os melhores presentes que posso lhes dar, e todos são coisas de que vocês precisam com urgência.

Anterior:A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem

Próximo:A obra na Era da Lei

Conteúdo Relacionado