Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

Por que você não está disposto a ser um contraste?

Os que são conquistados são contrastes, e somente depois de serem aperfeiçoados é que são modelos e espécimes da obra dos últimos dias. Antes de se tornarem completos, eles são contrastes, ferramentas, bem como objetos para o serviço. Aqueles que foram completamente conquistados por Deus são a cristalização, bem como os modelos e espécimes de Seu plano de gerenciamento. Apenas estes poucos títulos humildes para pessoas exibem muitas histórias divertidas. Aqueles de vocês que são de pouca fé sempre contenderão por causa de um título insignificante até o rosto avermelhar e, às vezes, até permitirão que isso afete nosso relacionamento. Embora seja simplesmente um pequeno título, em seu pensamento, em sua crença, não se trata apenas de um nomezinho, mas é uma questão importante relativa ao seu destino. Logo, aqueles que não são sensatos sofrerão, muitas vezes, uma perda grande com uma coisa tão pequena como essa — é dar muita importância a bobagens e desprezar o que importa, e vocês fugirão e nunca retornarão por causa de um nomezinho. Isso porque vocês veem a vida como algo sem importância e colocam valor demais no nome pelo qual são chamados. Então, em suas vidas espirituais e até mesmo em suas vidas práticas, vocês criarão, muitas vezes, muitas histórias complicadas e estranhas por causa das ideias que têm com relação ao status. Talvez vocês não admitam isso, mas Eu lhes direi que essas pessoas realmente existem em suas vidas práticas. É só que elas ainda não lhe foram reveladas uma a uma. Estes tipos de coisas têm acontecido na vida de cada um de vocês. Se você não acredita, dê uma olhada abaixo na pequena ilustração a respeito da vida de uma irmã (ou um irmão). É possível que essa pessoa seja de fato você, ou talvez alguém com quem você esteja familiarizado em sua vida. Se Eu não estiver errado, essa ilustração é uma experiência que você já teve, e nada falta na descrição, nenhum simples pensamento ou ideia foi esquecido; eles estão plenamente registrados nessa história. Se não acredita, apenas dê uma olhada.

Essa é uma pequena experiência de uma “pessoa espiritual” que está registrada aqui. Quando foi à igreja e viu a situação de seus irmãos e irmãs, ela se sentiu ansiosa: “Por que vocês nunca satisfazem a vontade de Deus? Criaturas inescrupulosas! (Repreendendo seus irmãos e irmãs.) De fato, vocês ignoram a consciência para fazer coisas animalescas.… Dizer isso a vocês é também o meu ódio por mim mesma. Eu vejo que Deus arde com impaciência e sinto um fogo sob mim. Eu verdadeiramente estou disposta a realizar a obra de Deus plenamente e quero verdadeiramente que vocês se elevem por meio do meu serviço. A questão é que minha força atual está muito fraca. Deus tem despendido tanto tempo conosco e tem dito tantas palavras, mas nós ainda somos desse jeito. Em meu coração, eu sempre sinto que devo demais a Deus…” (Chorando e incapaz de continuar falando.) E então ela orou: “Ó Deus! Eu imploro a Você que me dê força e que me toque ainda mais, e que Seu Espírito possa trabalhar em mim. Estou disposta a cooperar com Você. Contanto que Você receba glória no final, estou disposta a dar-Lhe todo o meu ser, mesmo que isso signifique que eu tenha de abrir mão da minha vida. Estou disposta[a], contanto que possamos oferecer excelentes louvores, que irmãos e irmãs possam cantar e dançar com alegria para louvar Seu santo nome, glorificá-Lo, manifestá-Lo e estar certos de Sua obra, bem como que estejamos dispostos a mostrar consideração por Seu fardo….” Ela orou dessa forma com sinceridade, e o Espírito Santo realmente deu-lhe um fardo. Durante esse tempo, ela ficou sobrecarregada e passou o dia todo lendo, escrevendo e ouvindo. Ela se ocupou tanto quanto possível. Seu estado espiritual era excelente, e em seu coração, ela estava sempre ativa e sobrecarregada. Ocasionalmente ela ficava fraca e encontrava um obstáculo, mas, em pouco tempo, voltava ao seu estado normal. Depois de um período como esse, o progresso dela foi rápido; ela conseguia entender muitas palavras de Deus e também aprendia músicas rapidamente —no geral, seu estado espiritual era excelente. Quando via que muitas coisas na igreja não estavam alinhadas com a vontade de Deus, ela ficava ansiosa. Quando viu que ninguém levava a sério o fazer cópias de fitas cassetes, ela ficou transtornada: “Isso é devoção à obra de Deus? Isso é satisfazer a vontade Dele? Vocês não conseguem nem pagar um preço pequeno, real assim? Se vocês não querem pagá-lo, eu o farei....”

Quando ela tinha um fardo, quanto mais o Espirito Santo operava, melhor ela se sentia. Esporadicamente ela encontrava alguma hostilidade ou algumas dificuldades, mas era capaz de superá-las. Ou seja, quando experimentava a obra do Espírito Santo, mesmo quando suas condições eram maravilhosas, ela não podia evitar certas dificuldades ou um pouco de fraqueza. Estas são inevitáveis, mas em pouco tempo ela conseguia sair desses estados. Ao experimentar fraquezas, depois de orar ela sentia que a própria estatura era verdadeiramente inadequada, mas estava disposta a cooperar com Deus. Não importava o que Deus fizesse, ela estava disposta a satisfazer Sua vontade e a obedecer a todo o Seu planejamento. Havia algumas pessoas que tinham certas opiniões e preconceitos sobre ela. Ela conseguia deixar as diferenças de lado e engajar-se de maneira proativa na comunhão com essas pessoas. Estes eram todos os estados durante a obra normal do Espírito Santo. Após certo período, a obra começou a mudar, e as pessoas entraram em outra fase da obra que lhes apresentava outras exigências. Então, havia palavras novas que suscitavam demandas às pessoas: “… Eu tenho apenas ódio para vocês, nunca bênçãos. Eu nunca tive a ideia de abençoar vocês, nem tive a ideia de completá-los. Tudo o que Eu tenho por vocês é ódio. Isso porque vocês são rebeldes, porque são desonestos e enganosos e porque deixam a desejar em termos de calibre e têm um status baixo. Portanto, vocês nunca estiveram diante dos Meus olhos ou em Meu coração. Minha obra tem somente a intenção de condená-los; Minhas mãos nunca se afastaram de vocês, nem Meu castigo. Continuei a julgá-los e amaldiçoá-los, pois vocês não têm entendimento de Mim. É por isso que Minha ira sempre esteve sobre vocês. Embora Eu sempre tenha operado em seu meio, vocês deveriam conhecer minha postura em relação a vocês. É nada além de repulsa — não há outra postura ou opinião. Eu quero apenas que vocês ajam como contrastes para Minha sabedoria e Meu grande poder. Vocês não são nada mais do que Meus contrastes porque Minha justiça é revelada por meio da rebelião de vocês. Eu os faço agir como contrastes para minha Obra, para serem apêndices da Minha obra….” Tão logo viu as palavras[b] “apêndices” e “contrastes”, ela começou a pensar: “Como eu poderia seguir isso? Tendo pago um preço como esse, eu ainda sou um contraste. Um contraste não é apenas um servidor? Foi dito, no passado, que nós não seriamos servidores, mas povo de Deus; contudo, ainda hoje nós não estamos desempenhando esse papel? Não está faltando vida aos servidores? Mesmo que eu não sofra mais, Deus não elogiará! Depois que eu deixar de ser um contraste para o grande poder de Deus, isso não acabará? …” Quanto mais pensava nisso, mais abatida ela ficava. Ela foi à igreja e viu o estado de seus irmãos e irmãs e sentiu-se pior ainda: “Vocês não estão bem! Eu não estou bem! Estou negativa. Ai! O que se pode fazer? Deus ainda não nos quer. Ao fazer esse tipo de obra, não há como Ele não nos tornar negativos. Não sei o que há de errado comigo. Não quero nem orar. De qualquer maneira, não estou bem nesse momento e não consigo sair disso. Eu orei muitas vezes, mas ainda não posso nem estou disposta a ir em frente. É assim que vejo isso. Deus diz que somos contrastes, mas ‘contrastes’ não são apenas servidores? Deus diz que somos contrastes, não filhos, nem Seu povo. Não somos Seus filhos, muito menos Seus primogênitos. Nada somos, apenas contrastes. Com esse tipo de abordagem, é possível que tenhamos um resultado favorável? Contrastes não têm esperança porque não têm vida. Se fossemos Seus filhos, Seu povo, haveria esperança nisso, e poderíamos ser completos. Os contrastes podem ter a vida de Deus dentro deles? Deus pode colocar vida naqueles que O servem? Os que Ele ama são os que têm Sua vida, e aqueles que têm Sua vida são Seus filhos, Seu povo. Embora eu seja negativa e fraca, espero que vocês todos não sejam negativos. Eu sei que se esquivar e ser negativo assim não pode satisfazer a vontade de Deus, mas estou disposta a ser um contraste. Temo ser um contraste. De qualquer modo, eu tenho tanta energia, e não posso ir em frente agora. Espero que vocês todos não aprendam comigo, mas que obtenham algum entendimento de mim. Eu acho que também posso estar morta! Eu deixarei vocês com umas últimas palavras antes de morrer — Espero que vocês possam agir como contrastes até o fim; talvez no fim Deus glorifique os contrastes….” Quando viram isso, os irmãos e irmãs se perguntaram:[c] Como ela pode ser tão negativa? Ela não estava bem naqueles dias? Por que de repente ela está tão fria? Por que ela não está sendo normal? Ela disse: “Não diga que não estou sendo normal. Na verdade, tenho clareza de tudo no meu coração. Eu sei que não satisfiz a vontade de Deus — não é simplesmente porque eu não estou disposta a agir como Seu contraste? Eu não fiz nada mais que seja tão sério. Talvez um dia Deus mude o título de [d] contrastes para Suas criaturas, que são usadas por Ele de maneiras relevantes. Não há alguma esperança nisso? Espero que vocês não fiquem negativos ou abatidos, que vocês sejam capazes de continuar a seguir Deus e ser contrastes melhores. De qualquer modo, eu não posso seguir em frente.” Outras pessoas ouviram isso e disseram:[e] Embora você não esteja bem, nós continuaremos a seguir, e não seremos restringidos porque você está negativa.

Depois de passar por isso durante certo tempo, ela ainda estava negativa quanto a ser um contraste, então Eu lhe disse: “Você não compreende Minha obra. Você não compreende a verdade interior, a essência ou os resultados que pretendo com Minhas palavras. Você não conhece os objetivos da Minha obra, ou a sabedoria dela. Você não tem compreensão da Minha vontade. Você sabe apenas recuar porque é um contraste – seu desejo de status é grande demais! Você é uma tola! Eu falei tanto para você no passado, e falei que Eu a aperfeiçoaria. Você esqueceu? Antes de se falar em contrastes, não se falou em ser aperfeiçoado?” “Espere aí, eu vou pensar nisso! Antes de se falar em contrastes, Você disse isso de fato; foi assim!” “Quando falei de ser aperfeiçoado, Eu não disse que somente depois de serem conquistadas é que as pessoas seriam aperfeiçoadas?” “Sim!” “Minhas palavras não foram sinceras? Não foram ditas de boa fé?” “Sim! Você é um Deus que nunca disse nada desonesto e ninguém pode atrever-se a negar isso. Porém, as formas como Você fala são muitas." “Minhas formas de falar não mudam de acordo com as etapas da obra? O que Eu digo não o faço e falo com base em suas necessidades?” “Você opera de acordo com as necessidades das pessoas e proporciona o que elas precisam. Isso não é falácia!" “Então, Minhas declarações, o que Eu tenho dito a você, não têm sido benéficas? Meus castigos não têm sido para o seu bem?” “Você ainda diz que é para o meu bem! Estou para ser castigada severamente por Você e não quero mais viver. Hoje Você diz isso, amanhã Você diz aquilo. Eu sei que Seu aperfeiçoamento em mim é para meu bem, mas Você não me aperfeiçoou. Você faz de mim um contraste e ainda me castiga. Você não me odeia? Ninguém ousa acreditar em Suas palavras, e somente agora eu vi claramente que é apenas para resolver o ódio em Seu coração, não para me salvar. Você encobriu isso de mim antes, disse que me aperfeiçoaria e que o castigo era para me aperfeiçoar. Por isso, eu sempre obedeci ao Seu castigo; eu nunca imaginei que hoje teria o título de um contraste. Deus, não seria melhor se Você me fizesse atuar como alguma outra coisa? Você tem mesmo de me fazer desempenhar o papel de um contraste? Estaria tudo bem se eu fosse o porteiro no céu. Eu corri de um lado para o outro, agora minhas mãos estão vazias; e eu sacrifiquei tudo, mas ainda assim Você me diz que quer que eu aja como Seu contraste. Como posso sequer mostrar minha face?” “Eu já realizei tantas obras de castigo no passado e você não tem entendimento? Você não tem entendimento de si mesmo? O castigo não é o juízo de palavras? O título de ‘contraste’ não é também o juízo de palavras?” “Em outras palavras, os contrastes de que Você fala também são um método? É para me julgar por meio disso? Se for esse o caso, eu seguirei.” “Então, como você Me seguiria agora?” “Seguir Você — Eu ainda não planejei como segui-Lo. Quero que me diga uma palavra que não seja um método. Eu sou um contraste ou não? Os contrastes também podem ser aperfeiçoados? O nome 'contraste' pode ser mudado? Eu consigo dar um testemunho enfático sendo um contraste e então tornar-me alguém que seja aperfeiçoado, que seja um exemplo de amor a Deus, e íntimo de Deus? Posso me tornar completo? Diga-me a verdade!” “Você não sabe que as coisas estão sempre evoluindo, estão sempre mudando? Contanto que esteja disposta agora a obedecer sendo um contraste, você será capaz de mudar. O fato de você ser ou não um contraste não tem nada a ver com seu destino — o ponto principal é se você pode ou não ser alguém que produz mudança em seu caráter de vida.” “Diga-me! Você pode me aperfeiçoar ou não?” “Contanto que você Me siga e obedeça até o fim, Eu garanto que posso torná-la perfeita.” “E que tipo de sofrimento eu terei de experimentar?” “Adversidade, bem como o juízo e castigo das palavras, especialmente o castigo das palavras — o mesmo castigo como um contraste!” “O mesmo castigo como um contraste também? Porém, se posso ser aperfeiçoado por Você ao passar por adversidade, se há esperança, está bem. Mesmo que seja apenas uma pontinha de esperança, é melhor do que ser um contraste. Esse título, ‘contraste’, soa tão horrível. Eu não estou disposta a ser um ‘contraste’.” “O que há de errado com um contraste? Os contrastes não são também muito bons? Os contrastes são indignos de desfrutar bênçãos? Se Eu digo que os contrastes podem desfrutar bênçãos, você poderá desfrutar bênçãos. Os títulos das pessoas não estão mudando por causa da Minha obra? Um simples título a está perturbando tanto? Ser esse tipo de contraste é bem merecido. Você está disposta a seguir ou não?” “Então, Você pode me completar ou não? Você pode permitir-me desfrutar Suas bênçãos?” “Você está disposta a seguir até o fim ou não? Você está disposta a oferecer a si mesma?” “Deixe-me pensar melhor. Um contraste também pode desfrutar Suas bênçãos e ser completo. Depois de ser completa. Eu serei intima de Você e compreenderei toda a Sua vontade e eu possuirei o que Você possui. Serei capaz de desfrutar o que Você desfruta e saberei o que Você sabe. … Após sofrer adversidade e ser aperfeiçoada, eu posso desfrutar bênçãos. Então, quais bênçãos eu desfrutarei de fato? “Não se preocupe com quais bênçãos você desfrutará. Mesmo que Eu dissesse, você não seria capaz de imaginá-las. Depois de ser um bom contraste, você será conquistada, você será um contraste bem-sucedido. Este é um modelo e espécime daquele que é conquistado, mas é claro que você somente pode ser um destes depois de ser conquistada.” “O que é um modelo e espécime?” “É um modelo e espécime para todos os gentios, ou seja, aqueles que não foram conquistados.” “Quantas pessoas?” “Muitas pessoas. Não são apenas quatro ou cinco mil de vocês — aqueles que aceitam esse nome no mundo inteiro devem ser conquistados.” “Então, não são apenas cinco ou dez cidades!” “Não se preocupe com isso agora — não se importe tanto. Foque apenas em como você deveria ingressar agora mesmo! Eu garanto que você pode se tornar completa.” “Até que ponto? E quais bênçãos eu posso desfrutar?” “Com o que você está tão preocupada? Eu garanto que você pode se tornar completa; você esqueceu que Eu sou fidedigno?” “É verdade que Você é fidedigno, mas alguns de Seus métodos de falar estão sempre mudando. Hoje Você garante que eu posso me tornar completa, mas amanhã talvez diga que não é certeza. E para algumas pessoas Você diz: “Eu garanto que alguém como você não pode se tornar completo.” Eu não sei o que está acontecendo com Suas palavras. Eu simplesmente não ouso crer nelas.” “Então, você pode oferecer a si mesma ou não?” “Oferecer o quê?” “Oferecer seu futuro, suas esperanças.” “Ai! Disso eu posso abrir mão! O principal é o título ‘contraste’ — eu realmente não quero esse título. Se Você retirar de mim o título de ‘contraste’, estarei aberta a qualquer coisa, serei capaz de fazer qualquer coisa. Essas não são apenas coisas insignificantes? Você poderia retirar essa designação?” “Não é muito fácil isso? Se Eu posso dar a você esse título, também posso tirá-lo. Porém, agora não é hora — você precisa completar sua experiência desta fase da obra, e somente depois poderá ganhar um título novo. Quanto mais alguém é como você, mais precisa ser um contraste. Quanto mais você tiver medo de ser um contraste, mais Eu vou rotulá-la como tal. Uma pessoa como você precisa ser rigorosamente disciplinada e tratada. Quanto mais a pessoa é rebelde, mais será um servidor, e no final nada ganhará.” “Com esse tipo de busca, por que eu não posso me livrar do nome de ‘contraste’? Nós O temos seguido todos esses anos e sofrido em não menor quantidade. Temos feito isso e aquilo por Você, temos caminhado quer faça sol ou chuva. Todos nós estamos beirando os 30 anos de idade — estamos no final da juventude. Não nos casamos ou começamos uma família, e os que dentre nós fizeram isso já saíram. Eu estava na escola, no ensino médio; assim que ouvi que Você tinha vindo, abri mão da oportunidade de ir para a universidade. E Você diz que nós somos contrastes — nós sofremos essas perdas! Fazemos todas essas coisas, e o resultado é que somos Seus contrastes. Como isso faz meus companheiros de trabalho, meus colegas e meus semelhantes pensarem de mim? Quando eles me veem e perguntam sobre meu cargo e meu status, como posso não ter vergonha de lhes dizer? O que eles pensariam de mim? Primeiro, paguei todo preço por causa da minha crença em Você, e todos os outros zombaram de mim como uma tola. Porém, ainda assim segui, e ansiei pela hora em que chegaria meu dia, e mostraria a todos os que não acreditavam. Porém, em vez disso, hoje Você me diz que sou um contraste. Se Você me desse o menor dos títulos, se me permitisse ser uma das pessoas do Reino, estaria tudo bem! Mesmo que eu não pudesse ser Seu discípulo ou confidente, estaria bem eu ser apenas Seu seguidor! Nós temos seguido Você todos esses anos, aberto mão de nossas famílias, e tem sido tão difícil continuar a buscar até agora, mas tudo que temos é apenas o título de ‘contraste’! Eu abandonei tudo por Você; abri mão de todas as riquezas terrenas. No ano retrasado, alguém me apresentou a um possível parceiro. Ele era realmente bonito e vestia-se bem; era o filho de um militar de alto escalão. Ele não tinha um bom emprego, era um motorista, mas era realmente bonito; e, na época, eu estava interessada nele. Porém, tão logo eu ouvi que Você nos estava conduzindo ao Reino, que Você nos aperfeiçoaria e que Você nos pedia para ter determinação e deixar rapidamente tudo para trás, eu vi que não tinha determinação alguma! Eu me endureci e recusei. Ele enviou presentes à minha família diversas vezes, mas eu nem os olhei. Na época, Você diria que eu estava aborrecida? Algo tão bom acabou em nada. Como eu poderia não estar aborrecida? Eu fiquei aborrecida com isso durante muitos dias, a ponto de não conseguir dormir à noite, mas, no final, deixei para lá. Toda vez que orava, eu era tocada por Seu Espírito, que dizia: “Você está disposta a sacrificar tudo por Mim? Você está disposta a consumir-se por Mim?" Toda vez que pensava nessas palavras Suas, eu chorava. Fiquei emocionada e chorei de tristeza mais vezes do que saberia dizer. Posteriormente, ele veio à minha casa algumas vezes, mas eu não o vi uma vez sequer. Agora eu até já esqueci como é a aparência dele; eu não o reconheceria. Um ano depois, fiquei sabendo que ele havia se casado. Nem preciso dizer, eu fiquei péssima, mas ainda assim deixei para lá, por Você. Eu abri mão daquele casamento — sem falar que meu alimento e minha roupa não são bons — eu abri mão de tudo isso; portanto, Você não deveria me fazer atuar como um contraste! Outros disseram que o pai dele é um militar, e, se nos casássemos, ele me arrumaria um emprego. Eu me torturei com isso e lutei durante metade de um mês, mas, no final, superei. Eu abri mão de meu casamento em prol de me oferecer a Você, o acontecimento mais importante na minha vida! A vida inteira de uma pessoa nada mais é do que encontrar um bom parceiro e ter uma família feliz. Eu abri mão da melhor coisa, e agora minhas mãos estão vazias e estou inteiramente só. Aonde Você me faria ir? Eu sofro desde quando comecei a segui-Lo. Eu não tenho uma vida boa. Eu abandonei minha família e minha carreira, bem como os deleites da carne, e todo preço que todos nós pagamos ainda não é suficiente para desfrutar Suas bênçãos? E agora é essa coisa de ‘contraste’. Deus, Você realmente passou dos limites! Olhe para nós — nada temos com que contar neste mundo. Alguns de nós abriram mão dos filhos, alguns abriram mão do emprego, do cônjuge,[f] e daí por diante; nós abrimos mão de todos os prazeres carnais. Pelo que mais temos de esperar? Como podemos continuar a sobreviver no mundo? Esses preços que pagamos não valem um simples centavo? Você não consegue mesmo ver isso? Nosso status é baixo, e nosso calibre deixa a desejar — nós reconhecemos isso, mas quando foi que nós não seguimos o que Você queria que fizéssemos? Agora Você está nos abandonando cruelmente com a simples ‘compensação’ de sermos contrastes? O preço que pagamos comprou-nos apenas o título de [g] ‘contraste’? No final, as pessoas perguntarão o que eu ganhei crendo em Deus. Posso colocar a palavra[h] ‘contraste’ na frente delas? Como eu posso abrir minha boca para dizer que sou um contraste? Eu não posso dar uma explicação a meus pais nem ao meu antigo possível parceiro. Por causa de Você, eu nada tenho a ver com meus colegas de classe. Eles me enviam presentes, mas eu devolvo todos eles. Há alguns que, pelo fato de terem me enviado várias coisas e eu não as ter aceito, não estão mais dispostos a ter contato comigo. Eu abandonei essas coisas e não participo mais de condutas seculares. Eu paguei um preço tão alto, e o que recebo em troca é ser um contraste! Ó! Sinto-me tão horrível!” (Batendo nas coxas e começando a chorar.) “Se Eu dissesse agora que não te daria o título de [i] contraste, mas a tornaria uma de Minhas pessoas e a faria ir e proclamar o evangelho; se Eu te desse status para trabalhar, você seria capaz de fazer isso? O que você ganhou de fato com etapa após etapa dessa obra? E você ainda contou de novo sua história — você não tem vergonha! Você diz que pagou um preço, mas não ganhou nada. Seria o caso de Eu não ter te falado quais são Minhas condições para obter uma pessoa? Para quem é Minha obra? Você sabe? Você está abrindo feridas antigas! Você ainda conta como um ser humano? Cada sofrimento não era de sua própria vontade? E seu sofrimento não era para ganhar bênçãos? Você atendeu a Meus requisitos? Tudo que você quer é receber bênçãos. Você não tem vergonha! Quando os Meus requisitos em relação a você foram mandatórios? Se estiver disposta a Me seguir, você deve Me obedecer em todas as coisas. Não fale de condições. Afinal, Eu lhe disse de antemão que esse caminho é um caminho de sofrimento. É repleto de possibilidades sombrias, de poucas coisas promissoras. Você esqueceu? Eu disse isso muitas vezes. Se você estiver disposta a sofrer, então Me siga, e se não estiver disposta a sofrer, pare. Eu não estou te forçando — você é livre para ir ou vir! Contudo, é assim que Minha obra é feita, e Eu não posso atrasar toda a Minha obra por causa de sua rebelião individual. Você pode não estar disposta a obedecer, mas há outros que estão. Vocês são todas pessoas desesperadas! Vocês não têm medo de nada! Você está discutindo suas condições Comigo — você quer continuar vivendo ou não? Você planeja para si mesma e briga pela própria fama e pelo próprio benefício. Minha obra não é toda para vocês? Você está cega? Antes de Eu Me tornar carne, você não podia Me ver, e aquelas palavras seriam perdoáveis, mas agora Eu Me tornei carne, e estou trabalhando entre vocês, contudo, ainda assim você não pode ver? O que você não entende? Você diz que sofreu uma perda; então, Eu me tornei carne para salvar vocês, pessoas desesperadas, e tenho feito tantas obras, e até agora você ainda está reclamando — você diria que Eu sofri? O que Eu fiz não foi para vocês? Eu tenho esse título para as pessoas com base na estatura atual delas. Se Eu chamar você de ‘contraste,’ você é um contraste neste momento. Se Eu chamar você de ‘povo de Deus,’ você é povo de Deus neste momento. Você é aquilo de que Eu a chamar. Tudo não é exatamente como Eu digo? E essa Minha palavra é tão irritante para você? Bem, então Me perdoe! Se não obedecer agora, no final você será amaldiçoada — você ficaria feliz? Você não presta atenção ao modo de vida, mas apenas foca seu status e título; como está sua vida? Eu não nego que você tenha pago um preço alto, mas dê uma olhada em sua estatura e prática. Até agora você está discutindo suas condições. É essa a estatura que você ganhou por sua determinação? Você ainda tem alguma integridade? Você tem uma consciência? Fui Eu que fiz algo errado? Meus requisitos a você estavam errados? O que é? Eu faria você agir como um contraste durante alguns dias, e você não está disposta a fazê-lo. Que tipo de determinação é esse? Vocês são pessoas sem força de vontade, vocês são covardes! Punir pessoas como vocês é a coisa natural a se fazer!” Quando Eu disse isso, ela não falou uma palavra.

Vivenciando esse tipo de obra agora, vocês devem ter uma ideia sobre as fases da obra e os métodos de transformar pessoas. Essa é a única forma de alcançar resultados na transformação. Em sua busca, vocês têm muitas ideias pessoais, esperanças e futuros. A obra atual tem a finalidade de lidar com seu anseio por status e seus desejos extravagantes. As esperanças, o desejo de [j] status, e as ideias são todos representações clássicas do caráter satânico. A razão de essas coisas existirem no coração das pessoas é inteiramente porque o veneno de Satanás está sempre corroendo os pensamentos delas, e as pessoas são sempre incapazes de se livrar dessas tentações de Satanás. Elas estão vivendo em meio ao pecado, porém não creem que seja pecado e ainda acreditam: “Nós cremos em Deus, então Ele deve nos conceder bênçãos e dispor tudo adequadamente para nós. Nós cremos em Deus, então temos de ser superiores aos outros, e temos de ter mais status e um futuro melhor do que qualquer pessoa. Já que cremos em Deus, Ele deve nos dar bênçãos ilimitadas. Caso contrário, não se chamaria ‘crer em Deus’.” Por muitos anos, os pensamentos nos quais as pessoas se basearam para sobreviver têm corroído seu coração ao ponto de elas se tornarem desleais, covardes, e desprezíveis. Elas não somente têm falta de força de vontade e determinação, mas também se tornaram gananciosas, arrogantes e obstinadas. Elas são totalmente desprovidas de qualquer determinação que transcenda o eu e, ainda mais, elas não têm um pingo de coragem de se livrar das restrições dessas influências sombrias. Os pensamentos e a vida das pessoas são podres, suas perspectivas acerca de Deus ainda são insuportavelmente feias e, mesmo quando elas falam de suas perspectivas acerca da fé em Deus, é simplesmente insuportável de ouvir. As pessoas são covardes, incompetentes, desprezíveis e frágeis. Elas não sentem repulsa pelas forças das trevas nem amor pela luz e pela verdade; em vez disso, fazem de tudo para afastá-las. Seus pensamentos e perspectivas atuais não são todos assim? “Já que eu acredito em Deus, eu deveria ser coberto de bênçãos e deveria haver garantia de que meu status nunca decairá e que será mais elevado do que o dos incrédulos.” Vocês não têm nutrido esse tipo de perspectiva dentro de vocês por somente um ou dois anos; ele está aí há muitos anos. Sua mentalidade transacional é superdesenvolvida. Embora tenham chegado a essa etapa hoje, vocês ainda não abriram mão do status, mas estão lutando para questioná-lo e observando-o diariamente, com um temor profundo de que um dia seu status seja perdido, e seu nome, arruinado. As pessoas nunca deixaram de lado seu desejo de tranquilidade. Vocês são castigados dessa forma no momento, e no final, que grau de entendimento terão? Vocês dirão que, embora seu status não seja elevado, vocês têm desfrutado a elevação de Deus. Vocês não têm status porque nasceram humildes, e ter status é por causa da elevação de Deus — é o que Ele concedeu a vocês. Hoje vocês podem receber pessoalmente o treinamento de Deus, Seu castigo e Seu juízo. Isso é mais ainda a elevação Dele. Vocês podem receber pessoalmente a purificação e o fogo Dele. Este é o grande amor de Deus. Ao longo das eras, não houve uma única pessoa que recebeu Sua purificação e fogo, e nem uma única pessoa foi capaz de receber o aperfeiçoamento por Suas palavras. Agora Deus está falando com vocês face a face, purificando vocês, revelando sua rebelião interior — essa é realmente Sua elevação. O que as pessoas podem fazer? Quer sejam filhos de Davi ou descendentes de Moabe, em resumo, as pessoas são seres criados que nada têm do que se vangloriar. Visto que são criaturas de Deus, vocês precisam desempenhar o dever de uma criatura. Não há outras exigências a vocês. E você pode orar e dizer: “Ó Deus! Quer eu tenha status ou não, agora eu me entendo. Se meu status é alto, é por causa da Tua elevação, e, se é baixo, é por causa da Tua ordenação. Tudo está em Suas mãos. Eu não tenho quaisquer escolhas ou queixas. Você ordenou que eu nascesse neste país e em meio a este povo, e eu devo apenas ser obediente sob o Seu domínio porque tudo está dentro do que Você ordenou. Eu não foco no status; afinal de contas, sou apenas um dentre a criação. Se Você me colocou no poço sem fundo, no lago de fogo e enxofre, eu nada sou além de uma criatura. Se Você me usar, eu sou uma criatura. Se Você me aperfeiçoar, eu sou uma criatura. Se Você não me aperfeiçoar, eu ainda assim O amarei porque não sou mais que uma criação. Eu não sou mais que uma criatura minúscula criada pelo Senhor da criação, apenas uma entre os seres humanos criados. Foi Você que me criou, e agora Você me colocou uma vez mais em Suas mãos, para estar à Sua mercê. Eu estou disposta a ser Sua ferramenta e Seu contraste porque tudo é o que Você ordenou. Ninguém pode mudar isso. Todas as coisas e todos os acontecimentos estão em Suas mãos.” Quando aquela hora chegar, você não focará mais o status, e você se livrará disso. Somente então você será capaz de buscar com confiança e ousadia, e somente então seu coração pode ser livre de quaisquer restrições. Tendo sido uma vez libertas, tendo saído disso, as pessoas não têm mais preocupações. Quais são as preocupações para a maioria de vocês nesse momento? Vocês estão sempre restringidos pelo status e sempre buscando os próprios prospectos. Vocês tomam os livros e os folheiam sem ver o que é dito a respeito do destino da humanidade; vocês examinam um pouco mais e ainda não encontram. Vocês pensam:[k] “Como pode não haver prospectos? Poderia ser o caso de Deus os ter tirado? Não poderia ser! Então, por que não há nenhuma? Deus fala somente de contrastes, então não há nada mais?” Agora vocês são seguidores e têm algum entendimento deste estágio da obra. Contudo, vocês ainda não deixaram de lado o desejo de status. Quando seu status é elevado, vocês buscam bem, mas quando é baixo, vocês não buscam mais. As bênçãos de status estão sempre em sua mente. Por que é que a maioria das pessoas não consegue sair da negatividade? Não é sempre por causa de prospectos desanimadores? Tão logo são emitidas as declarações de Deus, vocês se apressam para ver quais são seu verdadeiro status e identidade. Vocês colocam o status e identidade em primeiro lugar, e a visão vem em segundo. O terceiro é em que vocês deveriam ingressar, e o quarto é a vontade atual de Deus. Primeiro vocês olham se o título de Deus para vocês, “contrastes”, mudou ou não. Vocês leem e leem e, quando veem que o título de “contraste” foi removido, ficam felizes e agradecem continuamente a Deus, louvam o grande poder Dele. Porém, tão logo vislumbram que ainda são contrastes, vocês ficam aborrecidos e imediatamente seu coração não apresenta nenhuma motivação. Quanto mais você buscar dessa forma, menos você colherá. Quanto maior o desejo de uma pessoa por status, maior a seriedade com que ela será tratada, e mais ela terá de passar por refinamento. Esse tipo de pessoa é inútil demais! Elas precisam ser tratadas e julgadas de modo apropriado a fim de abrir mão disso totalmente. Se vocês buscarem esse caminho até o fim, vocês nada colherão. Aqueles que não buscam vida não podem ser transformados; aqueles que não têm sede da verdade não podem receber a verdade. Você não foca em buscar uma transformação pessoal e ingressar; você sempre foca naqueles desejos extravagantes e nas coisas que restringem seu amor por Deus e te impedem de se aproximar Dele. Essas coisas podem transformar você? Elas podem trazê-lo para o reino? Se o objeto de sua procura não for a verdade, então você também pode se beneficiar dessa oportunidade e voltar para o mundo e ter sucesso. Perder seu tempo dessa maneira realmente não vale a pena — por que se torturar? Você não poderia desfrutar todos os tipos de coisas no belo mundo? Dinheiro, lindas mulheres, status, vaidade, família, filhos e assim por diante — não são todos estes produtos do mundo as melhores coisas que você poderia desfrutar? Qual o propósito de vagar por aqui buscando um lugar onde você pode ser feliz? O Filho do Homem não tem onde reclinar Sua cabeça, então como você poderia ter um lugar de tranquilidade? Como Ele poderia criar para você um lindo lugar de tranquilidade? É possível isso? Além do Meu juízo, hoje você pode apenas receber ensinamentos da verdade. Você não pode receber conforto de Mim nem receber um ninho feliz no qual pensa dia e noite. Eu não concederei a você as riquezas do mundo. Se você buscar legitimamente, estou disposto a dar-lhe o caminho da vida em todos os seus termos, a fazer com que você seja como um peixe de volta à água. Se você não buscar legitimamente, Eu tomarei tudo de volta. Eu não estou disposto a oferecer as palavras da Minha boca àquelas pessoas que são gananciosas por conforto e são apenas como porcos e cachorros!

Notas de rodapé:

[a] O texto original omite “Estou disposto.”

[b] O texto original omite “as palavras.”

[c] O texto original omite “eles se perguntaram.”

[d] O texto original omite “o título de.”

[e] O texto original omite “e eles disseram.”

[f] O texto original diz “esposas.”

[g] O texto original omite “o título de.”

[h] O texto original omite “a palavra.”

[i] O texto original omite “o título de.”

[j] O texto original omite “desejo de.”

[k] O texto original omite “Você pensa.”

Anterior:Prática (7)

Próximo:Como a segunda etapa da obra de conquista dá frutos

Coisas que talvez lhe interessem