Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

A obra do Espírito Santo e a obra de Satanás

Como você interpreta as especificidades no espírito? Como opera o Espírito Santo no homem? Como opera Satanás no homem? Como operam os espíritos do mal no homem? E quais são as manifestações dessa obra? Quando alguma coisa lhe acontece, ela vem do Espírito Santo e você deve obedecê-la, ou deve rejeitá-la? A prática real das pessoas dá origem a muito que é da vontade humana, mas que elas sempre acreditam vir do Espírito Santo. Algo vem de espíritos malignos e, mesmo assim, as pessoas pensam que nasceu do Espírito Santo, e às vezes o Espírito Santo guia as pessoas desde dentro, mas elas receiam que essa orientação venha de Satanás e não se atrevem a obedecer, quando na verdade ela é o esclarecimento do Espírito Santo. Assim, sem diferenciação não há como experimentar quando tais experiências estão realmente acontecendo a você, e sem diferenciação não há como ganhar vida. Como opera o Espírito Santo? Como operam os espíritos malignos? O que é que vem da vontade do homem? E o que é que nasce da orientação e do esclarecimento do Espírito Santo? Se compreender as regras da obra do Espírito Santo dentro do homem, você será capaz de aumentar seu conhecimento e diferenciar no seu dia a dia e em suas experiências reais; você chegará a conhecer Deus, será capaz de entender Satanás, não se confundirá em sua obediência ou sua busca e será alguém cujos pensamentos são claros e que obedece à obra do Espírito Santo.

A obra do Espírito Santo é uma forma de orientação proativa e esclarecimento positivo. Ela não permite que as pessoas sejam passivas. Ela traz alívio para elas, dá-lhes fé e determinação e possibilita-lhes buscar que Deus as torne perfeitas. Quando o Espírito Santo opera, as pessoas são capazes de entrar ativamente; elas não são passivas nem forçadas, mas sim proativas. Quando o Espírito Santo opera, as pessoas são alegres e dispostas, estão dispostas a obedecer e felizes em se submeterem, e ainda que estejam doloridas e frágeis por dentro, elas têm determinação para cooperar, sofrem com alegria, são capazes de obedecer, não estão contaminadas pela vontade humana e pelo pensamento do homem, e certamente não estão contaminadas por motivações e desejos humanos. Quando experimentam a obra do Espírito Santo, as pessoas são especialmente santas por dentro. Aquelas que são possuidoras da obra do Espírito Santo vivem o amor de Deus e o amor de seus irmãos e irmãs, deliciam-se nas coisas que deliciam a Deus e abominam as coisas que Deus abomina. Pessoas tocadas pela obra do Espírito Santo têm humanidade normal, são possuidoras de humanidade e procuram a verdade constantemente. Quando o Espírito Santo opera dentro das pessoas, as condições delas melhoram cada vez mais e sua humanidade torna-se cada vez mais normal e, ainda que parte da sua cooperação possa ser tolice, suas motivações são corretas, sua entrada é positiva, elas não tentam interromper e não há malevolência dentro delas. A obra do Espírito Santo é normal e real, o Espírito Santo opera no homem conforme as regras da vida humana normal e Ele esclarece e guia as pessoas de acordo com a busca real das pessoas normais. Quando o Espírito Santo opera nas pessoas, Ele guia-as e esclarece-as conforme as necessidades das pessoas normais, Ele as provê conforme suas necessidades delas e as guia e esclarece positivamente com base naquilo de que elas carecem e em suas deficiências; quando o Espírito Santo opera, essa obra está em consonância com as regras da vida normal do homem, e é só na vida real que as pessoas podem ver a obra do Espírito Santo. Se no seu dia a dia as pessoas estão num estado positivo e têm uma vida espiritual normal, elas possuem a obra do Espírito Santo. Em tal estado, quando comem e bebem as palavras de Deus elas têm fé, quando oram elas são inspiradas, quando algo lhes acontece elas não são passivas e, enquanto isso está acontecendo, elas são capazes de ver as lições que Deus lhes exige aprender e não são passivas nem fracas, e, embora tenham dificuldades concretas, estão dispostas a obedecer a todos os arranjos de Deus.

Que efeitos consegue a obra do Espírito Santo? Você pode ser tolo e talvez não haja diferenciação alguma em seu interior, mas basta o Espírito Santo operar para que haja fé em você, para você sempre sentir que não pode amar Deus o bastante, para você estar disposto a cooperar, estar disposto a cooperar por maiores que sejam as dificuldades pela frente. Acontecerão coisas com você, que não terá certeza se elas vêm de Deus ou de Satanás, mas será capaz de esperar e não ficará passivo nem será negligente. É essa a obra normal do Espírito Santo. Quando o Espírito Santo opera dentro das pessoas, elas ainda se deparam com dificuldades reais, às vezes choram e às vezes há coisas que elas não conseguem superar, mas tudo isso é um estágio da obra habitual do Espírito Santo. Embora elas não superem essas coisas e mesmo que, no momento, sejam fracas e se queixem, depois ainda são capazes de amar a Deus com fé absoluta. Sua passividade não pode impedi-las de ter experiências normais e, apesar do que outras pessoas digam e de como essas pessoas as ataquem, elas ainda são capazes de amar a Deus. Durante a oração, elas sempre sentem que costumavam estar muito em dívida com Deus, resolvem satisfazê-Lo e renunciam à carne quando se deparam com tais coisas de novo. Essa força mostra que a obra do Espírito Santo está dentro delas e esse é o estado normal da obra do Espírito Santo.

Que obra vem de Satanás? Na obra que vem de Satanás, as visões nas pessoas são imprecisas e abstratas, elas não têm humanidade normal, as motivações por trás de suas ações são erradas e, embora elas desejem amar a Deus, há sempre acusações dentro delas, acusações e pensamentos que estão sempre a interferir dentro delas, que refreiam o crescimento de suas vidas e as impedem de ter condições normais diante de Deus. Isto é, assim que a obra de Satanás está dentro das pessoas, o coração delas não consegue ficar em paz perante Deus, elas não sabem o que fazer consigo mesmas, a visão de uma reunião faz com que queiram fugir e elas não são capazes de fechar os olhos quando outros oram. A obra dos espíritos malignos destrói o relacionamento normal entre o homem e Deus e perturba as visões das pessoas e a senda em que a vida delas entrou, elas nunca podem se aproximar de Deus no seu coração, sempre acontecem coisas que as transtornam e agrilhoam e o coração delas não consegue encontrar paz, o que deixa sem forças o seu amor a Deus e faz o espírito delas afundar. Tais são as manifestações da obra de Satanás. A obra de Satanás manifesta-se no seguinte: ser incapaz de manter-se firme e ser testemunha, fazendo com que você se torne alguém que está em falta com Deus e que não tem fidelidade a Deus. Pela interferência de Satanás, você perde o amor e a lealdade a Deus dentro de si, é despojado de um relacionamento normal com Ele, não procura a verdade nem seu próprio melhoramento, regride e torna-se passivo, você se entrega à satisfação, dá rédeas à disseminação do pecado e não tem ódio do pecado; ademais, a interferência de Satanás torna você libertino, faz o toque de Deus desaparecer de seu interior e faz com que você se queixe de Deus e se oponha a Ele, levando-o a questioná-Lo, e existe até o risco de você abandonar Deus. Tudo isso é a obra de Satanás.

Quando algo acontece com você em sua vida cotidiana, como você deve distinguir se isso vem da obra do Espírito Santo ou da obra de Satanás? Quando as condições das pessoas são normais, sua vida espiritual e sua vida na carne são normais e sua razão é normal e ordeira; de modo geral, pode-se dizer que o que elas experimentam e chegam a conhecer dentro delas nessa ocasião decorre de serem tocadas pelo Espírito Santo (terem visões ou possuírem algum conhecimento superficial ao comer e beber as palavras de Deus, serem fiéis quando coisas acontecem com elas ou terem a força para amar a Deus quando coisas acontecem – todas essas são do Espírito Santo). A obra do Espírito Santo no homem é especialmente normal; o homem é incapaz de senti-la e ela parece se dar por meio do próprio homem, mas na verdade é obra do Espírito Santo. No dia a dia, o Espírito Santo faz obra grande e pequena em todo mundo, e o que ocorre é simplesmente que o alcance dessa obra varia. Algumas pessoas são de bom calibre, entendem as coisas com rapidez e o esclarecimento do Espírito Santo é especialmente grande dentro delas; algumas pessoas são de baixo calibre e precisam de mais tempo para entender coisas, mas o Espírito Santo toca-as no interior e elas, também, são capazes de alcançar a fidelidade a Deus – o Espírito Santo opera em todas aquelas que buscam Deus. Quando, na vida cotidiana, as pessoas não se opõem a Deus nem se rebelam contra Ele, não fazem coisas que estejam em discordância com a gestão de Deus e não interferem com Sua obra, o Espírito Santo opera em cada uma delas em maior ou menor medida, e toca-as, ilumina-as, dá-lhes fé e força e as induz a entrar proativamente, a não ser preguiçosas e não cobiçar os prazeres da carne, estar dispostas a praticar a verdade e ansiar as palavras de Deus – tudo isso é obra que vem do Espírito Santo.

Quando o estado das pessoas não é normal, o Espírito Santo abandona-as, há murmuração dentro delas, suas motivações são erradas, elas são preguiçosas, satisfazem-se na carne e seu coração rebela-se contra a verdade, e tudo isso vem de Satanás. Quando as condições das pessoas não são normais, quando elas estão escuras por dentro e perderam sua razão normal, foram abandonadas pelo Espírito Santo e não são capazes de compreender Deus no seu interior, é quando Satanás está a operar dentro delas. Se as pessoas têm sempre força interior e sempre amam a Deus, em geral as coisas que acontecem com elas vêm do Espírito Santo e quem quer que elas encontram é resultado dos arranjos de Deus. Isto é, quando suas condições são normais, quando você está na grande obra do Espírito Santo, é impossível para Satanás fazer com que você hesite; com base nisso se pode dizer que tudo vem do Espírito Santo e que, embora possa ter pensamentos incorretos, você é capaz de rejeitá-los e não os seguir. Tudo isso vem da obra do Espírito Santo. Quais as situações em que Satanás interfere? Quando suas condições não são normais, quando você não foi tocado por Deus e está sem a obra de Dele, e está seco e estéril por dentro, quando ora a Deus, mas nada compreende, e come e bebe as palavras de Deus, mas não é esclarecido nem iluminado – em tais ocasiões é fácil para Satanás operar dentro de você. Em outras palavras, quando você foi abandonado pelo Espírito Santo e não consegue compreender Deus, acontecem-lhe muitas coisas que provêm da tentação de Satanás. Satanás opera ao mesmo tempo em que o Espírito Santo opera e interfere no homem ao mesmo tempo em que o Espírito Santo toca o interior dele; em tais momentos, todavia, a obra do Espírito Santo assume a posição dominante e pessoas cujas condições são normais podem triunfar, triunfo esse que é o da obra do Espírito Santo sobre a obra de Satanás. Contudo, quando o Espírito Santo opera, há muito pouca obra de Satanás; quando o Espírito Santo opera ainda há um caráter desobediente nas pessoas e tudo o que nelas estava originalmente continua a estar lá, mas com a obra do Espírito Santo é fácil para elas conhecerem suas coisas essenciais e seu caráter rebelde a Deus, embora só possam se livrar deles no curso da obra gradual. A obra do Espírito Santo é especialmente normal e, enquanto Ele opera nas pessoas, elas ainda têm problemas, ainda choram, ainda sofrem, ainda são fracas e ainda não têm clareza quanto a muitas coisas, mas, em tal estado, são capazes de parar de retroceder e podem amar a Deus e, ainda que chorem e estejam interiormente aflitas, são capazes de louvar Deus; a obra do Espírito Santo é especialmente normal, nem um pouco sobrenatural. A maioria das pessoas crê que, assim que o Espírito Santo começa a operar, o estado delas sofre mudanças e suas coisas essenciais são retiradas. Tais crenças são falaciosas. Quando o Espírito Santo opera dentro do ser humano, as coisas passivas do homem ainda estão ali e sua estatura continua igual, mas ele tem a iluminação e o esclarecimento do Espírito Santo, seu estado é mais proativo, as condições dentro dele são normais e ele muda rapidamente. Nas suas experiências reais, as pessoas experimentam principalmente a obra da Espírito Santo ou de Satanás e, se não são capazes de controlar esses estados e não diferenciam, experiências estão fora de questão, para não falar de mudanças no caráter. Assim, o fundamental para se experimentar Deus é ser capaz de entender essas coisas; dessa forma, para elas será mais fácil experimentarem.

A obra do Espírito Santo é progresso proativo, ao passo que a obra de Satanás é regressão e passividade, desobediência a Deus, oposição a Deus, perda de fé em Deus e relutância até em cantar canções ou levantar-se e dançar. O que vem do esclarecimento do Espírito Santo não é imposto a você, mas é especialmente natural. Se o seguir, você terá a verdade, e se não o seguir, posteriormente haverá reprimenda. Caso seja o esclarecimento do Espírito Santo, nada do que você fizer sofrerá interferência nem limitação, você ficará em liberdade, haverá uma senda para a prática nas suas ações, você não estará sujeito a restrição alguma e será capaz de agir segundo a vontade de Deus. A obra de Satanás traz muitas coisas que interferem com você, faz com que você relute em orar, tenha muita preguiça de comer e beber as palavras de Deus e não se disponha a viver a vida da igreja, bem como afasta você da vida espiritual. A obra do Espírito Santo não interfere com sua vida cotidiana nem com sua entrada numa vida espiritual normal. Em muitas coisas que lhe acontecem, você não consegue distinguir no momento em que elas ocorrem. Após alguns dias, porém, você vive um pouco, manifesta um pouco e há algumas reações no seu interior, e por essas manifestações você consegue distinguir se os pensamentos que nutre vêm de Deus ou de Satanás. Algumas coisas evidentemente fazem com que você se oponha a Deus e se rebele contra Ele ou impedem-no de pôr Suas palavras em prática, e todas essas coisas vêm de Satanás. Algumas coisas não são evidentes e não dá para você dizer o que elas são no momento; depois, tendo visto as suas manifestações, você pode distinguir quais vêm de Satanás e quais são orientadas pelo Espírito Santo. Tendo discernido essas coisas com clareza, você não será desencaminhado facilmente em suas experiências. Às vezes, quando suas condições não são boas, você tem certos pensamentos que o tiram de seu estado passivo, o que mostra que, quando suas condições são desfavoráveis, alguns de seus pensamentos também podem vir do Espírito Santo. Não é verdade que, quando você é passivo, todos os seus pensamentos são enviados por Satanás; se assim fosse, quando você seria capaz de mudar para um estado positivo? Tendo você sido passivo por um tempo, o Espírito Santo dá-lhe uma oportunidade de ser aperfeiçoado, Ele toca você e tira-o de seu estado passivo.

Sabendo o que é a obra do Espírito Santo e o que é a obra de Satanás, você pode compará-las com seu próprio estado durante suas experiências e com essas experiências, e assim haverá muito mais verdades relacionadas a princípios em suas experiências. Tendo compreendido essas coisas, você será capaz de controlar seu estado real e de ter discernimento nas pessoas e nas coisas que lhe acontecem[a] e não precisará esforçar-se tanto para ganhar a obra do Espírito Santo. Isso, é claro, desde que suas motivações sejam corretas, desde que você esteja disposto a buscar e a praticar. Esse tipo de linguagem – linguagem relacionada com princípios – deve fazer parte de suas experiências. Sem ela, suas experiências estarão repletas de interferência de Satanás, cheias de conhecimento tolo. Se você não entende como opera o Espírito Santo, então não entende como você tem de entrar, e se não entende como Satanás opera, então não entende que deve tomar cuidado em seus passos. As pessoas devem compreender como opera o Espírito Santo e como Satanás opera – eles são um elemento indispensável das experiências delas.

Ainda que não acredite em nada a não ser em Deus, você tem um relacionamento normal com Ele? Algumas pessoas dizem que só o que importa é elas terem um relacionamento normal com Deus e não se preocupam com seus relacionamentos com outros. Mas como é que se manifesta um relacionamento normal com Deus? Essas não são pessoas desprovidas do mais mínimo conhecimento real? Por que se diz que o alcance da sua determinação de amar a Deus, e se você verdadeiramente renunciou à carne ou não, depende de você ter ou não preconceito quanto a seus irmãos e irmãs e, se tiver, de ser capaz ou não de pôr esses preconceitos de lado? Ou seja, quando seu relacionamento com seus irmãos e irmãs é normal, suas condições perante Deus são também normais. Quando um de seus irmãos é irmãs é fraco, você não o detestará, desprezará nem ridiculizará, nem lhe dará as costas. Se você puder ser útil a eles, comungará com eles e dirá: ”Eu costumava ser passivo e fraco. Não queria mesmo frequentar uma reunião, mas aconteceu uma coisa por meio da qual Deus esclareceu-me interiormente e me disciplinou; fui repreendido interiormente, fiquei muito envergonhado e sempre me senti arrependido ante Deus. Depois me dediquei à vida da igreja e, quanto mais participava com meus irmãos e irmãs, mais sentia que não podia ficar sem Deus. Quando estava com eles não me sentia sozinho; quando estava só, trancado num quarto, eu me sentia sozinho e desamparado, sentia minha vida vazia e meus pensamentos voltavam-se para a morte. Agora que eu estava com meus irmãos e irmãs, Satanás não se atrevia a fazer sua obra e eu não me sentia sozinho. Quando vi quão forte era o amor de meus irmãos e irmãs por Deus, isso me inspirou, então eu sempre estava com eles e meu estado passivo desapareceu naturalmente. ” Ao ouvirem isso, eles percebem que não adianta orar em casa, ainda sentem que não existe amor entre seus irmãos e irmãs, que a vida deles está vazia, que não têm ninguém com quem contar e que não basta simplesmente orar. Se você comungar com eles dessa maneira, eles terão uma senda pela qual praticar. Se você se sentir incapaz de provê-los, pode fazer-lhes uma visita. Não é o líder da igreja quem tem de fazer isso – essa tarefa é responsabilidade de todo irmão e toda irmã. Se vocês virem que um irmão ou uma irmã está numa situação ruim, devem fazer-lhe uma visita. Todos vocês têm essa responsabilidade.

Nota de rodapé:

a. No texto original omite-se ”que lhe acontecem ”.

Anterior:Somente os que enfocam a prática podem ser aperfeiçoados

Próximo:Alerta para aqueles que não praticam a verdade

Coisas que talvez lhe interessem