Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Palavras clássicas de Deus Todo-Poderoso, o Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

II Palavras clássicas sobre a obra de julgamento e castigo de Deus nos últimos dias

1. A obra dos últimos dias é separar todos de acordo com sua espécie, concluir o plano de gestão divino, pois o tempo está próximo e o dia de Deus chegou. Deus leva todos os que entraram em Seu reino, isto é, todos aqueles que Lhe foram leais até o fim, à era do Próprio Deus. Entretanto, até a vinda da era do Próprio Deus, a obra que Deus irá fazer não é observar os feitos do homem ou investigar sua vida, mas julgar a sua rebelião, pois Deus irá purificar todos aqueles que vierem diante de Seu trono. Todos os que seguiram os passos de Deus até hoje são aqueles que se colocaram diante do trono de Deus e, sendo assim, toda e qualquer pessoa que aceitar a obra divina em sua fase final é objeto de purificação de Deus. Em outras palavras, todos os que aceitarem a fase final da obra de Deus serão objeto do julgamento de Deus.

O “julgamento” conforme as palavras colocadas anteriormente – o julgamento começará na casa de Deus – refere-se ao juízo que Deus emite hoje sobre aqueles que se põem diante de Seu trono nos últimos dias.

de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

2. Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Tais palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Tais palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, tais palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a materialização de Satanás e uma força inimiga contra Deus.

de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

3. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras, como também a expõe, o tratamento e a poda no longo prazo. Tais métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus.

de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

4. A obra de julgamento é a própria obra de Deus, portanto ela deve ser naturalmente realizada pelo Próprio Deus; não pode ser realizada pelo homem em Seu lugar. Como o julgamento é a conquista da raça humana por meio da verdade, é inquestionável que Deus ainda apareça como imagem encarnada para realizar essa obra entre os homens. Isto é, nos últimos dias, Cristo irá usar a verdade para ensinar os homens do mundo todo e revelar todas as verdades a eles. Essa é a obra de julgamento de Deus.

de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

5. Deus não julga o homem e não o prova um a um; fazer isso não seria a obra do julgamento. A corrupção de toda humanidade não é a mesma? A essência do homem não é mesma para todos? O que é julgado é a essência corrupta da humanidade, essência essa corrompida por Satanás e todos os pecados do homem. Deus não julga as faltas sem valor e insignificantes do homem. A obra de julgamento é representativa e não é realizada de forma especial para uma certa pessoa. Ao contrário, é a obra na qual um grupo de pessoas são julgadas com o intuito de representar o julgamento de toda humanidade. [...] A obra do julgamento é também assim. Deus não julga um certo tipo de pessoa ou um certo grupo, mas julga os ímpios de toda humanidade – a oposição do homem a Deus, por exemplo, ou a irreverência do homem contra Ele, ou a perturbação da obra de Deus, e assim por diante. O que é julgado é a essência da humanidade que se opõe a Deus e esta obra é a obra de conquista dos últimos dias. A obra e a palavra do Deus encarnado testemunhado pelo homem são a obra do julgamento diante do grande trono branco durante os últimos dias, os quais foram concebidos pelo homem em tempos passados. A obra que atualmente está sendo realizada pelo Deus encarnado é exatamente o julgamento diante do grande trono branco.

de ‘A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado’ em “A Palavra manifesta em carne”

6. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Tais efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Tal é a obra de julgamento realizada por Deus.

de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

7. Como exatamente a humanidade deve ser conquistada? Isso se dará utilizando esta obra de palavras para convencer plenamente o homem; e utilizando a revelação, o julgamento, o castigo e a maldição impiedosa para subjugá-lo completamente; e revelando a rebeldia do homem e julgando sua resistência de modo que ele conheça a injustiça e imundície da humanidade, a qual será utilizada para realçar o caráter justo de Deus. Principalmente, será o uso dessas palavras que conquistará o homem e o convencerá plenamente.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

8. Assim, qual é o método principal de conquista? Castigar, julgar, amaldiçoar e revelar – usando o caráter justo para conquistar as pessoas de modo que elas estejam completamente convencidas, cheias de convicção em seu coração e boca, por causa do caráter justo de Deus. Usar a realidade e autoridade da palavra para conquistar as pessoas e convencê-las plenamente – isso é o que significa ser conquistado.

de ‘Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa’ em “A Palavra manifesta em carne”

9. O significado original de conquistar é derrotar, submeter à humilhação. Dito na linguagem dos israelitas, é derrotar completamente, destruir e tornar incapaz de qualquer resistência contra Mim. Hoje, porém, como usado dentre vocês, seu significado é conquistar. Vocês devem saber que o Meu intento é extinguir e aniquilar totalmente o maligno da humanidade, para que não possa mais se rebelar contra Mim, muito menos ter fôlego para interromper ou perturbar a Minha obra. Assim, no que diz respeito ao homem, passou a significar conquista.

de ‘O que significa ser um homem de verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

10. O resultado a ser obtido com a obra de conquista é basicamente que a carne do homem pare de se rebelar, quer dizer, que sua mente adquira um novo entendimento de Deus, que seu coração obedeça inteiramente a Deus, e que ele resolva ser de Deus. O modo como o temperamento ou a carne da pessoa muda não determina que ela tenha ou não sido conquistada. Em vez disso, quando seu pensamento, sua consciência e seu sentido mudam – quer dizer, quando a sua atitude mental toda muda – é que você foi conquistado por Deus. Quando você resolveu obedecer e adotou uma nova mentalidade, quando não introduz nenhuma de suas noções ou intenções nas palavras e na obra de Deus, e quando seu cérebro pode pensar normalmente, quer dizer, quando você pode se despender por Deus de todo o coração – esse tipo de pessoa é alguém totalmente conquistado.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

11. A obra da conquista alcança seu resultado por remover o destino e a expectativa do homem e julgar e castigar o caráter rebelde dele. Não é alcançada por fazer um acordo com o homem, isto é, dando-lhe bênçãos e graça; mas por revelar a lealdade humana ao privá-lo de sua liberdade e eliminar suas expectativas. Essa é a substância da obra da conquista.

de ‘Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a um destino maravilhoso’ em “A Palavra manifesta em carne”

12. O maior problema do homem é que ele não pensa em nada além de sua sina e de suas expectativas, e os idolatra. O homem persegue Deus pelo bem de sua sina e expectativas; ele não adora a Deus por causa do amor que tem por Ele. Assim, na conquista do homem, o egoísmo, a ganância e todas as coisas humanas que impedem a adoração a Deus devem ser eliminadas. Fazendo-se isso, os resultados da conquista do homem são alcançados. Disso resulta que no início da conquista do homem é necessário primeiro expurgar as ambições selvagens e as fraquezas mais lamentáveis do homem e, através disso, revelar o amor que o homem tem por Deus e transformar seu conhecimento da vida humana, de Deus e do significado da existência. Assim, o amor do homem por Deus é purificado, o que equivale a dizer que o coração do homem é conquistado.

de ‘Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a um destino maravilhoso’ em “A Palavra manifesta em carne”

13. De fato, a perfeição ocorre ao mesmo tempo que a conquista: conforme você for sendo conquistado, os primeiros efeitos de ser aperfeiçoado também são alcançados. As diferenças que há entre ser conquistado e ser aperfeiçoado são devidas ao grau de mudança nas pessoas. Ser conquistado é o primeiro passo de ser aperfeiçoado, e isso não significa que elas tenham sido completamente aperfeiçoadas, nem prova que foram completamente ganhas por Deus. Depois que as pessoas foram conquistadas, ocorrem algumas mudanças em seu caráter, mas tais mudanças estão bem longe das que existem nas pessoas que foram completamente ganhas por Deus.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

14. O estágio final da conquista destina-se a salvar pessoas e também revelar os finais das pessoas. É para revelar a degeneração das pessoas através do julgamento e, portanto, fazê-las se arrepender, levantar e perseguir a vida e o caminho correto da vida humana. É para despertar os corações das pessoas dormentes e obtusas e para mostrar, através do julgamento, suas rebeldias interiores. Contudo, se as pessoas continuarem incapazes de se arrepender, continuem incapazes de perseguir o caminho correto da vida humana e incapazes de desfazerem-se dessas corrupções, então elas se tornarão objetos irresgatáveis para Satanás as engolir. Este é o significado da conquista: salvar as pessoas e também mostrar o final delas. Bons finais, maus finais – todos eles são revelados pela obra de conquista. Se as pessoas serão salvas ou amaldiçoadas, isto tudo será revelado durante a obra de conquista.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

15. A obra de conquista efetuada em vocês é da mais profunda importância. Por um lado, o motivo dessa obra é aperfeiçoar um grupo de pessoas, quer dizer, aperfeiçoá-las num grupo de vencedores, como o primeiro grupo de pessoas que foram completadas, significando as primícias. Por outro lado, é deixar que os seres criados aproveitem o amor de Deus, recebam a maior salvação de Deus e recebam a salvação completa de Deus, deixar que o homem desfrute não apenas da misericórdia e benignidade, mas, mais importante, do castigo e do julgamento. Desde a criação do mundo até agora, tudo que Deus fez em Sua obra é amor, sem nenhum ódio pelo homem. Até o castigo e o julgamento que você viu também são amor, um amor mais verdadeiro e mais real, um amor que leva o homem ao modo correto da vida humana. Por um outro lado ainda, é dar seu testemunho perante Satanás. E, por mais um lado, é preparar a base para disseminar a futura obra do evangelho.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

16. Por meio de que a perfeição de Deus é realizada pelo homem? Por meio de Seu caráter justo. O caráter de Deus consiste principalmente em justiça, ira, majestade, julgamento e maldição, e Seu aperfeiçoar do homem é principalmente através do julgamento. Algumas pessoas não entendem e perguntam por que Deus só é capaz de tornar o homem perfeito através do julgamento e da maldição. Eles dizem que se Deus amaldiçoasse o homem, ele não morreria? Se Deus julgasse o homem, ele não seria condenado? Então, como ele ainda pode ser aperfeiçoado? Tais são as palavras das pessoas que não conhecem a obra de Deus. O que Deus amaldiçoa é a desobediência do homem e o que Ele julga são os pecados do homem. Embora Ele fale com severidade e sem a menor sensibilidade, Ele revela tudo o que está dentro do homem e, através dessas palavras severas, Ele revela o que é essencial dentro do homem, e ainda por meio desse julgamento, Ele proporciona ao homem um profundo conhecimento da essência da carne e, assim, o homem se submete à obediência diante de Deus. A carne do homem é do pecado e de Satanás, ela é desobediente e objeto do castigo de Deus – e assim, para permitir que o homem se conheça, as palavras do julgamento de Deus devem vir sobre ele e deve ser empregado todo tipo de refinamento; só então a obra de Deus pode ser eficaz.

de ‘Somente experimentando provações dolorosas é possível conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

17. Deus utiliza Seu julgamento para tornar o homem perfeito, Ele tem amado e salvado o homem – mas o quanto está contido em Seu amor? Há julgamento, majestade, ira e maldição. Embora Deus tenha amaldiçoado o homem no passado, Ele não o lançou completamente no abismo, mas usou esse meio para refinar a fé do homem; Ele não matou o homem, mas agiu para torná-lo perfeito. A essência da carne é aquilo que é de Satanás – Deus disse isso exata e corretamente – mas os fatos realizados por Deus não são completados de acordo com Suas palavras. Ele o amaldiçoa para que você O ame e conheça a essência da carne; Ele o castiga para que você possa despertar, para que conheça suas deficiências interiores e conheça a absoluta indignidade do homem. Assim, as maldições de Deus, Seu julgamento, majestade e ira – são apenas para tornar o homem perfeito. Tudo o que Deus realiza hoje e o justo caráter que Ele realiza dentro de vocês – tudo é para tornar o homem perfeito e assim é o amor de Deus.

de ‘Somente experimentando provações dolorosas é possível conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

18. Hoje, o homem vê que somente com a graça, o amor e a misericórdia de Deus, ele é incapaz de se conhecer verdadeiramente e menos ainda capaz de conhecer a sua essência. Somente através do refinamento e julgamento de Deus, somente durante tal refinamento, é possível que você conheça suas deficiências e saiba que não possui nada. Assim, o amor do homem por Deus é construído sobre o fundamento do refinamento e julgamento de Deus. Se você só desfruta da graça de Deus com uma vida familiar pacífica ou bênçãos materiais, então você não ganhou Deus e sua crença Nele falhou. Deus já realizou uma etapa da obra da graça na carne e já concedeu bênçãos materiais ao homem, mas o homem não pode ser aperfeiçoado com a graça, o amor e a misericórdia somente. Nas experiências do homem, ele encontra um pouco do amor de Deus e percebe esse amor e misericórdia de Deus, mesmo tendo experimentado durante um período, ele vê que a graça de Deus e Seu amor e misericórdia são incapazes de tornar o homem perfeito e incapazes de revelar o que é corrupto no homem, nem eles são capazes de livrar o homem de seu caráter corrupto ou tornar perfeito seu amor e fé. A obra da graça de Deus foi a obra de um período e o homem não pode confiar em desfrutar da graça de Deus para conhecê-Lo.

de ‘Somente experimentando provações dolorosas é possível conhecer a beleza de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

19. Eu digo isso hoje para julgar os pecados e a injustiça das pessoas; para amaldiçoar a rebeldia das pessoas. Sua falsidade e desonestidade, e suas palavras e ações, todas as coisas que não estão de acordo com a vontade Dele serão submetidas a julgamento, e a rebeldia das pessoas é condenada como pecaminosa. Ele fala de acordo com os princípios do julgamento e revela o caráter justo Dele julgando suas injustiças, amaldiçoando sua rebeldia e expondo todos os seus rostos repulsivos.

de ‘Como a segunda etapa da obra de conquista dá frutos’ em “A Palavra manifesta em carne”

20. Deus tem muitos meios de aperfeiçoar o homem. Ele emprega todo tipo de ambientes para lidar com o caráter corrupto do homem e utiliza várias coisas para desnudar o homem; em um sentido Ele lida com o homem, em outro Ele o desnuda, e em outro Ele o revela, desenterrando e revelando os “mistérios” das profundezas do coração do homem e mostrando ao homem a sua natureza ao revelar muitos de seus estados. Deus aperfeiçoa o homem através de muitos métodos – através de revelações, tratamentos, refinamentos e castigos – de modo que o homem saiba que Deus é prático.

de ‘Somente os que enfocam a prática podem ser aperfeiçoados’ em “A Palavra manifesta em carne”

21. O refinamento não significa remover pessoas de diante de Deus nem as destruir no inferno. Significa mudar a disposição do homem durante o refinamento, mudar suas motivações, seus antigos pontos de vista, mudar seu amor por Deus e mudar sua própria vida. O refinamento é um verdadeiro teste para o homem e uma forma de treinamento real, e é somente durante o refinamento que seu amor pode servir à sua função inerente.

de ‘Somente experimentando refinamento o homem pode amar verdadeiramente a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

22. Você deveria saber que aperfeiçoar homens, completar homens e ganhar homens não trouxe nada além de espadas e golpes para sua carne, trouxe sofrimento sem fim, o fogo ardente, o julgamento impiedoso, o castigo e a maldição, bem como provações sem limites. Tal é a história interna e a verdade da obra de gerir o homem. No entanto, todas essas coisas são dirigidas contra a carne do homem, e todas as pontas de lança da hostilidade são impiedosamente dirigidas à carne do homem (pois, originalmente, o homem era inocente). Tudo isso é para o bem da Sua glória e testemunho, e para a Sua gestão. Isso é porque Sua obra não é somente para o bem da humanidade, mas é para o plano inteiro e para cumprir Sua vontade original quando Ele criou a humanidade. Portanto, talvez noventa por cento daquilo que as pessoas experimentam sejam sofrimentos e provações de fogo, mas há muito poucos ou mesmo nenhum dia doce e feliz pelo qual a carne do homem ansiava, e eles são ainda mais incapazes de desfrutar de momentos felizes na carne, passando noites lindas com Deus. A carne é imunda, então o que a carne do homem vê ou desfruta nada mais é do que o castigo de Deus que não é favorecido pelo homem, e é como se estivesse faltando a razão normal. Isto é porque Ele manifestará Seu caráter justo que não é favorecido pelo homem, não tolera as ofensas do homem e abomina os inimigos. Deus revela abertamente todo o Seu caráter através de qualquer meio necessário, concluindo assim a obra de Sua batalha de seis mil anos com Satanás – a obra da salvação de toda a humanidade e a destruição do velho Satanás!

de ‘O propósito de gerenciar a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

23. Na verdade, a obra que está sendo feita agora é para fazer com que as pessoas renunciem a Satanás, renunciem a seu velho antepassado. Todos os julgamentos pela palavra objetivam expor o caráter corrupto da humanidade e capacitar as pessoas a entender a essência da vida. Esses julgamentos repetidos trespassam o coração das pessoas. Cada julgamento causa um impacto direto em seu destino e é feito para ferir o coração delas, de modo que elas consigam deixar todas essas coisas e, portanto, cheguem a conhecer a vida, a conhecer este mundo asqueroso e, também, a sabedoria e a onipotência de Deus e a conhecer essa humanidade corrompida por Satanás. Quanto mais houver esse tipo de castigo e de julgamento, mais o coração do homem poderá ser ferido e mais desperto ficará seu espírito. Despertar o espírito dessas pessoas extremamente corruptas e profundamente enganadas é o objetivo desse tipo de julgamento. O homem não tem espírito, isto é, seu espírito morreu há muito tempo e ele não sabe que há um céu, não sabe que há um Deus e, certamente, não sabe que está lutando no abismo da morte; como ele poderia saber que está vivendo nesse inferno maligno na terra? Como poderia saber que esse seu corpo putrefato caiu no Hades da morte por causa da corrupção de Satanás? Como poderia saber que tudo o que há na terra foi há muito danificado irreparavelmente pela humanidade. Como poderia saber que o Criador veio à terra hoje e está buscando um grupo de pessoas corruptas que Ele possa salvar? Mesmo depois do homem experimentar todo refinamento e julgamento possíveis, sua consciência entorpecida ainda mal se agita e está virtualmente insensível. A humanidade está tão degenerada! Embora esse tipo de julgamento seja como o granizo cruel que cai do céu, ele é extremamente benéfico para o homem. Se não fosse por julgar as pessoas assim, não haveria resultado e seria absolutamente impossível salvar as pessoas do abismo da miséria. Se não fosse por essa obra, seria muito difícil para as pessoas emergirem do Hades, porque seu coração morreu há muito tempo e seu espírto há muito tempo foi pisoteado por Satanás. Salvar vocês que afundaram até os mais profundos níveis de degeneração requer chamá-los bem alto, julgá-los tenazmente e, só então, seu coração tão frio despertará.

de ‘Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa’ em “A Palavra manifesta em carne”

24. Deus realiza a obra de julgamento e castigo para que o homem possa conhecê-Lo e em favor de Seu testemunho. Sem o Seu julgamento do caráter corrupto do homem, o homem não conheceria o Seu caráter justo que não permite ofensa, e não poderia transformar seu antigo conhecimento de Deus em um novo. Por causa de Seu testemunho e por causa de Seu gerenciamento, Ele torna a Sua plenitude pública, permitindo ao homem, assim, alcançar o conhecimento de Deus, mudar seu caráter e dar testemunho retumbante a Deus através da Sua aparição pública.

de ‘Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele’ em “A Palavra manifesta em carne”

25. No passado, Seu meio de salvação foi mostrar amor e compaixão em sumo grau, tanto que Ele deu tudo de Si a Satanás em troca pela humanidade inteira. Hoje nada é como no passado. Hoje, a salvação de vocês acontece por ocasião dos últimos dias, durante a classificação de todos conforme o tipo; o meio de salvação não é amor nem compaixão, mas castigo e julgamento, para permitir que o homem seja salvo de forma mais completa. Assim, tudo o que vocês recebem é castigo, julgamento e bordoadas implacáveis, mas saibam que nestas bordoadas impiedosas não há o mais ligeiro sinal de punição, saibam que, a despeito da rispidez de Minhas palavras, o que a vocês acontece é apenas ouvirem algumas palavras que lhes parecem sumamente cruéis, e saibam que, a despeito da dimensão da Minha ira, o que sobrevém a vocês ainda são palavras de ensinamento, e eu não tenho intenção de feri-los nem de causar-lhes a morte. Não é tudo isto um fato concreto? Saibam que hoje, quer se trate de julgamento justo ou de refinamento e castigo implacáveis, tudo tem a salvação como meta. Hoje, quer haja a classificação de todos conforme o tipo, quer a exposição das categorias de homens, toda manifestação e todo trabalho de Deus visam salvar aqueles que realmente amam a Deus. O julgamento justo visa purificar o homem, o refinamento implacável visa limpá-lo, palavras ríspidas ou castigos visam purificar e são ministrados em benefício da salvação.

de ‘Vocês devem pôr de lado as bênçãos do status e entender a vontade de Deus para a salvação do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

26. Deus não veio para matar nem para destruir, mas para julgar, amaldiçoar, castigar e salvar. Antes da conclusão de Seu plano de gestão de 6.000 anos – antes de Ele expor o fim de cada categoria de homens – a obra de Deus na Terra visa à salvação, é toda destinada a tornar aqueles que O amam totalmente completos e submetê-los ao Seu domínio. Não importa como Deus salva pessoas, tudo é feito levando-as a se libertar de sua velha índole satânica; isto é, Deus salva-as fazendo com que elas busquem a vida. Se não buscarem a vida, elas não terão como aceitar a salvação de Deus.

de ‘Vocês devem pôr de lado as bênçãos do status e entender a vontade de Deus para a salvação do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

27. Todos vocês vivem em um lugar de pecado e libertinagem; vocês são todos libertinos e pecadores. Hoje, vocês, além de serem capazes de ver Deus, também, ainda mais importante, receberam castigo e julgamento, receberam essa salvação mais profunda, quer dizer, receberam o maior amor de Deus. Tudo que Ele faz é amor verdadeiro por vocês, Ele não tem má intenção. É por causa dos seus pecados que Ele os julga, para que vocês se auto-examinem e recebam esta tremenda salvação. Tudo isto é feito para operar o ser humano. Do início ao fim, Deus tem feito o Seu máximo para salvar o homem, e Ele certamente não está disposto a destruir completamente os homens que Ele criou com Suas próprias mãos. Agora Ele veio até vocês para operar; será que isto não é ainda mais salvação? Se Ele odiasse vocês, será que Ele ainda faria uma obra de tal magnitude para guiá-los pessoalmente? Por que Ele sofreria assim? Deus não odeia vocês nem tem nenhuma intenção maldosa para com vocês. Vocês devem saber que o amor de Deus é o amor mais verdadeiro. É apenas por causa da desobediência das pessoas que Ele precisa salvá-las por meio do julgamento; se não, elas não seriam salvas. Como vocês não sabem como levar a vida ou como viver, e vivem neste lugar libertino e pecaminoso e são demônios libertinos e imundos, Ele não aguenta permitir que se tornem ainda mais depravados; também não aguenta ver vocês vivendo em um lugar imundo como este, sendo pisoteados por Satanás de acordo com sua vontade, nem aguenta permitir que vocês caiam no Hades. Ele apenas quer ganhar este grupo de vocês e salvá-los completamente. Esta é a principal razão de fazer a obra de conquista em vocês – é apenas pela salvação.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

28. Ainda que Eu tenha dito muitas palavras de castigo e julgamento, elas não foram de fato aplicadas a vocês. Vim fazer o Meu trabalho, dizer Minhas palavras e, embora possam ser severas, elas são ditas no julgamento da corrupção e da rebeldia de vocês. Continuo a fazer isto com o propósito de salvar o homem do império de Satanás, de usar Minhas palavras para salvar o homem; Meu propósito não é fazer mal ao homem com Minhas palavras. Minhas palavras são severas para que Meu trabalho possa dar resultados. Somente trabalhando desta forma os homens poderão conhecer-se e desistir de seu caráter rebelde.

de ‘Vocês devem pôr de lado as bênçãos do status e entender a vontade de Deus para a salvação do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

29. A função do Meu julgamento é capacitar melhor o homem para Me obedecer, e a função do Meu castigo é permitir que o homem mude de forma efetiva. Embora o que Eu realizo seja por causa do Meu gerenciamento, nunca realizei nada que não tenha sido benéfico para o homem. Isso porque quero tornar todas nações fora de Israel tão obedientes quanto os israelitas e torná-los homens de verdade para que Eu tenha apoio para os pés nas terras fora de Israel. Este é o Meu gerenciamento; é a obra que estou realizando entre as nações gentias.

de ‘A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

30. Apesar de o castigo e o julgamento serem refinamentos e revelações impiedosas ao homem, com a intenção de punir seus pecados e punir sua carne, nenhuma parte dessa obra tem a intenção de condenar e extinguir sua carne. Todas as revelações severas da palavra têm a intenção de guiá-lo ao caminho correto. Vocês experimentaram pessoalmente tanto dessa obra e, claramente, ela não os levou a um caminho do mal! Tudo isso é para permitir que você viva uma humanidade normal; tudo isso é algo que a sua humanidade normal é capaz de alcançar. Cada passo da obra é feito com base nas suas necessidades, de acordo com as suas fraquezas e de acordo com a sua verdadeira estatura; nenhum fardo insuportável é colocado sobre vocês. Apesar de ser incapaz de enxergar isto com clareza agora e achar que estou sendo severo com você, apesar de continuar pensando que a razão por que Eu o castigo e julgo todos os dias e o repreendo todos os dias é por Eu odiá-lo, e apesar de você receber castigo e julgamento, na realidade, é tudo amor por você e também uma grande proteção a você.

de ‘A verdade interior da obra de conquista (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

31. Somente a obra de depuração feita por Deus purificará a humanidade de sua iniquidade, e somente Sua obra de castigo e julgamento trará para a luz aquelas coisas desobedientes em meio à humanidade, separando, dessa maneira, os que podem ser salvos dos que não podem ser salvos, os que permanecerão dos que não permanecerão. Quando findar Sua obra, os que permanecerem serão purificados e desfrutarão de uma segunda vida humana mais maravilhosa sobre a terra, ao adentrarem um reino mais elevado de humanidade. Em outras palavras, entrarão no dia do descanso da humanidade e viverão junto com Deus. Depois que aqueles que não podem permanecer tiverem recebido castigo e julgamento, sua forma original será plenamente revelada; em seguida, serão todos destruídos e, como Satanás, não terão mais permissão para sobreviver na terra. A humanidade do futuro não mais conterá ninguém desse tipo; essas pessoas não são aptas a entrar na terra do derradeiro descanso, nem são aptas a entrar no dia do descanso que Deus e o homem compartilharão, pois elas são o alvo da punição e são os perversos, não são os justos.

de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

32. Os últimos dias já chegaram. Todas as coisas serão classificadas segundo sua espécie e divididas em categorias diferentes com base em sua natureza. Esse é o momento em que Deus revela o desfecho e o destino das pessoas. Se as pessoas não passarem por castigo e julgamento, não haverá como revelar a desobediência e a injustiça delas. Só através do castigo e do julgamento é que o fim de todas as coisas pode ser revelado. O homem só mostra quem realmente é quando é castigado e julgado. O mal deve ser colocado com o mal, o bom com o bom, e as pessoas serão classificadas de acordo com a sua espécie. Através do castigo e do julgamento, o fim de todas as coisas será revelado, de modo que o mal será punido e o bem será recompensado, e todas as pessoas se tornarão submissas sob o domínio de Deus. Toda a obra deve ser realizada através de castigo e julgamento justos.

de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

33. No final, Ele queimará totalmente tudo o que for impuro e injusto dentro do homem no universo todo, para mostrar a eles que Ele não é somente um Deus misericordioso e amoroso, não somente um Deus de sabedoria e maravilhas, não somente um Deus santo, mas muito mais, um Deus que julga o homem. Para os malignos dentre a humanidade, Ele é abrasador, julgamento e punição; para aqueles que devem ser aperfeiçoados, Ele é tribulação, refinamento e provação, assim como conforto, sustento, provisão de palavras, tratamento e poda. E para aqueles que são eliminados, Ele é punição e também duro castigo.

de ‘As duas encarnações completam o significado da encarnação’ em “A Palavra manifesta em carne”

34. Vocês devem ver que a vontade e a obra de Deus não são tão simples quanto a criação dos céus, da terra e de todas as coisas. E isso porque a obra de hoje é transformar aqueles que foram corrompidos, que se tornaram extremamente entorpecidos, e purificar os que foram criados e depois manipulados por Satanás, e não criar Adão ou Eva, muito menos fazer luz ou produzir todas as espécies de plantas e animais. Agora, a obra divina é purificar tudo aquilo que foi corrompido por Satanás para que possa ser ganho novamente e transformado em posse e glória de Deus. Tal obra não é tão simples quanto o homem imagina que tenha sido a criação dos céus, da terra e de todas as coisas, nem se assemelha à obra de amaldiçoar Satanás ao poço sem fim que o homem imagina. Ao contrário, trata-se de transformar o homem, de transformar o que é negativo em positivo e de levar à posse divina aquilo que não pertence a Deus. Essa é a história inerente a essa etapa da obra de Deus. Vocês devem compreendê-la e não simplificar demais as questões. A obra de Deus é diferente de qualquer obra corriqueira. Seu mistério não pode ser concebido pela mente humana, assim como tal mente não consegue alcançar Sua sabedoria. Deus não está criando todas as coisas, mas também não as está destruindo. Em vez disso, Ele está transformando toda a criação e purificando todas as coisas que foram pervertidas por Satanás. Então, Deus deverá começar a obra de grande magnitude e essa é a significação total da obra de Deus.

de ‘A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Coisas que talvez lhe interessem